Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Matched Audiences do LinkedIn: Aprenda Como Usar essa Estratégia

linkedin matched audiences

Quando a Microsoft comprou o LinkedIn por US$ 26 bilhões, todos pensaram que eles estavam loucos.

Até então, LinkedIn era em grande parte mal sucedido e eles estavam tendo uma visível dificuldade para se recuperar.

Instagram, Facebook, e Twitter quase imediatamente ganharam tração. Porém, LinkedIn era uma história diferente. Por muito tempo, a plataforma parecia que era uma tentativa ruim de ser um espaço de mídia social para negócios.

Mas então, tudo mudou.

Aparentemente do nada, LinkedIn pegou fogo como uma tocha embebida de querosene. E o fogo não parecia que iria apagar rápido.

pasted image 0 721

E, com todo esse poder, veio uma nova era de recursos do LinkedIn.

Influenciadores lotaram a plataforma como um estádio em uma final, e a Microsoft estava fazendo o seu melhor para fazer definir LinkedIn como uma área de propaganda, como Facebook.

A ação fez sentido.

Agora que o LinkedIn tem um número significativo de usuários, ele é capaz de receber campanhas de publicidade que alcancem grandes públicos segmentados.

De certa forma, pode ser até melhor que o Facebook nisso.

Como parte da tentativa da Microsoft de otimizar a plataforma para publicidade, eles recentemente lançaram seu maior desenvolvimento para o marketing até agora.

Eles o chamam de Matched Audiences.

A seguir, você verá o que é Matched Audiences e como você pode usá-lo como uma poderosa ferramenta de publicidade.

O que é Matched Audiences?

É extremamente simples e bastante familiar.

Pense no Facebook por um momento. Você já visitou um site e depois saiu para visitar seu Facebook, apenas para ver um anúncio exatamente sobre o que você estava procurando?

Se você nunca fez isso, provavelmente não tem uma conta no Facebook. Isso acontece sempre.

Este é um que apareceu no meu feed de notícias, partindo do Ninja Outreach.

Screen Shot 2017 10 16 at 12.23.31 PM

Estes são chamados de anúncios de retargeting.

A ideia por trás disso é que você pode segmentar pessoas que já se interessaram em seu produto ou serviço. Isso é muito melhor que segmentar pessoas que possam ter interesse. É isso que torna os anúncios de retargeting tão poderosos.

Mas, você já pensou como isso funciona?

Como o Facebook sabe quando você visitou um site e então te direcionou esses anúncios?

A resposta está no que LinkedIn acabou de criar, com o seu recurso de Matched Audience.

Aqui está um vídeo que explica como isso funciona.

Basicamente, Matched Audiences te permite fazer marketing para pessoas que visitarem seu site.

Também te permite fazer upload de informações de contatos de prospects, para anunciar melhor para eles.

Então, os mecanismos de busca enviam um relatório de volta para o LinkedIn, dizendo quais sites o usuário visitou recentemente e se há outras pessoas as quais ele acredita que você deveria também direcionar o anúncio.

Então, o LinkedIn te permitirá fazer retargeting para pessoas que estão interessadas em seu produto ou serviço.

Boom: Um ganho para o profissional do marketing e um ganho para o cliente.

Por que LinkedIn?

O Facebook ou Instagram não são muito mais poderosos? Essas plataformas têm muito mais usuários e ainda são mais populares, no geral.

Honestamente, digo que o LinkedIn ainda está tentando encontrar seu lugar no mundo das redes sociais.

É verdade, mas por anos o LinkedIn também está livre de spam e bagunças nas redes social.

Como ainda é uma plataforma bastante nova, é extremamente capaz de chegar ao público com clareza, autenticidade e singularidade.

Mas não é apenas novo. É muito mais direcionado do que quase qualquer outra plataforma de rede social.

Veja o perfil de Michaela Alexis.

Screen Shot 2017 10 16 at 12.33.53 PM

Aqui, ela nos diz exatamente o que está interessada e qual é sua especialização.

Mais abaixo, tem uma descrição que nos diz ainda mais sobre quem ela é e o que ela gosta.

Screen Shot 2017 10 16 at 12.35.12 PM

Agora você provavelmente está pensando: “Bem, o Facebook e o Instagram têm tudo isso”.

E você estaria certo.

Mas o LinkedIn tem algo que o Facebook, o Instagram e o Twitter não têm.

Se você rolar para a parte inferior do perfil de alguém, você verá esta seção interessante.

Screen Shot 2017 10 16 at 12.37.01 PM

Esta é a seção de “habilidades” em que os usuários do LinkedIn incluem uma variedade de habilidades relacionadas ao seu perfil.

Por que isso é tão poderoso para a publicidade?

Bem, a publicidade gira em torno da segmentação efetiva de grandes grupos de pessoas.

E se você achasse, por exemplo, que as pessoas que são escritores notáveis são mais propensas a comprar seu produto?

Ou, se seu público ideal fossem pessoas que são excelentes estrategistas SEO ou especialistas em marketing para redes sociais?

O objetivo é que todos esses dados extras permitem que seus esforços de publicidade no LinkedIn sejam ainda mais direcionados, o que significa que provavelmente será mais eficaz também.

Mas não precisamos apenas olhar para o que LinkedIn é capaz de fazer. Podemos ver o que ele realmente faz.

O LinkedIn gera mais leads para empresas B2B do que Facebook, blogs, ou Twitter.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.49.32 AM

De forma semelhante, 93% dos profissionais de marketing B2B consideram o LinkedIn ser o melhor site para geração de leads.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.48.33 AM

E não é apenas B2B. 51% das empresas B2C já adquiriram algum cliente usando o LinkedIn.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.47.52 AM

Finalmente, para ilustrar o sucesso dos esforços de marketing do LinkedIn, a plataforma é responsável pelo sucesso estrondoso de 64% de todas as visitas de sites corporativos das redes sociais.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.49.03 AM

Ainda há alguns que acham que o LinkedIn é inútil e que não estão dispostos a experimentá-lo. Mas essas estatísticas são difíceis de discutir.

Então, por que não LinkedIn?

É insanamente poderoso e mais direcionado do que a maioria das redes sociais.

E o seu novo recurso de Matched Audience está alavancando esses fatos.

Veja como você usá-lo.

Como usar o novo recurso do LinkedIn

Existem várias partes móveis para o novo recurso do LinkedIn.

Mas você pode estar familiarizado com isso se você já usou outra ferramenta de publicidade de rede social.

Primeiro, vamos ver a habilidade do Matched Audiences de fazer retargeting para seu público.

No canto superior direito do seu painel de publicidade, você verá um botão que diz: “Create an audience to retarget”. Clique nele.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.36.30 AM

Então, esta janela aparecerá onde você precisa dizer ao LinkedIn para quem deseja fazer o retargeting. Em outras palavras, você precisa nomear seu público e inserir a URL no qual deseja focar.

Sempre que as pessoas visitarem essa URL, o LinkedIn saberá e fará o retargeting com seus anúncios de produtos ou serviços.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.37.16 AM

Em seguida, você terá uma “Insight Tag”. Isso precisa estar em algum lugar na URL que você selecionou para que o LinkedIn possa se comunicar com seu site e receber um alerta quando os usuários do LinkedIn visitarem sua página selecionada.

Se você não tem um site que seja fácil de personalizar, como WordPress ou Squarespace, basta enviar essa tag para o seu desenvolvedor e ele saberá o que fazer com isso.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.37.49 AM

Clique em “Next”.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.38.25 AM

Agora, sua campanha de retargeting estará em funcionamento.

Mas retargeting não é o único recurso incrível incluído na ferramenta Matched Audiences do LinkedIn.

Se você clicar na tab à direita, que diz “Uploaded list audiences”, você poderá fazer o upload de uma nova lista de contatos para o LinkedIn. Estes podem seus prospects frios, seus leads quentes ou lista de email.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.38.51 AM

Clique em “upload a list”.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.39.20 AM

O LinkedIn te permitirá enviar mais de 300.000 contatos em uma única lista.

Dependendo do tamanho de sua lista, isso pode demorar um pouco.

Mas, depois de carregar sua lista, você pode adicioná-la facilmente a qualquer uma das suas campanhas publicitárias.

Por exemplo, digamos que você esteja oferecendo um webinar gratuito e você deseja que todos da sua lista de email participem. Você mesmo pode enviar um email para eles, mas também pode rodar os anúncios do LinkedIn para direcionar a eles.

Você pode ter várias listas. Você poderia, por exemplo, ter uma lista para leads frios, uma para leads quentes e um para clientes leais.

Então, dependendo do anúncio que você está rodando, você pode escolher a lista que você achar ser a mais apropriada.

Para continuar carregando sua lista, dê um nome a ela, copie e cole seus contatos ou carregue um arquivo com os contatos.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.39.57 AM

Então, escolha entre “Match against a list of accounts” ou “Match against a list of contacts”.

Você usará o primeiro se você estiver carregando contas de um banco de dados de marketing.

Você usará o segundo se estiver carregando contatos da sua lista de endereços de email.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.40.56 AM

Agora, faça upload de suas contas ou contatos.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.41.27 AM

Novamente, isso pode demorar um pouco, mas valerá a pena esperar, uma vez que esteja tudo configurado.

Finalmente, o LinkedIn te permite conectar seu perfil de publicidade a um serviço de integração de dados.

Clique em “Connect to data integration”.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.42.31 AM

Isso te dará uma chave pública e uma chave secreta. Simplesmente, copie o código e o anexe em seu serviço de integração de dados.

Isso fará com que você não precise procurar por suas métricas. Assim, você poderá ver todos esses dados em um só lugar.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.43.16 AM

Insira as informações solicitadas.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.43.44 AM

Envie.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.44.04 AM

E sua integração dos dados está feita.

E é assim que você usa o recurso Matched Audience do LinkedIn. Por que não experimentá-lo hoje?

Com todos esses novos recursos, é difícil achar que os anúncios LinkedIn são uma perda de tempo.

De certa forma, é mais poderoso que outras plataformas de mídia social.

Essa nova ferramenta de publicidade te permite atingir todo esse potencial.

O poder de fazer retargeting para os visitantes do seu site

Muitos profissionais de marketing estão falando sobre retargeting.

Eles afirmam que é incrivelmente poderoso.

Eles dizem que gera mais leads que qualquer outro tipo de publicidade, e que isso mudou suas vidas.

Mas é isso tudo mesmo?

Em suma, não.

Retargeting funciona.

Mas o quão bem ele funciona, e por quê?

Bem, para iniciantes, considere isto:

Depois de quatro semanas de esforços com retargeting, os sites em média veem um aumento de 726% no tráfego.

Mas por quê? Por que os sites que usam anúncios de retargeting conseguem muito mais tráfegos que antes de começarem a fazer retargeting?

Vamos pensar sobre isso.

Você sabe que as propagandas são mais poderosas quando são altamente segmentadas. De um modo geral, quanto mais você segmentar seus anúncios, mais eficazes eles serão.

Com retargeting, somente as pessoas que veem o anúncio são as pessoas que já visitaram o site escolhido.

Você pode, por exemplo, escolher uma única página de um produto e então fazer retargeting exatamente para aquele produto.

Esse tipo de foco faz com que o marketing segmentado seja notório.

Você pode estar pensando “mas, seus clientes confiam em anúncios online?”.

E essa é uma ótima pergunta. Baseado em pesquisa, estas são as reações dos clientes com anúncios online:

30% têm uma reposta positiva, 59% são neutros e 11% são negativos.

Talvez a coisa mais valiosa dessas estatísticas é que somente 11% dos clientes têm uma reação negativa com os anúncios online.

Além disso, os dados mostram que somente 2% dos clientes que visitam seu site, pela primeira vez, convertem. Fazer retargeting te dá uma segunda chance com os restantes 98%.

No fim das contas, os clientes não se incomodam com os anúncios. E se o anúncio mostra algo que eles realmente têm interesse, então eles podem até achá-lo útil.

Talvez, eles esqueceram do produto que iam comprar porque estava ocupados, e sua campanha de retargeting os faz lembrar.

Nesse caso, o consumidor provavelmente ficará feliz por você ter visado eles.

E com anúncios online, é muito mais fácil direcionar para seu cliente ideal do que com outdoors ou banners.

Por isso, anúncios segmentados levam a um aumento médio de 1046% nas buscas de marca.

Você também tem de lembrar que você competindo por conversões.

Em um estudo, 88% dos que foram entrevistados relataram que já estavam usando retargeting. Você não quer ficar para trás.

Isso nos leva a discutir o benefício final dos anúncios de retargeting. Uma vez que as pessoas que se importam com sua marca veem suas propagandas mais regularmente, elas estão mais propensas a procurá-lo.

Elas podem não estar interessadas no momento exato que olharam. Mas, quando elas estiverem, irão te procurar.

Como elas veem constantemente seus anúncios, seu produto estará sempre em primeiro lugar na cabeça delas, em vez da concorrência. E, geralmente, o que é mais lembrado é o que ganha.

Anúncios de retargeting são importantes para construir visibilidade da marca e, assim, para geração de leads.

Exemplos de retargeting incríveis

Como o LinkedIn é ainda relativamente novo no mundo da publicidade, os esforços no marketing são poucos.

Mas no Facebook, não.

Na verdade, você não conseguiria visualizar mais de cinco posts no Facebook sem ver um anúncio segmentado de algum lugar que você visitou recentemente naquele dia ou nos últimos dias.

A faltam de desordem é, em parte, o que torna o LinkedIn tão bom nesse aspecto.

E, porque não muitas pessoas se voltaram para a publicidade na plataforma, as publicidades que estão lá são mais visíveis e menos invasivas.

Quanto mais anúncios as pessoas veem, mais elas se acostumam com eles e menos efetivos eles se tornam.

Porém, isso não significa que não podemos aprender algumas estratégias eficazes dos anúncios do Facebook para usar no LinkedIn.

Dê uma olhada neste anúncio de retargeting da Expedia.

pasted image 0 713

O que gosto mais nesse anúncio do Facebook é a simplicidade.

Eles não tentam ser criativos demais, e por causa disso, os prospects escutam sua mensagem de longe e claramente. Ou seja, eles atualmente têm ofertas que irão economizar seu dinheiro na sua próxima viagem.

O desconto adiciona um incentivo extra para alguém que já visitou mas não converteu.

E, desde que eles saibam que você já está interessado no produto deles, esse incentivo pode ser o suficiente para converter você.

Então, se você clicasse no anúncio do Facebook anterior e não convertesse, Expedia iria fazer retargeting para você com esse anúncio pouco tempo depois.

pasted image 0 701

Nessa publicidade de follow-up, eles incluem um senso de urgência usando a linha “O tempo está passando”.

Eles até mencionam o hotel exato que eu estava pensando em reservar. É altamente direcionado.

Isso te faz sentir naqueles momentos de “é agora ou nunca”. Comprar ou perder dinheiro mais tarde.

E isso é um ganho para a estratégia de marketing.

Aqui está outro exemplo de retargeting, desta vez do HubSpot.

pasted image 0 688

Eu estava procurando pelo sistema CRM deles, mas não converti. Este é o suave empurrãozinho deles para me lembrar.

O anúncio enfatiza os benefícios usando as ferramentas do Hubspot. Boas estratégias de venda tocam na dor daquele prospect que está passando e, em seguida, oferece uma solução notável.

E é exatamente isso que o Hubspot faz com sua publicidade, o que adoro.

Na maioria das vezes, quando você está tentando organizar seus dados de vendas, demora muito tempo. Planilha e mais planilha de Excel fazem uma bagunça no seu computador, e conseguir fazer sentido nisso tudo é uma outra batalha.

HubSpot afirma que seu CRM leva somente 25 segundos para ser configurado e pode economizar 124 horas todo ano.

Essa é uma grande promessa que muitos gerentes de dados não podem deixar de acreditar.

Usar seu produto como a solução para o problema de seu prospect é uma forma perfeita de lembrá-los porque eles precisam de você.

Ou, você pode fazer a abordagem que Grant Cardone fez com seus anúncios de retargeting.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.58.29 AM

Este tem algumas táticas excelentes de marketing. Primeiro, ele usa a frase cativante: “Transforme seus negócios, renda e vida…”.

Isso atrai muitas pessoas. Quem não quer viver uma vida diferente, melhorar seus negócios e aumentar sua renda? E qualquer um que conhece o Grant Cardone, provavelmente tem um pouco de inveja da vida que está vivendo.

Com esses dois fatos, o anúncio atrai qualquer pessoa com um olho para auto-aperfeiçoamento.

Em segundo lugar, ele cria urgência. “Quase esgotado”.

E, por fim, ele oferece um incentivo dando desconto no preço com o seu “Oferta por tempo limitado”.

Tudo isso torna o anúncio do Facebook bem-sucedido. E, se você reparar, os anúncios do LinkedIn não são diferentes.

Russell Brunson é outro mestre em anúncios de retargeting.

Screen Shot 2017 10 16 at 8.59.00 AM

Em vez de tentar vender seu produto por conta própria, Russell usa muitas provas sociais para fazer isso por ele.

Todos sabem quem é Tony Robbins, então, quando Russell diz que Tony gosta de seu livro, é uma afirmação impactante.

De maneira similar, Russell começa seu anúncio com um depoimento de alguém que está lendo seu livro, para ilustrar o valor que o livro oferece.

Toda essa prova social, combinada com o fato do livro ser gratuito, torna-o uma decisão fácil para alguém que tem interesse nesse tipo de negócio.

Fazer retargeting no LinkedIn não é diferente que fazer no Facebook. Use as dicas desses exemplos para fazer retargeting como um profissional.

Conclusão

O LinkedIn talvez nem sempre tenha sido legal. Mas com otimização da Microsoft e Matched Audiences, ele se tornou uma mina de ouro para fazer retargeting para seus clientes potenciais.

Você definitivamente não quer perder essa tendência.

Como eu mencionei, os anúncios do LinkedIn serão os mais eficazes no início da vida deles, quando as pessoas ainda não estão acostumadas com eles.

E exatamente agora é o início deles.

Agora que você sabe o que são Matched Audiences e como usá-los, porque o LinkedIn está prosperando, o poder de anúncios de retargeting e exemplos que podem orientá-lo, você está pronto para aproveitar todo o poder de marketing que o LinkedIn tem a oferecer.

Fique à frente da tendência enquanto seus anúncios são mais efetivos. Pegue sua fatia da torta antes que os anúncios do LinkedIn sejam tão comuns quanto os anúncios do Facebook, Twitter ou Instagram.

Uma vez que é lugar comum, será mais difícil de se destacar.

Quais são os melhores conselhos que você ouviu para otimizar seus anúncios de retargeting?

Compartilhe