Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

As pessoas também perguntam: o que é e como utilizar essa ferramenta do Google?

As pessoas também perguntam

“As pessoas também perguntam”, um simples recurso que possibilita que usuários encontrem respostas complementares à sua busca original.

Seja sincero: essa foi uma baita sacada do Google, concorda?

É claro, não é a invenção da roda, mas trata-se de uma ferramenta interessante para tornar a experiência do usuário mais rica — algo que o Google foca incansávelmente.

Porém, esse recurso também pode ser utilizado a favor da sua estratégia de SEO.

Marqueteiros e profissionais de SEO de plantão já sabem disso. O grande desafio é fazer suas táticas funcionarem.

Isso porque é possível indexar o seu blog ou site como uma resposta às perguntas exibidas no People Also Ask (ou PAA, abreviando).

Interessado em descobrir mais sobre as possibilidades do “As pessoas também perguntam”? Vem comigo que preparei um guia bem completo:

O que é o People Also Ask do Google?

“As pessoas também perguntam” é um recurso do Google que fornece aos usuários perguntas (e suas devidas respostas) relacionadas ao tema da pesquisa originalmente feita.

Ele aparece em uma caixa de perguntas e respostas, logo abaixo da resposta principal — dos primeiros resultados da SERP.

É uma maneira do Google ajudar usuários a encontrarem mais informações sobre um tópico específico.

Tenho certeza que você já se beneficiou do PAA e, saiba, esse recurso é uma mina de ouro para SEOs e criadores de conteúdo.

Pense desta forma: quando você digita uma pergunta no Google, o PAA age como seu assistente de pesquisa pessoal, fornecendo uma lista de perguntas e respostas relacionadas.

Exemplo do People Also Ask no Google

Isso pode economizar seu tempo e ajudá-lo a encontrar as informações necessárias com mais rapidez.

Exemplo de PAA no Google

Além disso, do ponto de vista de um marqueteiro, é preciso dizer: essa é uma ótima maneira de identificar novos tópicos a serem abordados em seu próprio conteúdo.

E veja bem, esse não é um recurso útil somente para usuários, mas também uma ótima oportunidade para empresas e marcas aumentarem sua visibilidade nos resultados de pesquisa.

Ao incluir as perguntas que aparecem no PAA em seu próprio conteúdo e otimizá-las para SEO, você pode aumentar as chances de seu site aparecer na seção de perguntas relacionadas.

É um efeito dominó que exige bastante do usuário, mas que sem dúvidas pode trazer mais tráfego ao seu site e, por fim, mais conversões.

Como usar o “As pessoas também perguntam” na sua estratégia de SEO?

E se a sua empresa pudesse aproveitar da visibilidade que o “As pessoas também perguntam” oferece?

É o que muitos profissionais de SEO, inclusive eu, já fazem: incluir o PAA em sua estratégia.

Inicialmente, o recurso apresenta 4 perguntas. Quando o usuário clica em uma para expandir a resposta, outras perguntas são acrescidas e uma lista de perguntas adicionais é exibida.

Ou seja, é uma ferramenta que continuamente amplia as oportunidades de dar visibilidade para uma marca.

É por isso que é tão importante trabalhar em uma estratégia de SEO completa — que contenha, por exemplo, palavras-chaves de cauda longa.

Esse tipo de keyword pode fazer toda diferença para incluir sua marca na pesquisa do seu público-alvo.

Separei algumas outras dicas para ajudar no seu planejamento, veja só:

Encontre oportunidades de Featured Snippet

Uma das formas de usar o PAA em uma estratégia de SEO é encontrar oportunidades de featured snippets.

Não lembra o que são eles?

São as caixas de resposta que aparecem na parte superior de uma página de resultados de pesquisa do Google.

Eles são projetados para fornecer aos usuários uma resposta rápida, fácil e diferenciada à sua consulta.

Ao analisar o PAA relacionado a um tópico específico, você pode identificar palavras-chave e frases que provavelmente acionarão um featured snippet.

Se eu estivesse à frente da estratégia de uma empresa que vende equipamentos para camping, por exemplo, com foco em otimizar conteúdo para ranquear bem em resultados envolvendo a palavra-chave “melhor barraca de acampamento“.

Após uma pesquisa no Google por essa palavra-chave, é fácil perceber entre as dúvidas que na seção “As pessoas também perguntam” é:

Quais são as melhores barracas de acampamento para 4 pessoas?

Minha sugestão seria criar um conteúdo sobre a keyword principal, mas abordar especificamente essa questão que encontrei.

Assim, é possível criar uma resposta otimizada para a palavra-chave “melhores barracas de acampamento para 4 pessoas“.

É uma maneira de responder uma pergunta específica e aumentar as chances de atrair tráfego para essa organização.

Garanta a otimização on-page

Vale dizer que o PAA costuma oferecer mais oportunidades a sites de menor autoridade, como uma forma de ajudar a impulsionar suas métricas.

No entanto, é essencial que você trabalhe na otimização do SEO on-page do conteúdo.

Ou seja, seguindo o exemplo que mencionei acima, seria necessário garantir que o tópico adicionado fosse corretamente estruturado como um “heading 2” ou “heading 3” — assim como todo conteúdo.

Essa estrutura ajuda o buscador a entender o assunto e saber exatamente o que mostrar nos resultados.

Melhore sua vantagem competitiva

O que isso quer dizer? Basicamente, para sempre ficar de olho na SERP, nos dados e nos movimentos de seus concorrentes.

Com isso, você pode se colocar à frente de suas ações e sempre figurar nos PAAs.

Uma dica é utilizar o serviço do Answer the Public, que aprofunda a sua pesquisa em uma palavra-chave em níveis que pouquíssimas plataformas atuais fazem.

É uma solução muito bacana para que você encontre novas palavras-chave (especialmente as de cauda longa) para trabalhar em seus conteúdos.

Segmente a SERP

Uma das táticas que acho mais eficientes é segmentar a SERP.

Ou seja, procurar quais são as perguntas mais populares do PAA e utilizá-las como pauta para criar novos conteúdos para seu blog.

Tudo isso de acordo com a intenção de busca, é claro.

O importante é buscar formas de potencializar a sua visibilidade diante do seu público-alvo.

A importância do PAA na estratégia de conteúdo

Importância do PAA

Quando se trata de SEO, entender seu público é fundamental.

E é aí que entra o “As pessoas também  perguntam”.

É uma oportunidade incrível para marcas e produtores de conteúdo que buscam entender as dúvidas mais comuns de seu público (e outras relacionadas).

Digamos que eu esteja ajudando uma empresa especializada em produtos para manutenção, limpeza e cuidados de piscina.

A palavra-chave que quero focar é “como limpar piscina de fibra“.

Ao fazer uma simples pesquisa utilizando-a, vejo que a seção de “As pessoas também perguntam” traz insights interessantes sobre como posso desenvolver minha estratégia de conteúdo.

PAA na estratégia de conteúdo

Primeiro, além de entender como limpar a piscina (a parte prática), é possível ver que meu público-alvo sente-se incerto sobre o processo em si.

Ele quer saber quais os produtos utilizados e, olha que insight interessante, qual a sua ordem de uso.

Ou seja, qual produto aplicar primeiro? Quanto tempo é necessário esperar ele agir até utilizar o outro? Assim por diante.

Outro insight que acho bacana é a pergunta “como limpar piscina de fibra bem suja?“.

Aqui, o leitor não quer somente entender como fazer uma manutenção rotineira. Ele provavelmente não realizou uma limpeza há semanas ou meses e sua piscina está bem suja.

Ou seja, quais produtos, ordem de aplicação e boas práticas implementar para limpá-la?

Com isso, posso chegar a algumas conclusões:

  • Posso otimizar um conteúdo existente, atualizando-o e inserindo as respostas para tais questões.
  • Posso criar conteúdos exclusivos para responder tais perguntas, se eu verificar que existem buscas suficientes.
  • Posso concluir que é necessário criar um topic cluster, reunindo tudo sobre o assunto e sobre a keyword “como limpar piscina de fibra” e procurando ranquear no máximo de PAAs que for possível.

Percebe como uma simples pesquisa aprofundou meu entendimento sobre as dores da persona em questão?

É algo que pode ajudar milhares de SEOs por aí.

Uma tática que, quando bem utilizada, tem o poder de enriquecer a estratégia digital de empresas de todos os tipos e tamanhos.

Ferramentas para te ajudar na coleta de dados

Quer adicionar o “As pessoas também perguntam” a sua estratégia de SEO? Saiba que você não precisa fazer tudo manualmente.

Existem incontáveis ferramentas e recursos projetados especificamente para contribuir nessa questão.

Que tal conhecer os principais? Veja só:

Semrush Keyword Magic Tool

Ao utilizar esse recurso do Semrush (e mudar para “Questions” no menu de filtros superior), você pode acessar os PAAs mais populares. Você ainda pode filtrar por intenção, dificuldade da keyword, CPC, uma linha do tempo dos últimos 12 meses.

SearchResponse.io

A plataforma oferece uma ferramenta de PAA gratuita, que utiliza a tecnologia de machine learning do Google. Basta digitar uma palavra-chave principal e acessar as questões mais populares sobre o tema.

AlsoAsked

Uma plataforma que aprofunda ainda mais na sua pesquisa de PAA. É geolocalizada e você personaliza o quão profundo você quer buscar no banco de dados. Aqui um exemplo conectado à situação hipotética que mencionei anteriormente:

Ferramentas de coleta de dados

SEO Minion

Uma das mais populares extensões do Chrome para marqueteiros, o SEO Minion tem uma variedade enorme de funcionalidades que simplificam o dia a dia de quem lida com SEO.

Entre elas, ele permite que você copie e baixe vários dados da SERP do Google, como as perguntas do PAA!

Quais são os benefícios do People Also Ask?

Benefícios do People Also Ask

O recurso “As pessoas também perguntam” pode ser um divisor de águas para empresas que querem aumentar sua visibilidade e alcance.

Para começar, o PAA fornece informações valiosas sobre as dúvidas e preocupações do seu público-alvo — coisas que podem passar batido na sua pesquisa de palavras-chave inicial.

Ao entender o que seu público está procurando, você pode criar conteúdos que abordem seus pontos problemáticos e respondam às suas perguntas.

Isso ajuda a criar confiança e credibilidade com seu público.

Outro benefício é que o PAA pode ajudar você a identificar novos temas de conteúdo a serem explorados.

Todos nós já nos pegamos em um momento onde parece que as ideias de novos conteúdos se esvaem.

Dar uma boa olhada nos PAAs para nossas palavras-chaves principais é um excelente hack de marketing: eficiente, rápido e cheio de criatividade.

Ao ver quais outras perguntas relacionadas estão sendo feitas, você pode ter uma noção de quais informações estão em alta demanda e criar conteúdo que preencha essas lacunas.

Como mencionei antes, é algo que pode ajudá-lo a ficar à frente e permanecer relevante em seu setor.

Por fim, há o impacto no SEO.

Ao entender quais perguntas as pessoas estão fazendo, você pode otimizar suas title tags, meta descrições e outros elementos na página para corresponder melhor à intenção do usuário.

É algo que pode ajudá-lo a ter uma classificação mais alta na SERP, e potencializar seus resultados.

Sites de PAA

Antes de encerrar, creio ser importante falar sobre um tema relacionado: os sites de PAA.

Já ouviu falar neles?

Esses sites, também conhecidos como “scraper sites”, usam um scraper (automatizado ou manual) para coletar dados relacionados aos PAAs do Google e copiam o conteúdo, colando-o como seu.

Simplesmente isso.

Tudo que eles fazem é criar um site com design atualizado, indexar os posts copiados e pronto!

Se você já é um pouco mais calejado no SEO, identificou o que é essa prática, né? O famoso black hat.

Saiba: essa tática é estritamente proibida pelo Google.

Ela não apenas viola suas diretrizes, mas também prejudica a integridade dos resultados da pesquisa.

O uso desses sites pode resultar em penalidades, como a remoção total dos resultados do mecanismo de pesquisa.

Além disso, pode prejudicar a reputação da sua marca e a confiança do seu público.

Por isso, não apenas eu, como todo profissional e consultor de marketing digital, aconselha o seguinte: não foque em táticas antiéticas.

Procure criar conteúdo original e de alta qualidade que aborde as dúvidas e preocupações do seu público-alvo.

Utilize ferramentas, é claro, mas com o puro objetivo de complementar sua pesquisa ou simplificar alguns passos repetitivos — como copiar as PAAs para facilitar na criação de pautas, por exemplo.

Procure ganhar a confiança do seu público e do mecanismo de pesquisa com ações propositivas, inovadoras e éticas.

É o que sempre digo: o melhor é ganhar jogando limpo.

Conclusão

People Also Ask do Google

É aquilo que mencionei lá na introdução: o recurso de “As pessoas também perguntam” é um acerto do Google.

Ele é projetado para auxiliar sites com menor autoridade a conquistarem melhores resultados, mas é uma ferramenta útil para todas as marcas que querem diversificar suas estratégias de SEO.

E o melhor é que existem maneiras extremamente criativas de utilizá-lo!

Com as ferramentas e dicas que apresentei, tenho certeza que você poderá enriquecer seu planejamento de marketing digital.

Ficou com alguma dúvida? Escreva abaixo que vou responder assim que puder!

Até a próxima!

Perguntas frequentes sobre o “As pessoas também perguntam”

O que é as pessoas também perguntam?

“As pessoas também perguntam” é um recurso do Google que fornece aos usuários perguntas (e suas devidas respostas) relacionadas ao tema da pesquisa originalmente feita.

Como fazer uma boa pesquisa no Google?

Para isso, o ideal é focar na busca de palavras-chave objetivas, aplicadas em frases que vão direto ao ponto da sua dúvida. Você pode se aproveitar de recursos extra do Google, como o “As pessoas também perguntam” para aprofundar seus conhecimentos.

Como usar o Also Asked?

O AlsoAsked é uma plataforma que ajuda profissionais de marketing a entenderem quais as buscas relacionadas a uma palavra-chave específica. É ótima para ajudar a melhorar sua estratégia de SEO.

NP Digital Brasil

Você quer resultados imediatos?

Minha agência pode fazer todo o trabalho pra você. Somos especialistas em:

  • SEO - Colocamos seu site no topo das pesquisas do Google
  • Mídia Paga - Fazemos seu negócio alcançar quem importa no momento certo
  • Data & Conversion Intelligence - Desbloqueamos as conversões do seu site e criamos dashboards para melhores análises

Fale com um especialista

Consultoria com Neil Patel

Ubersuggest

Desbloqueie milhares de palavras-chave com Ubersuggest

Quer superar a concorrência?

  • Encontre palavras-chave de cauda longa com alto ROI
  • Encontre centenas de palavras-chave
  • Transforme buscas em visitas e conversões

Ferramenta gratuita

Compartilhe