Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Screencast: Aprenda O Que É e Como Utilizar

Já pensou em ganhar dinheiro gravando a tela do seu computador?

Um screencast é a gravação da tela do seu computador no formato de vídeo, mostrando softwares, slides, seu desktop, etc.

Se você vende um produto ou serviço e quer mostrar ao seu cliente como ele funciona, um screencast pode ser a solução ideal para você.

Vídeos tutoriais ou de “como fazer” são cada vez mais comuns no universo digital.

Isso acontece porque eles têm dominado as redes sociais e gerado muito engajamento por parte da audiência.

Se você fizer uma rápida pesquisa no Youtube, verá que existem diversos vídeos de receitas, artesanato e maquiagens, por exemplo.

Quer aprender a fazer micro-vídeos e aumentar o seu tráfego, leads e vendas? Então, clique aqui e acesse esse guia completo que preparei para você!

Porém, também vai encontrar vídeos de pessoas ensinando a sua audiência a trabalhar com determinados programas ou softwares, como o WordPress.

Esses vídeos ensinam a instalar e a executar ações nesses programas de computador.

Normalmente, eles mostram apenas a tela do computador e as ações que precisam ser tomadas para que o usuário alcance determinado resultado.

Na maioria das vezes, esses tutoriais são acompanhados por uma narração e marcações de texto.

Esses vídeos que capturam telas são chamados de screencast.

Sabe qual é a melhor parte disso tudo? Produzir um screencast é muito fácil. Além disso, você pode fazer uso dele em diversas ocasiões.

Nesse artigo você vai:

  1. Aprender o que é um Screencast;
  2. Saber onde utilizar um Screencast;
  3. Conhecer o passo a passo para a criação de um Screencast;
  4. Aprender a gravar a tela do seu PC;
  5. Saber como ganhar dinheiro com um Screencast;
  6. Conhecer os principais softwares para a captura da tela do seu computador.

Boa leitura!

Antes de continuar, se você quer aumentar sua vendas e saber quais são as melhores estratégias para promover seu negócio online, clique aqui para receber o Guia Completo de Marketing Digital.

guia completo de marketing digital

O Que São Screencasts?

Um screencast é um vídeo filmado a partir da tela de um computador.

Ele também é conhecido como vídeo onscreen ou apenas vídeo capturado da tela. Porém, o nome mais utilizado é screencast.

Uma das maiores vantagens de um screencast é que ele permite a criação de vídeos com um baixo custo e às vezes, inclusive, sem nenhum custo.

Além disso, você não precisa de um estúdio ou de equipamentos especiais para isso. Tudo o que você precisa é aprender a gravar a tela do seu computador.

Com um screencast você pode gravar absolutamente tudo o que estiver passando na sua tela. Depois, você poderá mostrar esse conteúdo para qualquer pessoa. É mágico, não é?

Você já deve ter percebido o potencial que um screencast tem, já que ele pode ser usado para criar muito conteúdo fazendo uso de uma estratégia bastante simples.

Possuindo esse conhecimento, você pode:

  • Criar um screencast que ensina as pessoas a montarem um site ou algum tipo de serviço online.
  • Ensinar o seu público a utilizar um determinado software, como programas para editar vídeos e imagens ou recursos mais avançados de processadores de texto, por exemplo.
  • Fazer palestras ou cursos online sobre qualquer assunto. Você pode criar uma apresentação no programa de sua preferência, como Keynote ou Power Point, e filmar a sua tela enquanto lê o roteiro.
  • Criar apresentações ou demonstrações sobre os seus produtos. Assim, você consegue aumentar as chances de ter mais pessoas interessadas nele.

Com um screencast você pode ensinar tudo sobre o funcionamento dos seus cursos online ou apenas entregar valor para a sua audiência, por exemplo.

Atrás da imagem da sua tela,você pode acrescentar um áudio com uma narração para tornar a sua captura de tela ainda mais didática e atrativa.

Importância dos Screencasts Para o Seu Negócio

Os vídeos feitos no estilo screencast são muito úteis para empresas que apresentam alguma solução digital aos seus consumidores, como um sistema online ou um software.

Como ele tem a função de educar a sua audiência de alguma forma, ele também se torna extremamente importante para a divulgação de um produto ou serviço que você oferece.

Por mais que você não tenha criado algum tipo de software, você ainda pode usar esse tipo de vídeo ao seu favor.

Você tem a possibilidade de elaborar conteúdos educacionais, tutoriais, ou vídeos para entreter a sua audiência.

Assim, você poderá começar a rentabilizar os seus vídeos de acordo com a quantidade de visualizações, por exemplo.

O mais importante disso tudo é fazer com que as pessoas conheçam você, a sua marca e a sua empresa. E isso pode ser simplificado com a utilização de screencasts.

Esse tipo de vídeo é bastante prático, funcional e segmentado. Com isso, ele aumenta as chances de ser visto até o final.

Onde Utilizar o Screencast

Como já vimos, Você pode fazer uso desse tipo de vídeo de diversas formas e para inúmeros fins.

Ou seja, utilizar um screencast em sua estratégia de marketing e de divulgação é ótimo!

Além disso, você também pode utilizá-lo em alguns locais específicos e para fins específicos, como:

Tutoriais e Cursos Online

O primeiro tipo de conteúdo que você pode criar no formato de screencast é o voltado para o ensino, como tutoriais ou cursos online completos.

Essa estratégia é bastante usada por pessoas que possuem algum tipo de conhecimento em um determinado software e quer ensinar a sua audiência a dominar o uso dessa ferramenta.

Também é usado por pessoas que têm o desejo de ensinar assuntos que envolvem algumas tarefas que precisam ser realizadas online.

Você também pode criar um screencast para gerar leads para o seu negócio ou realizar vendas de forma direta.

Você também pode cobrar uma mensalidade ou valor fixo por esse material, por exemplo.

Introdução e implementação

Usar screencasts no processo de introdução e de implementação do seu produto ou serviço é ótimo.

Quando um cliente começar a usar um produto seu, eventualmente ele vai precisar de uma ajudinha para ver o real valor que a sua solução tem.

Então criar pequenos vídeos introdutórios e explicativos é ótimo.

Assim, você vai conseguir reter os seus usuários e diminuir o número de cancelamentos imediatos e a longo prazo.

Demonstração de Produto à Venda ou Serviço

Em diversas situações, produzir um conteúdo de qualidade é essencial para fechar vendas consideradas mais difíceis.

Principalmente se o serviço ou produto que você vende envolver um complexo processo de negociação.

Ou seja, nesses casos é ótimo poder contar com um screencast em momentos específicos de interação com os seus clientes.

Chamadas Sociais Para Tráfego

Você sabia que também pode usar screencasts para atrair a atenção do seu público para algum conteúdo específico do seu blog?

Para isso, você pode criar apresentações de slides e gravá-las em vídeos pequenos para usar em chamadas nos seus perfis nas redes sociais.

Com isso, você será capaz de gerar ainda mais tráfego para o seu blog.

Ou seja, você pode usar um screencast como o seu conteúdo principal e como uma chamada para esse determinado conteúdo.

Passo a Passo Para Criação de Screencasts de Alta Qualidade

Bom, antes de você começar a gravar o seu screencast de fato, você precisa se atentar a algumas situações.

E para que você consiga criar um vídeo perfeito para o seu negócio, independente da sua finalidade, eu listei os principais cuidados que você precisa ter antes de gravá-lo.

Grave em Ambiente Sem Ruídos

Quando você for gravar seus vídeos, lembre sempre que edição não faz milagres.

Então, é essencial que você prepare um o seu ambiente de gravação para ser o mais silencioso possível.

O seu objetivo precisa ser se comunicar com uma boa compreensão do que você diz.

Se existir um ruído no ambiente atrapalhando que o seu público entenda o que você está dizendo, como eco, vento, trânsito, barulho de ventilador, buzinas ou cachorros latindo, não grave o seu vídeo.

Ruídos altos assim são muito difíceis de serem tirados em uma edição. O latido de um cachorro pode facilmente se sobressair a sua voz.

Se o barulho for externo e constante, procure um lugar mais isolado na sua casa ou opte por realizar as suas gravações em horários de menor movimento, como a noite.

Cuidado Com o Eco

Acabar com o eco ou com o tenebroso “reverb” é muito menos complicado do que você imagina.

Não existe uma fórmula mágica que consiga transformar um ambiente sem nenhum móvel em um ambiente sem eco.

Porém, não se preocupe. Existem algumas formas simples de se resolver esse problema.

Primeiramente, você pode optar por gravar o seu vídeo em um quarto que tenha muito móveis, como mesas, cama, armários e cortina.

Os móveis, na maioria das vezes, são feitos de materiais que amortecem o som, como espuma, tecido e madeira.

Então, um quarto repleto de móveis quase não tem eco se comparado a um quarto totalmente vazio.

Porém, se mesmo assim você quiser gravar em um ambiente vazio, existem algumas formas muito baratas para que você não tenha problemas com eco nos seus vídeos.

Caixa de papelão de geladeira

Pegue uma caixa de papelão de geladeira, bem enorme mesmo, e grave o seu aúdio de dentro dela.

Como o seu vídeo trará apenas a tela do seu computador como imagem, você precisa focar em ter um som muito bom.

Mesmo que seja uma medida um pouco estranha, eu garanto a você que ela funciona. A qualidade do som fica ótima!

E bem ou mal, o que importa é a qualidade do seu áudio e não como e onde você o gravou.

Papelão nas paredes

Você também pode improvisar e colocar papelão nas paredes do seu cômodo.

Você pode grudar esse papelão com fita crepe. Acredite, essa fita pode salvar o seu áudio!

Cobertor na cabeça

Outra forma de evitar o eco é sentando em uma cadeira e colocando um cobertor na sua cabeça.

Assim, você fará uma cabaninha com o seu cobertor. Isso vai fazer com que o seu áudio fique muito bom, da mesma maneira que as formas anteriores.

Ou seja, você não precisa gastar rios de dinheiro e se endividar logo no início do seu projeto. Você pode improvisar com soluções caseiras e baratas para evitar ter eco no seu vídeo.

Pratique Antes de Gravar

Gravar um vídeo não é uma tarefa fácil. Você precisa se preparar para realizar essa ação. Isso acontece, inclusive, quando o assunto é um screencast.

Você precisa ter organização e planejamento e possuir uma certa noção de como o seu vídeo ficará depois de finalizado.

Se isso não acontecer, corre o risco de você se perder durante a sua gravação e demorar o triplo do tempo para captar algumas poucas cenas.

Além disso, sem uma preparação, você pode acabar produzindo um vídeo bastante confuso, mal executado e que não vai conseguir atingir os seus objetivos.

Então, antes mesmo de começar a gravar a sua tela, tenha em mente a ordem da sua gravação e se você irá inserir efeitos visuais ou narrações ao fundo do seu vídeo.

Você também precisa estar bastante seguro do que você vai falar para conseguir produzir um excelente vídeo.

Evite que o seu público ache que você não domina o assunto do qual está falando.

Isso acaba demonstrando insegurança e levando as pessoas a pensar que você não é qualificado para ensiná-las sobre determinado assunto.

Então, treine o que você vai falar quantas vezes forem necessárias. Se for ajudar, pratique em frente a um espelho.

Assim, você se sentirá mais confiante e produzirá um excelente vídeo.

Feche Todos os Programas e Abas dos Navegadores

Na hora de gravar um vídeo para o seu público, seja ele para um treinamento online ou para um post, você precisa estar totalmente concentrado.

E essa concentração cresce quando você não possui coisas externas atrapalhando a sua preparação para a gravação do seu vídeo.

Então, indico fortemente que você foque no seu objetivo e feche todos os programas e abas de navegadores que possam atrapalhar o seu rendimento.

Às vezes achamos que uma aba aberta em uma rede social é inofensiva, mas ela pode atrasar em muito o processo de criação do seu vídeo.

Além disso, o seu computador precisa estar o mais leve possível no momento em que você for criar o seu screencast.

Algumas ferramentas de captura de tela são pesadas e você pode atrapalhar o correto funcionamento delas se permanecer com programas desnecessários abertos.

Imagina perder horas gravando um vídeo para depois se dar conta de que a captura da tela estava travando, por exemplo. Você não quer isso, não é mesmo?

Faça tudo o que estiver ao seu alcance para se certificar de que o seu vídeo será um verdadeiro sucesso.

Mantenha-se Hidratado

Quando o momento de gravar o seu vídeo chegar, você vai precisar estar 100% preparado.

O seu roteiro precisa estar preparado e muito bem assimilado, o ambiente onde você vai realizar a gravação precisa ser um local calma e sem ruídos.

Além disso, você também precisa tomar cuidado para não ter eco no ambiente. Porém, de nada adianta a parte técnica estar perfeita se você também não estiver na sua melhor forma.

O processo de gravação e edição de um screencast pode ser bastante demorado. Então, é essencial que você esteja bem fisicamente, a fim de dar o seu melhor.

Então, mantenha-se sempre bem hidratado durante todo o processo de gravação do seu vídeo. Tome bastante líquido, como água e sucos naturais.

Essa prática também ajuda a aliviar a tensão nas suas cordas vocais, não prejudicando a sua garganta e a sua voz.

Teste o Software de Gravação

Você já reparou que precisa se preparar antes de dar início de fato a gravação do seu screencast, não é mesmo?

Agora imagine se já estiver tudo preparado e você decidir iniciar a captura da sua tela e perceber que o seu software de gravação não está funcionando corretamente?

Acontece que às vezes ele pode travar ou não responder aos seus comandos, por exemplo. E isso não quer dizer que o programa que você escolheu seja ruim.

Isso é totalmente normal quando se trata de programas de computador. Então, não se desespere. Apenas teste a ferramenta escolhida por você antes de mais nada.

Esse teste também é aconselhável para que você se familiarize com a interface do software.

Com isso, você vai conhecer todas as funcionalidades existentes e conseguir usá-las ao seu favor para criar um ótimo vídeo.

Grave Apenas o Necessário

Muitas pessoas acham que um vídeo enorme é o ideal tanto para um curso online quanto para a demonstração do seu produto ou serviço, por exemplo.

Contudo, isso não é necessariamente verdade. Se o seu conteúdo for muito extenso, isso pode sim acontecer.

E você também pode optar por dividí-lo, pois vídeos muito grandes não costumam prender muito a atenção das pessoas.

Agora, o seu vídeo jamais poderá ficar grande demais porque você está enrolando para passar o seu conteúdo.

Quanto mais direto você for, melhor. As pessoas querem soluções rápidas e diretas para os seus problemas.

Então, não floreie muito. Grave apenas o necessário e entregue bastante valor ao seu público.

Grave Com Dimensão Padrão

Já me deparei com alguns vídeos que tinham dimensões diferentes da padrão. Isso pode até ser legal a primeira vista, já que é personalizado.

Porém, ao gravar o seu screencast, tenha em mente que quem irá consumir o seu conteúdo é o seu público.

E para ele, tudo o que importa é conseguir ter uma ótima experiência visual e aprender um novo conteúdo.

Para que essa experiência seja realmente boa, é importante que você se atente a escolha da dimensão do seu vídeo.

É muito ruim assistir um vídeo pequeno demais, que dificulta a visualização do conteúdo, ou largo demais, que corta parte da sua tela.

Então, preste sempre atenção nisso antes de gravar o seu screencast.

Descreva Bem o Assunto Abordado

Quando você começar a gravar o seu vídeo, mostre que você realmente sabe sobre o que você está falando.

Descreva bem o assunto que está sendo abordado em seu screencast.

Separe um tempo para explicar todos os tópicos que precisarem de uma explicação mais profunda.

Não deixe que o seu público termine de assistir ao seu vídeo com algumas dúvidas.

Tente sanar todas as possíveis questões que a sua audiência possa ter sobre o assunto do seu vídeo.

Fique sempre de olho nos comentários recebidos em cada screencast seu e tire todas as dúvidas dos seus usuários.

Fale Devagar

Para que um vídeo seja interessante aos olhos do público, não adianta apenas montar um bom roteiro e um bom conteúdo.

De nada adianta gravar um screencast se as pessoas não conseguirem entender o que você está dizendo.

E não me refiro a você dar uma explicação ruim, mas sim, a você falar muito rápido e atropelar todas as palavras.

Você pode até ter produzido o melhor conteúdo do mundo, mas ninguém vai saber disso se não conseguir entender o que você está falando.

Então, fale devagar, pronuncie bem as palavras e garanta que o seu público entenda tudo o que você está falando.

Use Um Bom Microfone

Usar um bom microfone pode transformar o seu screencast em um excelente vídeo.

Existem diversos microfones por aí e você não precisa se endividar para adquirir um. Se você estiver começando, pode fazer uso do microfone do seu computador ou do seu fone de ouvido.

Contudo, se você tiver condições de adquirir um microfone, sugiro que você o faça.

Antes de mais nada, verifique quais são as suas dificuldades em relação ao áudio do seu vídeo.

Se o seu problema for um ruído externo, você pode comprar um microfone padrão cardioide.

Ele só capta o som que está à frente dele. Ou seja, esse tipo de microfone não vai captar o latido de cachorros na rua ou o barulho de carros passando.

Também é importante que você não fale perto demais do microfone.

Pois, agindo assim, existem grandes chances de que o ar que sai da sua boca e das suas narinas atrapalhe a sua gravação.

Então, o ideal é que você fique de 10 a 20 centímetros de distância do aparelho.

Não Se Preocupe Com Erros

No momento da gravação, evite parar por conta de erros. Se você tiver pronunciado uma palavra de forma incorreta, pronuncie corretamente e siga com a sua gravação.

Se você tiver percebido que deu uma informação de forma errada, apenas passe-a corretamente logo em seguida.

Assim, você ganha tempo de filmagem. Você pode estar se perguntando: como assim ignorar os erros?

Os erros cometidos podem ser facilmente editados após a gravação do seu screencast.

Então, a dica que eu dou a você é: ignore os seus erros e corrija-os prontamente. Assim, você otimiza o seu tempo e consegue produzir cada vez mais conteúdo para o seu público.

Use Ferramentas Para Anotações

É muito interessante utilizar ferramentas para fazer anotações durante os seus vídeos.

Elas podem ser usadas de diversas formas. Uma delas é quando o autor do screencast não se sente à vontade para falar no vídeo.

Então, ele apenas anota os passos que o público precisa seguir para alcançar um determinado resultado.

Porém, você também pode fazer uso delas mesmo se estiver narrando a sua captura de tela.

Assim, o seu vídeo fica ainda mais didático para quem o estiver assistindo.

Ou seja, se você estiver usando algum tipo de comando em um determinado programa, é ótimo que você escreva qual é esse atalho para que o seu usuário o entenda mais facilmente.

Finalize Com um Resumo

Depois de terminada a sua apresentação, faça um resumo dela para o seu público.

Mostre rapidamente todos os pontos que foram vistos na sua apresentação. Ou seja, faça um resumão do seu conteúdo para a sua audiência.

Com isso, os seus usuários serão capazes de lembrar tudo aquilo que foi ensinado por você. Além disso, um resumo ajuda na memorização do passo a passo realizado.

Fazer um resumo mostra, inclusive, o quanto que você se importa com o seu público.

Isso se dá porque fica evidente o carinho e a dedicação que você teve ao criar determinado conteúdo e ao resumi-lo.

Além disso, existem pessoas que procuram apenas o resumo de algum assunto e vão direto para o final do vídeo. Isso acontece principalmente quando um vídeo é bem grande.

Então, não se esqueça de resumir os seus passos ao fim de cada screencast que você produzir.

Entregue o Máximo de Valor ao Seu Público

Quando uma pessoa procura por um determinado tema online, ela quer que o seu problema seja resolvido de forma simples e prática. Ou seja, ela quer uma solução.

Por isso, é muito importante que você entregue um conteúdo completo para o seu público. Quanto mais valor você entregar, melhor.

Quando o seu público percebe a quantidade de valor que você está entregando a ele, se sente muito grato por isso.

E a gratidão é um dos gatilhos mentais mais poderosos que existem. Com isso, você vai conseguir aumentar a quantidade de leads do seu negócio e, consequentemente, o seu lucro.

Como Ganhar Dinheiro Com Screencasts?

Já vimos que existem diversas formas de se beneficiar com um screencast. Porém, você sabe efetivamente como pode ganhar dinheiro com eles?

Existem duas maneiras para isso:

  • Você pode criar screencasts para vender, com conteúdos no formato de cursos ou tutoriais.
  • Você pode criar screencasts para serem usados como ferramenta de marketing, divulgando o seu vídeo em diversos locais.

Porém, o sucesso de um screencast não depende apenas do tipo de material que você vai produzir. Ele também depende dos canais onde você vai promovê-lo.

Mas não se desespere. Existem diversos canais bastante interessantes onde você pode apresentar o seu vídeo para o seu público.

Assim, fica mais fácil de conseguir atingir os seus objetivos.

Pensando nisso, eu listei os 4 canais mais responsivos para isso e vou mostrar para você porque eles são boas opções.

Você conseguirá alavancar a sua estratégia se postar nos seguintes canais:

Youtube

Se você quer investir na produção de vídeos de forma séria, saiba que você precisa criar um canal no Youtube. Independente de você produzir apenas screencasts ou outros formatos também.

O Youtube é a maior plataforma de vídeo do mundo todo e é a primeira parada de todas as pessoas que preferem consumir conteúdos em formato de vídeo.

Então, você precisa criar e promover o seu canal, a fim de melhorar os resultados da sua estratégia de screencasts.

Redes Sociais

As redes sociais de uma maneira geral estão logo atrás do Youtube quando o assunto é engajamento e alcance dos vídeos.

Para você ver como conteúdos em vídeos são a tendência do momento, o Facebook apostou na criação do Watch, uma plataforma de vídeos para concorrer com o Youtube e a Netflix.

Ou seja, produza muitos conteúdos no formato de vídeo e os divulgue, também, em suas redes sociais.

Blog

Tanto o Youtube quanto as redes sociais são ótimos lugares para você aumentar a exposição do seu conteúdo e da sua marca.

Porém, o seu blog é um canal totalmente exclusivo, onde apenas você controla a mensagem que o seu público vai receber.

Por isso, é muito importante que você produza vídeos de qualidade, para aumentar o seu tráfego e ajudar o seu SEO.

Digo isso, pois agindo dessa forma, o tempo de permanência no seu site e o número de páginas visitadas com certeza vai aumentar.

Landing Pages

O principal objetivo de uma landing page é convencer o seu público que a sua oferta realmente possui um alto valor.

E vídeos bem feitos são ótimos para persuadir a sua audiência de uma maneira mais eficaz.

Assim, você pode usar um screencast curto em seus landing pages, a fim de aumentar a sua taxa de conversão e, consequentemente, melhorar os seus resultados.

Software Para Captura de Tela

Acho que agora você já entendeu qual é o real valor de um screencast, não é mesmo?

Contudo, de nada adianta saber o valor de algo se você não sabe como colocá-lo em prática.

Por conta disso, eu listei os melhores softwares de captura de tela para você. Assim, a parte técnica do seu projeto não será mais um bicho de sete cabeças.

Essa lista conta com as ferramentas apropriadas para a criação de screencasts profissionais, que serão capazes de fortalecer ainda mais a imagem da sua marca ante o seu público.

Eu separei essa lista em duas partes: a que mostra as ferramenta de captura de tela e a que mostra as ferramentas de edição de vídeo.

Alguns programas de captura de tela já possuem recursos simples de edição de vídeo. Então, dependendo do seu objetivo, você não vai precisar de outro programa para realizar a edição.

Captura de tela

Open Broadcaster Software (OBS)

O Open Broadcaster Software (OBS) é uma ótima ferramenta gratuita para quem deseja fazer um screencast.

Ele é bastante fácil de ser utilizado. Ou seja, você não precisa ter muitos conhecimentos profissionais para fazer uso dele.

O OBS é um programa aberto para gravações de vídeos e transmissões ao vivo.

Com ele você também pode gravar dimensões personalizadas da sua tela e ajustar a qualidade de acordo com a GPU.

Por conta disso, ele é bastante usado para a gravação de vídeos de jogos.

Apenas formatos de saída MP4 e FLV são aceitos no Open Broadcaster Software.

O programa também permite que você grave vídeos através da sua webcam.

CamStudio

O CamStudio é uma ferramenta de software bastante popular por possuir uma enorme variedade de recursos e por ser gratuito.

Ele possui vários recursos que podem ser usados pelos seus usuários. Além disso, o programa exporta todos os arquivos de vídeo no formato AVI.

O CamStudio possui recursos bastante eficazes e possibilita que você capture a sua tela com uma alta qualidade.

Sua maior vantagem, além dele ser gratuito, é a possibilidade que os seus usuários têm de fazer alterações no código fonte com total liberdade.

Por possuir uma natureza open-source, o programa possibilita que algumas opções externas e extensões sejam adicionadas ao seu código fonte.

O CamStudio é bastante fácil de ser utilizado, além de tornar o processo de gravação da tela do seu computador bastante amigável aos novos usuários da plataforma.

A ferramenta conta com opções que podem ser configuradas de maneira simples e direta, possibilitando que você grave um áudio ou adicione uma faixa de áudio rapidamente.

Além disso, com o CamStudio você pode gravar um vídeo por um longo período de tempo e adicionar legendas.

Uma de suas desvantagens está no fato do programa suportar apenas o sistema operacional Windows e de dispor de poucas funcionalidades.

Ou seja, se você quiser usar alguma função que o programa não ofereça, você terá que instalar algumas extensões.

Sem essas instalações você não conseguirá fazer algo muito mirabolante com esse software.

Webnaria

O Webnaria é um software gratuito. Ou seja, ele é mantido pela comunidade de desenvolvedores que se dedicam ao seu projeto.

Ele é bastante simples de ser usado, apesar de não possuir tantas ferramentas quanto os softwares pagos.

Então, mesmo que você não entenda muito sobre criação e edição de vídeos, o Webnaria pode ser o programa ideal para você.

Camtasia

O Camtasia é considerado um dos melhores softwares de gravação de screencasts da atualidade. Ele é produzido pela TechSmith e é bem completo.

Por conta disso, ele possui uma versão de teste que dura 30 dias e a sua versão completa custa 199 dólares.

O programa é bastante intuitivo e conta com ótimos recursos de edição, além dos de captura.

Com isso, você não vai precisar se preocupar em baixar dois programas diferentes para gravar a tela do seu computador e para editar o seu vídeo.

Com o Camtasia, você pode gravar a tela inteira do seu PC, de apenas uma área específica, como uma janela minimizada, ou da imagem da sua webcam.

Você também pode gravar o áudio através de um microfone conectado ao seu computador ou pelo microfone que já vem embutido nele.

A ferramenta também deixa que você escolha atalhos para a criação facilitada do seu screencast.

Ou seja, o Camtasia é um programa um pouco caro, porém, ele também é um ótimo editor de vídeos, o que pode acabar compensando para você.

Microsoft Expression Encoder 4

O Microsoft Expression Encoder 4 é um software muito bom de gravação de tela.

Ele possui duas versões: uma gratuita, que disponibiliza ótimos recursos ao seus usuários, e uma paga que custa 199 dólares.

A versão gratuita permite que você grave vídeos de até 10 minutos de duração.

Então, se você quiser fazer uso de todas as funcionalidades que o Microsoft Expression Encoder 4 disponibiliza, você terá que adquirir a sua versão paga.

Movavi Screen Capture

O Movavi Screen Capture é uma excelente opção para a confecção de screencasts.

Ele possui vários recursos para capturar a tela e o áudio do seu computador. Você pode gravar a tela inteira ou apenas um pedaço dela.

Uma das vantagens desse software é que ele é muito fácil de ser utilizado. Se você precisar de algum tipo de ajuda, o próprio site oficial oferece um ótimo tutorial em português.

Ele também possui um editor de vídeos integrado, o que possibilita que você adicione efeitos, títulos, etc.

O programa custa 75 reais e possui uma versão de teste que você pode utilizar antes de se decidir pela versão completa.

Snagit

O Snagit também é produzido pela Techsmith, o mesmo desenvolvedor do Camtasia.

A principal diferença existente entre os dois é que o Snagit é especializado em gravar telas, ao passo que o Camtasia grava e edita vídeos no geral.

Essa ferramenta é ótima opção por conta de seus recursos, como um criador de gifs integrado que pode produzir gifs a partir dos seus vídeos.

Além disso, ele é capaz de capturar menus e ícones que normalmente desaparecem quando outros programas são utilizados para gravar a tela.

O programa possui uma versão mais básica e gratuita para teste e uma mais completa que custa 49 dólares.

VideoSoft Free Screen Video Recorder

O VideoSoft Free Screen Video Recorder é um software gratuito de captura de tela.

Ele possui os principais recursos de screencast. Além disso, é compacto e bastante fácil de ser utilizado.

Porém, ele não edita os seus vídeos. Ou seja, se você quiser editar o que foi gravado, precisará outro programa.

Editor de vídeo

Se você decidir usar um programa de captura de tela que não tenha a opção de editar os seus vídeos, você poderá utilizar um dos listados abaixo:

Windows Movie Maker/iMovie

O Windows Movie Maker ou o iMovie são programas para quem usa o sistema operacional Windows ou Mac, nessa ordem.

Essas ferramentas, na maioria das vezes, já vem instaladas no seu computador e podem atender facilmente as suas necessidades.

Ou seja, se você quiser um programa que possua todas as funções básicas de edição, esses softwares são perfeitos para você.

O melhor de tudo é que ambas são gratuitas e bastante intuitivas.

Adobe Premiere

O Adobe Premiere é um programa da Adobe. Ou seja, é um software bem mais profissional do que os dois anteriores.

Por ser um programa profissional e que possui diversas funcionalidades, ele é um programa pago e custa 105 reais por mês.

Você também pode usá-lo de forma gratuita por 30 dias antes de decidir se vai ou não comprar a sua licença.

Como Gravar a Tela do PC?

Agora que você já sabe como se preparar para gravar a tela do seu computador, vou mostrar para você o passo a passo para criar excelentes screencasts.

Eu separei os passos para ficar mais fácil para você.

Vamos lá?

Passo 1

A primeira coisa que você precisa fazer é escolher qual software você vai utilizar e adquiri-lo.

O programa que eu escolhi para ensinar você a usar foi o Open Broadcaster Software.

Então, antes de começar, entre no site e clique no botão verde para selecionar o seu sistema operacional que pode ser Windows, Mac ou Linux.

Depois disso, basta clicar no programa e instalá-lo em seu PC aceitando os seus termos de utilização.

Passo 2

Quando o programa abrir, você vai receber uma mensagem de ajuda do assistente de configuração automática.

Quando isso acontecer, clique em “não” e, depois, em “ok”.

Com isso, você vai conseguir configurar a ferramenta de forma manual, conforme as suas preferências e as suas necessidades.

Passo 3

O Open Broadcaster Software funciona com um esquema de fontes e cenas de imagem.

Então, quando você abrir a interface do programa, vai constatar que, no canto inferior esquerdo, já existe uma cena pronta.

Quando você quiser criar uma nova cena, tudo o que você precisa fazer é clicar no símbolo “+” que está no canto inferior esquerdo.

Depois disso, você poderá renomeá-la como preferir.

Passo 4

Quando você criar uma nova cena para o seu projeto, é possível adicionar uma fonte clicando no símbolo “+”.

Ele está localizado abaixo do quadrado com o nome de “fonte”, que também está localizado no canto inferior esquerdo da tela.

Você vai se deparar com várias opções. Escolha “captura de tela” e clique em “ok”.

Passo 5

Após realizar o passo 4, uma tela irá se abrir e, então, você terá a resolução de tela de seu monitor.

Salve esse número, pois ele será importante para você mais a frente.

Se você estiver utilizando duas telas, o OBS vai oferecer 2 valores para você, como no exemplo abaixo.

A resolução do monitor que eu escolhi para esse exemplo foi 1366×768.

Depois disso, o software já estará pronto para gravar a tela do seu computador.

Passo 6

Antes de você começar a gravar a sua tela de fato, vá em “arquivos” e depois em “configurações no canto superior esquerdo da interface do programa, e clique em “vídeo”.

Passo 7

Depois disso, insira o valor da resolução do seu monitor, que você anotou anteriormente, em “resolução base” e em “resolução de saída”.

Passo 8

Clique em “saída”. Logo após isso, na parte “gravação”:

  • Caminho da gravação: escolha a pasta onde você quer salvar os seus vídeos
  • Qualidade da gravação: selecione a opção “alta qualidade” > “tamanho médio”
  • Formato de gravação: escolha “mp4”

Depois disso, clique em “ok”.

Passo 9

Chegou a hora de começar a gravar a sua tela. Para isso, você vai precisar clicar em “iniciar gravação” que está localizado no canto direito inferior da interface da ferramenta.

Após isso, você terá que minimizar o Open Broadcaster Software, abrir a sua apresentação ou o programa onde você realizará uma demonstração.

Por fim, você terá que voltar ao OBS e “parar gravação” que está localizado no mesmo local que você clicou para iniciar a captura de tela.

Quando você terminar de capturar a sua tela, acesse a pasta que você escolheu para salvar os seus vídeos.

Assim, você conseguirá acessar tudo o que foi gravado pelo Open Broadcaster Software. Todos os vídeos serão salvos com a data e também a hora de cada gravação realizada por você.

Quando você clicar em um desses arquivos, a fim de abri-los, você vai perceber que eles vão começar com a tela da ferramenta.

Para isso, você precisará editar o seu vídeo e cortar esse pedaço indesejado.

Conclusão

Nesse artigo você aprendeu o que é um screencast, a sua importância e como criar um.

Um screencast nada mais é do que um vídeo filmado a partir da tela de um computador que pode ser usado na sua estratégia de marketing ou em seu treinamento online.

Você também pode utilizá-lo para divulgar um produto ou um serviço que você oferece, já que a função dele é educar o seu público de alguma maneira.

Por ser versátil e simples de ser feito, você também pode fazer uso dele em chamadas nos seus perfis de redes sociais.

Para que a sua gravação saia da melhor maneira possível e tenha um ótimo resultado, você precisa treinar bastante o seu roteiro para que tudo saia conforme o planejado.

Existem diversos softwares para screencasts no mercado, sendo alguns deles gratuitos.

Então, tudo o que você precisa fazer é escolher aquele que melhor se adequa às suas necessidades.

Você pode utilizar diversos canais de comunicação para ganhar dinheiro com um screencast, como o Youtube, redes sociais, o seu blog e landing pages.

Tudo vai depender do seu objetivo final.

Quer saber mais sobre criação de vídeos e como eles podem impactar o seu público de forma positiva? Então, acesse:

Obrigado por ler até aqui!

guia completo de marketing digital

Compartilhe