Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

O Que 759 Campanhas de Marketing Ensinam sobre Link Building

content marketing campaigns

Se você quer gerar mais tráfego orgânico ou criar links, suas campanhas precisam ter um bom desempenho.

Não existe uma forma mágica para criar posts de sucesso ou campanhas de marketing eficazes.

Há diversas sugestões de fórmulas, dicas e truques por aí. Mas nem todos valem seu tempo ou energia.

E pode ser difícil encontrar fórmulas e elementos de uma campanha que comprovadamente funcionaram, com base em dados.

Felizmente, o pessoal da Fractl examinou 759 campanhas diferentes de marketing de conteúdo de 2013 a 2017 que podem nos ensinar bastante sobre como campanhas de marketing de sucesso se parecem.

Aqui está o que essas 759 campanhas de marketing podem te ensinar sobre link building e tráfego orgânico.

Uma visão geral dos dados

A Diretora de Marketing da Fractl, Kerry Jones, decidiu reunir dados de 345 campanhas de marketing e compartilhá-los para ajudar profissionais de marketing a melhorar a qualidade e eficácia dos seus conteúdos.

Alguns anos depois, ela tentou a mesma tática com dados de uma amostra de 759 campanhas para ver quais elementos eram responsáveis pela maior parte de compartilhamentos sociais e posicionamentos.

As descobertas de ambos os conjuntos de dados parecem indicar a ideia de que conteúdo com impacto emocional positivo é mais compartilhado que a maioria.

5a6fb5e6a57945.74838684

compartilhamentos sociais e atribuições podem te ajudar com o link building e o tráfego orgânico, além de com a credibilidade.

É por isso que o desempenho da campanha foi baseado nesses fatores e categorizado nessas três categorias:

  • Sucesso alto: Mais de 100 atribuições e/ou 20.000 compartilhamentos sociais
  • Sucesso moderado: Entre 1.000 e 20.000 compartilhamentos sociais e/ou 20-100 atribuições
  • Sucesso baixo: Menos de 20 atribuições e/ou menos de 1.000 compartilhamentos sociais

A Fractl descobriu três fatores que levam às campanhas de maior sucesso.

Três fatores para uma campanha de sucesso

As campanhas de maior sucesso eram:

  • Emocionais
  • Surpreendentes
  • Amplamente atraentes

As campanhas da Fractl que eram surpreendentes ou emocionais tinham mais chances de gerar toneladas de atribuições e compartilhamentos sociais do que aquelas que não eram.

Os dados mostram que:

  • 70% de campanhas de alto sucesso tinham um gancho emocional, enquanto 45% das com sucesso moderado e 25% das de baixo sucesso utilizavam a emoção.
  • 76% de campanhas de alto sucesso eram surpreendentes, enquanto 54% das de sucesso moderado e 47% das de baixo sucesso também continham elementos surpreendentes.

Essa tendência não é nada incomum. De acordo com o CoSchedule, posts com maior valor emocional tendem a receber mais compartilhamentos.

pasted image 0 202

Não havia muita diferença no sucesso da campanha quer ela se dirigisse a um público amplo ou não, mas tinha um certo impacto.

96% das campanhas de alto sucesso tinham um público amplo, assim como 81% das de sucesso moderado e 86% das de baixo sucesso.

Vamos nos aprofundar um pouco mais em cada um desses três fatores para entender como eles podem te ajudar com o link building e tráfego orgânico ao aumentar seus compartilhamentos e atribuições.

Use o emocional

Se você aproveitar o poder das emoções, conseguirá gerar mais compartilhamentos e engajamento no seu conteúdo, não importa o tipo de campanha.

As campanhas analisadas pela Fractl com um gancho emocional ganharam 70% mais atenção pela mídia e 127% a mais de compartilhamentos do que campanhas sem um.

5a6fb5e7598786.81821957

Dados de campanhas de marketing comprovam que campanhas não-emotivas não tem o mesmo sucesso que aquelas que trabalham a emoção.

E uma das melhores maneiras de atingir o emocional é com imagens. Imagens que atingem o consumidor de alguma forma têm mais chances de se tornarem virais, mesmo que elas provoquem ódio, raiva ou decepção.

pasted image 0 210

Mas é melhor manter as coisas positivas.

Criar reações emocionais positivas irá gerar o tipo certo de atenção e encorajará compartilhamentos, pois as pessoas querem compartilhar o que as faz se sentirem felizes.

Você também pode escolher colocar o público em uma montanha-russa de emoções durante a campanha.

A vida é cheia de emoções contrastantes. Nem tudo é preto no branco.

Junte emoções que se contrastam, como esperança e tristeza, para tornar sua campanha verdadeiramente memorável ou relatável.

Se você escolher apresentar emoções negativas, então as junte com algo positivo. Mas não se preocupe em ser muito lógico, ou sua campanha pode perde um pouco de tração.

Quase um terço dos profissionais de marketing viram um aumento nos lucros ao fazer campanhas emocionais no passado. Mas ao introduzir lógica, esse número caiu.

emotionlogic

É por isso que é tão importante tomar cuidado para não cruzar tanto a linha entre emoção e lógica.

Branding emocional é ótimo para o seu conteúdo. A maioria das marcas utiliza isso.

Elas apelam para status, juventude ou a ideia de que os produtos deles podem melhorar sua qualidade de vida.

Veja esse anúncio da Coca-Cola, por exemplo.

pasted image 0 214

“Open the happy can” (Abra a lata da felicidade), implica que o seu dia será mais feliz depois de beber uma Coca.

A Apple é outra “super marca” que executa o branding emocional.

A empresa inteira é construída em cima da ideia de que os produtos oferecidos podem facilitar sua vida ou te ajudar a resolver seus problemas.

Dá uma olhada nesse anúncio da Apple:

pasted image 0 216

Marcas sem fins lucrativos também são boas nisso. A PETA publicou esse anúncio com o título “Apenas covardes abusam de animais”.

pasted image 0 201

As pessoas gostam de sentir que podem ter um vínculo com marcas que entendem as suas necessidades ou crenças.

E pesquisas na publicidade mostraram várias vezes que a resposta emocional aos anúncios influencia os consumidores a comprar mais do que o anúncio em si.

Dê uma olhada no conteúdo inspirado no emocional que aparece na lista com maior envio de email do the New York Times’:

pasted image 0 208

Nós vemos isso com comerciais do Super Bowl. Os anúncios mais virais jogam com as emoções dos espectadores para criar a sensação de conexão com eles.

Esse comercial do Super Bowl de 2018  da Toyota é um exemplo perfeito. Ele foca em como a Lauren Woolstencroft, oito vezes medalhista de ouro nas Paraolimpíadas, venceu as probabilidades contra ela.

pasted image 0 200

O anúncio termina com a frase “Comece o seu impossível. Quando somos livres para nos mover, qualquer coisa é possível.”

O anúncio inspira os espectadores, eles se identificam e começam a falar sobre.

O projeto autoestima da Dove procura chegar em uma reação parecida.

pasted image 0 219

Até o nome “Projeto AutoEstima” apela para a emoção.

A página do projeto diz: “Quando você escolhe Dove, você ajuda meninas a construírem autoestima. Nós alcançamos 15 milhões de jovens com nossa educação de autoestima.

pasted image 0 206

Isso significa que quando você compra Dove, você está gastando dinheiro em mais do que apenas sabonetes e produtos de higiene. Eles usam os lucros para ensinar jovens mulheres sobre autoestima.

Esses temas, como lutas pessoais e autoestima, são universais. Eles fazem com que a maioria dos espectadores se identifique.

Então como você pode implementar isso se você é uma marca B2B em vez de uma empresa B2C?

Você está com sorte. As vendas B2B são, na verdade, mais pessoais do que as B2C.

pasted image 0 213

Tudo o que você precisa fazer é jogar com as emoções e fazer os consumidores sentirem algo ao assistirem seus anúncios, e você estará um passo a frente da competição.

Mas você também precisa manter as campanhas de marketing surpreendentes.

Mantenha as coisas imprevisíveis 

As campanhas analisadas pela Fractl que eram surpreendentes receberam 39% mais atenção pela mídia e 108% a mais de compartilhamentos sociais do que campanhas de marketing que não tinham elementos surpreendentes.

5a6fb5e7ec2208.57583058

É por isso que é melhor manter as coisas imprevisíveis. Mas surpresa não significa que você precisa chocar as pessoas.

Até mesmo a novidade pode causar surpresa nas pessoas, pois elas terão acesso a informações que podem não estar disponíveis ou que elas não sabiam.

Isso os encoraja a compartilhar com outras pessoas. Por exemplo, se você introduzir um novo produto e compartilhá-lo como uma oferta exclusiva, a novidade pode melhorar seus esforços de alcance

É por isso que pode ser uma boa ideia oferecer para a mídia uma história ou ideia fresca que nunca foi publicada.

Todo mundo ama ouvir uma boa história. E surpresas criam histórias memoráveis.

Por mais de 20 anos, os gêneros cinematográficos de maior bilheteria têm sido aqueles imprevisíveis.

pasted image 0 204

Pense sobre todos os melhores filmes que você assistiu nos últimos anos que dependem do elemento surpresa para contar uma boa história.

Star Wars, uma das séries de filmes de maior bilheteria de todos os tempos, teve uma das revelações cinematográficas mais surpreendentes da história (ALERTA DE SPOILER): o fato de Darth Vader ser o pai de Luke Skywalker.

pasted image 0 212

Essas táticas de surpresa funcionam porque o público se prende nas histórias e a surpresa carrega uma reviravolta dramática que bagunça o roteiro.

Com o elemento surpresa presente no seu kit de ferramentas, você pode adicionar vida à sua marca com o storytelling.

Mas certifique-se de fazer uma surpresa boa, não uma ruim.

Um exemplo de uma boa surpresa seria a Ellen distribuindo produtos para o público do seu show simplesmente por aparecerem. Essa é uma tática que ela usa pra construir sua marca.

E os os vencedores do “12 Dias de Sorteio” da Ellen criam consciência de marca postando sobre isso na mídia social..

pasted image 0 205

Uma surpresa ruim, por outro lado, seria um cupom online de desconto que sumiu.

Por exemplo, digamos que você recebeu um código de 20% de desconto surpresa ao sair de uma loja online. Você coloca o código e descobre que receberá $5 de desconto na próxima compra.

Mas depois de pagar você recebe um email e descobre que pagou o preço total.

Um exemplo de uma surpresa ainda pior seria o recurso “Mic Drop” do Google que eles anunciaram como uma piada de 1º de Abril em 2016.

pasted image 0 199

O botão supostamente silenciaria automaticamente outros usuários em tópicos de mensagem como um “mic drop” virtual.

Mas ele também anexava GIFs dos minions do filme Meu Malvado Favorito, mesmo que os emails fossem negócios sérios.

Felizmente, isso foi uma piada de 1º de Abril.

Mas é por isso que você deve lidar com surpresas direito. Alinhe qualquer campanha imprevisível com a imagem da sua marca.

Nunca exagere ou implemente uma surpresa “ruim”, não importa qual o tipo da sua marca.

Isso nos traz à importância do terceiro fator: apelar para um público amplo.

Apele para um público amplo

Um público amplo não trará sucesso para sua campanha de marketing do dia para a noite.

Mas ajudará a deixar sua campanha à mostra para o maior número de pessoas possível.

A pesquisa da Fractl mostra que campanhas de marketing que apelam para um público amplo receberam 38% mais atenção da mídia e 96% mais compartilhamento social em comparação a campanhas que focavam em nichos.

5a6fb5e88e9f32.99728583

Ao criar conteúdo para públicos gerais em vez de para públicos de nicho, você terá um maior alcance potencial de público.

Campanhas de marketing de nicho têm o alcance limitado porque os principais sites de notícias não se importam com histórias que não possuam apelo de massa.

Em vez disso, você estará limitado a editores de nicho que pensam que o seu tópico trará valor ao público do nicho deles.

É por isso que a Fractl cria conteúdo tangencial. Esse é um conteúdo sobre tópicos populares que se relacionam com a vertical de um cliente.

Profissionais de marketing de nicho deixam claro a quem servem e como servem.

Profissionais de marketing em geral, por outro lado, espalham esforço para um público amplo e tentam atingir alguns compradores interessados.

Aqui está um resumo das diferenças entre os dois:

pasted image 0 203

Aqui está um exemplo de uma empresa usando marketing de nicho, Oberlo.

pasted image 0 218

O Oberlo ajuda marcas e-commerce a importarem produtos diretamente nas lojas e enviá-los diretamente para os consumidores. Os serviços deles apelam para um público bem específico.

Mas só porque você é uma marca de nicho não significa que você não pode tentar alcançar um público mais amplo. Você pode apelar para outros simplesmente se relacionado com eles.

O Oberlo pode ser útil para um consumidor bem específico, mas a marca tentar apelar para um público mais amplo e convencê-lo a se tornar seu cliente alvo por meio de posts de blog como esse:

pasted image 0 209

Para melhores resultados, você deve combinar emoção, surpresa e público amplo.

Combine os três fatores para melhores resultados

Emoções e surpresa funcionam bem em ocasiões separadas. Mas quando esses fatores são combinados e usados para apelar para um público amplo, a Fractl descobriu ainda mais sucesso.

Campanhas de marketing que usavam tanto emoção quanto surpresa conseguiram uma média de 199 atribuições na mídia e 23.730 compartilhamentos sociais.

Mas campanhas que possuem os três fatores têm os melhores resultados, em média. Campanhas de marketing que eram emocionais, surpreendentes e apelavam para um público amplo conseguiram 207 atribuições e 25,017 compartilhamentos sociais.

5a6fb5e940b6d9.14567039

E todos esses três fatores podem contribuir para a jornada emocional do consumidor.

Screen Shot 2017 10 06 at 1.56.23 PM 1 568x426

A jornada emocional do consumidor começa com o evento gatilho e introduz a percepção sensorial do consumidor sobre a campanha de marketing antes de o usuário ter a chance de até mesmo reagir.

Com base na resposta, a pessoa pode ter uma reação impulsiva que pode levar a uma compra por impulso.

Depois que o consumidor avalia a reação e as emoções, uma escolha deliberada será feita. É nesse momento que eles decidirão comprar ou não o seu serviço ou produto.

O conteúdo que contém esses três fatores também tem um forte potencial de manchete, e os editores perceberão isso imediatamente quando lerem seu conteúdo.

Os editores amarão a facilidade de escrever um título chamativo se eles escolherem publicar sua campanha de marketing.

Esse ótimo título atrairá cliques e visualizações para sua história, o que ajudará no link building e compartilhamento de conteúdo.

Aqui estão alguns exemplos de palavras emocionais que podem ser usadas em títulos e descrições para melhorar o tráfego, de acordo com CoSchedule.

pasted image 0 207

Se você ainda não consegue imaginar como um título pode ser emocional, surpreendente e apelativo para as massas, tudo ao mesmo tempo, dê uma olhada nesses exemplos de títulos das campanhas de marketing da Fractl:

  • Beber de uma Garrafa de Água Recarregável Pode Ser Pior que Lamber um Brinquedo de Cachorro
  • Calculadora Online de Fast Food Revela Quanto Tempo Você Precisaria Correr ou Nadar para Não Sentir Culpa (e É Mais do que Você Pensa)
  • Veja Quais São Os Estados que Postam os Tweets Mais Desagradáveis (desta campanha)

Um jeito fácil de atingir a emoção, surpresa e apelo amplo é usando a palavra “confessar” ou “confissões” no seu conteúdo.

Essa é uma das razões pelas quais o Buzzfeed publica tantos posts de “confissão”.

pasted image 0 215

Se você se deparasse com um artigo ou post que afirma ser uma “confissão”, seria difícil não clicar, certo?

Ao criar títulos, use o Analisador de Títulos grátis do CoSchedule para avaliar seu sucesso.

A ferramenta até dá uma pontuação “emocional” para o seu título.

pasted image 0 211

Públicos amam conteúdos emocionantes, surpreendentes e com apelo universal.

Mas esses fatores não são úteis apenas para conquistar públicos. Eles são úteis para melhorar seu campo de divulgação e conseguir publicações.

Outras variáveis que podem favorecer ou acabar com uma campanha de marketing

Fazer seu conteúdo ser emocional, imprevisível e amplamente atraente não irá automaticamente resolver seus problemas.

Existem toneladas de outras variáveis que também podem favorecer ou acabar com a sua campanha. Quais delas você pode controlar para melhorar sua chance de ter uma campanha vencedora?

Excelente divulgação

Um conteúdo incrível e bem produzido não irá conseguir nenhuma atribuição na mídia se a sua divulgação for menos que perfeita.

Isso significa que enviá-lo para uma longa lista de diferentes editores não é uma boa ideia.

Em vez disso, você precisa escolher os alvos corretos para atingir. Escolha editores que realmente se interessarão em publicar histórias sobre o assunto da sua campanha.

E então, escolha a pessoa certa para opinar também. Encontre a pessoa que escreve sobre assuntos parecidos regularmente.

Se você precisar, pode até usar esse tempo para fazer uma divulgação de micro influenciadores em mídias sociais já que eles cobram menos por post do que influenciadores grandes.

pasted image 0 217

Dessa forma, você não estará alienando diferentes escritores enviando trabalhos que não se aplicam a eles.

Também ajuda enviar convites personalizados para cada pessoa que você está tentando alcançar. Depois de enviar um convite sólido com o qual eles se conectem, eles estarão mais abertos a trabalhar com você depois.

E o alcance de clientes é tão importante quando o alcance de mídia. Você quer se certificar de que clientes antigos estão satisfeitos com seu produto quando eles se comprometerem com ele e realizarem uma compra.

Email é o melhor método de alcance de clientes, seguido pela mídia social.

pasted image 0 197

Você também precisa provar que sua credibilidade é confiável.

Credibilidade

Se a sua campanha é imprecisa ou controversa, você perderá confiança com seu público e editores.

É por isso que você precisa ter a credibilidade como uma das principais prioridades.

Até mesmo o web design da sua marca pode afetar a credibilidade da sua empresa.

pasted image 0 198

Como você pode ter certeza que o seu conteúdo tem credibilidade?

Para começar, use somente dados autoritativos e fontes como sites do governo, editores com padrões alto de publicação, sites de nível alto de educação, ou revistas revisada em pares.

Evite conteúdo gerado pelo usuário, estudos apoiados por entidades corporativas, sites sem diretrizes editoriais e regras, e sites de marca.

Você também precisa se certificar de checar erros na sua campanha. Você não quer nenhum erro de fato ou gramatical arruinando todo o seu trabalho.

Para verificar erros gramaticais, use uma ferramenta grátis como o Grammarly. Você pode utilizá-lo para encontrar erros de soletração, pontuação e uso errado de palavras no seu conteúdo.

pasted image 0 196

Lembre-se de incluir diretrizes editoriais, verificação de fatos e de qualidade no processo de produção da sua campanha para evitar quaisquer erros caros.

Conclusão

As suas campanhas devem gerar algum tipo de sucesso para o link building e gera mais tráfego orgânico.

Mas não existe uma única fórmula mágica para o sucesso de uma campanha de marketing.

Entretanto, a Fractl analisou 759 campanhas de marketing de conteúdo por 4 anos. E eles descobriram que as campanhas de maiores sucessos continham 3 elementos:

  • Emoção
  • Surpresa
  • Atração ampla

Mantenha sua campanhas interessantes brincando com as emoções do público. Todas as melhores marcas fazem isso. Conte a eles como o seu produto ou serviço pode melhorar a vida deles.

Também seja imprevisível. Você deve contar uma boa história. Não entregue muito já de cara.

Apele para um público amplo para alcançar o máximo de clientes possíveis. Se você é uma marca de nicho, tente se relacionar com um círculo maior de pessoas.

Combine esses três fatores em uma campanha de marketing para conseguir os melhores resultados possíveis.

Foque em alcance e credibilidade também. Ótimo alcance conseguirá mais atribuição na mídia, o que pode te ajudar a construir tráfego e links.

Cheque duas vezes suas campanhas por erros de dados e erros gramaticais antes de enviá-las. Ninguém quer compartilhar uma campanha que precisa ser revista.

Como você fará sua próxima campanha de marketing ser mais emocional, surpreendente e atraente para um público mais amplo?

Compartilhe