Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Quatro Sinais de Alarme Para SEO Com Base em Dados e Como Responder

Existem algumas coisas sobre o seu site que você simplesmente não pode ignorar – penalidades manuais, SEO negativo e coisas assim. Existem outros problemas que também podem surgir. Eles não são tão óbvios, mas são tão prejudiciais quanto.

Neste artigo, vou compartilhar com vocês quatro desses sinais de alarme com base em dados. Quero que você saiba exatamente quais métricas observar, como descobrir se está em perigo e o que deve fazer a respeito.

1. Perda de páginas indexadas

O que é

O algoritmo do Google rastreia seu site e coloca essas páginas em seu vasto índice para serem retornadas nos resultados de pesquisa para consultas relevantes. Como uma cortesia a você, eles informam no Google Search Console (GSC) exatamente quantas páginas do seu site estão no índice.

Se você adiciona conteúdo novo de maneira consistente e mantém um sitemap.xml válido, esse número deve subir. É claro, se você remover certas páginas intencionalmente, esse número vai cair. No entanto, se o número de páginas indexadas cair de repente ou diminuir gradualmente com o tempo, então você tem um problema em mãos.

Por que isso aconteceria? O Google remove páginas do seu índice por várias razões. Às vezes, as páginas simplesmente saem do índice por causa da idade ou falta de visitantes. Isso é normal. Outras vezes, no entanto, o Google penaliza as páginas, ou seja, as desindexa por causa de spam ou backlinks não naturais.

Quando uma página é removida do índice do Google, ela não será retornada nos resultados de pesquisa. Quanto menos páginas você indexar, menos provável que seu site ranqueie para certas palavras-chave.

Onde conseguir os dados

Vá ao Google Search Console → Índice do Google → Status do Índice. Isso mostrará um gráfico do total de páginas indexadas nos últimos doze meses. Certifique-se de deixar a caixa “removido” desmarcada.

A imagem abaixo, mostra um site que sofreu uma grande perda de páginas indexadas. Neste caso, a perda da indexação coincidiu com uma penalidade manual.

index status

O Que Fazer

Se possível, descubra quais páginas podem estar desindexadas. Se você tem um site com poucas páginas, a perda de indexação pode ser bem prejudicial para o tráfego. Se as páginas desindexadas são landing pages, é pior ainda. Você pode descobrir se uma página foi desindexada pesquisando no Google por “site:[URL da sua página].”

google neil testimonial

Neste caso, eu conferi para ver se minha página https://neilpatel.com/consulting/ ainda estava indexada pelo Google. (Felizmente, está).

Em sites maiores com dezenas de milhares de páginas, não é realista pesquisar todas as páginas para ver quais foram desindexadas. No entanto, você ainda pode resolver o problema realizando uma auditoria de backlink.

É uma boa hora para auditar todo o seu perfil de link em busca de links com spam e removê-los. Várias vezes eu vi o Google começar a desindexar páginas e, um mês ou dois depois, dar ao site uma penalidade manual. Você pode impedir essa desindexação total realizando uma auditoria completa, remoção de link e negação.

2. Conteúdo Duplicado

O que é

Conteúdo duplicado – quando seu conteúdo é exibido em vários locais, dentro ou fora do site, pode prejudicar seus rankings e colocá-lo em risco de penalização algorítmica. A falha do conteúdo duplicado, frequentemente, é um descuido na etapa de desenvolvimento de um site (i.e., uso indevido de IDs de sessão ou parâmetros de URL). Outras vezes, o conteúdo duplicado é resultado de scrapers ou distribuição de conteúdo sem uma tag rel = canonical.

Onde conseguir os dados

Existem várias ferramentas que podem ajudá-lo a segmentar e corrigir conteúdo duplicado. A Screaming Frog é uma das minhas favoritas. No entanto, você pode acessar informações sobre conteúdo duplicado facilmente e com precisão pelo GSC.

Vá ao Google Search Console → Aparência da Pesquisa → Melhorias de HTML.

O site abaixo, tem apenas alguns problemas com conteúdo duplicado. Provavelmente, não são suficientes para justificar qualquer perda de tráfego ou penalização muito séria.

3 half shark alligator man

O que fazer

A correção de conteúdo duplicado listado no GSC é muito fácil. Basta ir até as páginas listadas como contendo conteúdo duplicado e alterá-las. 

3. Links perdidos

O que é

Um ótimo perfil de link é a base de um ótimo site. Você não pode ter uma presença forte na web a não ser que tenha muitos links saudáveis apontando para o seu site.

Mas e se esses links começarem a desaparecer? Pode acontecer, e quando ocorrer, você terá um problema em mãos. Links perdidos significam ranking perdido, tráfego perdido e receita perdida.

Embora o link building com spam seja uma relíquia de uma era antiga de SEO, ainda é importante trabalhar duro para criar backlinks de alta qualidade. Você pode faz isso através do marketing de conteúdo e de um guest blogging cuidadoso.

Mas os links não duram para sempre. De acordo com o Internet Live Stats, existem mais de 1.5 bilhões de sites na rede mundial hoje, e menos de 200 milhões deles estão ativos. A realidade da web desaparecida – também conhecida como “churn rate” – significa que você terá links perdidos.

Onde conseguir os dados

Existem várias ferramentas para analisar os seus dados de link. Eu provavelmente já usei todas no mercado – Majestic, Moz, LinkResearchTools, SEMrush, etc. Também desenvolvi ferramentas — Crazy Egg — que ajudam você a entender suas métricas e o comportamento do visitante.

Você pode conseguir contagens de backlink gratuitamente no Ubersuggest.

Comece inserindo sua URL e clicando em “Pesquisar”.

Agora, clique em “Backlinks”, na barra lateral esquerda, para uma visão geral do seu perfil de link.

Para uma lista completa de backlinks, desça a página até encontrar isso:

  • Links totais: Se este número diminui gradualmente ou acentuadamente, isso indica uma perda de links e o potencial de declínio do site. Ação corretiva: Melhorias no marketing de conteúdo.
  • Quem faz mais link: A maioria dos seus links deve vir de outros sites do nicho, blogs, sites da indústria, etc. Se vir uma quantidade alarmante de sites fora do nicho, pornografia, jogos de azar ou spam, você tem um problema. Ação corretiva: Realize uma auditoria do perfil de link.
  • Seu conteúdo com mais links: Links devem apontar para suas landing pages, páginas de conteúdo ou outras páginas importantes. Se você encontrar páginas antigas, irrelevantes ou indesejáveis recebendo links, é um sinal de que você precisa fazer algumas melhorias no seu marketing de conteúdo. Ação corretiva: Auditoria de conteúdo. Segmentar as páginas com mais links para melhorias. Continuar com o marketing de conteúdo.
  • Como seus dados são linkados: Este é o texto âncora usado para criar os links. Se os textos âncoras forem irrelevantes, com spam ou super otimizados, você pode ter um problema. Ação corretiva: Auditoria do perfil de link.

4. Declínio do tráfego orgânico

O que é

Quando seu tráfego orgânico cai, é preciso lidar com o problema o mais rápido possível. Todos os sites enfrentam flutuação, mas se uma flutuação se transforma em tendência, é um sinal de alarme.

Onde conseguir os dados

No Google Analytics, vá até Aquisição → Palavras-chave → Orgânico. Não importa que os resultados específicos não sejam fornecidos. O que importa, é se o seu tráfego orgânico de palavras-chave está alto ou baixo. O gráfico abaixo indica um problema:google warning and penalty

Para este site, o ponto de “aviso” foi o primeiro sintoma de que o site estava com um problema. O seu tráfego orgânico de palavras-chave costuma apresentar altos e baixos, mas houve uma queda repentina mais baixa do que o normal. Esse foi um sinal de aviso. O pico seguinte não voltou aos níveis médios de tráfego anteriores. E então, um mês depois, eles receberam uma penalidade manual.

As penalidades manuais nem sempre vêm com sinais de aviso como esta. Independentemente disso, a mudança no tráfego de palavras-chave, normalmente, indica algum nível de problema – seja um perfil de link com spam, páginas desindexadas, etc.

O que fazer

Da mesma forma que as causas para perda de tráfego orgânico são inúmeras, os tratamentos também. Primeiro, você precisa descobrir exatamente por que o tráfego diminuiu. Faça perguntas e consiga respostas com dados:

  • Quais mudanças ocorreram no perfil de backlink?
  • Quais outras origens de tráfego mudaram?
  • Houve uma mudança algorítmica?

Faça o máximo de perguntas que puder, até conseguir formar uma hipótese – um possível motivo para a queda de tráfego.

Algumas das melhores soluções, também são algumas das mais básicas – reavaliar palavras-chave, melhorar o marketing de conteúdo, remover backlinks tóxicos, etc. Não há respostas prontas para resolver este problema, ele deve ser resolvido caso a caso.

Conclusão

O trabalho do SEO não é apenas otimizar title tags e criar conteúdo rico em palavras-chave. O trabalho do SEO é estudar os números, identificar problemas e desenvolver soluções estratégicas. Se você der uma olhada em cada um dos pontos de dados que descrevi neste artigo, poderá evitar alguns grandes desastres ou simplesmente melhorar seu SEO.

Quais outros sinais de alarme com base em dados o SEO deve observar?


Compartilhe