Atualização de Algoritmo do Google de Maio de 2020: O Que Você Precisa Saber

Volatilidade da SERP nos ultimos 30 dias

No dia 4 de maio, o Google começou a lançar uma atualização importante no seu algoritmo. Eles a chamam de “core update” por se tratar de uma mudança grande no algoritmo, o que significa que ela gera impacto em muitos sites.

Para ter uma ideia do tamanho dessa atualização, dê uma olhada na imagem acima. Ela é do SEMrush Sensor, que monitora o movimento dos resultados no Google.

O gráfico monitora o Google diariamente, e quando o resultado do dia é verde ou azul, significa que não tem muito movimento. Mas, quando fica vermelho, significa volatilidade nos rankings.

Mas grande questão é, o que aconteceu com o seu tráfego?

Se você ainda não checou seus rankings para ver se eles subiram ou caíram, sugiro que você o faça agora mesmo. Se você não vem monitorando seus rankings, você pode criar um projeto no Ubersuggest gratuitamente e monitorar até 25 palavras-chave.

Entre também na sua conta do Google Analytics e veja como anda seu tráfego.

O ideal é que ele esteja subindo. Mas, se não estiver, não precisa entrar em pânico. Vou dar algumas informações que vão te ajudar.

Vamos começar analisando os setores mais impactados…

Antes de continuar, você gostaria de saber qual o tráfego ideal que seu site deveria ter hoje? Clique aqui e faça o teste para descobrir.

Qual deveria ser o tráfego ideal do seu site hoje?

Quais setores foram afetados?

Veja os setores afetados.

quais setores foram afetados

Como você pode ver, turismo, mercado imobiliário, saúde, cuidados com animais e pessoas e sociedade foram os que tiveram as maiores flutuações nos rankings.

Outros setores também foram afetados. Aqueles na parte mais inferior da lista foram os menos afetados, como Notícias.

Houve também uma instabilidade nos resultados de SEO local, mas isso começou antes da atualização.

Uma confusão que eu costumo ouvir muito das pessoas que estão começando no SEO é que, se você tem uma autoridade ou pontuação de domínio altas (se você não sabe direito qual é a sua, entre aqui e insira sua URL), você vai estar sempre obtendo mais tráfego e as atualizações não vão te afetar. Isso não é verdade.

Para te dar uma ideia, veja alguns sites conhecidos cujos rankings caíram, segundo nosso índice do Ubersuggest:

  • Spotify.com
  • Creditkarma.com
  • LinkedIn.com
  • Legoland.com
  • Nypost.com
  • Ny.gov
  • Burlington.com

E, mais importante, observamos algumas tendências em sites afetados em oposição àqueles que não foram.

Atualize seu conteúdo regularmente

Eu publico quatro posts por mês nesse blog. Toda terça-feira, bem cedo, eu publico pontualmente um novo post.

Mas sabe com que frequência eu atualizo meu conteúdo antigo?

Adivinha?

Tecnicamente, eu não atualizo meu próprio conteúdo, mas eu tenho três pessoas que trabalham para mim, e elas fazem só isso, veem posts antigos e os atualizam.

Em um mês normal, minha equipe atualiza pelo menos 90 posts. E quando eu digo atualizar, eu não estou falando de simplesmente mudar uma frase ou incluir uma imagem. Eu estou falando de adicionar alguns parágrafos novos, excluir informações irrelevantes e às vezes até reescrever posts inteiros.

Eles fazem o que for necessário para manter os posts atuais e interessantes para os leitores. Como a Wikipedia, que está sempre atualizando seu conteúdo.

Um número interessante para você: a gente sabe com certeza que 641 dos sites que monitoramos estão diariamente atualizando conteúdo antigo.

Você saberia dizer quantos deles tiveram uma queda de 10% ou mais no tráfego?

o que aconteceu com sites que atualizam conteudos antigos diariamente

Só 38! Isso corresponde a 5,92%, o que é extremamente baixo.

E o mais inusitado é que 187 sites tiveram um aumento de 10% ou mais no seu tráfego de busca.

Algo a se atentar quando fazemos estimativas de tráfego orgânico é observar o volume mensal médio de uma palavra-chave, bem como as taxas de clique com base no ranking. Então feriados como 1º de maio, que é Dia do Trabalho na maior parte do mundo, não enviesam os resultados.

Só para esclarecer, eu não estou falando de produzir conteúdo novo todos os dias ou semanalmente. Esses sites fazem o que eu faço no NeilPatel.com… Eles atualizam seu conteúdo antigo com frequência.

Mais uma vez, não existe uma regra sobre como atualizar seu conteúdo antigo, já que é algo que varia de post para post, mas o fundamental é fazer o que for necessário para mantê-lo relevante para os seus leitores e garantir que ele seja melhor do que o dos seus concorrentes.

Se você ainda quiser recomendações sobre como atualizar seu conteúdo antigo, o que eu falo para minha equipe é o seguinte:

  1. Se o conteúdo não for mais relevante para um leitor, você pode deletar a página e fazer um redirecionamento 301 para uma URL mais relevante no site ou atualizá-lo para torná-lo relevante.
  2. Existem formas de tornar o conteúdo mais prático e útil? Por exemplo, incluir gráficos, instruções passo-a-passo ou vídeos ao post tornariam-o mais útil? Se sim, inclua-os.
  3. Confira se tem algum link quebrado e corrija-o. Links quebrados geram uma experiência ruim para o usuário.
  4. Se o post estiver traduzido (eu tenho um público global grande), garanta que as imagens e vídeos façam sentido para todo mundo que estiver lendo o conteúdo naquela língua.
  5. Veja os cinco principais termos para os quais cada artigo ranqueia 5 e busque esses termos no Google. O que as páginas nas 10 primeiras posições fazem de bom que nós não estamos fazendo?
  6. Dá para deixar o post mais simples? Deixe as firulas de lado e evite palavras difíceis que poucas pessoas vão entender.
  7. O post trata de um ano ou período de tempo específico? Se possível, torne o post atemporal evitando o uso de datas ou períodos de tempo específicos.
  8. Se o post trata de um problema específico enfrentado pelas pessoas, não deixe de dar uma olhada no Quora antes de atualizá-lo. Procure as respostas populares, que vão te dar uma ideia do que as pessoas estão procurando.
  9. Esse post é duplicado? Não de uma perspectiva de palavras, mas será que você está basicamente tratando da mesma ideia de outro post no seu site? Se sim, pode ser uma boa juntar os dois e fazer um redirecionamento 301 de uma URL para outra.

Corrija seu conteúdo raso

Vou te dar mais um número interessante. O Ubersuggest monitora, em média, 71 sites por minuto. E quando eu digo monitorar, quero dizer usuários inserindo URLs para checar erros de SEO.

Um erro que nosso sistema confere é conteúdo raso (páginas com baixo número de palavras).

Em média, 46% dos sites que analisamos têm pelo menos uma página com conteúdo raso. Você tem ideia de quantos desses sites foram impactados pela última atualização de algoritmo?

Não temos dados o suficiente de todas as URLs, já que a maioria desses sites recebe nada ou quase nada de tráfego, por serem sites novos ou não terem feito muita coisa de SEO.

Mas, quando vemos os últimos 400 sites no nosso sistema marcados com avisos de conteúdo raso em páginas que não sejam suas páginas de contato, sobre, ou página inicial, e que tenham tido pelo menos 1.000 visitantes mensais a partir do Google, observamos uma mudança brusca nos rankings.

o que aconteceu com sites que tem conteudo raso

127 dos sites tiveram uma queda de pelo menos 10% no tráfego de busca, enquanto 41 tiveram um aumento de pelo menos 10%.

Sites com conteúdo raso tiveram três vezes mais chances de ser afetados de forma negativa do que positiva. Claro, a maioria dos sites com conteúdo raso não sofreu nenhuma mudança, mas, ainda assim, incríveis 31,75% sofreram queda.

Se você não sabe se tem conteúdo raso, entre aqui e insira sua URL.

Você vai ver um relatório mais ou menos assim:

auditoria de site na ubersuggest

Quero que você clique no box “Erros Críticos”.

Vai aparecer um relatório como este:

erros criticos do site na ubersuggest

Veja se aparece algum erro do tipo “baixo número de palavras”. Se aparecer, clique no número e você será levado para uma página que vai te mostrar todas as páginas com baixo número de palavras.

relatorio de paginas com numero baixo de palavras na ubersuggest

Você não vai conseguir corrigir todas, como sua página de contato ou de categorias, que provavelmente não precisam de milhares de palavras.

E, em outros casos, é provável que você consiga passar a mensagem para o usuário através de algumas centenas de palavras ou mesmo através de imagens. Um exemplo é se você tiver um post sobre como dar nó em uma gravata, talvez você não use muitas palavras porque é mais fácil mostrar às pessoas como fazê-lo através de um vídeo ou de uma sequência de imagens.

Mas quanto às páginas que devem se aprofundar mais, você deve corrigi-las. Veja as três perguntas principais que você deve se fazer quando estiver corrigindo páginas de conteúdo raso:

  1. Você realmente precisa incluir mais palavras? – se você consegue passar a mensagem em algumas centenas de palavras ou através de imagens ou vídeos, talvez seja suficiente. Não adicione palavras onde não for necessário. Pense na experiência do usuário em primeiro lugar. As pessoas preferem que suas perguntas sejam respondidas em alguns segundos do que ter que esperar alguns minutos.
  2. Como sua página se compara às dos seus concorrentes? – veja páginas semelhantes que ranqueiem na primeira página. Elas têm mais ou menos conteúdo que a sua? Isso vai te dar uma ideia se você precisa ampliar sua página, principalmente se todo mundo que ranqueia na primeira página tem pelo menos alguns milhares de palavras na página.
  3. Faz sentido sequer manter a página? – se ela oferecer pouco ou nenhum valor para o leitor e você não conseguir melhorá-la atualizando-a, pode ser uma boa ideia deletá-la e fazer um redirecionamento 301 da URL para outra página do seu site.

Corrija seus erros de SEO

Outra constatação interessante que fizemos ao analisar nossos dados do Ubersuggest foi que sites com mais erros de SEO sofreram maior impacto.

Isso não quer dizer que, se você tem um monte de erros de SEO, você não pode ranquear, ou que vai ser afetado por uma atualização de algoritmo.

Quer dizer que é um tipo de erro que afeta mais os sites do que outros. Foram sites com tags de título e meta descrições duplicadas.

Algo a se notar foi que muitos sites têm meta tags duplicadas, mas quando grande parte das suas páginas tem meta tags duplicadas, isso acaba criando problemas.

Então fomos procurar sites que tivessem meta tags e tags de título duplicadas em 20% ou mais de suas páginas.

A maioria desses sites não recebia muito tráfego de maneira geral, mas, dos 363 que encontramos que geravam pelo menos 1.000 visitas mensais a partir do Google, 151 sofreram uma queda de pelo menos 10% no tráfego.

o que aconteceu com sites com meta tags duplicadas

89 deles também tiveram um aumento de pelo menos 10% no tráfego, mas, ainda assim, 41,59% dos sites com meta tags duplicadas tiveram uma queda brusca. Se você tem meta tags duplicadas, é bom corrigi-las.

Para conferir isso, insira sua URL aqui mais uma vez. Esse relatório vai carregar de novo:

auditoria do site na ubersuggest

Clique mais uma vez em erros críticos e você vai ver um relatório assim:

erros criticos do site na ubersuggest

Procure erros que falem de meta descrição ou tags de título duplicadas. Se você encontrá-los, clique no número e você será levado para uma página que detalha as duplicatas.

relatorio de paginas com meta descricoes duplicadas na ubersuggest

Repito, seu site não precisa ser perfeito, e você vai ver que em alguns casos vão haver duplicatas que não precisam ser corrigidas, como páginas de categoria com paginação.

Mas, na maioria dos casos, você deve corrigir e evitar ter meta descrições e tags de títulos duplicadas.

Conclusão

Mesmo que você faça tudo que foi dito aqui em cima, não é garantia de que você não será impactado por uma atualização de algoritmo. Cada uma delas é diferente, e o objetivo do Google é criar a melhor experiência possível para os usuários da busca.

Se você se atentar aos problemas acima, você vai perceber que corrigi-los vai criar uma experiência melhor para os seus usuários, o que deve sempre ser seu objetivo.

Não se trata de vencer no Google. SEO é sobre oferecer uma experiência melhor do que a do seu concorrente. Se for esse seu foco, no longo prazo, você vai ver que vai se dar melhor do que seu concorrente quando o assunto for atualização de algoritmo.

Então, como ficou seu tráfego durante a última atualização? Aumentou, caiu ou se manteve estável?

Qual deveria ser o tráfego ideal do seu site hoje?

Compartilhe