Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Como Marcas Estão Usando NFTs

A tecnologia tem avançado na velocidade da luz nos últimos anos.

Uma das áreas que viu alguns dos desenvolvimentos mais rápidos foi o blockchain.

Isso não significa somente criptomoedas como Bitcoin, Ethereum, e toda a gama disponível atualmente no mercado de cripto.

Vamos analisar os tokens não-fungíveis (non-fungible tokens, NFTs) e como marcas podem usar os NFTs em suas campanhas de marketing.

O que são os NFTs?

Apesar de já existirem a uns dois anos, os NFTs se tornaram um tema em alta (e um investimento ainda mais em alta) recentemente.

O que são NFTs, e como eles funcionam?

Para entender os tokens não-fungíveis (NFTs), primeiro precisamos definir a palavra “fungível”. 

Uma coisa “fungível” pode ser trocada por outra de valor igual ou similar. Um exemplo típico são moedas fiduciárias (ou mesmo criptomoedas). Elas são fungíveis porque você pode trocá-las por mercadorias do mesmo valor. Ou por outras moedas, se for o caso.

Por outro lado, um objeto não-fungível é único e não pode ser trocado com equivalência. Por exemplo, um diamante é não-fungível, já que não existem dois diamantes iguais no mundo, e portanto cada um deles tem seu valor único. Você não pode trocar um pelo outro com equivalência. 

Um token não-fungível é um bem criptográfico criado usando a tecnologia blockchain.

O que separa os NFTs e as criptomoedas (que são tokens fungíveis, já que são idênticas entre si) é que os NFTs têm códigos de identificação e metadados únicos para diferenciá-los uns dos outros. 

Como cada NFT é único, eles não podem ser trocados por equivalência com outros NFTs. O resultado é que cada NFT é um item de colecionador digital, um bem único que não pode ser replicado. 

Foi assim que começou a mania dos NFTs. Em 2017 houve a explosão dos CryptoKitties, uma mistura de Tamagochi e cartões colecionáveis. Cada gatinho é único e pode receber cuidados, se reproduzir, ser trocado – alguns por até 140 mil dólares.

Assim começou a febre dos NFTs, e hoje, o interesse por NFTs continua crescendo.

Por que NFTs são importantes para marcas?

Uma das principais razões pelas quais NFTs são importantes para marcas é que eles podem ser utilizados para representar arquivos digitais, como artes, áudios e vídeos. Eles são tão versáteis que podem ser usados para representar outras formas de trabalho criativo, como imóveis virtuais, mundos virtuais, moda e muito mais.

O que isso tem a ver com a sua marca e a sua estratégia de marketing?

Graças ao interesse global que geraram, os NFTs abriram novos caminhos para histórias de marca e interações com consumidores, que, como você sabe, são os dois pilares principais de uma estratégia de marketing eficaz.

Com NFTs, você pode:

  • criar experiências de marca únicas
  • aumentar o reconhecimento de marca
  • encorajar interações
  • gerar interesse para sua marca e seu produto

Finalmente, os NFTs podem te ajudar a aumentar as conversões e gerar receita. 

Veja algumas formas como marcas estão usando NFTs para impulsionar seu marketing. 

6 formas como marcas usam NFTs

O conceito dos NFTs no marketing pode ser um pouco difícil de entender. Como no caso da maioria das coisas que são difíceis de entender, a melhor forma é examinar exemplos.

Aqui estão algumas formas interessantes como algumas marcas estão utilizando os NFTs. Espero que elas sirvam de inspiração para você. 

1. Os GIFs do Taco Bell

Pesquisas mostram que 83% dos mileniais preferem fazer negócio com marcas alinhadas aos valores deles. É por isso que marcas precisam apoiar causas em que acreditam abertamente (e de forma genuína).

O Taco Bell já fazia isso há anos, através da sua fundação, mas foi muito mais longe ao vender NFTS de GIFs de tacos para apoiar as Bolsas de Estudo Live Más.

30 minutos depois do início, os 25 NFTs (conhecidos como NFTacoBells) colocados à venda no Rarible (um mercado de NFTs) já tinham sido vendidos. Cada GIF teve o preço inicial de 1 dólar. No entanto, todos eles foram vendidos a milhares de dólares, e um chegou ao valor de 3.646 dólares.

Criar e vender NFTs foi uma estratégia inteligente do Taco Bell, que gerou muito buzz na mídia tradicional e nas mídias sociais. Isso sempre é bom para um negócio. 

Como o Taco Bell, você pode usar os NFTs para resolver dois problemas de uma vez: 

  1. gerar reconhecimento para a marca
  2. apoiar uma boa causa

Ambos são fatores potentes que podem te ajudar a conseguir clientes para a sua marca.

2. Os tênis digitais da RTFKT

Procurando uma forma de abalar o mercado e fazer o seu nome?

Os NFTs podem te ajudar a fazer isto.

Foi o que aconteceu quando a RTFKT, uma empresa chinesa de tênis virtuais, pouco conhecida, criou um NFT de um tênis para o ano novo chinês e fez um leilão dele. 

O tênis foi vendido por incríveis 28.000 dólares.

Isso é muito impressionante para uma marca que mal tem dois anos, especialmente considerando que eles venderam um tênis que não pode nem ser tocado, ainda mais usado. E apesar de muito impressionante, isso não se compara aos 3 milhões de dólares que eles geraram com outro NFT de um tênis desenhado em uma colaboração com FEWOCiOUS, um artista de 18 anos. 

Com os NFTs ainda em sua infância, este é o momento certo para profissionais do marketing que quiserem abraçar esta tendência. Esta é uma forma excelente de atrair atenção e construir um grupo de seguidores.

Como profissional do marketing considerando como aproveitar a tecnologia dos NFT, você pode se inspirar na RTFKT. Crie itens de colecionador limitados para celebrar datas especiais e comemorativas e use-os em suas campanhas de marketing nestes períodos. Você pode dar um presente aos primeiros X consumidores ou até promover um leilão desses produtos separadamente.

3. Os vídeos da Grimes

Seis milhões de dólares em 20 minutos.

Isso foi o que a Grimes ganhou com uma coleção de 10 NFTs leiloados no Nifty Gateway.

Está claro que as pessoas estão interessadas em NFTs, e marcas podem aproveitar este interesse para divulgar seus produtos. Você pode, por exemplo:

  • Firmar parcerias com artistas ou sites de leilão para que sua marca esteja presente no leilão.
  • Criar um NFT e leiloá-lo, e doar os lucros para uma causa.
  • Promover uma competição (para geração de leads) com NFTs como prêmio.

Fazer marketing é aproveitar tendências atuais e utilizar sua criatividade para aproveitar a comoção em torno delas para atrair atenção para a sua marca.

4. O lançamento do álbum “When You See Yourself”, do Kings of Leon

Com tantos músicos e bandas por aí, a indústria musical se tornou muito concorrida. Criar e manter um grupo leal de fãs já não é tão fácil quanto antigamente.

A banda Kings of Leon encontrou uma forma de driblar isso.

Eles lançaram seu álbum “When You See Yourself” na forma de um NFT.

O Kings of Leon está usando três tipos de token para esse lançamento de álbum, que é o primeiro da história. O primeiro inclui um álbum em embalagem especial. O segundo oferece vantagens para shows. O terceiro tipo de token inclui arte audiovisual exclusiva.

O álbum pode ser encontrado em todas as plataformas de música, mas a versão NFT só foi disponibilizada no YellowHeart, com o preço de 50 dólares.

A venda dos NFTs durou apenas duas semanas, e depois disso nenhum outro token do álbum foi criado. Isso transformou os tokens em itens colecionáveis.

Ter sido a primeira banda a lançar uma versão NFT de um álbum foi um feito histórico do Kings of Leon. 

E mais do que isso, marcou os corações dos fãs ao permitir que eles comprassem um item digital de colecionador. Uma forma excelente de cultivar lealdade à marca.

5. As obras de arte de Beeple

Praticamente desconhecido nos meios artísticos tradicionais, Mike Winkelmann se tornou uma espécie de lenda.

Ele vendeu um arquivo JPG por 69,3 milhões de dólares, o que fez dele o terceiro artista vivo mais caro da história no momento do leilão.

O arquivo é uma obra de arte vendida como token não-fungível, e foi o primeiro item totalmente digital e NFT leiloado pela Christie’s.

O leilão limitado de duas semanas teve que ser estendido por 90 segundos quando uma onda de lances ocorreu quase no fechamento.

Que lições as marcas podem aprender com isso?

Adote novas tecnologias e ideias rapidamente. Com a concorrência se tornando mais acirrada todos os dias, você precisa estar disposto a se arriscar e ser disruptivo para superar os outros.

6. GIF Nyan Cat

Uma década atrás, o GIF Nyan Cat foi uma explosão colorida na cena digital. Seu criador, Chris Torres, fez uma versão NFT do GIF que foi vendida por mais de 500.000 dólares no site de leilão de criptomoedas Foundation.

É isso mesmo. Um GIF animado antigo vendido por mais de meio milhão de dólares.

Mas Chris não parou por aí. Ele organizou um leilão em que memes clássicos foram vendidos como NFTs. Um deles, Bad Luck Brian, foi leiloado por mais de 34.000 dólares no Foundation.

O que marcas podem aprender com isso?

A lição aqui é que seus clientes estão dispostos a pagar por experiências incríveis. Tire proveito disso ao transformar alguns dos seus melhores anúncios em NFTs. Crie um evento para leiloá-los e lembre-se de divulgar bastante.

Isso não só vai impulsionar o reconhecimento da sua marca, mas também te ajudar a alcançar novos públicos no nicho de tecnologia. 

O futuro dos NFTs

Sim, NFTs ainda são relativamente novos, e seu uso prático ainda é limitado. No entanto, as pessoas adoram NFTs e estão dispostas a gastar com eles. E estes são indicadores perfeitos de que os NFTs vão permanecer populares.

Como a tecnologia de blockchain que está por trás deles, os NFTs podem desempenhar um papel significativo no panorama digital do futuro. Isso é particularmente verdadeiro para profissionais do marketing, já que os tokens não-fungíveis abriram novas vias para interação com o público e a criação de experiências memoráveis para eles. 

Lembre-se, a maioria das tecnologias que usamos hoje (como as mídias sociais) pareciam ser só uma moda passageira quando surgiram.

Mas hoje dependemos delas para tantas coisas. Os NFTs podem parecer uma modinha, mas oferecem muitos benefícios (como transparência e segurança) que quebram limitações de tecnologias atualmente em uso. 

Conclusão

Os NFTs são fantásticos para criar experiências memoráveis para os seus consumidores. Eles também são uma forma excelente de engajar e interagir com seu público alvo.

Marcas precisam prestar atenção nesta tecnologia enquanto ela ainda está em sua infância. Mais especificamente: você precisa pesquisar formas de utilizar NFTs em suas estratégias de marketing. Por exemplo, você pode criar designs de luxo do seu produto, fazer campanhas de publicidade memoráveis ou colaborar com criadores de NFTs. 

Em resumo, a tecnologia dos NFTs chegou para ficar, e sem dúvidas vai se tornar uma parte do marketing digital.

Será que NFTs são uma moda passageira? Ou chegaram para ficar?

Compartilhe