Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Como Simplificar Seus Esforços de Marketing para Mídias Sociais com Esses 4 Passos

Se você já é parte do cenário do marketing de mídias sociais há algum tempo, já sabe que essa indústria muda muito.

Para você que ainda é novo nesse nicho, as mudanças constantes do marketing de mídia digitais podem ser bem assustadoras.

Por onde começar?

Quais aspectos vão determinar seu sucesso?

E por que tudo é tão confuso?

Eu sei o que você está sentindo.

É fácil ficar confuso com todas as informações conflitantes que se vê por aí.

E como se isso não fosse o suficiente, transformar esses dados em uma campanha de marketing de mídias sociais é um exercício frustrante.

É por isso que eu decidi tomar uma atitude.

Especialistas em marketing têm o mau hábito de deixar os temas mais complicados do que precisam ser.

Ao tentar fornecer o máximo de informação possível, eles acabam sobrecarregando os novatos da indústria e deixando-os com mais perguntas do que tinham antes de começar.

Hoje, vamos eliminar todo o ruído e ir ao coração do marketing de mídias sociais eficaz.

Existem muitas coisas que você pode fazer com o marketing de mídias sociais. Mas hoje vamos falar sobre as coisas que você precisa fazer.

Automação: A base da eficiência

Como na maioria das ações de marketing, seus alicerces vão acabar definindo o sucesso geral da sua campanha.

E para o empresário médio hoje, a automação vai impactar exatamente quão eficientes e eficazes serão suas ações de marketing.

Logo para começar, preciso dizer isso:

Eu sei que algumas pessoas vão ler até aqui, ver a palavra “automação” e focar somente nisso.

Não se engane: a automação é uma ferramenta poderosa. Mas ela não pode ser a única dimensão da sua campanha de marketing de mídias sociais.

Existem outros passos essenciais que você terá que tomar (e que vamos discutir mais adiante), e ignorá-los pode deixar sua presença nas mídias sociais muito fraca.

Bem, agora que eu já fiz esse aviso, é hora de entrar na parte divertida!

A forma mais fácil de pensar em automação é olhar para ela em termos de momentos em que você pode deixar que as ferramentas façam marketing por você.

Obviamente, ainda não existem ferramentas de marketing que escrevem posts de blog. Mas para a grande maioria das atividades de marketing que você precisa fazer, você poderá encontrar uma ferramenta.

Um dos meus exemplos favoritos são as ferramentas que publicam conteúdo por você.

Buffer tem uma ferramenta de gestão de mídias sociais fantástica com uma lista de funções bem impressionante.

2.1

E com mais de 4 milhões de usuários, você pode apostar que eles sabem o que estão fazendo.

Eu já falei publicamente sobre a importância de ter um cronograma de conteúdo.

Mas uma coisa que eu acho que é ignorada com frequência é a importância da consistência dentro daquele cronograma de conteúdo.

Ou para ser mais direto: pessoas que dizem que publicam toda quarta-feira, mas não publicam até sexta.

Para desenvolver fidelidade de marca e eventualmente ser visto como uma autoridade online, você terá que ser confiável.

Mas e se eu te dissesse que você não precisa mais se estressar por causa disso?

É isso mesmo: existe uma variedade de ferramentas que publicam nos horários marcados por você.

Se o Buffer não for o seu tipo, o HubSpot tem um software de mídia social para pequenos negócios bem impressionante.

2.2

E não é só se libertar das preocupações. É também se libertar da complexidade.

Quanto menos você tiver que se preocupar com o seu cronograma de publicação, mais fácil será focar em outros aspectos das suas iniciativas de marketing.

Criando conteúdo evergreen

E por falar em outras iniciativas de marketing, vamos abordar agora o conteúdo evergreen e o papel dele no marketing de mídias sociais.

Para quem não conhece o termo, o conteúdo evergreen pode ser descrito como conteúdo que sempre vai ser relevante ao seu público, independente das mudanças que a indústria sofrer no futuro.

“Mas Neil, esse tema não seria mais apropriado em um artigo sobre marketing de conteúdo?”

Ok, você me pegou aqui.

Em termos técnicos, o conteúdo evergreen pode ser visto como uma questão de marketing de conteúdo.

Mas na minha opinião, o conteúdo evergreen pode ser considerado relevante tanto para o marketing de conteúdo quanto para o marketing de mídias sociais.

Veja porquê.

A produção de conteúdo evergreen definitivamente é um aspecto do marketing de conteúdo, sem dúvidas.

Mas a implementação de conteúdo evergreen é também uma questão de marketing de mídias sociais, sem dúvidas!

E não precisa ser só histórias antigas. Estou promovendo esse artigo no Twitter mais uma vez agora para quem não viu da primeira vez.

2.5

A realidade do conteúdo evergreen é que ele tem o máximo de valor quando está sendo compartilhado regularmente nas mídias sociais.

Compartilhar seu conteúdo evergreen mais popular a cada dois ou três meses ou a cada dois ou três mil seguidores pode gerar valor tangível e ao mesmo tempo levar o seu melhor conteúdo a um público novo.

Claro, logicamente a próxima pergunta vai ser “Como o conteúdo evergreen me ajuda a simplificar?”

A resposta é que o conteúdo evergreen é, por natureza, uma solução eficiente para a questão da criação de conteúdo.

Todos nós sabemos como funciona a produção de conteúdo. Até a pessoa mais criativa e ambiciosa às vezes tem um bloqueio na hora de escrever.

Pensar em novas formas de divertir ou educar seu público é difícil.

Não há vergonha nisso. Criar conteúdo singular regularmente é difícil!

Eu sei disso. Não estou exatamente diminuindo meu ritmo de produção.

2.4

E criar montanhas de conteúdo novo todas as semanas ou mesmo todos os dias não é uma tarefa fácil.

E é por isso que a criação de conteúdo evergreen é uma parte tão importante de ter uma estratégia de marketing de mídias sociais eficaz.

Pense nisso assim. Imagine se você tivesse que publicar 4 conteúdos toda semana.

Seria ótimo ter um catálogo de conteúdo com tanto conteúdo evergreen que você poderia republicar um conteúdo antigo toda semana, certo?

De repente você só teria que criar conteúdo novo 3 vezes por semana.

O conteúdo evergreen é uma forma de garantir que, mesmo quando você estiver pouco produtivo, sempre vai ter algum conteúdo para utilizar que vai agradar ao seu público.

E criar esse conteúdo nem é tão difícil!

Tenho certeza de que alguns de vocês estão lendo isso e se perguntando como raios vão criar um catálogo completo de conteúdo que sempre vai ser relevante ao seu público.

Mas vou te contar uma coisa. Posso te garantir que você está pensando demais nisso.

O processo em si é bem mais fácil do que você imagina.

Se você está criando conteúdo para entreter as pessoas, a forma mais simples de criar conteúdo evergreen é evitar os eventos atuais em alguns conteúdos.

Não se confunda aqui: você deve criar conteúdo relevante às experiências atuais do seu público.

Mas existem outras formas de criar conteúdo divertido.

Veja só o caso do Saturday Night Live.

2.6

Eles fazem muitos quadros sobre eventos recentes. Nunca evitaram fazer isso.

Aqui está um que foi publicado recentemente no YouTube, com Alec Baldwin fazendo o papel do presidente Donald Trump.

2.7

Mas em meio a tudo isso, eles também criam conteúdos que não têm nada a ver com eventos atuais.

Por que?

Porque enquanto os eventos atuais podem se relacionar ao seu público hoje, não há muita chance de eles se relacionarem ao público daqui a seis meses, ou um ano.

Isso deixa seu conteúdo datado, o que é o contrário do objetivo do conteúdo evergreen.

Conteúdos sobre questões recentes são ótimos para vitórias no curto prazo. Conteúdos evergreen são ótimos para o seu crescimento no longo prazo.

Se você está trabalhando com conteúdos educativos, a solução para você também é muito simples.

Faça engenharia reversa dos problemas que pessoas na sua indústria enfrentam regularmente.

Não tente conectá-los a nenhuma questão atual. O problema que você está resolvendo deve ser algo que precisará ser resolvido no futuro previsível.

Se você tem um blog com conselhos para empreendedores, pode escrever um artigo evergreen sobre como fazer entrevistas com futuros funcionários ou como criar um plano de negócios.

Veja só o que fez a Entrepreneur, criando um guia passo a passo para os leitores:

2.3

Se tiver dificuldades, faça o que eu faço e trabalhe de trás para frente, a partir de um ponto de sucesso.

Vou te dar um exemplo.

Eu quero que você tenha sucesso com o marketing do seu negócio, certo?

Assim, se eu imaginar que você já é bem-sucedido, posso tentar determinar quais obstáculos você teve que vencer para chegar ao sucesso.

Você teve que fazer marketing. Assim, eu me pergunto quais métodos você deve ter usado.

Será que você usou o marketing de mídias sociais? Ou anúncios? Qual tipo de anúncios? O que determinou seu sucesso com esses anúncios?

Usando esse processo, você eventualmente vai encontrar dezenas de componentes chave para o sucesso, que podem ser o foco para a criação de conteúdos evergreen.

Pare de tentar publicar em todas as plataformas

Ok, se você tiver um sistema automatizado que publica seu conteúdo por você, isso não parece ser um problema.

Por que se preocupar com as plataformas de publicação quando uma ferramenta de marketing faz tudo isso por você?

Mas é sobre isso que eu te alertei mais cedo. A enorme tentação de deixar tudo para a automação.

Se focarmos na eficiência, queremos ter o máximo de retorno por nossos esforços.

Se os anúncios no Facebook gerarem o dobro do tráfego dos anúncios no Instagram, não faz sentido utilizar ambos na mesma proporção, certo?

Claro que não.

O mesmo se aplica aos posts que você divulga nas mídias sociais.

Isso é particularmente importante para quem está lendo esse artigo e tem um orçamento de marketing limitado e não pode pagar por ferramentas sofisticadas.

Escute isso cuidadosamente. Se o seu público não estiver no Google+, não se preocupe com ele. Eu certamente não fiz isso.

2.8

Estou falando sério! Ao começar, você definitivamente deve fazer experiências com todas as grandes plataformas de marketing de mídias sociais.

As pessoas tendem a ignorar plataformas como o Pinterest, por não serem consideradas parte das quatro grandes (Facebook, Twitter, Instagram e Snapchat).

Mas o Pinterest tem números bem impressionantes, especialmente em termos de sua base de usuários.

2.9

Existem muitas outras plataformas que são subestimadas simplesmente porque as pessoas não querem desafiar o quadro atual.

No início, sua melhor opção é experimentar tudo, porque não há como saber o que vai funcionar.

E mantenha essa atitude quando surgirem novas plataformas de mídias sociais.

Tipicamente, as primeiras pessoas a adotarem novas plataformas são as que se beneficiam mais delas, graças ao seu status de “autoridade”.

Mas para além disso? Fique com o que funciona.

Rastreie as métricas. Determine não só onde está a maior parte da atenção do seu público, mas também onde você está obtendo os melhores resultados para sua divulgação.

Comece a curar conteúdo

Essa dica é muito importante, especialmente se você está sofrente com as demandas da criação de conteúdo.

Se você não está familiarizado a esse conceito, a curadoria de conteúdo é relativamente simples.

Tudo o que você vai fazer é encontrar conteúdos que são relevantes para o seu público e compartilhá-los de alguma forma nas mídias sociais.

A dificuldade encontrada pela maioria dos empresários e marcas está na expressão “de alguma forma”.

Se você não entendesse nada disso, seria natural pensar que fazer curadoria de conteúdo é só encontrar outros posts de blog ou vídeos bons online e republicá-los no Twitter ou no Facebook.

E para ser justo, isso realmente é um aspecto da curadoria de conteúdo.

Ao examinar o conteúdo de Elon Musk no Twitter, você verá bastante curadoria de conteúdo nesse estilo.

2.10

Mas esse não é o único tipo de curadoria de conteúdo que existe.

Na verdade, existem vários tipos diferentes de curadoria de conteúdo. Mas para simplificar ao máximo, vamos focar em dois deles.

O primeiro, claro, é compartilhar outros conteúdos relevantes para a sua indústria.

Mas meu método de curadoria de conteúdo favorito é o segundo, em que você cria seu próprio conteúdo usando os conteúdos relevantes que encontrou.

Quando se trata do primeiro tipo de curadoria de conteúdo, eu o considero uma solução incompleta para o problema da autoridade online através do marketing de mídias sociais.

Se transformar em uma autoridade online certamente tem vantagens, e eu nunca vou culpar ninguém por fazer o que ele acredita ser melhor para transformar a marca dele em uma autoridade líder na indústria.

Mas quando eu vejo o conteúdo curado de uma marca média, geralmente há um detalhe que chama a minha atenção: o potencial desperdiçado.

Para entender o que eu quero dizer, vamos fazer um pequeno exercício de pensamento.

Imagine que estamos examinando duas empresas, a empresa A e a empresa B. Ambas têm a mesma quantidade de recursos, o mesmo alcance online e estão na mesma indústria.

Você já entendeu – elas são basicamente idênticas.

De repente, do nada, uma empresa lança um estudo sobre a frequência em que você deve publicar nas mídias sociais!

Isso é extremamente relevante para os públicos dessas empresas, e elas correm para encontrar uma forma de compartilhar esse conteúdo com os públicos delas.

A empresa A decide compartilhar o link na página do Facebook dela, e o público responde com algum interesse.

A empresa B, por outro lado, usa uma abordagem um pouco diferente.

Eles examinam os dados e criam um infográfico envolvente que o público deles pode ver e utilizar para entender melhor o que fazer com aquelas informações.

Se você está se perguntando como ficaria isso, veja como o Buffer fez exatamente isso.

2.11

Qual dessas duas empresas vai ter mais resultados com o post, na sua opinião?

A resposta é óbvia. Criar um infográfico é infinitamente mais engajante do que compartilhar um link com seus seguidores.

E isso é o que eu queria mostrar. A curadoria de conteúdo, em sua forma básica, é uma boa ferramenta.

Mas a curadoria de conteúdo em seu nível mais alto pode gerar resultados muito impressionantes.

Você já vai poupar tempo ao não ter que gerar os dados você mesmo. Assim, dedique algum tempo para criar um conteúdo realmente valioso para o seu público.

Dessa forma, você não só vai mostrar o grande conhecimento que a sua marca tem das mudanças constantes na sua indústria, mas também oferecer ao público um tipo de valor que é exclusivamente seu.

Conclusão

Não existe uma solução única para a questão de criar e executar uma estratégia de marketing de mídias sociais bem sucedida.

Qualquer pessoa que te oferecer uma solução única está simplificando demais ou desconhece a complexidade que afeta a maioria das campanhas de mídias sociais.

Mas existem passos que você pode dar para deixar esse processo o mais eficiente e eficaz possível.

Aprenda a aproveitar as vantagens da automação, como posts automáticos nas mídias sociais. Ao mesmo tempo, lembre-se de utilizar o tempo que economizou em formas mais eficientes de fazer marketing.

Crie conteúdo que resiste ao tempo ao fazer engenharia reversa dos problemas do seu público e oferecer a eles conteúdo que realmente é valioso, independente de quando eles leem.

Evite fazer coisas demais. Mesmo que você possa publicar automaticamente em todos os lugares, lembre-se que as plataformas de mídias sociais não são todas iguais.

E se você não tiver como pagar para publicar em todos os lugares, nem pense nisso!

Faça curadoria de conteúdo para poupar tempo com a criação de conteúdo, mas também faça um esforço para fornecer seu valor único com tudo o que você publicar.

Combinar todos esses passos não vai corrigir instantaneamente todos os problemas do seu marketing de mídias sociais, mas eu diria que é um bom começo.

O que você fez esse ano para simplificar suas iniciativas de marketing de mídias sociais?

Compartilhe