Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Business Model Canvas: como construir esse modelo de negócio?

Imagine que você está prestes a construir uma casa. Antes de começar a martelar pregos ou despejar concreto, você precisa de um plano sólido, certo? 

Bem, o Business Model Canvas é como o esboço da planta baixa para o seu negócio. 

Podemos dizer que é onde você começa a traçar os contornos do que será a base do seu sucesso.

Esse modelo de planejamento estratégico permite vislumbrar cada aspecto crítico e os pontos fortes do seu negócio em uma única página. 

Sim, você não leu errado: uma única página! 

Adeus, incontáveis folhas de análises, relatórios e planejamentos. 

A praticidade é um dos grandes trunfos desse método, por isso decidi descomplicá-lo para te ajudar a avaliar o seu negócio e inovar nas suas estratégias.

Mas, antes de compartilhar mais detalhes sobre essa ferramenta, quero deixar uma dica para você: meu time desenvolveu um conteúdo incrível com as melhores técnicas de marketing digital para impulsionar o seu negócio. É gratuito, aproveite para baixar!

O que é o Business Model Canvas?

O Business Model Canvas, ou simplesmente Canvas, é uma estrutura visual utilizada para planejar todos os aspectos essenciais do seu modelo de negócios. 

E qual a diferença entre esse método e outros convencionais?

Ao invés de páginas e páginas de documentos como nos modelos de negócio tradicionais, o Canvas apresenta sua estratégia em uma única folha, de forma mais clara e eficiente.

Quem desenvolveu esse template minimalista foi Alex Osterwalder, empresário, consultor e teórico suíço. 

Ele apresentou a ideia pela primeira vez no livro Business Model Generation e a proposta é bem simples: dividir uma folha em nove blocos

Só isso?

Bom, aí é que vem o pulo do gato!

Cada um desses blocos representa uma parte fundamental do seu negócio, desde como você cria valor até como você entrega esse valor aos seus clientes, e diversos outros pontos importantes da sua estratégia.

O objetivo aqui é ter uma visão panorâmica do cenário atual, seja ele um momento de abertura de empresa, de inovação ou de crise. 

A partir disso, você consegue visualizar em quais pontos o seu negócio brilha e em quais você ainda precisa jogar uma iluminação extra para ter mais sucesso.

E o melhor é que esse template funciona em empresas de diferentes segmentos e tamanhos, em especial para ajudar a avaliar as possibilidades de projetos e produtos mais inovadores. 

Os blocos do Business Model Canvas

Os nove blocos do Canvas podem ser montados de diferentes maneiras, no papel, em um grande quadro ou até mesmo em um documento online.

Depois, você também pode preencher esses espaços como preferir, seja com post-its, números, gráficos ou textos. 

Pode fazer isso sozinho ou de maneira colaborativa, com toda a equipe participando para trazer diferentes pontos de vista – eu, particularmente, acho essa abordagem mais interessante e produtiva.

Independente de como os nove blocos serão representados, o importante é que você consiga visualizar bem cada característica. 

Agora, quais são os temas desses blocos, afinal? 

Vem conferir comigo!

1. Proposta de valor

A proposta de valor é a promessa que você faz aos seus clientes, aquele toque especial que faz o seu negócio se destacar na multidão – o que os motiva a escolher você em vez dos concorrentes. 

Para preencher esse bloco, pense em como o seu produto, serviço ou a empresa como um todo, se destaca no mercado.

Muito além disso, entender sua proposta de valor requer uma profunda compreensão das necessidades e desejos dos seus clientes: afinal, quais necessidades dos seus consumidores você atende?

Pense no que ressoa com seu público-alvo e os deixa ansiosos para se envolver com sua marca. 

2. Parcerias principais

Nenhum negócio é uma ilha, e as parcerias principais são a prova disso. 

Estas são as relações estratégicas que você forma com outras empresas ou organizações para impulsionar o seu sucesso.

Pode ser uma parceria de fornecedor, feita para garantir um suprimento consistente de matéria-prima. 

Ou talvez seja uma parceria de co-branding, onde você se une a outra marca para criar um produto ou serviço inovador que é maior do que a soma de suas partes.

Nesse bloco do seu Canvas, traga os nomes de parceiros essenciais – aqueles que possibilitam o funcionamento do seu negócio ou impulsionam seu sucesso de alguma maneira. 

3. Atividades principais

Sabe aquelas tarefas e processos fundamentais, que você realiza regularmente para entregar valor aos seus clientes? 

Essas são as suas atividades principais.

Se você tem uma loja de roupas com confecção própria, por exemplo, isso inclui a fabricação das peças, a divulgação da marca e até mesmo o atendimento ao cliente.

Percebe como cada uma dessas ações impacta diretamente no sucesso do seu negócio?

Por isso, elas são essenciais e devem constar neste bloco do Canvas.

4. Recursos principais

Os recursos principais são os ativos essenciais que você precisa para operar e entregar sua proposta de valor aos clientes.

Eles podem ser tangíveis, como equipamentos e instalações, ou intangíveis, como conhecimento especializado e propriedade intelectual.

Para visualizar melhor quais são esses recursos para a sua empresa, se pergunte: O que fazemos de melhor? O que nos diferencia dos concorrentes?

A minha empresa, por exemplo, tem como um de seus recursos principais o know-how e a expertise em marketing digital. 

5. Relacionamento com os clientes

O relacionamento com os clientes considera a maneira como você interage e se conecta com seus consumidores ao longo de sua jornada de compra, desde o primeiro contato até a fidelização.

Existem muitas formas de cultivar relacionamentos sólidos com os clientes, desde um atendimento de qualidade até programas de fidelidade e marketing de relacionamento

Para avaliar o seu cenário na hora de montar o Business Model Canvas, vale refletir sobre algumas questões como:

  • Quais canais são utilizados para trabalhar o relacionamento com os clientes?
  • Como o consumidor interage com a minha marca durante sua jornada?
  • Eu tenho um padrão de atendimento? Qual é?

6. Canais

Neste bloco do Canvas, você vai descrever como o seu produto ou serviço chega até o consumidor. 

Ou, mais do que isso: como a sua proposta de valor é entregue ao cliente.

Isso inclui pontos de venda, comunicação, atendimento, divulgação e distribuição. Eles podem ser físicos, como lojas ou escritórios, ou digitais, como websites e aplicativos.

Para fazer uma boa avaliação, pense em como os clientes costumam interagir com a sua marca e em qual canal eles estão presentes.

Se você identificou que está investindo todo seu esforço em um canal que o seu público-alvo não utiliza, já tem uma resposta para a queda de conversões e de vendas, por exemplo. 

7. Segmento de clientes

O segmento de clientes é o grupo específico de pessoas ou empresas que você está tentando alcançar e servir com sua proposta de valor.

Ao segmentar seus clientes com base em características demográficas, comportamentais ou psicográficas, você pode personalizar suas mensagens e ofertas para atender às necessidades e desejos específicos de cada grupo.

Lembre-se: não se trata apenas de quantidade, mas também de qualidade.

Por isso, nichar seu público no Canvas vai te ajudar a concentrar os esforços nos segmentos de clientes mais lucrativos e alinhados com sua proposta de valor.

Se você ainda não faz isso, pode estar jogando dinheiro fora com campanhas e outras estratégias de relacionamento

8. Estrutura de custos

No bloco de estrutura de custos, você deve avaliar todas as despesas essenciais para o funcionamento da sua empresa.

É importante identificar quais são os seus custos fixos e variáveis, bem como procurar maneiras de otimizar seus gastos e reduzir desperdícios.

Talvez você já tenha notado, mas esse bloco pode se conectar a outros, como o de recursos e parcerias principais – dois pontos de custo para os negócios.

Lembre-se de que a eficiência não se trata apenas de cortar custos, mas sim de maximizar o valor que você obtém de cada investimento.

9. Fontes de Receita

As fontes de receita são todas as maneiras pelas quais o seu negócio gera renda. Isso pode incluir vendas de produtos ou serviços, assinaturas, publicidade e licenciamento, por exemplo.

Se o objetivo é criar uma nova empresa ou um novo produto, esse é o momento para descrever detalhes como qual valor os clientes estão dispostos a pagar e como eles pagariam. 

Exemplo de Business Model Canvas

Para visualizar melhor como o Canvas funciona, separei aqui um exemplo prático para compartilhar com você.

Imagine um negócio de SaaS (Software as a Service), que oferece armazenamento em nuvem para empresas. Neste caso, a construção do Business Model Canvas seria similar a essa:

Vantagens e desvantagens do Business Model Canvas

É claro que a grande pergunta aqui é: quais benefícios esse modelo pode trazer na hora de estruturar o meu negócio?

Pois eu não só vou te contar quais são os pontos positivos de usar o Canvas, como também vou compartilhar algumas desvantagens que o modelo pode apresentar.

Pronto para conferir? Bora!

Vantagens

Que tal começar pela melhor parte? Vamos aos benefícios do Canvas:

  • flexibilidade: o modelo é altamente adaptável e pode ser usado por uma ampla variedade de negócios, desde startups até empresas estabelecidas;
  • simplicidade: com nove blocos claros e concisos, é fácil entender e usar essa metodologia, mesmo para quem está começando agora um negócio;
  • facilita a comunicação: essa é uma ferramenta de comunicação poderosa que pode ajudar a alinhar a equipe em torno de uma visão comum e facilitar discussões produtivas sobre o modelo de negócios;
  • visualização clara: o Canvas fornece uma visão panorâmica do modelo de negócios, permitindo que você veja como todas as peças se encaixam e, assim, identifique rapidamente áreas de força e oportunidades de melhoria.

Desvantagens

Como nem tudo que brilha é ouro, o Business Model Canvas também tem seus pontos fracos. Vem conhecer:

  • superficialidade: embora o Canvas forneça uma visão panorâmica do modelo de negócios, ele ainda pode ser superficial em termos de detalhes – afinal, temos só uma página para trabalhar aqui;
  • limitado para modelos complexos: para negócios com modelos de negócios altamente complexos ou diversificados, o Canvas pode não ser a melhor opção para capturar todos os detalhes da empresa;
  • falta de precisão: com essa abordagem mais superficial, o método pode não capturar todas as nuances do seu modelo de negócios. Isso pode levar a decisões baseadas em informações incompletas ou imprecisas;
  • atualização constante necessária: o modelo de negócios de uma empresa está sempre evoluindo, e o Canvas requer atualizações constantes para refletir essas mudanças. Se não for atualizado, pode se tornar obsoleto e perder sua utilidade.

Ah, só para lembrar: se você ainda não baixou aquele conteúdo com as dicas para impulsionar o seu negócio com técnicas poderosas de marketing digital, esse é o momento!

Conclusão

O Business Model Canvas é uma ferramenta prática, que pode guiar a construção do seu modelo de negócios. 

Seus blocos coloridos representam as peças fundamentais que compõem o quebra-cabeça do seu negócio, e cabe a você colocá-las juntas de forma criativa e estratégica.

Portanto, não tenha medo de experimentar, falhar e aprender ao longo do caminho. 

Use o Canvas como guia, mas lembre-se de que você é o verdadeiro arquiteto do seu destino empresarial.

E você, já experimentou esse modelo por aí? Me conta aqui nos comentários se já testou essa ou outras opções para estruturar o seu modelo de negócios!

O que é o Business Model Canvas?

O Business Model Canvas é uma ferramenta estratégica e visual, desenvolvida para avaliar e planejar os aspectos de um modelo de negócio. 

Quais são as vantagens do Business Model Canvas?

Previsibilidade sobre despesas e receitas, identificação de oportunidades de investimento, melhorias e novas parcerias, conhecimento do público-alvo, melhora no relacionamento com o consumidor.

Como construir um Business Model Canvas?

O template do Canvas é dividido em nove blocos: segmento de clientes, parcerias principais, atividades principais, recursos principais, proposta de valor, canais, relacionamento com os clientes, estrutura de custos e fontes de receitas.

Para construir o seu, basta desenhar essa divisão em uma folha ou criar a estrutura em um documento online. Depois, preencha com informações relevantes sobre cada tema.

 

NP Digital Brasil

Você quer resultados imediatos?

Minha agência pode fazer todo o trabalho pra você. Somos especialistas em:

  • SEO - Colocamos seu site no topo das pesquisas do Google
  • Mídia Paga - Fazemos seu negócio alcançar quem importa no momento certo
  • Data & Conversion Intelligence - Desbloqueamos as conversões do seu site e criamos dashboards para melhores análises

Fale com um especialista

Consultoria com Neil Patel

Compartilhe