Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

O que é a estratégia do Flywheel Marketing e por que pode ser vantajoso?

O que o sentido “circular” pode agregar ao marketing?

Imagine o Flywheel como aquele brinquedo favorito de muitas pessoas durante a infância: o pião.

Você dá a primeira cordada, ele começa devagar, mas com cada movimento adicional, ganha mais velocidade e estabilidade, girando com uma graça que desafia a gravidade. 

Agora, troque o pião por sua estratégia de marketing, e você tem a essência desse conceito!

Podemos dizer até que ele é uma sugestão alternativa ao famoso funil de vendas, que agora pode ser pensado em um outro fluxo.

E, acredite, ele vem se destacando por uma razão. 

Ficou curioso?

Para mostrar todo o poder dessa estratégia, preparei um conteúdo especialmente sobre isso.

Me comprometo não só a descomplicar o tema para você como mostrar caminhos para que você inove a partir dele!

Pronto para fazer essa roda girar?

O que é Flywheel Marketing?

Como você pode perceber, em vez de um processo linear com um início e um fim, ele é circular.

E é isso que define fortemente o conceito.

No coração do Flywheel Marketing está a ideia de que, ao invés de empurrar os clientes através de um funil de vendas — onde eles entram como estranhos e saem como compradores — nós os colocamos no centro de uma roda dinâmica. 

Aqui, cada interação positiva que eles têm com sua marca adiciona energia ao sistema.

E isso faz com que a roda gire mais rápido e mais forte e crie um ciclo contínuo de engajamento, satisfação e, finalmente, promoção.

O Flywheel Marketing é uma estratégia focada em criar e manter o ímpeto, utilizando o engajamento, a satisfação e a advocacia dos clientes como forças motrizes para atrair novos negócios e promover o crescimento sustentável. 

História por trás do conceito

O conceito foi lançado no mundo por Jim Collins, em 2001 com seu livro “Good to Great”. 

Agora, imagine isso: inspirado naquela rodinha impressionante da máquina a vapor, obra do genial escocês James Watt, o Flywheel é basicamente a versão empresarial dessa invenção que mudou o mundo. 

Com seu formato redonda, ele simboliza não apenas o movimento, mas o impulso contínuo das companhias, girando e acelerando rumo ao sucesso. 

É como se James Watt tivesse passado o bastão para Jim Collins, dizendo: “Toma aqui, amigo, transforme isso em ouro para o mundo dos negócios.” 

E assim foi feito!

Etapas do Flywheel Marketing

Correndo o risco de ser até dramático:

Não estamos simplesmente movendo clientes através de um ciclo; nesse conceito estamos, na verdade, criando uma força gravitacional de atração, encantamento e engajamento que mantém a roda girando, mais forte e mais rápido a cada volta. 

Achou forte?

Mas é porque a premissa desse conceito é essa mesmo.

Só que para esse marketing tomar vida, ele depende de 3 etapas: atrair, encantar e engajar.

Hora de falar um pouco delas!

Atrair

Na fase de “atrair”, eu posso fazer diversas metáforas: você é o farol brilhando na noite, guiando os navios perdidos (seus futuros clientes) para o porto seguro (sua marca). 

Aqui, o objetivo é iluminar o caminho com conteúdo útil, insights valiosos e soluções que ressoem com as necessidades e desejos do seu público. 

Seja através de blogs fascinantes, vídeos cativantes ou posts em mídias sociais que se espalham como fogo selvagem, você está estendendo a mão e dizendo: “Ei, eu tenho exatamente o que você está procurando!”.

Encantar

Agora que você atraiu para o seu mundo, é hora de “encantar”.

Cada interação é uma oportunidade para surpreender positivamente, oferecendo experiências excepcionais que não apenas atendem, mas superam suas expectativas. 

Isso se traduz em um atendimento ao cliente que parece ler mentes, produtos que se encaixam perfeitamente nas vidas dos clientes ou a personalização que os faz sentir únicos.

É o momento de pavimentar o caminho para transformar visitantes em fãs fervorosos — e prontos para contar a todos sobre como você é incrível!

Engajar

“Engajar” diz respeito ao momento em que os admiradores passam a ser defensores apaixonados da sua marca. 

Você fornece as ferramentas e o palco para que esses fãs compartilhem suas histórias, recomendem seus produtos e convidem outros a se juntarem à festa. 

Estou falando de incentivos a avaliações e depoimentos, criação de uma comunidade vibrante nas mídias sociais ou a entrega de programas de fidelidade que recompensam essa defesa.

É a oportunidade perfeita de fazer com que satisfação vire ação!

E cada ação alimenta o ciclo, adicionando mais energia ao seu Flywheel Marketing — o que não deixa a roda parar de girar!

O que é funil de vendas?

O funil de vendas, como você deve saber, é um modelo que ilustra o caminho percorrido por potenciais clientes, desde o momento em que tomam conhecimento de um produto ou serviço (a parte mais larga do funil) até o ponto de compra (o estreito final do funil). 

Essa jornada é dividida em etapas, e geralmente incluem:

  • Consciência: o cliente potencial descobre sua marca ou produto.
  • Interesse: eles começam a mostrar curiosidade e buscam mais informações.
  • Decisão: avaliam as opções e consideram seriamente fazer uma compra.
  • Ação: o cliente faz a compra e se torna parte do seu mundo encantado.

“Tá, mas onde isso vai se diferenciar do conceito que estamos falando agora, Neil?”

Então, enquanto o funil de vendas é linear e tende a enfocar a jornada até a venda, ele é circular e concentra-se na continuidade do engajamento e do crescimento. 

O funil tem um ponto final claro — a venda — mas o Flywheel aproveita o impulso de cada interação positiva para alimentar a próxima, criando um ciclo virtuoso de crescimento contínuo.

Ele é visto como uma evolução do funil de vendas por várias razões. Gosto de pontuar algumas como essas:

  • Foco no cliente: coloca a satisfação e a advocacia do cliente no centro, reconhecendo que um cliente feliz é a força motriz por trás do crescimento sustentável;
  • Momentum: ao contrário do funil, que pode terminar com a venda, ele usa a energia de cada venda, feedback positivo e referência para impulsionar novas vendas e atrair mais clientes;
  • Integração de serviços: vejo que ele também encoraja uma abordagem mais holística do marketing, vendas e serviço ao cliente, garantindo que todos trabalhem juntos para manter o ciclo girando;
  • Adaptação e crescimento: em um mundo onde os mercados estão sempre mudando, ele permite uma adaptação mais rápida, usando o feedback do cliente como uma bússola para inovação contínua. Isso é fundamental!

Como aplicar o Flywheel Marketing?

Vamos usar um exemplo para exemplificar essa jornada: a “Livraria Encantada”, uma loja fictícia quer transformar seu marketing num Flywheel deslumbrante.

O que ela deve fazer?

Etapa 1: atrair com conteúdo mágico

A “Livraria Encantada” começa atraindo visitantes criando um blog charmoso, cheio de resenhas fascinantes, guias de leitura e entrevistas com autores.

 Eles também lançam uma série de vídeos no YouTube, onde fazem tours por contos literários. Esses conteúdos atraem os amantes de livros e os levam para dentro do site da livraria.

Etapa 2: encantar com experiências memoráveis

Uma vez que os visitantes entram no mundo mágico da “Livraria Encantada”, a equipe trabalha arduamente para encantar cada um. 

Isso inclui um chat ao vivo no site onde os “encantadores de livros” (a equipe de atendimento ao cliente) dão recomendações personalizadas. 

A cada compra, os clientes recebem um marcador de livros exclusivo e uma nota de agradecimento escrita à mão, transformando uma simples compra online em uma experiência memorável!

Etapa 3: engajar para transformar clientes em embaixadores

A “Livraria Encantada” não para por aí. 

Eles convidam seus clientes para se juntarem a um clube do livro online exclusivo, criando uma comunidade vibrante de leitores apaixonados. 

Clientes satisfeitos são incentivados a compartilhar suas experiências nas mídias sociais e a participar de campanhas de hashtag, transformando seus momentos de alegria em novas atrações para o carrossel. 

Além disso, clientes que trazem amigos recebem descontos especiais, incentivando ainda mais a advocacia da marca.

O resultado mágico

Percebe que o que acontece é que cada etapa alimenta a próxima?

O conteúdo atrai novos visitantes; a experiência memorável os transforma em clientes; e o engajamento sincero os torna embaixadores da marca. 

Com cada cliente satisfeito e engajado, o Flywheel da “Livraria Encantada” gira mais rápido, trazendo mais visitantes e perpetuando um ciclo de crescimento sustentável.

E assim, a “Livraria Encantada” não apenas vende livros; ela cria uma comunidade de leitores apaixonados que estão ansiosos para compartilhar sua paixão com o mundo. 

Esse é o poder dele: transformar clientes satisfeitos em forças motrizes do seu negócio!

Flywheel Marketing além do Inbound Marketing

Quando falamos dele, muitas vezes ele é mencionado no mesmo fôlego que o Inbound Marketing, como se fossem duas faces da mesma moeda.

Claro que há uma lógica nesse pensamento, ok?

Mas, na verdade, o Flywheel pega essa energia inicial e a amplifica, criando um ciclo contínuo de crescimento e engajamento. 

Se o inbound marketing é sobre atrair e converter, ele é sobre transformar cada cliente em um promotor da sua marca, mantendo a roda sempre em movimento.

E sem falar que  o Flywheel não se limita ao marketing.

Ele está em todos os aspectos da sua empresa. 

Desde o desenvolvimento do produto até o serviço ao cliente, cada departamento é uma parte crucial desse “círculo virtuoso”, contribuindo para a força motriz que mantém o ciclo girando. 

O que, claro, requer uma mudança de mindset em toda a organização.

Benefícios do Flywheel Marketing

Apesar de ser novo — e você pode pensar que não há estudo sobre —, os dados da McKinsey já mostram que esse “modelo” tem um bom desempenho em várias métricas. 

O relatório aponta, por exemplo:

  • Mais de 75% do conteúdo sobre a marca é gerado pelo usuário;
  • A taxa de engajamento do influenciador é superior a 2%;
  • Mais de 4% do tráfego online é convertido em vendas.
  • Publicações relacionadas à marca se tornam virais pelo menos duas vezes por ano!

Bom, considerando isso, vamos entender mais sobre os benefícios de usar essa estratégia?

Crescimento sustentável

O Flywheel, com seu impulso contínuo e auto alimentado, promove um crescimento sustentável. 

Sim!

Diferente de estratégias que demandam injeções constantes de recursos para manter o movimento, ele utiliza a energia da satisfação e do engajamento do cliente para manter a roda girando. 

Isso significa que, uma vez que você constrói um fluxo robusto (e circular), ele tende a manter o ímpeto com menos esforço adicional.

Melhoria contínua da experiência do cliente

UX é uma inovação fundamental para pensarmos na relação com os clientes.

Cada volta do Flywheel é uma oportunidade de aprender e melhorar.

Ao colocar o foco no engajamento e na satisfação do cliente, você está constantemente buscando maneiras de superar as expectativas. 

Então, o resultado é um só:  evolução constante da experiência do cliente, tornando sua marca não apenas um fornecedor, mas um parceiro valioso na vida dos clientes.

Aumento da advocacia da marca

Quando os clientes estão verdadeiramente encantados, eles mesmo vão fazer questão de falar isso.

Isso é muito real.

Eles se tornam mais do que apenas consumidores e passam a ser defensores fervorosos da sua marca. 

E você sabe que a recomendação boca a boca continua sendo uma das formas mais eficazes de marketing, certo?

Então, um cliente satisfeito pode influenciar de forma significativa seu círculo social, trazendo novos clientes sem custo adicional de aquisição para você.

Eficiência de custo

Investir em um Flywheel Marketing é investir na maximização do ROI

Ao focar em criar um ciclo positivo alimentado pela satisfação do cliente, você reduz a necessidade de despesas de marketing constantes para atrair novos clientes. 

Em vez disso, você estará usando o poder do engajamento e da fidelidade do cliente como uma força motriz, o que, a longo prazo, é muito mais econômico.

Resiliência de marca

Marcas que agregam esse conceito são como fortalezas em tempos de mudança! 

Quando você constrói relacionamentos sólidos com seus clientes, baseados em confiança e satisfação mútua, sua marca pode navegar por águas turbulentas com mais facilidade. 

E quem não precisa de garantias em momentos de crise ou incerteza?

Inovação impulsionada pelo cliente

Um benefício inestimável do Flywheel Marketing é que ele posiciona seus clientes no centro do seu universo empresarial.

É justamente isso que gera insights valiosos e capazes de impulsionar a inovação. 

Ao estar atento ao feedback e às necessidades dos clientes, você pode identificar oportunidades de inovação que talvez não fossem óbvias de outra forma!

Conclusão

Esse tema nos mostrou (ou pelo menos, é o que eu tiro disso!) que há uma forma mais dinâmica, mais contínua e infinitamente mais emocionante de pensar sobre o crescimento e o engajamento.

Não é apenas sobre atrair, encantar e engajar; é sobre criar um caminho circular onde cada cliente feliz adiciona mais um impulso.

E tenha isso em mente: o sucesso no marketing não é medido pelo quão alto você pode escalar, mas por quão suavemente e consistentemente você pode manter a roda girando.

Sei que parece algo quase poético, mas acredito fortemente nessa possibilidade (que, inclusive, vão além do inbound, lembra?)

Por isso, quero perguntar a você:

Está pronto para usar o Flywheel Marketing no seu negócio?

Me conta aqui.

Até a próxima!

Perguntas frequentes 

O que é Flywheel Marketing?

Essa é uma estratégia revolucionária que foca em criar um ciclo contínuo de crescimento, impulsionado pela satisfação e pelo engajamento do cliente, substituindo o tradicional funil de vendas por uma abordagem mais dinâmica e integrada.

Como o Flywheel Marketing funciona?

Funciona transformando clientes satisfeitos em promotores da marca, cujo entusiasmo e lealdade geram mais negócios. Esse impulso positivo mantém o “flywheel” girando, trazendo novos clientes de maneira orgânica e sustentável.

Qual é a relação entre Flywheel Marketing e o funil de vendas?

Ele evolui o conceito do funil de vendas, focando no pós-venda e na retenção. Ele enfatiza a importância de transformar clientes em defensores, criando um ciclo de crescimento contínuo, ao invés de um processo linear.

Quais são os benefícios do Flywheel Marketing?

Os benefícios incluem crescimento sustentável, maior retenção de clientes, e eficiência de custo, já que o marketing boca a boca dos clientes satisfeitos reduz a necessidade de investimentos pesados em aquisição de novos clientes.

NP Digital Brasil

Você quer resultados imediatos?

Minha agência pode fazer todo o trabalho pra você. Somos especialistas em:

  • SEO - Colocamos seu site no topo das pesquisas do Google
  • Mídia Paga - Fazemos seu negócio alcançar quem importa no momento certo
  • Data & Conversion Intelligence - Desbloqueamos as conversões do seu site e criamos dashboards para melhores análises

Fale com um especialista

Consultoria com Neil Patel

Compartilhe