O Kit de Ferramentas de SEO: 11 Ferramentas Que Irão Economizar Seu Tempo

Quando eu entrei no mundo do SEO, a gente conseguia literalmente otimizar nosso site para qualquer termo e ranquear na primeira posição do Google em um ou dois meses.

Mas claro que isso foi há séculos.

Agora, com o algoritmo do Google em constante evolução, é necessário investir mais tempo e mais esforço para obter resultados.

Mas o que acontece se você não tem o luxo do tempo? Ou os recursos financeiros para fazer o trabalho que realmente é necessário?

O que fazer?

Deixar o SEO de lado?

Claro que não. Hoje eu quero mostrar 11 ferramentas que vão te ajudar a ter vantagem sobre seus concorrentes.

Mas, diferente da maioria das listas, eu vou ser bastante específico quanto à funcionalidade que eu quero que você use em cada uma das ferramentas para facilitar sua vida e te ajudar a obter resultados mais rápido e com menos esforço.

Vamos lá.

Ferramenta nº 1: Projetos do Ubersuggest

Você provavelmente já conhece o Ubersuggest, mas você realmente tem disponibilidade para passar horas por semana fazendo SEO?

Provavelmente não.

Então como melhorar seu tráfego com o mínimo de esforço?

Criando um projeto no Ubersuggest.

Como você pode ver, ele mostra seu tráfego de SEO ao longo do tempo. Ele vai te dizer se seus rankings estão subindo ou caindo e quais são seus problemas de SEO.

Com tantas coisas acontecendo no marketing, não dá tempo de checar manualmente seus rankings, se os números estão subindo ou caindo, ou mesmo o que você precisa corrigir.

O Ubersuggest faz tudo para você automaticamente e inclusive te notifica por email sobre o que precisa ser feito. Assim, você não precisa ficar sempre checando seu SEO. O Ubersuggest faz tudo automaticamente.

Você vai ser notificado sobre o que você precisa se concentrar a cada semana para maximizar seu tráfego.

Você só precisa ir até o dashboard e clicar em “Adicionar Seu Primeiro Projeto.”

Basta incluir sua URL.

E depois selecionar as localizações onde você opera e quer receber tráfego.

Em seguida, inclua as palavras-chave para as quais você ranqueia no momento ou aquelas que tem como alvo.

E, claro, configure suas preferências de rastreamento.

E aí vai estar tudo pronto.

Assim, quando tudo estiver indo bem, você será notificado. Quando tiver alguma coisa errada, você também vai ser notificado. O Ubersuggest vai inclusive te dizer o que corrigir.

Isso vai te gerar o máximo de resultados com o mínimo de tempo.

Ferramenta nº 2: Alertas do Google Analytics

O Google Analytics está configurado para o seu site, mas com que frequência você entra nele?

E, quando você entra, como você sabe no que focar ou pra onde olhar?

E, quando sabe, você sabe o que fazer com todos aqueles dados?

O Google Analytics é uma ótima ferramenta, mas não dá pra passar horas e horas analisando relatórios. Você deve concentrar seu tempo em obter resultados.

Mas se você criar alertas no Google Analytics, você pode poupar bastante tempo.

Se você assistir a partir do minuto 6:33, você vai ver como configurar esses alertas. Eu coloquei o vídeo inteiro para mostrar como configurar todo o Google Analytics caso você não tenha o monitoramento de metas configurado.

Depois de configurar os alertas, você será notificado quando qualquer coisa boa ou ruim acontecer. Eu normalmente configuro meus alertas só para quando acontece algum problema, e aí eu sei que preciso ajustar meu marketing.

Ferramenta nº 3: Trello

Você deve estar se perguntando como é que pode o Trello ser uma ferramenta de marketing. Na verdade ela não é, mas é uma boa ferramenta de gerenciamento de projetos.

E, com seu SEO, pode ser que você tenha uma equipe te ajudando, e o Trello vai te ajudar a alinhar o processo, torná-lo mais eficiente e chegar mais rápido aos resultados.

Eu mantenho meu painel do Trello simples, dividindo-o em três seções:

  • Fazer – o que precisa ser feito em um determinado período de tempo.
  • Prioridade– o que precisa ser feito agora (as tarefas no topo são as mais importantes)
  • Feito – tarefas que precisam ser conferidas para se garantir que estejam certas.

Simples assim. Para você não precisar ficar monitorando cada ação da sua equipe.

Algumas pessoas têm painéis mais complexos no Trello, mas uma configuração simples como a minha também funciona.

Se você quiser criar um painel do Trello para sua equipe de marketing de conteúdo, imaginando que você escreva um volume grande de conteúdo (digamos, 10 posts por semana), esse processo funciona bem:

As colunas que eu uso para os redatores de conteúdo são:

  • Assunto – é aqui que os redatores incluem os assuntos sobre os quais eles querem escrever.
  • Revisão do esboço – os redatores enviam o esboço para aprovação antes de escrever.
  • Resumo – os redatores enviam o rascunho.
  • Revisão do rascunho – os editores revisam cada um dos rascunhos.
  • Feito o upload, preparado e pronto para revisão – é aqui que o editor inclui o post no CMS (como o WordPress).
  • Agendado – é aqui que se agenda o conteúdo para ir ao ar.
  • Pronto – o conteúdo já está no ar.

Vimos que isso é mais eficaz quando se está gerenciando dezenas de redatores de uma vez.

Ferramenta nº 4: Ferramenta de Queda de Conteúdo

Adivinha quantos posts eu escrevo por semana?

1.

Sério, só isso. Um post por semana, o que corresponde a quatro ou cinco por mês (dependendo de quantas semanas tiver o mês).

E sabe quantos posts eu e minha equipe atualizamos semanalmente?

21.

Isso é quase 90 por mês.

Só pare para pensar… Por que eu teria uma equipe de três pessoas para atualizar 90 posts por mês quando eu só escrevo um por semana?

Porque atualizar conteúdo antigo é um jeito de obter tráfego de SEO mais fácil do que criar conteúdo novo.

Mas que tipo de conteúdo você deve atualizar?

A ferramenta de queda de conteúdo vai te dizer.

Ela faz um detalhamento ordenado de quais posts você deve atualizar primeiro, segundo, terceiro, com base no que vai te gerar mais tráfego.

Se você está se perguntando o que a atualização de conteúdo envolve, pense da seguinte forma:

  • Tem alguma coisa ultrapassada no seu post? – se tiver, atualize a informação ultrapassada para torná-la relevante novamente. Se não for possível, apague essa parte do post.
  • Você pode usar mídia para melhorar a experiência? – você precisa incluir vídeos, mais imagens, talvez até um infográfico? Use mídia para contar melhor sua história e passar sua mensagem.
  • Você está usando as palavras-chave certas? – um jeito simples de conseguir mais tráfego é incluir outras palavras-chave populares relacionadas no seu post. Seja qual for o assunto dele, coloque-o no Ubersuggest e vá até o relatório “Ideias de Palavras-Chave” no menu à esquerda.
  • Tem alguma coisa faltando? – tente encontrar lacunas no seu conteúdo. O que você poderia fazer para melhorá-lo? Sobre o que seus concorrentes falam que você esqueceu de mencionar? Que perguntas o leitor pode ter que você deixou de responder? Ao se fazer essas perguntas, você vai conseguir melhorar seu conteúdo.

Ferramenta nº 5: Extensão do Ubersuggest para o Chrome

Se você ainda não instalou a extensão do Ubersuggest para o Chrome, não deixe de fazê-lo.

Eu não vou te encher com todas as funcionalidades da extensão. O que eu vou fazer é te dar uma dica que vai te poupar tempo.

Sabe quando você faz uma busca no Google para ter mais informações sobre determinado assunto?

É bem possível que às vezes você busque termos para saber mais sobre alguma coisa relacionada à sua área. E, quando você encontra, você vê que seu site normalmente não está no topo dos resultados.

E tudo bem.

Mas, quando você buscar, você vai ver o marcador “buscas mensais” na barra de pesquisa.

Ele te mostra a frequência com a qual essa palavra-chave é buscada.

Então sempre que você estiver buscando alguma coisa na sua área, preste atenção a esse número. Se você vir uma palavra-chave com mais de 5.000 buscas, pode ser que valha a pena tê-la como alvo.

E, conforme você for descendo e passando pelos sites nas primeiras posições, você vai ver as métricas de cada site.

Se você vir uma página com milhares de compartilhamentos nas redes sociais e centenas de links, é mais um sinal de que você deve ir atrás daquele termo. E o resultado com milhares de compartilhamentos nas redes sociais e centenas de links é um bom benchmark de página de alta qualidade e que tem a preferência dos usuários na sua área.

O ideal é criar algo melhor do que essa página, já que é basicamente assim que você vai superá-las com o tempo.

Ferramenta nº 6: Hello Bar

SEO é bem diferente de tráfego pago.

Com tráfego pago, você pode direcionar pessoas a uma landing page com muito pouco conteúdo, o que torna mais fácil de se gerar vendas ou leads.

Com SEO, o Google prefere ranquear sites mais ricos em conteúdo.

Mas quando alguém entra em uma página cheia de conteúdo informativo, é menos provável que essa pessoa converta em um cliente.

Tem um jeito simples de resolver isso… Hello Bar.

A Hello Bar tem várias funcionalidades, mas eu só quero que você use a barra do topo, como eu uso no NeilPatel.com.

E, conforme você vai descendo, ela vai junto com você.

Esse pequeno detalhe me permite melhorar a taxa de conversão vinda do meu tráfego de SEO.

Você pode facilmente ajustar o que você quer mostrar com alguns cliques na Hello Bar ou até mostrar mensagens diferentes para as pessoas com base em de onde elas estiverem vindo.

Embora tráfego de SEO não converta tanto quanto tráfego pago, é muito mais barato no longo prazo e tem um melhor ROI geral. E a simples inclusão da Hello Bar vai fazer seus números melhorarem.

Ela é responsável por 9,4% da receita do NeilPatel.com.

Cada pouquinho faz diferença.

Ferramenta nº 7: Mozcast

O Google faz mais de 3.200 mudanças de algoritmo por ano.

Você realmente consegue se manter em dia com todas elas?

Se você seguir a dica da primeira ferramenta e criar um projeto no Ubersuggest, você vai ser notificado sempre que sua posição nos rankings cair.

E se você configurar alertas no Google Analytics (ferramenta número 2), você também vai ser notificado quando seu tráfego cair de forma drástica.

Você vai perceber que é cansativo acompanhar todas as atualizações do Google, e pode acabar ficando confuso entender o que você precisa corrigir para recuperar seu tráfego.

Essse relatório do Moz monitora todas as atualizações de algoritmo e te dá uma visão geral do que mudou ou do que trata a atualização. Além disso, pode ser uma boa dar uma olhada no Mozcast se você receber uma notificação de queda no tráfego ou nos rankings, uma vez que essa ferramenta confirma se outras pessoas também estão passando por mudanças com uma atualização do Google.

Tenha em mente que o Google não anuncia cada uma de suas atualizações, e por isso pode ser uma boa fazer referências cruzadas das informações que o Mozcast te dá.

Assim, você não precisa perder horas pesquisando cada uma das atualizações.

Ferramenta nº 8: Detailed

Link building é um saco. Tem tanta ferramenta de link por aí, como essa aqui… Mas não vamos nos enganar: você simplesmente não tem tempo pra gastar entre 10 e 20 horas por semana fazendo link building.

Então cada minuto gasto precisa valer a pena.

Tem uma ferramenta chamada Detailed que detalha os melhores links para cada setor.

Você só precisa selecionar o setor, um site, e ela te mostra todos os links de qualidade direcionando para o seu concorrente.

E aí você pode concentrar seus esforços em entrar em contato com esses sites para conseguir links.

Claro, você ainda vai precisar de conteúdo de qualidade ou de um bom produto ou serviço para convencer esses sites a linkar para você, mas se você não tiver nenhuma dessas coisas já vai ser difícil ser bem sucedido de qualquer maneira.

Então não perca tempo tentando buscar links quando o Detailed te dá uma lista com centenas de ótimos sites para se obter links na sua área.

Ferramenta nº 9: Auditoria de Velocidade do Site

A velocidade tem impacto nos rankings.

O Google não quer mais ranquear sites lentos.

Não importa mais o fato de a tecnologia ter avançado e agora você ter acesso a Internet de satélite. Nem todos os lugares têm acesso a Internet super rápida.

É por isso que o Google tem um framework de Páginas Mobile Aceleradas (AMP), que ajuda com o tempo de carregamento mobile.

Mas não é o suficiente, você também precisa que seu site carregue rápido.

Então entre aqui e insira sua URL.

Você será levado a um relatório como esse:

Você deve focar na velocidade do site. Esse relatório do Ubersuggest puxa os dados do Google Lighthouse.

Então é só enviá-los para o seu desenvolvedor e pedir para que ele deixe seu site na coluna verde em relação ao tempo de carregamento tanto mobile quanto desktop.

Conforme sua velocidade aumenta, sobem também seus rankings de SEO e seu tráfego com o tempo.

Ferramenta nº 10: Supermetrics

Está cansado de ter seus dados espalhados?

Para que entrar em quatro ou cinco aplicativos diferentes para visualizar seus dados de SEO e marketing quando você pode entrar em apenas um?

E não, eu não estou falando do Google Analytics. Eu estou falando do Google Data Studio.

Se você ainda não experimentou, cadastre-se… É gratuito.

O Google Data Studio é uma ferramenta de inteligência de negócios que vai te mostrar todos os seus dados em um só lugar.

E como colocar todos os seus dados de SEO no Google Data Studio? Usando o Supermetrics.

Ele passa todos os seus dados de SEO de diferentes fontes para o Data Studio, para que você não precise mais ficar entrando em várias ferramentas diferentes, incluindo o Google Analytics.

Minha funcionalidade preferida no Supermetrics é poder automatizar os relatórios de marketing, para não precisar mais criá-los manualmente.

Ferramenta nº 11: VidIQ

O Google é o mecanismo de busca mais popular que existe.

Mas sabe qual é o segundo mecanismo de busca mais popular?

Não é o Bing… É o YouTube, que pertence ao Google.

E se você ainda não fez SEO para o YouTube SEO, pense de novo. Dê uma olhada em quanto tráfego eu consigo pelo YouTube todo mês:

Esse post vai explicar como fazer SEO para YouTube se você quiser entender como funciona.

Mas, para facilitar as coisas, instale essa extensão do Chrome.

Sempre que você fizer uma busca no YouTube, ela vai te mostrar o que é popular, quais palavras-chave estão sendo buscadas e que são relacionadas a cada vídeo e quais tags as pessoas estão usando para obter mais tráfego de SEO.

Eu quis terminar esse post com o VidIQ porque ele não é concorrido.

Diferentemente do SEO tradicional, os resultados não demoram meses para aparecer. SEO para YouTube é o contrário, no sentido de que não é tão concorrido (ainda) e você pode ranquear no topo entre 24 e 48 horas depois de publicar um vídeo (sério!).

Conclusão

Dizem que SEO é difícil e que leva tempo. E eu não vou mentir, não vai gerar resultados a não ser que você faça um certo esforço.

Mas quem disse que precisa gastar muito do seu tempo?

Se você usar algumas das ferramentas que eu mencionei acima, você vai poupar tempo. É simples assim.

Eu sei que é bastante coisa e que pode ser cansativo. Então, se você não tem tempo de usar todas as ferramentas, não tem problema. Comece do início e vá seguindo (eu as coloquei em ordem com base no que vai te poupar mais tempo).

De que outras formas você poupa tempo com seu SEO?

Compartilhe