Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Mitos do Marketing de Conteúdo Que Você Precisa parar de Acreditar

myths

O cenário de marketing de mídia digital está constantemente em mudança.

Essa é a razão pela qual estamos sempre investigando as estratégias mais recentes, tentando descobrir qual é o próximo passo para estar no caminho do sucesso do marketing de conteúdo.

O marketing de conteúdo é uma das estratégias mais importante para as empresas, como você pode ver pela imagem do MarketingProfs abaixo.

2.1

O que é ótimo! Exceto pelo fato de haver um problema.

Com toda a informação que está constantemente sendo compartilhada, existem alguns casos em que as informações não são precisas.

Eu vou ser honesto com você. Eu não sou fã de falta de informação.

É por isso que hoje eu decidi abordar alguns dos maiores mitos do marketing de conteúdo que notei na indústria atualmente.

O marketing de conteúdo é bem difícil, uma vez que não existe qualquer tipo de informação errada.

Se você está curioso sobre item em específico, fique a vontade para clicar nos links abaixo e navegar no texto.

Claro, eu recomendo que depois de ter matado sua curiosidade, você volte e leia o texto do início ao fim.

Se você estiver familiarizado ou não com esses tópicos, você vai aprender algo de novo lendo este artigo por completo.

1. O marketing de conteúdo só funciona para certos tipos de negócios

Essa lista não está organizada em uma ordem de importância, mas vale a pena notar que este é um dos mitos mais comuns que eu ouvi ao longo dos anos.

Para deixar claro, o marketing de conteúdo não é um estilo de marketing específico da indústria. Não há um negócio específico que seja “mais adequado” para o marketing de conteúdo.

No final do dia, o marketing de conteúdo é apenas apenas uma forma de contar histórias. E qualquer empresa é capaz de contar histórias interessantes, uma vez que você entenda o que isso significa.

A Airbnb, um negócio que poderia ter funcionado facilmente com a ideia de que eles são mais baratos do que os hotéis, preferiu contar a história da vida e das viagens, que você pode dar uma olhada aqui em baixo.

2.2

Isso é o que importa. Qualquer negócio pode criar um conteúdo de alta qualidade, mesmo que eles tenham muita experiência com isso ou não.

Essa é uma boa questão para ser abordada. Se qualquer empresa pode fazer isso, como exatamente você faria isso?

Se você está de olho em criar conteúdo de alto nível, você precisa ter certeza de que você vai atender todas as suas necessidades.

O primeiro ponto de uma criação de conteúdo excelente é garantir que ele ofereça um valor tangível de alguma forma.

Não importa se o conteúdo é divertido, inspirador ou educacional.

O que importa é que o conteúdo forneça ao seu público uma coisa que inevitavelmente irá fortalecer sua marca.

Considere o valor absoluto que a Buffer entrega os seus artigos semanalmente.

23

O segundo aspecto da criação de conteúdo com uma boa qualidade é a sua capacidade de tornar esse conteúdo atraente.

Ouça, ter bons conselhos é um ótimo começo.

Mas é 2017. O marketplace não está capturando as pessoas, e se você quiser se destacar você terá que fazer algo a mais do que apenas oferecer o mínimo.

E o que significa criar conteúdo atraente?

Fácil. O foco deve ser menor na auto-promoção e mais no modo como a história está sendo contada.

Pense nisso desta maneira: a narrativa convincente é a ponte entre seu público e o valor que você gostaria de dar a eles.

2. Qualquer pessoa pode criar conteúdo de qualidade

Ok, lembra-se de como eu disse no tópico acima que qualquer negócio pode criar conteúdo de qualidade?

Eu digo isso porque acredito verdadeiramente que qualquer empresa pode aproveitar as necessidades do seu público e criar conteúdo para eles que realmente fazem a diferença em suas vidas.

Mas eu nunca disse que alguém poderia criar isso.

A realidade da criação de conteúdo é que funciona como consertar um carro. As coisas mais simples, você provavelmente pode fazer por conta própria.

Porém, quando você começa a lidar com os problemas mais complexos, a melhor saída é deixá-los para os profissionais.

Se você ou alguém da sua equipe tiver experiência na área de criação de conteúdo, então é melhor para você.

Mas se você nem ninguém com quem você trabalha tem alguma experiência com isso, você vai economizar muito tempo se contratar alguém para lidar com isso.

Tenho certeza que algumas pessoas estão lendo isso agora e pensando: “é so escrever! Não pode ser tão difícil”.

Ok, vamos esquecer o fato de que criar histórias impactantes é algo realmente desafiador quando feito por conta própria.

Mesmo sem esse aspecto, você ainda terá que lidar com a produção diária de conteúdo.

Seja qual for o seu planejamento de conteúdo, você provavelmente publicará em qualquer lugar de 1 a 2 peças de conteúdo original para começar.

E honestamente? Isso vai ser muito mais difícil do que parece. Há uma razão para existir agências como a Creative Circle, que oferecem seus trabalhos para gerenciar seus conteúdos em troca de pagamentos.

2.4

O que estamos querendo dizer aqui não é se você pode ou não fazer essas peças com conteúdo original.

A questão é você pode fazer isso bem feito?

Somente você e os membros da sua equipe sabem a resposta dessa pergunta, mas é importante ter um olhar honesto a si mesmo e evitar subestimar a dificuldade deste processo.

Confia em mim, você vai economizar muito tempo a longo prazo.

Se você não consegue lidar com isso, vá em frente e procure um conjunto extra de pessoas com experiência na criação de conteúdo.

Não irá faltar pessoas realmente animadas para trabalhar com você, mas preste atenção no meu conselho.

Não escolha imediatamente a opção mais barata. Certifique-se de fazer a escolha certa antes de contratar alguém que não esteja pronto para lidar com as suas necessidades de marketing de conteúdo.

Na entrevista peça para eles escreverem algo. Além disso procure ter uma noção de quem eles são e do que são capazes.

Depois de encontrar a pessoa certa, você estará em uma posição muito melhor para dominar o cenário do marketing de conteúdo.

3. O conteúdo puramente textual é suficiente

Este mito é realmente bastante comum entre os primeiros anos, o que é uma pena, pois é crucial entender isso logo no início da carreira de marketing.

Para ser honesto, eu consigo compreender a confusão desta vez.

Quando a pessoa pensa sobre o marketing de conteúdo, eles provavelmente estão imaginando um post de blog ou um artigo.

Mas a indústria esta mudando. Basta olhar para as estatísticas das postagens do Facebook  com posts que contém imagens e os que não contem.

buzzsumo graph

E vamos ser honestos. A maioria dos conteúdos que estão sendo divulgados hoje tem uma imagem acompanhando o post que se refere a aquilo que está escrito.

Infelizmente, a ideia de que isso é o suficiente para que impulsione o conteúdo é a receita para o desastre.

Se você está procurando criar o melhor tipo de conteúdo possível, você precisará criar conteúdo com várias interfaces diferentes.

Isso pode soar meio intimidante, especialmente se você é novato no assunto.

Mas não se preocupe. O plano para o conteúdo em vários lugares diferentes é realmente muito fácil de aprender.

O primeiro componente é o seu conteúdo, é claro. Ele precisa agregar mais valor do que o conteúdo dos seus concorrentes que oferecem o mesmo produto ou serviço que você.

Além disso, você também vai querer algum tipo de componente visual nos seus artigos.

O mais fácil de começar é com as imagens, e eu recomendo que a maioria das empresas comecem por isso.

As imagens não precisam ter a mesma qualidade do material da National Geographic. As imagens mais comuns que eu vejo são as capturas de tela, fotos de ações e infográficos.

Eu não sou um grande fã de fotos de ações (eu realmente não consigo ver o valor em uma imagem genérica), mas as capturas de tela e infográficos são grandes ferramentas que podem ser utilizadas em qualquer criação de conteúdo.

Basta olhar para esta estatística de infográficos, fornecida pelo HubSpot.

2.5

Os infográficos ajudam a quebrar o texto, evitando grandes parágrafos e consequentemente que seu leitor se sinta entediado além disso também servem para adicionar um contexto a qualquer tópico que seu artigo esta descrevendo.

Claro, o tipo favorito de todos para o conteúdo visual: vídeo.

Para ser claro, o marketing de vídeo é definitivamente uma das ferramentas mais poderosas que você pode utilizar.

crescimento do vídeo móvel sozinho em 2016 foi incrível, como você pode ver abaixo:

2.7

Se você encontrar uma maneira de incorporá-lo em seu conteúdo, a minha sugestão é que o faça.

Dito isso, eu definitivamente consideraria criar o conteúdo de um vídeo, uma das coisas mais difíceis para uma empresa fazer quando alcança o sucesso, então não tenha medo de evitar este obstáculo particular por enquanto.

4. O marketing de conteúdo deve entregar vendas para ser considerado bem-sucedido

Se eu tivesse que adivinhar, eu diria que este próximo tópico é a razão que a maioria das empresas sem uma estratégia de marketing de conteúdo não estão interessadas em em uma.

Olhando para o marketing de conteúdo a partir de uma perspectiva puramente baseada no ROI, é fácil dizer que, uma vez que não oferece vendas diretas, não vale a pena investir.

O engraçado é que o marketing de conteúdo pode oferecer vendas, mas também pode entregar muito mais que isso.

Considere esse infográfico em forma de funil que a Bluewire Media fez.

2.8

O que mais gosto no marketing de conteúdo é a sua versatilidade. Veja, diferentes conteúdos podem servir para fins diferentes nos funis de vendas e marketing.

Tudo isso leva diretamente a vendas? Não. Mas isso não significa que ele é inútil.

Ao invés de fixar as vendas quando se trata de marketing de conteúdo, determine alguns objetivos realistas que contribuem para o seu negócio, mas vão além do escopo de vendas.

Você está procurando aumentar o tráfego? Taxas de conversão para um e-book? Inscrições para uma newsletter?

As vendas são importantes, é claro.  Mas existem outras métricas em que o marketing de conteúdo de alto nível pode ter um impacto.

Aprenda a definir o que constitui uma conversão significativa e se concentre na criação de conteúdos que incentivam isso.

5. Ter expectativas irrealistas sobre o custo 

Mais cedo, nós falamos sobre o equívoco que qualquer pessoa pode criar um conteúdo de qualidade.

Se analisarmos um pouco mais a fundo, podemos ver que outro grande ponto que gera confusão é a questão de pagar os profissionais de conteúdo.

Há basicamente dois tipos de expectativas de custo que são irrealistas.

O primeiro lado parece pensar que a contratação de outro membro da equipe, mesmo sendo para algo tão valioso como o marketing é muito caro para seu negócio pagar.

Esse é o maior mito do marketing de conteúdo que poderiam inventar. O profissional do marketing ou profissional de conteúdo hoje cobra em qualquer lugar uma média de R$:20,00 a R$:50,00 reais por hora.

Aqui está uma visão sobre alguns dos escritores de primeira linha, por exemplo:

2.9

A ideia de que é muito caro simplesmente não é verdade, mesmo que o orçamento de marketing seja pequeno é o suficiente para lidar com um membro novo na equipe.

Porém, há um outro lado que espera que os escritores escrevam de graça (ou quase isso).

Está também não é uma grande ideia, uma vez que o escritor que você gostaria de contratar pode facilmente perder o interesse ao notar que você não está disposto a pagar muito pelo trabalho dele.

Você será capaz de encontrar escritores? Com certeza. E alguns dos conteúdos podem ser surpreendentes.

Quem sabe? Talvez fossem apenas subvalorizados.

Mas grande parte do tempo, você irá ganhar dinheiro. E se você gastar dinheiro “bom o suficiente”, você vai acabar com um conteúdo “bom o suficiente”.

Você não precisa de um grande orçamento para ter um conteúdo respeitável. Porém você não pode esperar ter um conteúdo acima da média se estiver disposto a pagar um preço abaixo da média.

6. Você pode esperar resultados rapidamente

Ver os resultados do seu trabalho duro é sempre um grande sentimento.

Infelizmente, é um sentimento que você provavelmente não vai experimentar imediatamente quando se trata do marketing de conteúdo.

A razão disso é simples o suficiente.

É preciso tempo para se tornar uma autoridade online. O Google tem que encontrar suas postagens, assim como todos os outros.

Há certas coisas que você pode fazer para iniciar esse processo.

Para iniciantes, você precisa ter certeza de que seu conteúdo está sendo promovido nas mídias sociais.

Se o seu negócio não tiver uma tonelada de dinheiro, essa promoção gratuita de mídia social pode fazer muita diferença.

Se você tem um orçamento de marketing maior, você pode promover o uso de anúncios do Facebook para acelerar o processo.

Você nem precisa de muito para começar, segundo a página comercial do Facebook.

2.10

Mas não importa quanto tempo você tente economizar, não há como evitar o fato de que quando se trata de motores de busca e da indústria, você terá que esperar para ver os resultados.

7. A criação é tudo que importa

Ouça, eu adoro falar sobre a criação de conteúdo envolvente e de alta qualidade.

Mas eu estaria mentindo se eu dissesse que a criação é a peça mais importante deste quebra-cabeça.

Para ser sincero, o processo criativo tem muitos outros aspectos que nos oferecem um marketing de conteúdo de qualidade.

Não há como subestimar a importância de estabelecer uma série de objetivos realistas e atingíveis no início de sua campanha de marketing de conteúdo.

Além de ser uma grande ferramenta para usar ao se manter responsável por métricas, o estágio de planejamento também lhe da a oportunidade de criar um plano de promoção.

Há uma variedade de maneiras diferentes que você poderia abordar a promoção, mas o que realmente interessa é que você tenha um plano de como compartilhar isso com o mundo.

Conclusão

Olhe, eu sei. Isso é muito para ser processado, mas é importante que esses mitos do marketing de conteúdo parem de circular.

Basta lembrar que o marketing de conteúdo funciona para qualquer tipo de negócio.

É preciso um tipo especial de pessoa para escrever, então procure não dar essa função para uma pessoa qualquer.

Seu negócio merece mais do que apenas conteúdo baseado em textos.

Marketing de conteúdo é muito mais do que apenas vendas.

Esteja preparado para investir, mas você definitivamente irá obter o que deseja.

Pare de esperar gratificações instantâneas e planeje com antecedência.

Se você puder fazer tudo isso, então você estará cada vez mais perto de colher os benefícios do marketing de conteúdo.

Qual é o mito do marketing de conteúdo mais louco que você já ouviu?

Qual é a sua opinião sobre a qualidade versus quantidade em relação a conteúdo?

Compartilhe