Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Tudo Que Eu Te Ensinei Sobre SEO Estava Errado

neil patel seo

Antes de falar sobre por que tudo que eu te ensinei sobre SEO estava errado, deixe-me primeiro explicar como eu, e muitos profissionais de marketing, nos tornamos SEO.

Quando comecei a minha jornada empreendedora, eu não tinha muito dinheiro.

Estava trabalhando em um parque temático, onde eu limpava banheiros e recolhia o lixo.

Embora a maioria das empresas cresça por meio de anúncios pagos, isso simplesmente não era possível para mim, porque eu ganhava $5,75 a hora.

Eu não tinha escolha a não ser aprender SEO e ficar bom nisso, se algum dia quisesse que meu site gerasse tráfego e, com sorte, ganhasse dinheiro.

E assim como a maioria dos SEOs, eu sempre achei que as palavras-chave nas quais as pessoas gastam a maior parte do dinheiro tendem a converter bem.

Pense nisso: Se uma empresa está gastando $50 por clique em certas palavras-chave, ela deve estar ganhando dinheiro.

Então, não seriam essas as palavras-chave que você deveria buscar?

Foi assim que ensinei as pessoas a fazer SEO ao longo dos anos

Antigamente, eu usaria ferramentas de palavras-chave, como o Ubersuggest, encontraria todas as palavras-chave de alto tráfego na minha área, com um custo por clique alto, e escreveria centenas de posts com elas.

E depois, iria ao Ahrefs, para dar uma olhada em todos os meus concorrentes, ver quais são suas páginas mais populares, o número do valor do tráfego e, é claro, escrever versões mais longas e melhores dos seus posts, para conquistar seus rankings e tráfego.

hubspot top pages

Usando essas 2 táticas, seu tráfego cresceria com o tempo.

E isso de forma extremamente rápida, se você conseguisse produzir o conteúdo rápido o suficiente… basta observar meu tráfego de pesquisa mensal nos últimos anos.

(Sim, há mais no SEO do que essas duas táticas, mas elas funcionam muito bem.)

traffic overtime

Você consegue adivinhar quanta receita eu gerei a mais, à medida que meu tráfego de pesquisa crescia?

Bom, de acordo com o SEMrush, o tráfego de pesquisa que gero, apenas nos Estados Unidos, vale $1.2 milhões.

traffic cost

Se eu tivesse que comprar todo esse tráfego, custaria $1.2 milhões por mês em taxas de PPC.

Isso é insano, considerando que o tráfego me gerou $408.000 em receita no último mês (não lucro… receita).

E se você voltar um ano atrás, eu tinha 340.268 visitantes por mês do Google e, esse tráfego gerou $362.495 no ano passado.

Em outras palavras, eu aumentei meu tráfego de pesquisa em 123%, enquanto minha receita cresceu apenas 12,5%… não é um bom negócio.

Felizmente para mim, não tive que gastar $1.2 milhões para gerar esse tráfego, mas há custos envolvidos, já que o SEO consome tempo e recursos.

Agora, vamos ver o site do meu colega, Legion Athletics.

Ele está no mundo B2C e vende suplementos fitness. Seu tráfego aumentou apenas 3% em relação ao ano passado.

traffic growth

Mas sua receita cresceu 44%, porque ele está se concentrando em tráfego que gera vendas. Em outras palavras, ele não se preocupa mais em aumentar seu tráfego total, só em aumentar o tráfego que está gerando vendas.

Neil, você deveria saber melhor!

Sim, eu sabia que dobrar, triplicar ou quadruplicar meu tráfego de pesquisa não aumentaria minha receita no mesmo ritmo.

Eu faço SEO há mais de 16 anos… demorei um tempo para aprender isso, mas não tanto. 😉

Veja, com meu negócio, meu cliente ideal é uma grande empresa que já faz marketing há muitos anos.

Isso não significa que não posso e não vou ajudar pequenas empresas… Eu apenas prefiro as maiores, porque elas têm orçamentos bem maiores.

Para que eu faça meu tráfego crescer continuamente e de forma rápida, preciso ir atrás de termos para novatos, por exemplo, como ser indexado no Google. Mas o tráfego desse tipo de post não converterá visitantes em clientes.

Esses termos para novatos, representam mais de 81% do meu tráfego de pesquisa, mas eu os segmento, porque acredito em branding e na jogada longa (a regra dos 7, que abordarei mais adiante neste post).

Eu tenho várias unidades de negócios/fontes de receita, então, estou disposto a gastar capital para gerar reconhecimento de marca, que pode render em 5 ou 10 anos, a partir de hoje.

Mas, nunca os ensinei como pensar sobre SEO do ponto de vista estratégico, porque é muito mais complexo do que apenas ranquear para os termos-chave muito procurados.

Por que mais tráfego não significa mais vendas?

Para ranquear muito bem no Google, você tem que escrever artigos informativos longos. É por isso, que o Wikipédia ranqueia para tudo.

wikipedia

Isso não significa que você não possa ranquear páginas de produtos (ecommerce), ou páginas de geração de leads em posições altas no Google, só é mais difícil. Muito, muito mais difícil.

Agora, vamos fazer uma busca rápida no Google. Vamos pesquisar o termo “seguro de automóvel”.

De acordo com o Ubersuggest, a palavra-chave recebe 201.000 pesquisas por mês nos Estados Unidos e, as empresas pagam $63,15 por clique em anúncios PPC.

Aqui está uma captura de tela da página de resultados de pesquisa do Google que eu vejo, pesquisando de Las Vegas, Nevada:

google search

E este é o primeiro anúncio pago da AAA:

AAA insurance

E este é o listing orgânico principal do Nationwide:

nationwide

Entende por que a versão do AAA geraria mais vendas?

A landing page deles é simples e clara. Basta escolher a opção de seguro e estará pronto para as corridas.

Mas, obviamente, essa página nunca ranquearia organicamente, porque quase não há texto. Sério, não tem nada nela… eles não dão quase nada de informação ao Google.

A página média que ranqueia na primeira página do Google, contém 1.890 palavras. Pelo que eu contei, a landing page do AAA tem 73 palavras. É um pouco distante do número 1.890. 

content length

E, por outro lado, o exemplo do Nationwide tem bastante texto.

Tanto, que o Nationwide ainda vai gerar vendas, mas nada perto da porcentagem da landing page PPC do AAA.

Isso significa que você não deveria fazer SEO?

Não estou dizendo que SEO é inútil.

Só estou dizendo que ele nunca vai converter tão bem quanto publicidade paga, porque você precisa agradar ao usuário e ao Google, se tratando de SEO. Isso significa que suas páginas serão cheias de texto e não focarão tanto em fechar a venda.

Eu sei que eles dizem que o tráfego de SEO tem mais confiança, por isso, converte melhor… mas tenha em mente que uma landing page de SEO não pode ser otimizada para conversões tão agressivamente quanto uma landing page paga.

O Google ganha mais de $100 bilhões por ano (principalmente com anúncios pagos).

Claro, o texto na sua landing page de SEO ou post, pode ser persuasivo e vendável, mas se fosse apenas vendável, você não ranquearia alto no Google de forma orgânica.

Então, se tivesse que ensiná-lo SEO novamente, desde o começo, faria de forma diferente.

Eu não diria para você fazer publicidade paga ou ignorar SEO e, não ensinaria nenhum tática já de cara.

Em vez disso, eu ensinaria estratégia de marketing no começo, o que o levaria a uma campanha de SEO mais bem-sucedida.

Eu diria para primeiro, configurar seu acompanhamento de conversões no Google Analytics.

Depois de definir suas metas, pediria para você fazer login no seu Google Analytics, clicar no seu site, na barra lateral esquerda clicar em “Conversões > Metas > Visão Geral”. Lá você poderá ver de onde vêm suas conversões.

tim sykes conversions

Sabendo de onde vêm suas vendas, você pode focar em esforços de marketing que funcionam e interromper aqueles que não funcionam.

Depois, eu o ensinaria como dar um passo adiante, descobrindo as páginas exatas que estão gerando novos visitantes de pesquisa que estão se convertendo em vendas. (Se você não tem certeza de como fazer isso, siga este tutorial.)

Agora que você já sabe quais páginas estão gerando vendas, deve concentrar todos os seus esforços de SEO otimizando primeiro essas páginas. Eu sei que isso não te trará tanto tráfego, mas irá gerar o maior volume de vendas.

Você não precisa implementar 100 ajustes diferentes de SEO para otimizar as páginas que estão gerando suas vendas.

Comece seguindo este hack de SEO que descrevo no vídeo abaixo, que vai dar um bom impulso e é fácil de implementar:

E, depois de implementar minha tática do Google Search Console, eu o faria trabalhar em técnicas mais avançadas de SEO.

Conclusão

Provavelmente, você é como eu e, cometeu os erros acima.

Eu sei disso porque você está lendo este blog, e eu passei a maior parte do meu tempo escrevendo sobre táticas em vez de te ensinar estratégias.

Os SEOs passam por uma lavagem cerebral desde o primeiro dia… Eles aprendem que rankings mais altos e maior tráfego, são as coisas mais importantes.

Na verdade, mais receita é o que realmente importa… É por isso que especialistas em PPC têm a mentalidade certa. Eles otimizam para receita, vendas, leads e ROI, em vez de tráfego puro.

Na minha agência, nosso vice-presidente de Serviços de Marketing, Todd, continua dizendo à equipe que precisamos nos concentrar no ROI.

Mesmo que nossa equipe tenha em média um aumento de 100% em tráfego de pesquisa, nos primeiros 6 meses, o Todd se preocupa mais com a receita. Se você não pode fornecer um ROI a longo prazo, não importa o quão alto você ranqueia um site. Ponto!

Agora, se o seu tráfego continua crescendo, mas sua receita não, ainda há esperança. Você terá que ser um pouco mais agressivo com o seu marketing, especialmente se tratando de otimização de conversão.

Basta seguir os passos abaixo:

Passo nº1: Instale o Hello Bar

Se você olhar o site NeilPatel.com, perceberá que tenho pop-up de saída.

exit popup

Não é porque eu gosto de pop-ups e acho que elas oferecem uma experiência de usuário incrível. Eu apenas sei que quando as pessoas leem seus posts, é bem provável que elas não se convertam em clientes (pelo menos não imediatamente).

Ao coletar seus emails na saída, você pode converter esses visitantes em clientes com o tempo, enviando ofertas e direcionando-os às suas páginas de produtos ou serviços. (O Hello Bar tem configurações compatíveis com GDPR.)

A chave para a otimização de conversão, é encontrar um equilíbrio. Certifique-se de que está oferecendo valor para que as técnicas de conversão que está usando não irritem as pessoas.

Passo nº: Remarketing

Você já ouviu falar da regra dos 7? Eu a sigo religiosamente.

Alguém precisa ver sua marca 7 vezes em média antes de se converter em cliente. Isso lhes dá tempo para se familiarizarem com sua empresa e para você conquistar a confiança deles, antes que estejam prontos para abrir a carteira.

Ao usar o remarking do Google e do Facebook, descobri que posso gerar o dobro da quantidade de leads para a minha equipe de vendas e, gastar 1/26 do dinheiro em comparação com apenas comprar o tráfego, usando as campanhas tradicionais de PPC.

É uma estratégia que o Digital Marketer usa bastante, porque funciona muito bem.

Eles não têm tanto tráfego orgânico quanto eu, então, eles compram anúncios do Facebook para os posts do blog, o que ajuda as pessoas a se familiarizarem com a marca Digital Marketer.

Depois, eles fazem o remarketing de todos esses usuários, usando anúncios novamente e levando-os às páginas de vendas. Funciona muito bem.

Passo nº3: Seja criativo

Veja quantos call to actions eu tenho no site NeilPatel.com.

Não importa qual post você está lendo, você verá uma barra superior como esta:

top bar

Eu a tenho, porque ela ajuda a converter visitantes em clientes.

E veja quantos call to actions laterais eu tenho:

ad neil patel

ad neil patel

ad neil patel

Parece loucura eu ter 3 na minha barra lateral, mas funciona.

Eu até costumava ter call to actions e atualizações de conteúdo nos meus posts… funcionou bem, mas comecei a arruinar a experiência de usuário, então, me livrei delas para criar um equilíbrio saudável no blog.

Se eu tivesse que começar tudo de novo e não tivesse muito tráfego orgânico, eu configuraria o Google Analytics corretamente, conforme descrito acima. Depois, faria um pouco de marketing de conteúdo, marketing de mídia social, anúncios pagos e SEO.

Pense nisso como um grande experimento. Você está testando as águas fazendo um pouco de tudo… não gastando muito dinheiro. Em vez disso, está tentando descobrir o que funciona ou não.

A partir daí, você pode ver o que gera vendas, para ter uma ideia geral das páginas nas quais precisa se concentrar para gerar mais vendas.

Depois de ver as coisas funcionando, eu dimensionaria tudo, desde que estivesse gerando um retorno razoável do meu investimento.

E para aqueles que adoram acompanhar seus rankings, lembrem-se que eu não acompanho meus rankings no NeilPatel.com nem um pouco.

Sim, eu olho o crescimento do meu tráfego ao longo do tempo, pois isso me dá uma boa ideia de quais das mudanças que estou fazendo estão funcionando, mas não acompanho os rankings, pois acredito que é uma perda de tempo. Eu me concentro em conversões e receitas.

Por curiosidade, quantos de vocês se concentram em otimizar as páginas certas em vez de apenas buscar mais tráfego de pesquisa?

Compartilhe