4 Dicas Criativas para Usar o Facebook Ads e Aumentar o seu ROI

facebook roi

Fazer sua primeira campanha de Facebook Ads não é muito complicado.

Não, a parte complicada é fazer várias delas ao mesmo tempo.

O melhor ROI no Facebook Ads começa quando suas campanhas trabalham em conjunto.

Então alguns anúncios vão chamar atenção. Outros vão gerar leads.

Mas isso cria um problema.

Uma ideia que funciona bem para um anúncio pode não funcionar tão bem para outro.

Essa questão então direciona para o posicionamento do anúncio e para o texto que você escreve.

Seu anúncio criativo com super-ROI de uma campanha pode falhar totalmente em outra.

Mas por onde devemos começar?

Pause suas campanhas agora mesmo. Sim, você me ouviu.

Leia estas quatro dicas para Facebook Ads inabaláveis e criativas antes de ir mais adiante.

E, então, volte e melhore suas campanhas. Vai valer a pena quando você identificar novos resultados digitais da sua campanha de Facebook Ads.

1. Comece selecionando uma imagem que seja fácil de reconhecer e tenha credibilidade

As pessoas não leem hoje em dia.

pasted image 0 833

Então, mesmo que o texto do seu anúncio seja brilhante, a primeira coisa que seu público-alvo olha é a imagem.

Existe uma boa razão para isso.

Só leva 13 milissegundos para nossos cérebros processarem imagens. Nós conseguimos entender cada pequena tonalidade em frações de um segundo.

Por essa razão, o Facebook instituiu uma difícil regra de 20%.

Quando você criava um novo anúncio alguns anos atrás, o Facebook rejeitava seu anúncio se a quantidade de texto cobrisse 20% ou mais da imagem.

Felizmente, o Facebook mudou um pouco isso.

De qualquer forma, o mesmo resultado se mantém. Quanto mais texto sobre a imagem, menos efetivo será seu anúncio.

Então aqui vai alguns outros truques que você pode tentar para evitar imagens com muito texto.

Dica #1. Se inspire em outras marcas famosas.

Adicionar texto nas suas imagens é como trapacear. Você pode adicionar um contexto a mais ou usar palavras chamativas.

Isso ajuda as pessoas a entenderem melhor suas imagens mesmo que elas sejam fracas.

É muito mais difícil, em comparação, usar imagens com zero texto porque assim, as imagens precisam falar por si só.

Uma excelente forma de deixar esse problema de lado é usar uma imagem que pode ser reconhecida rapidamente.

A imagem abaixo exibe o novo telefone OnePlus. Exceto que, tecnicamente, não é da Samsung.

pasted image 0 832

Ao contrário, esse é um exemplo de como você pode copiar outras marcas que já estão mais estabilizadas e amplamente conhecidas.

Isso dá credibilidade extra a seus anúncios. Porém, mais importante, faz com que eles sejam instantaneamente reconhecidos por uma audiência muito maior.

Pense nisso por um segundo.

Quantas pessoas sabem quem você é?

Mesmo que sua marca já esteja por aí por um tempo, é provável que seja um pequeno número de pessoas comparado ao reconhecimento de marca de um gigante como a Samsung.

Aqui está outro exemplo similar da Apple.

pasted image 0 843

Não, espera! Na verdade é do The Motley Fool.

Mas todo mundo no planeta conhece essa logo e a fachada toda de vidro.

The Motley Fool usou a imagem com uma forte chamada para o anúncio.

De qualquer forma, é a imagem que imediatamente chama sua atenção desde o início.

Sobre o melhor tipo de imagem que você pode escolher, além de uma marca conhecida, é uma imagem real ou foto. Continue lendo e entenda o motivo.

Dica #2. Sempre tente usar imagens reais ao invés de banco de imagens.

Visual Website Optimizer rodou um teste para saber que tipo de imagem tem o maior impacto nas conversões.

Um estudo de caso mostrou  trabalhos de artistas com seus nomes escritos embaixo da imagem. Faz total sentido se você pensar nisso.

Se você está nesse mercado para comprar novos trabalhos artísticos, você provavelmente iria querer ver como cada artista é!

Aqui tem um exemplo:

image00

Em seguida, eles testaram a diferença entre mostrar as pinturas dos artistas e exibir os próprios pintores.

Então, aqui estão os mesmos dois artistas, mas dessa vez com os rostos deles mesmos.

image06

Incrivelmente, a taxa de cliques aumentou de 8,8% para mais de 17,2% quando é exibido o rosto dos artistas. É uma melhoria de 95%!

Qual a lição aqui?

Esqueça as fotos de bancos e escolha sempre usar imagens reais, se possível.

O problema é que imagens de bancos geralmente não trazem nenhuma emoção. As pessoas se veem, mas não sentem a mesma conexão como eles sentem com algo mais real.

Não acredita em mim?

Dê uma olhada na imagem de banco escolhida neste próximo exemplo.

pasted image 0 838

Não é ruim em nenhuma questão. Mas é difícil sentir qualquer emoção por ela.

Especialmente considerando as razões pelas quais pessoas estão no Facebook primeiramente.

Veja este exemplo da Virgin América abaixo:

pasted image 0 829

Obviamente, nesse exemplo da Virgin America, esses não devem ser comissários de bordo de verdade. Eles devem ser modelos pagos pelo o que eu sei.

Mesmo assim, ainda assim parece mais real.

As pessoas estão no Facebook para ver o que sua família e amigos estão fazendo. Em outras palavras, eles querem interagir com pessoas reais.

Isso significa que o exemplo da Virgin America combina perfeitamente ao lado dos outros conteúdos que essas pessoas estão olhando.

2. Ofereça a oferta certa para a pessoa certa, na hora certa

Qual teste de conversão tem o maior impacto nos resultados?

É um botão vermelho ou um verde? Uma chamada negativa ou uma positiva?

A resposta certa é nenhum deles.

Na verdade, o maior impacto nas conversões é o fit da sua audiência com a oferta.

O que isso significa?

Seu funil de vendas do Facebook pode ser dividido em três grupos de pessoas:

  • Topo do funil: Essas pessoas nem mesmo sabem quem é você e por que eles precisam do seu negócio.
  • Meio de funil: Essas pessoas agora conhecem sua marca e estão procurando ajuda em diferentes opções.
  • Fundo de funil: Essas pessoas estão prontas para conversar sobre como você pode ajudá-las especificamente e quanto isso irá custar.

O truque para saber como otimizar campanhas no Facebook agora é ter certeza que cada um desses grupos receba a oferta adequada para ele. O que eu quero dizer é:

  1. Seu objetivo com o primeiro grupo é fazer com que as pessoas vejam, cliquem e leiam seus conteúdos interessantes.
  2. Em seguida, você pode mandar e-books para gerar novos leads e conseguir novos contatos de emails.
  3. Por último, mas não menos importante, você pode enviar ofertas de produtos para compra ou outras armadilhas.

Isso faz sentido agora?

Vamos começar bem do início.

Você quer que as pessoas conheçam quem você é e o que você faz. No entanto, ninguém está interessado em seus produtos ou serviços ainda.

Pense nisso pelo ponto de vista deles.

Algumas pessoas podem nem saber que bermudas cargo não são mais tão legais. Tudo bem! Mas você não vai fazer com que elas comprem uma nova até que elas saibam.

Esse foi um exemplo bobo, mas você entendeu a questão.

Em vez disso, você deve começar com algum conteúdo interessante para captar sua atenção.

Você pode falar sobre “XX Tendências para Pais que Fazem Você Parecer Brega” ou algo similar.

Por exemplo, vamos dizer que você quer atingir profissionais de marketing.

Muitos deles já estão sobrecarregados por ter de ficar por dentro de cada canal e tática atual. Mesmo que infográficos possam aumentar seus resultados, eles não têm tempo nem energia para criar mais deles do zero.

Por isso o exemplo da Hubspot se encaixa perfeitamente.

pasted image 0 841

Infográficos também requerem designers ou softwares caros.

O fato de que eles já ‘fizeram o trabalho para você’ é o que faz disso incrivelmente valioso.

O próximo passo entre as dicas de Facebook Ads é promover uma nova oferta para as pessoas que já viram seu conteúdo inicial.

Por exemplo, comece a usar audiências customizadas para rastrear aquelas pessoas que engajaram com sua página ou aqueles que visitaram seu site.

Vamos dizer que alguém acaba de ler um post no seu blog sobre conversão de tráfego.

Sua próxima oferta de anúncio pode agora solicitar seu contato de e-mail em troca de mais insights sobre como melhorar a conversão do tráfego. E não se esqueça de destacar pessoas reais!

pasted image 0 831

Você pode ver quão poderoso isso pode ser? É como se você estivesse lendo suas mentes.

Agora que você já pegou o básico, vamos nos aprofundar um pouco.

Vamos supor que você está construindo uma lista de audiência customizada para rastrear todos que clicam nos posts da sua página no Facebook.

Você pode ainda filtrar esses grupos por dados demográficos e enviar ofertas ainda melhores.

Por exemplo, segmente todos aqueles que moram alguns quilômetros de um local específico e exiba para eles anúncios de um evento próximo.

Aqui está um exemplo da Hubspot que eu vi focando em um evento em Amsterdam.

pasted image 0 846

Pessoas de fora de Amsterdam não ligariam para esse anúncio. Seria completamente irrelevante.

Então eles iriam ignorar. E até mesmo começar a ignorar você se isso continuasse acontecendo.

Você deve ter também tipos de consumidores nessas listas.

Por exemplo, tanto startups como agências comprariam de você.

Nesse caso, cada uma poderia ter interesse em um benefício ligeiramente diferente.

Agências provavelmente estariam mais preocupadas em gerenciar múltiplos clientes. Mas, startups provavelmente estariam mais interessadas em conseguir clientes mais rápido.

AdEspresso inteligentemente trocou a mensagem para focar em cada benefício ideal para a audiência certa.

pasted image 0 847

Obviamente, esse esforço extra leva tempo e detalhe para ficar correto.

Comece delimitando suas audiências. Então crie ofertas melhores para cada.

Faça essas duas coisas e quase não importará quão incrível é sua chamada ou não.

Aqui vão mais algumas dicas para Facebook Ads quando você estiver pronto para ir mais a fundo.

3. Coloque o anúncio certo no lugar certo todas as vezes

Para saber como utilizar o Facebook Ads, você precisa conhecer os três principais posicionamentos de anúncios:

  1. Feed do Desktop
  2. Coluna lateral Direita
  3. Feed Mobile

18309257 1673840129586618 6657529205238005760 n.jpgoh8e3a28d1643b81a29124a2f34409d0dcoe59FB9C62

Por que isso é importante?

Cada uma tem diferentes prós e contras.

E se você usar o posicionamento errado na hora errada, você irá sabotar seus resultados.

Aqui vai um breve resumo de quando usar cada um para não deixar seus custos extrapolarem o orçamento.

Dica #1. Usar anúncios mobile para gerar conhecimento de marca.

Mais pessoas estão navegando na Internet em dispositivos mobile do que em computadores desktop.

internet usage 2009 2016 ww 1024x559 1

Mais pessoas estão buscando coisas em seus dispositivos móveis, também.

O problema é que conversões mobile ainda ficam atrás das de desktop. A maioria das pessoas prefere comprar em seu computador do que numa pequena tela de celular.

Use o feed mobile do Facebook para gerar mais atenção no topo de seu funil. Exiba conteúdo para eles, assim tudo e somente o que eles precisam fazer é clicar.

Não desperdice seu dinheiro exibindo para eles anúncios de produtos, porque provavelmente eles não vão passar por todo um processo de pagamento em seus telefones.

Dica #2. Agora use o posicionamento da coluna lateral direita para acompanhamento.

O posicionamento da coluna lateral direita é pequeno. Não tem como fugir desse fato.

Muitos anunciantes a ignoram por essa razão.

Mesmo assim, eu argumentaria que você pode ver resultados incríveis dos anúncios da coluna lateral direita.

Mas isso somente se você está direcionando para pessoas que já reconhecem sua marca.

Eles são ótimos para as pessoas que já visitaram seu site e reconhecem sua logo em um lance de olhar.

Tem um problema para ficar de olho, no entanto.

Garanta que você está criando anúncios especificamente para aquele pequeno espaço.

Um problema comum que aparece quando usa-se anúncios para feed de desktop nesse outro posicionamento, por exemplo, é que eles vão ficar esmagados e distorcidos.

facebook ads meant for news feed

Isso nos leva para o ponto final.

Dica #3. Gere conversões com anúncios no feed de desktop.

Os anúncios para feed de desktop tendem a ser a opção de posicionamento de anúncios mais popular.

Isso é um problema, porque significa que pode ser mais caro também.

Use esse local de anúncio para os que valem o custo extra. É mais efetivo quando você está pronto para começar a gerar conversões!

Otimização de campanhas na plataforma de anúncios do Facebook podem ser difíceis de entender. Mas fique atento a essas simples diretrizes e dicas de Facebook Ads para limitar suas decisões.

Você perceberá também um melhor ROI como resultado.

4. Agora é a hora de escrever o anúncio perfeito!

Lembra daquela velha regra dos 20% que falei anteriormente?

Ela se aplica especificamente para imagens.

Dados mostram que você deve também limitar as palavras ao redor da imagem.

Por exemplo, um estudo mostrou que o comprimento ideal da chamada em um anúncio do Facebook são somente cinco palavras.

facebook headline length

O truque é manter as coisas simples. Foque a chamada no valor final que seu prospect irá obter da sua oferta.

Dê uma olhada neste anúncio do Kissmetrics.

pasted image 0 830

Bem simples, certo?

Lembre-se de todos os passos que você já deu. A imagem, a oferta, a combinação da audiência e o posicionamento do anúncio vão fazer a maior diferença.

É por isso que a chamada irá justamente mostrar o principal benefício que alguém irá obter.

O mesmo estudo também mostrou que o texto do anúncio da publicação deve se manter entre 14 e 18 palavras em comprimento.

number of words in post text

Este exemplo perfeito da Car Next Door crava certinho o comprimento do texto da publicação.

pasted image 0 844

Mais uma vez, simples e direto ao assunto funciona melhor.

Especialmente quando você pode combinar um benefício forte com a quantidade real de dinheiro que uma pessoa irá ganhar.

Se você não tem uma quantia em dinheiro, a próxima melhor coisa pode ser um post em formato de lista.

pasted image 0 839

Listas estão ranqueadas como os estilos de chamadas mais populares. Elas dão às pessoas um atalho em passo a passo para simplificar suas vidas.

O exemplo do Marketo faz isso em duas formas. Ele usa um grande número na lista, o que atrai atenção.

E combina o grande número com a frase “testado e aprovado”. Essa última frase implica que não terá nenhuma adivinhação da parte do consumidor.

A chamada favorita do Buzzfeed em estilo de ‘suspense’ é uma escolha efetiva, te provoca com um pouquinho de informação.

Mas ela termina antes mesmo de revelar tudo. Você então não tem outra escolha senão clicar.

Este é um exemplo perfeito para uma irresistível chamada nas redes sociais:

pasted image 0 845

Comece uma chamada suspense com “Isso é,” e você quase nunca irá falhar.

Por isso “Isso é Seu Cérebro com Drogas” foi uma das mais populares campanhas de anúncios de todos os tempos.

Ele usou uma linguagem viva, que implica em causa e efeito, para criar um impulso que roubasse sua atenção de primeira.

Por último, mas não menos importante, Slack traz tudo isso junto.

pasted image 0 836

A chamada e o texto da publicação são extremamente simples. Não tem quase nenhum texto nesse anúncio!

A descrição também é direta ao ponto. Todo mundo quer menos emails.

Mesmo que eles tenham usado texto na imagem, o dado percentual imediatamente transmite o benefício principal que os consumidores podem estar usando seu serviço.

E uma tesoura cortando o ícone é uma forma perfeita de ilustrar o que eles fazem.

Então eles ainda acompanham tudo isso com uma versão de teste gratuita.

Sua oferta vai ter uma grande influência nas conversões.

A proposição de valor do Slack é forte. Mas unindo isso com uma oferta gratuita faz ser bom demais para ser verdade.

Não tem razão para não testar o Slack agora.

Viu? Não é somente uma chamada inteligente ou uma imagem incrível.

É tudo. Você precisa que todos esses ingredientes trabalhem juntos.

Quando eles trabalham juntos, é mágico (para o seu lucro).

Conclusão

Tem mais dinheiro sendo gasto em Facebook Ads do que em qualquer outra plataforma de redes sociais.

Existe uma boa razão para isso.

É porque ela oferece a mais sofisticada ferramenta DIY para alcançar consumidores.

No entanto, com esse poder vem grandes responsabilidades.

E com essa responsabilidade vem complexidade.

Tem tantos tipos diferentes de anúncios, posicionamentos e opções que rapidamente ficou sobrecarregado.

Por onde você deve começar? Como você deve usar isso tudo junto?

Meu conselho é sempre manter simples.

Comece com uma imagem convincente e fácil de ser reconhecida rapidamente. Garanta que você está exibindo a oferta certa para a pessoa certa.

Escolha o melhor posicionamento de anúncio para seu objetivo. E acompanhe tudo isso com um simples e efetivo texto.

Qual anúncio criativo no Facebook você viu que funcionou melhor e por que ele pode ser considerado tão bom?

 

Compartilhe