Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

5 Maneiras de Saber se Suas Landing Pages Estão Convertendo

Posso ser completamente honesto com você?

Eu realmente odiava criar landing pages.

Você pode pensar que não tenho do que reclamar porque tive muito sucesso. Com certeza, todas as minhas landing pages funcionaram como que por encanto, certo?

Ah!

Pode parecer assim, mas isso não é verdade.

Por muito tempo, minhas landing pages eram fracas e mal se convertiam.

Algumas delas eram verdadeiramente um lixo.

Ainda hoje, as minhas landing pages não estão nem perto de serem perfeitas. Sempre que eu crio uma nova, tenho que enfrentar um novo grupo de desafios.

Talvez minha última página não tenha convertido o suficiente. Ou talvez eu esteja mirando um novo público e tenha que pensar muito sobre o que ele quer.

Nem tudo é sol e arco-íris. Muito menos taxas de conversão de dois dígitos.

Mas hoje eu odeio as landing pages muito menos do que eu costumava odiar.

Isso porque eu peguei algumas dicas e truques ao longo do caminho que tornaram muito mais fácil projetar as melhores landing pages.

Tenha em mente que nem todas as landing pages que faço são instantaneamente um sucesso. Mas, eu tenho taxas de conversão consistentes e maiores do que eu costumava ter.

Qual é o meu segredo?

Anos de experiência me ensinaram a principal lição: aprendi a me conectar com meus visitantes.

Aqui vão as cinco estratégias verdadeiramente testadas que eu uso para garantir que minhas landing pages se conectem com meus leitores. E estas são estratégias que você pode usar hoje.

1. Acerte no título

Eu sou um grande fã desta frase da lenda da publicidade David Ogilvy:

Na média, cinco vezes mais pessoas leem o título ao invés do texto em si. Se você acertou na chamada, você gastou oitenta centavos do seu dólar.

david ogilvy unpublished

Ele acertou em cheio.

O fato é que seu título pode fazer a diferença para sua landing page decolar ou não.

Não importa se você tem um design excelente ou um vídeo explicativo de alto nível. Se seu título não for atraente, provavelmente a taxa de conversão da sua landing page será baixa.

Releia a frase. O título retém cinco vezes mais atenção que o resto do texto.

E apesar de Ogilvy ter dito a frase décadas atrás, ainda hoje isso é verdade.

Dê uma olhada nesse heatmap da SERP. Você provavelmente já viu uma imagem como essa antes.

pasted image 0 1863

Neste caso, os títulos da página são as áreas mais quentes, o que significa que eles foram mais lidos. As áreas em azul não receberam tanta atenção.

Mesmo que seja uma imagem do Google SERPS, isso mostra o padrão que as pessoas seguem ao ler o material.

A maioria das pessoas presta mais atenção aos títulos dominantes.

Estudos do Nielsen Norman Group e do the Poynter Institute confirmam essa ideia. Na maior parte do tempo, as pessoas leem os títulos, mais do que qualquer parte do texto ou da barra lateral.

Embora esses estudos sejam antigos, eles levantam um ponto importante sobre o comportamento humano. Prestamos atenção às manchetes.

Isso explica porque você precisa estar obcecado em criar títulos incríveis.

Se seus cabeçalhos não atraem pessoas, elas podem deixar a sua landing page.

Chega de estudo acadêmico. Como fazer títulos excelentes na vida real?

Eu tenho algumas dicas.

Primeiro, faça títulos curtos.

Títulos longos são um mau sinal. Eles parecem dar muito trabalho.

Seja honesto: qual título você prefere?

Esse aqui:

Screen Shot 2017 08 22 at 10.34.26 PM

Ou esse aqui?

pasted image 0 1852

É uma escolha fácil. O primeiro ganha. Por quê? No geral, ele é menos intimidante. Há menos desordem verbal.

Aqui você percebe porque precisa manter seus títulos curtos e diretos.

Screen Shot 2017 08 22 at 10.30.38 PM

É isso mesmo – seis palavras são um tamanho de título excelente. Apenas seis palavras. (OK, você pode usar duas a mais ou a menos).

O ponto é que títulos mais curtos são títulos melhores. experimente fazer isso na próxima vez que for criar uma landing page.

Mas um título curto não vai fazer o trabalho todo sozinho. Você precisa criar uma conexão emocional.

E uma maneira interessante de fazer isso é usando palavras negativas.

Você já deve ter ouvido falar que usar palavras negativas é ruim, e cria sentimentos errados.

No entanto, se usadas da forma correta, as palavras negativas podem abordar as inseguranças dos leitores. Você pode usar isso para ajudar seu público a entender porque eles precisam aproveitar sua oferta.

Screen Shot 2017 08 22 at 10.30.46 PM

Palavras negativas podem ser poderosas. Elas prendem a sua atenção imediatamente.

Isso acontece porque percebemos as palavras negativas como um aviso.

Se sua landing page diz para o leitor “parar” de fazer algo, ele vai querer saber o porquê.

Ele também vai se perguntar no que ele poderia melhorar, e é aí que entra a sua landing page.

Apenas não use as palavras negativas em excesso. Se você usá-las demais para o mesmo público-alvo, eles podem se acostumar com as frases negativas e ignorá-las.

Uma última dica: Seus títulos devem ser específicos.

Títulos vagos simplesmente não funcionam. Eles não engajam leitores porque, bem, não há espaço para engajamento.

Quando o título não é claro ou convincente, não há motivos para lê-lo.

Olhe este título:

Screen Shot 2017 08 22 at 11.29.02 PM

Você meio que consegue entender o que eles querem dizer, mas a chamada é extensa demais pra ser significativa. Qualquer um pode querer “revolucionar o marketing.”

O que falta neste título é um detalhe: a questão que ele quer resolver. Como ele revolucionará o marketing? E de que tipo de cliente estamos falando?

É por isso que títulos vagos são horríveis para a conversão de uma landing page.

Por outro lado, títulos específicos podem criar uma conexão pessoal entre o conteúdo e o leitor.

Se os leitores acharem que sua landing page foi escrita especialmente para eles, estarão mais interessados no que você tem a dizer.

Aqui está um grande exemplo de um título específico que cria uma conexão:

pasted image 0 1859

Esta chamada está direcionada a um grupo específico de pessoas. Ela aborda as preocupações desse grupo e fornece uma solução.

Este título específico não vai funcionar com qualquer tipo de público, mas é muito melhor adotar uma abordagem específica com a chamada (e com o conteúdo em geral).

Lembre-se da antiga máxima: se você tentar agradar a todos, não agradará ninguém.

Com isso em mente, aqui está uma fórmula concisa que você pode experimentar:

Screen Shot 2017 08 22 at 10.30.53 PM

Esta fórmula se baseia nos conceitos que discutimos e detalhamos um pouco mais. Eu também recomendo conferir o resto desse infográfico.

2. Acerte no CTA

Este é outro ponto em que a maioria das pessoas fazem errado: o call-to-action.

Isso porque a maior parte das pessoas “segue a cartilha” quando se trata de CTAs. Mas construir uma conexão com seus leitores é uma interação dinâmica.

Você não pode confiar sempre no mesmo conjunto de diretrizes para cada CTA. Em vez disso, você deve considerar cada CTA por si só, e descobrir como otimizá-la.

Então, vamos discutir algumas áreas problemáticas comuns do CTA.

Primeiro, o texto em si. Este é indiscutivelmente a parte mais importante.

Se o seu texto é genérico, ele pode realmente entediar seus leitores. Tente não bocejar com este CTA:

pasted image 0 1862

Você já viu CTAs como “Inscreva-se Agora” um milhão de vezes. E, se não lhe interessa, com certeza não vai interessar aos seus leitores também.

Mas esse não é o único problema que pode prejudicar seu texto no botão de CTA.

Ele também pode ser sensacional demais:

pasted image 0 1853

Ou você pode exigir demais dos seus leitores usando palavras excessivamente formais como “enviar.”

pasted image 0 1851

Seu CTA precisa fazer apenas uma coisa muito bem. Ele precisa dar ao leitor um bom motivo para clicar nele.

Qual a melhor maneira de fazer isso?

Enfatize o valor que o leitor terá ao clicar no seu CTA.

Isso tudo é parte da arte da persuasão, como eu explico neste vídeo:

Qual o benefício específico que o leitor receberá? Você precisa resumir isso em apenas algumas palavras para o seu CTA.

CTAs como “Inscreva-se já” ou “Enviar” não comunicam nenhum benefício. Essa é a razão pela qual não funcionam.

Quanto mais detalhado seu CTA, melhor. Ele também deve ser único, assim os leitores podem se conectar com sua landing page.

Aquaspresso tem um CTA incrível que especifica um benefício:

Screen Shot 2017 08 23 at 12.27.17 AM

Mesmo que você só leia o botão do CTA e nada mais, você terá uma ideia do benefício que receberá ao clicar nele.

Segundo, a aparência geral do CTA.

Há três elementos importantes na aparência do CTA: cor, design, e posicionamento.

A cor do botão de CTA é um assunto bastante discutido entre os especialistas de marketing.

Qual o consenso? Não existe uma cor “melhor” para o CTA.

Por exemplo, um CTA amarelo aumentou minha taxa de conversão em 38 por cento, mas pode ser que o amarelo não funcione com seu esquema de cor ou web design.

Seu CTA precisa pular, então use uma cor contrastante que se destaque do resto da sua landing page.

Aqui está um exemplo simples:

pasted image 0 1855

O próximo passo é o design do CTA.

Isso é um pouquinho mais complicado. Você deve pensar na sua marca como um todo. E seu CTA deve se alinhar com essa marca.

Se você tem um estilo mais minimalista, contemporâneo, talvez queira que seu CTA seja assim:

pasted image 0 1858

Se sua marca é mais casual e divertida, talvez este estilo de CTA seja o certo para você.

pasted image 0 1861

Pense cuidadosamente sobre como você pode ampliar sua marca para seus CTAs. Seus usuários notarão, e terão mais chances de clicar neles.

Por fim, pense em posicionamento e visibilidade. Você quer que o CTA esteja em um ponto proeminente e imediatamente perceptível.

Aqui está um CTA que poderia ter um posicionamento melhor:

pasted image 0 1850

Ele está completamente no canto inferior direito, um lugar em que muito leitores nunca o verão.

Pense no posicionamento e na visibilidade como dois lados da mesma moeda.

Você precisa posicionar estrategicamente seu CTA e se certificar de que ele é super visível. Este CTA faz as duas coisas extremamente bem:

pasted image 0 1860

Eu sei que parecem coisas demais a se pensar, mas seu CTAs serão muito melhores se tirar um tempo para pensar em cada elemento que discutimos aqui.

3. Aproveite o poder da interação

Anteriormente, eu disse que construir conexões com os leitores é uma coisa dinâmica.

Isso significa que você não pode falar com seus leitores e força-los a uma ação específica. Você deve descobrir seus pontos positivos e trabalhar com isso.

Interação é uma das minhas formas favoritas de conexão com os leitores.

Em parte, seus leitores vão interagir com a sua landing page de um jeito ou de outro. Mas você pode colocar isso em outro patamar e tornar a interação divertida para eles.

Um dos meus exemplos favoritos é o Oscar Health. Para obter uma cotação do Oscar, você passa por uma série de telas interativas

Primeiro, você coloca o seu CEP.

Screen Shot 2017 08 23 at 4.44.42 AM

Depois você escolhe a opção de cobertura que atende às suas necessidades.

Screen Shot 2017 08 23 at 4.46.17 AM

Após isso, coloca sua idade.

Screen Shot 2017 08 23 at 4.47.06 AM

E então, sua renda anual.

Screen Shot 2017 08 23 at 4.47.11 AM

Por fim, existem algumas questões opcionais que só exigem que você marque uma caixa.

Screen Shot 2017 08 23 at 4.47.43 AM

Finalmente, você vê seu orçamento personalizado. Screen Shot 2017 08 23 at 4.47.57 AM

Não é incrível?

Não parece difícil de maneira alguma. Parece mais um quiz do Buzzfeed que uma cotação de seguro saúde.

Esse é um exemplo óbvio de interação, mas você não precisa criar um questionário para isso.

Você pode usar diferentes tipos de conteúdo para criar interação. Se um leitor pode aprender algo a partir de um conteúdo da sua landing page, é mais provável que ele ou ela acabem se tornando um lead.

E isso não precisa ser complicado. Mesmo uma seção “Como Funciona”, como a que a H.Bloom tem, funcionará bem.

Screen Shot 2017 08 23 at 5.05.17 AM

O importante é que você dê mais detalhes e diga ao seu leitor como você pode ajudá-los.

Você pode usar infográficos, vídeos ou uma isca digital – o único limite é a sua imaginação.

4. Use as imagens certas 

Imagens podem diminuir o peso de uma landing page carregada de texto e adicionar um monte de interesse visual.

E como qualquer outra coisa na sua landing page, as imagens usadas devem ser relevantes.

Existem tipos específicos de imagens que conectam mais as pessoas que outras.

Isso pode não ser uma surpresa para você, mas a maior parte das pessoas reagem bem a rostos. Isto é apoiado pela neurociência e é útil para fins de marketing.

Um bom truque é usar uma imagem de uma pessoa e colocá-la para que pareça que a pessoa está examinando uma seção específica do conteúdo. Esta deve ser a seção para a qual você deseja chamar a atenção.

Aqui está um exemplo:

pasted image 0 1854

A psicologia aqui é simples: vemos alguém olhando para algo, então olhamos para isso também.

Neste caso, a mulher atrai você para o bloco principal de conteúdo.

É uma maneira super simples e efetiva de atrair a atenção dos seus leitores.

Outra técnica testada há tempos é usar imagens situacionais.

Estas são imagens que mostram que seu produto ou serviço estão sendo usados de alguma forma.

Pocket faz isso muito bem com uma foto mínima:

Screen Shot 2017 08 23 at 5.40.29 AM

É como se você tivesse acabado de sentar com o seu tablet e um café para checar as notícias.

Você também pode dar uma ideia visual aos seus leitores do que eles farão com o seu produto.

Por exemplo, esta página da ArtistWorks mostra o instrutor de baixo Nathan East tocando.

Screen Shot 2017 08 23 at 5.59.38 AM

É como se você estivesse na mesma sala que ele, prestes a aprender com o melhor. (Além disso, perceba como ele está olhando em direção à caixa de texto.)

Qualquer que seja a sua abordagem, verifique se a imagem funciona para a sua landing page, e não contra ela.

Não escolha cegamente uma imagem apenas porque ela é bonita. Ela tem que ter uma função prática, como direcionar a atenção ou mostrar o uso do produto.

5. Use heatmaps para saber o que está funcionando

Eu mencionei os heatmaps anteriormente nesse artigo.

Eles são muito úteis, e eu vou lhe dizer como usá-los para criar as melhores landing pages.

Heatmaps são visualizações que mostram onde seus visitantes estão olhando e clicando. Em outras palavras, você pode ver se seus visitantes estão prestando atenção no que você deseja.

Meu serviço preferido de heatmap (OK, estou sendo um pouco tendencioso) é o Crazy Egg.

Screen Shot 2017 08 23 at 6.11.03 AM

Tudo o que você tem que fazer é colocar sua URL, criar uma conta e ver o seu heatmap.

Aqui está um exemplo de heatmap de rolagem:

pasted image 0 1857

Neste exemplo, o menu de navegação e o título “3 Motivos de Otimização de Taxa de Conversão Explicados” têm a maior atenção.

Estes heatmaps podem fornecer um guia visual para ajudar você a avaliar o quanto sua landing page é eficaz.

Se seus títulos, conteúdo e CTAs estão recebendo atenção suficiente, um heatmap irá lhe dizer. Você pode ver fácil e rapidamente onde é o problema e corrigi-lo sem adivinhação.

Você também pode usar heatmaps para ver onde as pessoas estão clicando:

pasted image 0 1856

Se você quer uma visão dos bastidores sobre como os seus visitantes estão usando (e interagindo) com o seu conteúdo, eu recomendo o uso dos heatmaps.

Conclusão

A conversão de landing pages não precisa ser uma dor de cabeça. Depois que entender o que faz os seus visitantes felizes, você pode pode começar a tomar medidas para melhorar seu engajamento.

Eu sempre vejo muitas landing pages entediantes. Em 95% das vezes, a razão delas serem assim é que elas falham em se conectar com o seu público-alvo.

Todos nós desejamos conexão. É uma coisa poderosa.

Nós procuramos conexão nos nossos relacionamentos, vidas profissionais e hobbies.

Landing pages não são exceção. Pensando nisso ou não, nós queremos nos conectar com landing pages melhores.

Como um criador de landing pages, seu trabalho é fazer isso acontecer para os seus usuários.

Então, experimente essas cinco técnicas. Você pode se surpreender em ver como elas funcionam bem.

Quais as suas estratégias favoritas para melhorar suas landing pages?

Compartilhe