Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Pesquisa de Palavra-chave: as 8 Dicas Mais Valiosas de Como Fazer

keywords

A pesquisa de palavra-chave é extremamente importante.

Ela tem o poder de ditar não só o tráfego que você recebe, mas se esse tráfego vai ou não fazer uma compra.

O problema é que a pesquisa de palavra-chave consome muito tempo!

É um processo demorado.

Você precisa equilibrar vários critérios. Há a demanda, a dificuldade, a concorrência e outros desafios a vencer.

Finalmente, você seleciona uma palavra-chave que parece ser uma boa opção.

E aí, o que acontece? Você tem que passar o dia inteiro criando um post de blog de qualidade para rankear com essa palavra-chave!

Você nem sempre tem horas para investir na pesquisa de palavra-chave. Afinal, você provavelmente tem uma empresa para gerenciar!

Felizmente, existem alguns hacks que eu aprendi com o tempo.

Use as dicas que reuni nesse post para fazer pesquisa de palavra-chave em menos de 30 minutos.

Agora, ao invés de passar o dia inteiro comparando palavras-chave, eu faço isso em alguns minutos e então posso voltar ao trabalho.

Aqui estão 8 dicas pesquisa de palavra-chave que eu uso diariamente para poupar tempo.

Pesquise os termos de busca que seus visitantes estão buscando on-site

30% dos visitantes do seu site vão usar sua função de busca integrada para procurar respostas.

E adivinha só? Visitantes que usam essa função têm uma probabilidade 5 vezes maior de converter.

Você sabe o que isso significa para nós, especialistas em marketing?

Significa que as pessoas que estão pesquisando estão próximas de comprar!

Quando elas inserem essas palavras em uma caixa de pesquisa, significa que elas estão fazendo pesquisa de palavra-chave também para você.

Essas pesquisas no site são uma mina de ouro de dados, só esperando ser explorada.

Tudo o que você tem que fazer é encontrar essa lista de ideias selecionadas. Elas serão suas principais metas para transformar em novas páginas e posts.

Veja aqui como ativar o rastreamento da busca on-site no Google Analytics, para começar a aproveitar essa função.

Para começar, clique no link “Admin” no final da barra lateral esquerda:

image 23

Depois, procure a coluna “View” do lado direito. Você vai clicar em “View Settings”, logo abaixo.

pasted image 0 715

Role a página até a opção “Site Search Tracking” e ative-a:

pasted image 0 730

Agora, novos termos de pesquisa vão começar a aparecer nas próximas semanas.

As pessoas estão inserindo essas ideias em sua caixa de pesquisa porque não conseguem encontrar o que estão procurando.

Elas estão interessadas. E talvez o conteúdo esteja em algum lugar no seu site, mas elas não conseguem encontrá-lo.

Ao invés de tentar rankear na primeira posição para todas as palavras-chave do mundo, você pode fornecer excelente conteúdo aos visitantes do seu site que estão pesquisando essas ideias específicas.

Para ver seu histórico de buscas on-site, vá a “Behavior,” depois a “Site Search,” e finalmente, a “Search Terms.”

skitch 7

Agora você poderá ver exatamente o que as pessoas estão pesquisando.

Idealmente, você deve começar a identificar tendências e palavras-chave comuns. Comece utilizando as mais populares.

Se você já tiver conteúdo sobre esses assuntos, tente colocá-lo de forma mais visível em seu site para que as pessoas o encontrem em um menu ou barra lateral.

Se você ainda não tiver conteúdo sobre esses temas, agora você já sabe o que priorizar!

skitch 8

O que fazer se a palavra-chave for muito geral?

Na verdade, isso é ainda melhor!

Isso vai te dar um “mapa” a seguir. Você pode pesquisar todos as variações de palavras-chave de cauda longa relacionadas ao tema geral.

Você terá ideias de conteúdo para semanas ou até meses de trabalho.

Claro, vamos nos manter focados em usar palavras-chave para trazer novo tráfego de busca.

No entanto, não podemos negligenciar as pessoas que já estão pesquisando nos nossos sites.

É daí que virão nossos primeiros consumidores.

Deixe o Google te dar todas as respostas!

O Google declara que sabe o que é melhor para nós.

Ele quer nos ajudar a resolver nossas pesquisas o mais rápido possível.

Mas, às vezes, é como um pai super protetor que está sempre se metendo na nossa vida!

Você já deve ter tido essa experiência.

Você está tentando pesquisar alguma coisa. Digita as primeiras palavras.

E, de repente, o Google resolve se intrometer e te dar sugestões antes que você tenha terminado!

Talvez você ache isso meio suspeito da parte do Google.

Mas aí você percebe o quanto isso foi útil, e como as sugestões do Google foram precisas.

Por que? Porque o mecanismo de pesquisa do Google é concebido para aprender o comportamento do usuário.

Quando alguém faz uma pesquisa e tem que modificar os termos de busca várias vezes, o Google percebe isso.

Ele entende que os resultados para “ferramentas de SEO” não resolveram o problema. As pesquisas que foram feitas depois é que ajudaram.

Digamos que você insira os termos “keyword stuffing” no Google.

Isso é o que você verá antes de clicar em enter para fazer a pesquisa:

Screen Shot 2017 08 03 at 10.40.11 PM

Inserir os termos “keyword stuffing” te mostra algumas das pesquisas mais comuns que as pessoas usaram antes, durante e depois de pesquisas como essa.

São pesquisas relacionadas geralmente derivadas da pesquisa original.

O Google nos mostra isso porque percebeu que algumas palavras-chave gerais realmente são gerais demais.

E você sabe que esses exemplos são atuais porque o Google os atualiza a cada 2-3 semanas.

E é isso.

O Google pode te fornecer uma lista de ideias de palavras-chave de cauda longa em segundos.

Se isso ainda não atender às suas necessidades, você pode rolar a página até o final, após o resultado que aparece na 10ª posição.

Ali você verá uma longa lista de “buscas relacionadas a keyword stuffing”, nosso exemplo nesse caso.

Não é à toa que menos de 10% das pessoas clicam para ver a segunda página dos resultados!

O Google pula esse passo, oferecendo termos de pesquisa comuns para resolver nossos problemas.

Screen Shot 2017 08 03 at 10.40.27 PM

E quando você acha que o Google já fez tudo o que podia por você, descobre que eles adicionaram também a função “As pessoas também perguntam”.

Screen Shot 2017 08 03 at 10.40.34 PM

Essas perguntas são questões comuns inseridas pro usuários. Mais uma vez, elas são relacionadas à palavra-chave que você inseriu.

Elas são praticamente uma lista com as melhores perguntas. Assim, agora você tem várias oportunidades de conteúdo bem à sua frente!

Se você clicar em uma dessas perguntas, vai ver uma descrição detalhada. Veja o que acontece quando eu clico no primeiro resultado:

skitch 10

O melhor é que, quando você clica em um resultado, o Google gera automaticamente mais perguntas baseadas naquela em que você clicou.

pasted image 0 718

Essencialmente, você tem aqui uma lista ilimitada que gera perguntas comuns automaticamente!

Ao invés de passar horas fazendo pesquisa de palavra-chave, deixe que seu amigo Google faça isso por você.

Pesquise seu público para encontrar palavras-chave “seed”

Por acaso você lê as “listas de palavras-chave sugeridas” e se pergunta se as pessoas realmente pesquisam aquelas palavras-chave?

Tem certeza de que as estimativas de volume estão corretas?

Você não é o único!

Palavras-chave “seed” permitem que você descubra palavras-chave e termos de pesquisa que estão sendo utilizados por pessoas reais.

Elas também fornecem informações sobre a intenção e o volume dos usuários.

Para começar a usá-las, vá a www.seedkeywords.com e crie uma situação:

Screen Shot 2017 08 08 at 11.09.05 AM

Essa ferramenta gratuita é extremamente valiosa. Ela pode te ajudar a criar uma lista de palavra-chaves para anos.

Veja como ela funciona.

Comece criando uma situação específica na caixa “Creating My Scenario”:

Screen Shot 2017 08 08 at 11.10.50 AM

Por exemplo, “o que você pesquisaria se quisesse criar um blog?”

A seguir, simplesmente envie a URL para sua lista de contatos e veja sua lista de palavras-chave crescer!

Screen Shot 2017 08 08 at 11.12.03 AM

Você pode compartilhar seu link praticamente em qualquer lugar do seu site, nas mídias sociais e mais.

Depois, sua lista de palavras-chave vai se popular automaticamente baseando-se nas respostas.

Screen Shot 2017 08 08 at 11.13.12 AM

Essa técnica é menos comum e, naturalmente, pode não funcionar para algumas pessoas.

Mas se você conseguir que uma boa parte da sua lista de email responda, vai poder construir uma lista real das buscas mais populares.

Isso te dará também a oportunidade de gerar várias pesquisas de cauda longa que normalmente tomariam horas do seu tempo.

Além disso, você não vai ter trabalho nenhum!

E isso é o mais importante.

Assim você pode poupar tempo na pesquisa de palavra-chave e usá-lo em outras atividades práticas importantes.

Continue procurando perguntas comuns dos consumidores com o Answer the Public

O Answer the Public é uma das minhas formas favoritas de encontrar novas ideias para conteúdo.

Ele é similar à função “As pessoas também perguntam” do Google. Você pode criar uma lista curada de perguntas em torno de um tema, retiradas diretamente das mentes dos seus consumidores.

Algumas das ideias para conteúdos e títulos que você pode encontrar com essa ferramenta são incríveis.

Com apenas uma busca rápida e simples, você pode ver centenas de perguntas que se encaixariam perfeitamente em seus posts no blog.

E o melhor de tudo? A ferramenta é gratuita! Aleluia! Uma ferramenta a menos para comprar, certo?

Para começar, abra o site e insira seu tema geral na caixa de pesquisa:

skitch 12

Selecione o país que você quer segmentar e clique em “Get Questions.”

Você verá vários resultados imediatamente.

A lista inicial vai aparecer em formato visual. Apesar de bonita, ela é difícil de navegar.

Eu gosto de selecionar  “Questions” e então “Data” para filtrar além dos gráficos complicados e ir direto para o que interessa.

skitch 13

Agora você verá 3 tipos de resultados.

Primeiro, os resultados em forma de pergunta:

skitch 14

Esses resultados em forma de pergunta já são temas perfeitos para o seu conteúdo.

A seguir vem os resultados em forma de proposta. Eles incluem excelentes temas com palavras-chave de cauda longa, como “web design sem programação.”

skitch 15

O terceiro resultado inclui ideias em ordem alfabética. Você pode até ir a letras específicas.

Screen Shot 2017 08 08 at 11.06.47 AM
Agora, ao invés de ter que escrever tudo ou passar horas em ferramentas para pesquisa de palavra-chave, você terá centenas de temas em segundos.

Obtenha dados competitivos com o planejador de palavras-chave do Google

Ah, o velho planejador de palavras-chave do Google.

Goste dele ou não, você pode obter alguns dados sobre palavras-chave incríveis com ele.

Mas ao invés de usá-lo só para obter ideias, vamos reduzir o tempo gasto nisso pela metade e usá-lo para roubar ideias!

Roubar ideias do seu concorrente parece pesado. Mas você vai apenas aproveitar o trabalho duro que ele já fez.

Veja como esse processo funciona.

Faça login no AdWords e selecione a primeira opção no planejador de palavras-chave do Google:

skitch 16

É aqui que vamos fazer uma coisa diferente em relação aos métodos de que você normalmente ouve falar.

Ao invés de preencher a caixa de pesquisa com sua própria URL ou potenciais palavras-chave, você vai fornecer a URL do site de um concorrente.

Os resultados fornecidos pela ferramenta vão incluir uma lista com os temas e palavras-chave dele.

Vá até a aba Ad Group Ideas para ver resultados organizados dessa forma:

image 20

Essas são as palavras-chave selecionadas que seu concorrente já está usando.

E agora você também deve usá-las.

Felizmente, cada uma das ideias para grupo de anúncios vai incluir algumas coisas:

  1. Muitas palavras-chave de cauda longa
  2. O volume ou demanda de busca existente para cada uma delas
  3. E os níveis de concorrência

Você pode equilibrar essas métricas para descobrir o que vale a pena usar.

Por exemplo, se uma palavra-chave tiver muito volume mas for muito concorrida, talvez você não consiga rankear com ela nesse momento.

Assim, selecione outra palavra-chave, menos concorrida!

Crie palavras-chave de cauda longa localizadas com o Bulk Keyword Generator

As buscas locais e em dispositivos móveis crescem 146% todos os anos.

Isso é muita coisa!

Se ao menos existisse uma forma de capitalizar essas buscas…

Bem, agora existe! Você pode usar o Bulk Keyword Generator para criar listas de palavras-chave de cauda longa localizadas.

Quando você faz tarefas mais específicas, muitas vezes precisa de ferramentas mais específicas.

Você pode fazer uma pesquisa de palavra-chave básica com qualquer ferramenta.

Mas como fazer pesquisa de palavra-chave para criar listas específicas, como uma lista local? Você vai precisas de uma ferramenta especializada exatamente naquele nicho.

Se você está interessado em aumentar sua visibilidade no SEO local ou ajudar clientes a construir presenças locais, essa ferramenta de palavras-chave é a opção ideal.

Vamos usá-la aqui para encontrar termos locais que os usuários estão pesquisando.

Comece selecionando a indústria em que você atua:

Screen Shot 2017 08 03 at 10.54.49 PM

Depois, especifique o tipo de negócio que você tem dentro daquela indústria:

skitch 17

Aqui, insira sua localização. Por exemplo, “Seattle, Washington.”

pasted image 0 702

Após clicar no botão “Generate Keywords”, você verá uma lista enorme de palavras-chave locais.

Você pode também baixar essa lista em formato CSV. Assim, poderá organizar e priorizar os dados no Excel ou no Google Docs.

pasted image 0 713

Bastam alguns segundos para descobrir dezenas de termos de pesquisa locais.

Verifique o potencial das palavras-chave com o SEMrush

Agora que você já criou uma lista de palavras-chave, é hora de testar e encontrar as melhores.

Nesse ponto, talvez você já tenha centenas de palavras-chave.

Os números são impressionantes. Mas como você vai gerenciar isso?

Por onde começar?

Abra uma janela nova e vá ao SEMrush para verificar o potencial orgânico e CPC dessas palavras-chave.

Pegue a primeira palavra-chave da sua lista e insira-a na caixa de pesquisa.

Vamos usar “keyword research” como exemplo:

Screen Shot 2017 08 08 at 11.21.55 AM

Você verá dados sobre tendências imediatamente, do lado direito.

Isso é muito importante!

A realidade é que você vai precisar de algumas semanas ou até meses para rankear para uma palavra-chave.

Você não deve selecionar uma palavra-chave que está ficando menos comum. Do contrário, quando você chegar ao topo dos resultados, vai ter apenas um pouco de tráfego.

Assim, comece verificando se a palavra-chave ainda tem uma tendência de crescimento. Será que as pessoas ainda estão pesquisando esse termo em grandes quantidades?

Além disso, o gráfico vai te mostrar a popularidade da palavra-chave para resultados orgânicos.

Screen Shot 2017 08 08 at 11.22.03 AM

“Volume” te ajuda a entender quantas pessoas estão pesquisando essa palavra-chave todos os meses.

A seguir, a aba Paid Search vai te mostrar o custo médio por clique e o nível de concorrência:

Screen Shot 2017 08 08 at 11.22.09 AM

O CPC pode te ajudar a mensurar quanto essa campanha vai custar em relação ao nível de concorrência que ela tem e o esforço necessário.

A concorrência é baseada em uma escala de 0 a 1.

Isso significa que a palavra-chave que pesquisamos é relativamente concorrida.

O SEMrush oferece também palavras-chave de combinação de frase para que você considere se o CPC e a concorrência são altos demais para você.

Screen Shot 2017 08 08 at 11.22.15 AM

Palavras-chave de combinação de frase são frases que expandem a ideia original que você inseriu.

Muitas vezes, as versões de cauda longa são menos concorridas. Assim, pode ser mais fácil rankear com elas em um futuro próximo.

De qualquer maneira, o SEMRush é perfeito para verificar sua lista e ver se vale a pena segmentar aquelas palavras-chave!

Conclusão

Fazer pesquisa de palavra-chave muitas vezes é trabalhoso e demorado.

Você pode perder um dia todo fazendo pesquisa de palavra-chave aprofundada e aí descobrir que apenas uma ou outra valem a pena.

Criar uma longa lista de variações de palavras-chave de cauda longa pode ser ainda mais difícil.

Muitas vezes você nem sabe quais são as melhores palavras-chave de cauda longa na sua indústria.

Como fazer pesquisa de palavra-chave de cauda longa se você nem sabe o que é isso?

Você não pode passar um mês construindo listas de palavras-chave especializadas quando há tanto trabalho a fazer.

Você precisa focar em conteúdo que produza leads e manter sua atenção concentrada em gerar um retorno positivo sobre o seu investimento.

Felizmente, existem inúmeras ferramentas para pesquisa de palavra-chave que podem reduzir o tempo gasto nessa atividade de dias para apenas uma ou duas horas.

A chave é deixar que outros façam o trabalho por você!

Deixe que o Google te informa quais são as perguntas mais populares. Ele vai te mostrar até as buscas relacionadas mais comuns.

A seguir, use os termos de busca usados por usuários no seu site para informar seus próximos conteúdos.

E então você pode usar o Answer the Public para gerar perguntas ou conteúdo baseado nos seus concorrentes.

As possibilidades são quase infinitas, desde que você adote essas ferramentas para pesquisa de palavra-chave e assim reduza o trabalho envolvido.

Quais são os seus métodos favoritos para pesquisa de palavra-chave que economizam tempo e esforço?

Compartilhe