Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Como Otimizar Conteúdos Antigos Para Atingir 1ª Posição no Google

update old content

Alguns conteúdos do seu site têm uma ótima performance.

Eles provavelmente atraem bastante tráfego qualificado e têm uma ótima taxa de conversão. Mas depois eles ficam lá, às moscas, mesmo tendo provado todo o seu valor.

E você também tem conteúdo de baixa performance.

Mas nem tudo está perdido. Você pode ressuscitar esse conteúdo com alguns ajustes pontuais para obter todos os resultados que quiser.

O Google adora ver conteúdo atual.

Conteúdo que foi publicado mais recentemente costuma rankear melhor do que os desatualizados.

Mas se você está publicando apenas conteúdo novo, seu conteúdo antigo acaba ficando para trás nas SERPs.

É por isso que você precisa otimizar textos antigos e republicá-los. É uma maneira simples de duplicar o seu tráfego.

David Schneider, o cofundador do Ninja Outreach, aumentou o tráfego orgânico no site em mais de 40% revivendo conteúdo antigo.

pasted image 0 117

Depois de atualizar um post antigo, não esqueça de atualizar também sua data de publicação.

Assim, quando o Google fizer a varredura do seu site de novo, ele vai reconhecer os textos como novos, o que vai alavancar o tráfego de mecanismos de busca para essa página.

Mas repaginar seu conteúdo pode demandar muito tempo, esforço e dinheiro.

Você pode evitar ter que refazer completamente os textos se criar posts mais atemporais. Depois, você só precisa atualizar a data de publicação de vez em quando.

Só dê uma olhada no disparo nas visualizações e visitas ao site da Ahrefs depois de começar a veicular conteúdo atemporal no lugar de textos que acabavam ultrapassados muito rapidamente.

pasted image 0 119

Se você garantir que os posts do seu blog estejam sempre frescos, você também pode ter esses resultados.

Assim, suas páginas vão conseguir os rankings nas SERP e o tráfego que elas realmente merecem.

É uma das maneiras mais rápidas (e fáceis) de fazer o Google te reconhecer e recuperar as posições perdidas no ranking.

Para começar, você precisa identificar quais posts quer reciclar.

1. Identifique os posts que você quer reciclar

Se você precisa descobrir quais textos valem a repaginação, o Analytics é um dos primeiros lugares que deve olhar.

Você pode facilmente ver quais páginas estão convertendo melhor, trazendo mais tráfego e gerando maior engajamento.

Esse é o conteúdo que você sabe que tem a melhor performance. As pessoas já o adoram.

É por isso que é importante começar a pensar nas outras formas de conteúdo disponíveis.

Por exemplo, você pode transformar um post de alta performance em um vídeo do YouTube.

Ou você pode já ter feito um ótimo podcast ou vídeo, que você pode transformar em um post que vai agradar às pessoas tanto quanto.

Você pode até já ter criado um conteúdo físico que você pode acrescentar ao seu site para oferecer um contexto maior sobre um assunto em particular (ou a sua marca, de forma geral).

As possibilidades para otimizar conteúdos antigos são realmente infinitas.

Existem vários jeitos de descobrir que conteúdo atualizar, mas dá para fazer isso facilmente com uma ferramenta gratuita como o Google Search Console.

Primeiro, vá até o Google Search Console. Depois, vá até a seção “Tráfego de Pesquisa”. Lá, clique em “Relatório de Search Analytics.”

pasted image 0 112

Em seguida, confira se você marcou todos os boxes de Cliques, Impressões, CTR e Posição. Depois, selecione o círculo próximo a “Páginas”.

pasted image 0 111

Vai aparecer uma lista de páginas junto com as métricas para cada página.

Você pode baixar essa lista clicando no botão “download” na parte inferior esquerda da página. Depois, você pode exportá-la e baixá-la como uma planilha.

pasted image 0 109

Depois de fazer isso, você tem duas opções:

  1. Você pode continuar e otimizar todos os posts antigos (o que vai demorar bastante).
  2. Você pode se concentrar apenas nos posts que te fazem rankear melhor.

Se você não publicou muito conteúdo até agora, talvez seja melhor otimizar logo todos os posts do seu site.

Mas se você só está procurando tornar seus posts mais eficientes, aqui vão algumas orientações recomendadas por David Schneider que você pode usar para identificar quais posts têm maior potencial aumentar a visibilidade do seu site e rankear melhor.

Ele recomenda otimizar posts com:

  • Uma CTR inferior a 1%
  • Uma posição entre 1 e 30
  • Uma taxa “alta” de impressão (essa vai depender da quantidade de tráfego que seu blog especificamente costuma receber).

Isso tudo te diz que o post tem sucesso o suficiente para decolar, mas também que ele tem o potencial de conseguir novo tráfego e muito mais cliques nos seus conteúdos antigos só com uns ajustes aqui e ali.

Se você consegue fazer um texto se mover nas SERPs e otimizar sua descrição e título para torná-los mais relevantes, você vai aumentar a visibilidade do seu site e o tráfego vai começar a aparecer.

Falando de forma simples, o que você tem que ter em mente aqui é conteúdo atemporal.

pasted image 0 110

Durante esse processo, não se esqueça de manter a mesma URL. Se você mudá-la, você pode perder rankings altos.

2. Mantenha a mesma URL e otimize sua CTA

Algumas pessoas podem achar que criar uma página totalmente nova para substituir conteúdo antigo é a melhor opção porque ajuda a indexar mais páginas.

Isso é verdade, mas o melhor mesmo é atualizar uma URL já existente.

Essa URL já tem um histórico estabelecido e conseguiu algumas posições nos rankings. Se você criar uma página totalmente nova, você vai ter que começar do zero.

Se você mantiver todas as suas atualizações na mesma URL, você também evita competir consigo mesmo.

E uma vez que você está atualizando conteúdos antigos para que eles tenham uma melhor performance e atendam aos seus usuários de forma mais eficiente, você também deveria considerar adicionar ou otimizar CTAs nessas páginas.

Você precisa dizer às pessoas o que você quer que elas façam depois de ler seu blog, guia ou e-book, assistir seu vídeo ou ouvir seu podcast.

Tem uma nova oferta sua que você quer que eles confiram? Pode ser que você tenha um novo serviço ou produto para promover de alguma forma.

Pense em transformar leitores em clientes ativos que podem entrar no seu funil.

Você pode otimizar CTAs com imagens, também, não só com textos.

Procure alcançar algo assim nas suas páginas:

pasted image 0 114

Elas chamam a atenção e são fáceis de criar.

Tente outros canais de geração de leads, como flipbooks, para gerar leads a partir de quem se engaja com eles.

Flipsnack é uma ferramenta fácil para se criar flipbooks. Você pode transformar qualquer arquivo PDF em um flipbook mobile-friendly.

Em seguida, você pode inserir seu conteúdo nele e habilitar uma opção de geração de leads que te ajuda a coletar e-mails de qualquer pessoa que clicar ali.

E todos os formulários de geração de leads são personalizáveis, então você pode editar a mensagem dos cabeçalhos e dos botões.

pasted image 0 105

Mas, às vezes, algumas páginas realmente não têm solução. Você precisa deletar o conteúdo desnecessário para que o resto do seu site possa se destacar.

3. Delete conteúdo antigo

A maior parte do seu conteúdo pode ser otimizada e atualizada com bastante facilidade.

Mas tem outra parte que simplesmente não precisa ocupar espaço no seu site.

Aberturas de vagas antigas, informações sobre produtos e serviços que você não oferece mais, perfis de funcionários antigos e posts muito parecidos com outros que são mais populares também precisam ser eliminados.

O mesmo se aplica para conteúdo repetido que você pode ter no seu site.

Um redirecionamento 301 costuma ser o melhor destino para esse tipo de página.

Com elas, você pode facilmente direcionar as pessoas para uma página de vagas atualizada, levá-las de produtos antigos para outros mais novos e relacionados, ou exibir um post com performance melhor do que o duplicado.

Isso te ajuda a reter todo o valor que a URL tem.

pasted image 0 102

Só não adicione muitos redirecionamentos, já que eles podem sobrecarregar seus servidores. E isso pode deixar seu site mais lento, o que, por sua vez, pode afetar seus rankings negativamente.

Em alguns casos, você pode simplesmente adicionar algumas mensagens personalizadas que explicam a página ultrapassada e dão um link para uma página relacionada.

Por exemplo, se uma vaga de emprego foi preenchida, adicione uma mensagem que diga: “Essa vaga já foi preenchida, mas confira outras mais recentes na nossa página de Carreiras”.

Você pode fazer a mesma coisa com produtos esgotados. Não remova a URL se o produto for voltar ao estoque posteriormente.

pasted image 0 104

Agora você já sabe quais são seus posts alvo e já deletou conteúdo irrelevante. Em seguida, você deve correr atrás de descobrir quais palavras chave você deve segmentar em cada post.

4. Faça uma segmentação fresca das palavras-chave

Pesquisa de palavras-chave frescas é uma ótima maneira de tornar seus textos mais relevantes e reconhecíveis pelo Google.

Para começar, vá até o Google Search Console. Vá até a mesma página que você usou para identificar quais posts você deveria otimizar.

Clique no post e altere sua seleção de “Páginas” para “Consultas”.

pasted image 0 101

Em seguida, organize os resultados por impressões para que as consultas de palavras-chave que conseguem mais impressões apareçam no topo da página.

image16

A principal pesquisa deveria se tornar sua palavra-chave foco, desde que seja relevante para o conteúdo da página.

O resto das palavras-chave podem ser secundárias, para serem adicionadas aqui e ali.

Faça isso com todos os posts que você quiser otimizar.

Em seguida, fique de olho em palavras-chave totalmente novas.

5. Otimize posts antigos para palavras-chave novas

Depois de achar as palavras-chave que já estão aumentando os rankings, você pode atualizar posts antigos com palavras-chave novas.

Você só precisa de uma ferramenta como o plugin Yoast do WordPress. É só entrar uma palavra-chave foco que você esteja pensando em usar e ele vai te dar várias recomendações.

pasted image 0 113

O fundamental aqui é eliminar todos os pontos vermelhos e laranjas fazendo melhorias. Quando você tiver a maioria de pontos verdes, estará tudo certo.

Esse plugin é gratuito, o que é uma grande vantagem.

Se você estiver muito desesperado por conteúdo e sem tempo ou recursos, é só usar e-books existentes como posts e vice-versa.

6. Use e-books existentes como posts (e posts como e-books)

Se você precisa de conteúdo num piscar de olhos, pegue um trecho de um e-book que você já gastou tempo e dinheiro fazendo e repagine-o transformando-o em um post no seu blog.

Essa tática também é ótima para promover e-books antigos, o que os ajuda com os rankings.

Use exatamente o mesmo conceito quando criar novos e-books. Tem uma série de posts sobre assuntos relacionados que você pode agrupar?

Compile-os em um pequeno e-book.

Mesmo que você use um blog por seção, esse é um ótimo jeito de economizar tempo e energia na produção de conteúdo.

E se você tem páginas que não tenham gráficos, pode ser uma boa criar alguns. Veja como.

7. Crie alguns gráficos

Gráficos no fim de um post podem funcionar como um resumo do seu conteúdo.

Se você tem muitos dados e quer expô-los de forma fácil para os seus leitores, gráficos são uma maneira visual de se fazer isso.

Eles podem mastigar informações e dar aos leitores um recurso organizado de estatística e dados que, caso contrário, se perderiam em um mar de palavras.

Piktochart e Canva são ferramentas úteis que você pode usar para criar seus próprios gráficos, mesmo que você não seja designer.

O Canva é especialmente fácil de usar, e ele já tem vários modelos pré-formatados de gráficos para você escolher.

pasted image 0 106

Em apenas alguns minutos, você pode construir um gráfico que vai ficar mais ou menos assim:

pasted image 0 116

Precisa de alguns exemplos de como integrar gráficos ao seu conteúdo de forma eficaz para dar uma animada nas coisas? Dê uma olhada no blog sobre emails da Litmus.

A empresa cria gráficos baseados nas suas próprias pesquisas, bem como dados de outros especialistas do mercado.

pasted image 0 118

Além de gráficos, se você já fez guest blogging, republicar esses posts no seu próprio blog é uma ótima forma de aumentar um pouco os rankings e a visibilidade do seu site.

8. Republique guest posts no seu próprio site

Se você já fez guest blogging para turbinar seu SEO off-page, por que não extrair todo o valor desse conteúdo? Você pode extrair ainda mais valor incluindo-o no seu site.

Basta pedir aos proprietários dos sites em que seus guest posts foram publicados se eles concordam com você repostar o conteúdo no seu próprio blog.

A maioria dos donos de sites devem concordar com isso, desde que eles já tenham postado o conteúdo.

Além disso, eles vão ganhar mais exposição se você incluir um link de volta para eles dizendo onde o conteúdo foi publicado originalmente.

É vantajoso para os dois lados em termos de ranking, e, na pior das hipóteses, eles vão dizer não.

Você também deveria dar seguimento a posts antigos sempre que possível.

9. Dê seguimento a posts antigos (ou simplesmente reescreva-os)

Se você quiser aumentar a sobrevida de um post antigo que teve sucesso no passado, você só precisa transformá-lo em uma série ou em um post de duas partes.

Não deixe de incluir o título original do post e algo como “Parte 2” no início ou fim do título.

Isso não só ajuda com SEO, mas também ajuda a conseguir novo tráfego de pessoas que leram o primeiro post e querem mais informações sobre o assunto.

Você pode até escrever “Parte 2” em caixa alta para tornar impossível de ignorar.

pasted image 0 103

Adicione pelo menos um link que leve os visitantes de volta para o post original, e inclua-o de maneira bastante direta.

Basta adicionar uma linha curta que diga “Para saber mais sobre esse assunto, leia a parte 1 aqui”.

Isso dá um ponto de referência aos leitores, mas também um backlink para o post original (o que aumenta seu valor e visibilidade).

E, quando o assunto são posts antigos, reveja a qualidade. Algumas vezes a qualidade pode ter tido uma queda quando você escreveu da primeira vez, por causa de um prazo, por exemplo.

Se você já escreveu conteúdo só para preencher espaço, e não foi seu melhor trabalho, vá em frente e reescreva-o.

Depois de fazer os ajustes, você pode transformar um texto mediano em algo incrível.

Depois, você pode dar uma olhada em conteúdo relacionado que pode se tornar uma série de e-mails diários, semanais ou mensais, o que funciona tanto como conteúdo novo de e-mail e mais exposição.

10. Crie uma série de emails

Alguns conteúdos funcionam melhor em porções menores, perfeitas para uma série diária de emails.

Até esse post poderia ser reaproveitado como vários emails curtos que forneçam dicas facilmente aplicáveis pelos leitores.

Depois de planejar uma série de emails, serviços de mailing gratuitos ou premium como MailChimp, GMass e Campaign Monitor são o jeito mais fácil de enviá-la para todos os seus contatos de uma só vez.

O Yelp tem o exemplo perfeito disso com uma série semanal chamada “The Weekly Yelp.”

pasted image 0 115

De forma geral, é importante promover conteúdo antigo várias vezes para aumentar sua visibilidade e lembrar leitores e seguidores de sua relevância. Veja como fazer isso.

11. Promova seu conteúdo várias vezes para conseguir o máximo de tráfego possível 

Uma pesquisa conduzida por Tom Tunguz mostra que republicar conteúdo online pode alcançar 75% do engajamento do post original.

pasted image 0 107

Isso é bastante coisa.

Redes sociais são um ótimo lugar para promover o seu conteúdo.

Mas isso não estimula apenas compartilhamentos e cliques. Também é uma oportunidade para novas menções e links.

Tudo isso ajuda a melhorar os rankings, aumentar a confiança e trazer novas conversões.

Repostar melhora a visibilidade do seu conteúdo antigo de tempos em tempos para atrair mais interesse.

DrumUp é uma plataforma de gerenciamento de mídias sociais que pode ser usada para repostar conteúdo no Twitter, Facebook e LinkedIn.

Uma funcionalidade dessa plataforma permite que você alterne a visualização de compartilhamentos no Twitter para compartilhá-los com semanas (ou meses) de antecedência.

Por exemplo, você pode optar por republicar qualquer tuíte um determinado número de vezes a cada X dias, e você vai vê-lo no seu feed a cada mês ou dois ao longo de anos.

É só configurar e não precisa pensar mais nisso.

pasted image 0 108

Você pode até adicionar tuítes à sua biblioteca para visualizá-los depois, quando você quiser compartilhá-los novamente.

ViralContentBee é outra plataforma para compartilhar seu conteúdo com usuários ativos nas redes sociais.

Continue adicionando créditos ao seu conteúdo e a ferramenta vai circular o conteúdo por várias vezes, trazendo compartilhamentos novos para as suas páginas, mesmo que elas sejam mais antigas.

Conclusão

Conteúdo antigo nas suas páginas tem bastante potencial, e você pode aproveitá-lo se souber como otimizá-lo da maneira certa.

O Google adora páginas frescas e atualizadas. Ao atualizar páginas antigas, você pode reviver seus rankings e conseguir novo tráfego com conteúdos antigos.

Comece usando o Google Search Console para identificar os posts que você quer reaproveitar.

Mantenha as mesmas URLs quando você atualizar as páginas para não perder o valor que elas já obtiveram.

Em seguida, delete conteúdo antigo que seja irrelevante, como vagas de trabalho antigas ou produtos e serviços que não estão mais disponíveis.

Adicione um redirecionamento 301 se você precisar, ou simplesmente escreva uma mensagem com um link para onde se possa encontrar conteúdo atual.

Faça uma pesquisa de palavras-chave novas com uma busca por consultas. Em seguida, faça da consulta principal sua palavra-chave foco.

Otimize posts antigos para novas palavras-chave para a qual eles possam ainda não estar rankeando. E use o plugin Yoast do WordPress para recomendações.

Use e-books existentes para criar novos posts e posts existentes para criar novos e-books.

Crie alguns gráficos para adicionar aos seus artigos ou no final dos seus posts para resumir os principais pontos e estatísticas.

Se o dono do site topar, republique guest posts que você tenha escrito anteriormente no seu site para conseguir novo tráfego com conteúdos antigos.

Dê seguimento a posts antigos com um texto “parte 2”, ou simplesmente reescreva-os se achar que precisam de ajustes.

Quebre o conteúdo em porções menores para criar uma série de e-mails diários, semanais ou mensais.

Por fim, promova conteúdo antigo várias vezes para obter tráfego ao longo dos anos e aumentar a visibilidade do seu site.

Como você repagina seus conteúdos antigos para aumentar seus rankings?

Compartilhe