Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Aprenda Como Obter Mais Tráfego no Facebook Postando Menos

facebook-traffic

Eu sempre ouço as mesmas perguntas dos meus clientes:

“Como posso começar usar o Snapchat?”

“Eu deveria postar mais stories no Instagram?”

Essas novas plataformas são muito importantes. Mas minha resposta é basicamente a mesma:

“Bem, o que você está fazendo com o Facebook, primeiramente?”

O Facebook pode parecer antigo e ultrapassado agora. Mas permanece no topo das paradas com quase 2,2 bilhões de pessoas ativas mensalmente.

Desses, mais de 63% (ou 1,4 bilhão) acessam o Facebook diariamente.

Com base no registro mais recente, o alcance da rede social é de impressionantes 22,9%.

Isso significa que mais de uma em cada cinco pessoas está no Facebook.

É o suficiente para deixar qualquer profissional de marketing interessado.

Com tantas pessoas usando o Facebook, seria natural supor que ao postar mais conteúdo teríamos maiores chances dos usuários visualizarem.

Mas não é exatamente assim que funciona. Na verdade, é exatamente o contrário.

Tenha paciência. Por que menos postagens significa maior alcance? Isso faz sentido?

Na verdade, faz sim. Aqui está o motivo.

Novo algoritmo do Facebook prefere qualidade em vez de quantidade

Seu alcance orgânico é o número de pessoas que olham suas postagens “gratuitas”.

E embora exista estratégias para impulsionar seu alcance orgânico, está ficando cada vez mais difícil.

De fato, a grande maioria das páginas tem observado uma queda contínua em seu alcance orgânico nos últimos anos.

pasted image 0 220

Alguns sugerem que as mudanças no alcance orgânico refletem uma mudança nas prioridades da empresa, já que o Facebook se concentra em potencializar os lucros de seu sistema de publicidade popular.

O gráfico acima mostra como o estoque do Facebook aumentou, enquanto o alcance médio da página orgânica diminuiu, o que resulta em algum tipo de correlação.

As alterações que o Facebook fez no algoritmo do Feed de notícias significam que as páginas do Facebook podem contar com um alcance bem menor que antes.

Uma das mudanças específicas no algoritmo se refere ao modo como o Facebook conta as visualizações de postagem.

Antigamente, o Facebook contava uma postagem como uma visualização se ela aparecesse apenas no Feed de notícias do usuário, mesmo que essa postagem nunca tivesse aparecido para ele.

Com o algoritmo atualizado, a postagem deve realmente aparecer na tela do usuário antes que o Facebook conte como uma visualização.

Sempre foi assim para postagens pagas (ou “impulsionadas”), mas agora o alcance orgânico é da mesma forma.

Essa mudança seria significativa o suficiente para reduzir o alcance orgânico.

De acordo com um post de Mark Zuckerberg, foram feitas alterações no algoritmo do Feed de notícias como parte de uma nova direção para a plataforma.

Eles pretendem fazer com que os usuários do Facebook tenham mais “interações significativas” na plataforma, se certificando de que vejam conteúdo de familiares, amigos e conteúdo de marca relevante.

Screen Shot 2018 04 06 at 8.01.24 PM

Mas aqui está o ponto inicial:

Devido a quantidade do conteúdo de marketing no Facebook, o algoritmo oculto no Feed de Notícias agora prioriza o conteúdo pago.

Isso limita o conteúdo “orgânico” de uma página de dominar o feed de notícias e permite que os usuários vejam mais postagens de seus amigos e familiares.

Claro, sua alternativa é pagar para promover seus posts.

pasted image 0 221

E o Facebook desenvolveu maneiras de eliminar isso, deixando apenas um conteúdo confiável, informativo e relevante.

Por exemplo, aqui está uma lista completa de postagens que automaticamente vão ter prioridade com os usuários:

Postagens com títulos de clickbait:
13655727 1089557501139114 105245506 n

Postagens em que você tenta “jogar iscas” para o público:

taco baiting

Postagens que compartilham notícias falsas:

fake news

Postagens que parecem ser vídeos, mas que na verdade não são (“clickbait de vídeo“):

device mockup 02

Postagens vinculadas a sites de baixa qualidade:

138 1024x584

Postagens que contêm ou referenciam informações desatualizadas:

outdated post

Vídeos extremamente curtos:

pasted image 0 223

Mas espere, tem mais.

O Facebook quebra o algoritmo do Feed de Notícias em quatro componentes:

  1. Listagem ou a quantidade total de conteúdo disponível que pode aparecer em seu Feed
  2. Sinais ou várias considerações sobre o conteúdo que determinam se ele será exibido em seu Feed
  3. Previsões ou considerações sobre a pessoa que postou parte do conteúdo
  4. Pontuação geral

Com o algoritmo do Feed de Notícias passando por algumas mudanças bastante amplas e um novo formato geral, é uma questão de se adaptar ou ficar para trás.

Você precisa aprender a compensar o novo status quo. Caso contrário, você vai se perder na imensidão do Feed de Notícias.

Mas e se você quiser realmente aumentar seu alcance e gerar mais tráfego? Isso ainda é possível no Feed de Notícias priorizando o conteúdo da rede?

Com certeza.

E você pode fazer isso enquanto publica menos conteúdo no Facebook. Além disso, postando menos conteúdo, você economiza tempo.

Aqui estão cinco dicas para ajudar você a fazer isso.

1. Familiarize-se com o funcionamento do novo algoritmo

Os “sinais” são o único componente do algoritmo que você pode controlar.

pasted image 0 224

Você pode ver alguns dos sinais que o algoritmo do Feed de Notícias basicamente pontua, isso determina se uma postagem deve aparecer no Feed do usuário.

Alguns dos principais sinais incluem:

  1. Quando alguém posta uma parte do conteúdo
  2. Que tipo de conteúdo o post tem
  3. Quanto engajamento (por exemplo, curtidas, comentários, compartilhamentos) a postagem recebeu
  4. Quem esteve envolvido com a postagem

Como exatamente você influencia esses sinais?

Aqui estão alguns dos maiores fatores no algoritmo do Facebook:

AAEAAQAAAAAAAAilAAAAJDYyNzE1NjUyLTU5MjMtNGUyNy05NjJjLThiYzU5OTFjZjAwYQ

  • Visibilidade do Feed de Notícias
  • Interesse ou relação de um usuário com a página
  • Post desempenho (cliques, visualizações, etc.)
  • Desempenho de página anterior
  • Tipo de conteúdo (texto, vídeo, etc.)
  • Novidades

Se você quer melhorar seu tráfego no Facebook, o primeiro passo é se familiarizar com eles.

Depois, se concentre naqueles que proporcionam melhor retorno para seu investimento.

Você pode começar criando vídeos.

2. Comece a fazer vídeos e transmissões ao vivo

Os usuários da Internet enviaram mais conteúdo de vídeo online no último mês do que a rede de televisão em 30 anos.

Na verdade, o vídeo online representa cerca de dois terços de todo o tráfego – um número que pode aumentar para 79% nos próximos dois anos.

De acordo com as previsões atuais, o vídeo ao vivo vai representar 13% de todos os vídeos online até 2021, o que, corresponde a mais de 80% do tráfego global da web e 85% do tráfego da web nos EUA.

Para realmente compreender isso, um único minuto de conteúdo de vídeo equivale a 1,8 milhões de palavras.

E os profissionais de marketing descobriram isso.

81% das empresas já estão usando o vídeo como parte de suas estratégias de marketing e aumento de tráfego.

Esse é um aumento considerável, já que apenas 63% das empresas estavam usando vídeo em 2017.

Das empresas que ainda não trabalham com conteúdo de vídeo, 65% delas têm planos para começar até o final do ano.

Mas a demanda por vídeo realmente garante um investimento tão alto?

Primeiramente, considere isto:

O Facebook não estaria entrando no conteúdo de script original – como o concorrente YouTube já vem fazendo – se a empresa não estivesse confiante no assunto.

500 milhões de usuários do Facebook – que, como você sabe, é cerca de 25% de todos os usuários ativos pelo menos uma vez por mês – assistem a uma quantidade de vídeos todos os dias.

E quando o público assiste a bons vídeos, eles compartilham.

De fato, 12 dos 14 posts virais do Facebook de 2017 foram vídeos:

most viral facebook posts 2017 buzzsumo 50246

Talvez o mais importante, os algoritmos do Facebook priorizam o conteúdo de vídeo.

Um estudo da Locowise descobriu isso quando analisaram 500 páginas diferentes.

Eles perceberam que, quando uma página publica um vídeo, uma média de 16,7% de seus seguidores a vê.

Considerando que a média de todos os tipos de conteúdo é de apenas 11,4%, o vídeo tem um alcance muito melhor.

O Buzzsumo fragmentou ainda mais os dados da Locowise, observou que as fotos atingem uma média de 11,63% do público, enquanto links e textos alcançam 7,81% e 4,56% do público total, respectivamente.

Então, quando uma página publica um vídeo no Facebook, ela obtém muito mais alcance do que links, fotos e conteúdo de texto.

Isso mostra que o vídeo é crucial quando se trata de marketing na Era Digital, e provavelmente vai continuar assim no futuro.

Para alguém que deseja aumentar o tráfego e a presença geral no Facebook, o vídeo pode ser o segredo do sucesso.

Ele também vai dar maior retorno.

Se você pretende começar a criar conteúdo de vídeo para o Facebook – ou se você quiser melhorar ainda mais sua estratégia – aqui estão algumas dicas simples de lembrar:

  • Usuários do Facebook costumam assistir a vídeos sem som
    • Como você não vai saber se os seus seguidores vão estar com o volume ligado ou não, inclua legendas aos seus vídeos para garantir que sua mensagem seja transmitida
    • Isso é algo que preciso começar a fazer o mais rápido possível, considerando que as legendas que uso no YouTube não são reproduzidas automaticamente no Facebook
  • Use o formato “square” ou 1×1
  • Sempre que possível, grave e exporte seus vídeos com uma resolução de 1080p, ou 720p, no mínimo, já que os vídeos geralmente caem em qualidade quando você os envia

Você também pode se familiarizar com as melhores práticas do Facebook para vídeos ao vivo.

3. Verifique se seu conteúdo é de alta qualidade e oferece valor real

Infelizmente, sua opinião sobre conteúdo de alta qualidade nem sempre vai importar.

Em vez disso é a opinião dos seus clientes que importa.

Qual conteúdo eles gostam de ver?

Que tipo de conteúdo consideram apropriado?

Que conteúdo acham emocional ou intelectualmente atraente?

Tome meu público como um exemplo.

Meu público-alvo é formado por pessoas que estão procurando dicas de marketing e crescimento de hackers, por isso meu conteúdo se concentra em tópicos desse nicho.

Quando posto um link para o Facebook, incluo uma descrição breve e precisa que apresenta palavras-chave específicas sobre o artigo, para que meu público possa ver rapidamente do que se trata o artigo.

O artigo segue todas as boas práticas de marketing de conteúdo.

Os parágrafos não são muito longos, não uso linguagem complexa e intercalo com elementos visuais.

Screen Shot 2018 04 06 at 8.58.46 PM

Não é nem mesmo sobre o design da web.

A página é bem simples, o que permite que os leitores rapidamente se concentrem no valor real: o conteúdo.

O mais importante é que, se você olhar para minha postagem no Facebook, vai perceber que ela transmitiu com precisão o que estava no artigo e, ao mesmo tempo, tornou o link atraente.

O truque é usar essas dicas de cliques com seu público.

O relacionamento entre você e seu público é uma via de mão dupla.

the evolution of digital marketing communications what it means for you in 2014 12 638

Eles dão feedback em forma de visualizações, cliques, curtidas e muito mais.

Isso deve te dar uma indicação do que fazer para atender as necessidades de seus leitores.

Em resumo, é isso que “relevância” significa.

idio Content Marketing Venn diagram

A boa notícia é que não é difícil criar um bom conteúdo, desde que você dedique tempo e esforço no processo de desenvolvimento, criação e marketing de conteúdo.

A má notícia é que é preciso tempo e dinheiro para fazer tudo isso.

Mas com um retorno incrível no final.

De acordo com estimativas recentes, o marketing de conteúdo será uma indústria de US $ 300 bilhões até o final de 2019.

Isso acontece porque as empresas estão reconhecendo que a Internet está repleta de conteúdo, e as que se destacam geralmente são as que vencem.

Então, use outras táticas para complementar seu trabalho.

De acordo com a Regra de Terços do CoSchedule, você pode selecionar até um terço do conteúdo total.

rule of third curated content

Quando você organiza seu conteúdo, ele pode ter um grande alcance e envolvimento do público.

4. Envolva-se ativamente com seu público

Existem dois conceitos básicos de geração de tráfego do Facebook para dominar: alcance e engajamento.

Basicamente, “alcance” refere-se a quantas pessoas vêem sua postagem.

“Engajamento” refere-se as interações com o que você posta, como curtidas, comentários, compartilhamentos e assim por diante.

engagement

Obviamente, ambos são importantes por diferentes razões.

É uma espécie de Catch-22:

Você não pode conseguir engajamento significativo sem um alcance amplo o suficiente.

Mas também não pode aumentar o alcance sem engajamento.

E isso é um grande problema, porque a maioria das páginas tem menor alcance orgânico com essas novas atualizações de algoritmo.

É por isso que você precisa de novas estratégias para cultivar o engajamento em todas as oportunidades que tiver.

E uma das melhores maneiras de engajar seu público é ter “interações significativas” com ele.

Pode ser simples assim:

Quando alguém comentar algo que você postou, responda ao comentário dessa pessoa.

A interação real é ótima para aumentar seu tráfego no Facebook.

Quando você reconhece uma pessoa, você dá importância, o que faz com que ela se envolva com suas próximas postagens.

Você está construindo relacionamentos com seu público. Assim, eles tendem a compartilhar seu conteúdo com centenas ou milhares de pessoas em suas redes.

Não dificulte esta questão.

Por exemplo, tento responder a todos os comentários que recebo no Facebook. Às vezes, até converso com as pessoas.

image 3

Cada comentário leva apenas alguns segundos para escrever. Mas isso mostra às pessoas que eu realmente me importo com o que elas estão dizendo.

O outro ponto positivo dessa estratégia é que ela faz com que meu público interaja com seus próprios comentários.

Eu entro para ajudar e então outros leitores também entram na conversa.

image

Especialistas em mídia social gostam de usar as palavras “engajamento” e “comunidade”, mas raramente explicam o que essas palavras significam.

O melhor sinal de que você está no caminho certo é quando seus seguidores começam a interagir uns com os outros.

E a única maneira de começar é você assumindo o controle.

Você precisa fazer isso dia após dia, semana após semana, mês após mês.

5. Promova os posts certos no momento certo

Empresas não confiam apenas no alcance orgânico com essas mudanças no algoritmo.

Mas, ao mesmo tempo, ser inteligente com seu orçamento publicitário no Facebook é mais importante do que nunca.

Então, como saber quais postagens você deve pagar e quais não deve?

Tudo o que você precisa está em seus dados analíticos, no Facebook Insights.

Quando você as usa estrategicamente, as postagens pagas podem ter um efeito enorme em seu tráfego, aumentando seu alcance e engajamento.

Começa com a criação de um orçamento para os anúncios do Facebook.

Agora, este já é um tópico complexo por si só.

Felizmente, já escrevi sobre como criar e usar seu orçamento com marketing. Então comece por esse ponto ou quando se sentir preparado.

Depois de definir um orçamento, você precisa decidir quanto pretende gastar promovendo as postagens certas.

Não pague apenas para promover cada novo post.

Por quê? Você não sabe ao certo se isso vai ou não funcionar com seu público.

Em vez disso, use os melhores posts que tiver. Confie nos dados do Insights para descobrir quais postagens já tiveram melhor desempenho.

Confira “Posts” para ter uma ideia de como os atuais estão se saindo:

Em seguida, invista seu orçamento nesses para alcançar novos públicos.

O Facebook também incluiu um novo recurso que permite visualizar os posts com melhor desempenho na competição.

Procure por “Principais publicações das páginas que você segue”.

Essa estratégia é perfeita se sua página for relativamente pequena.

Nesse caso, talvez você não tenha dados suficientes para obter informações reais.

Em vez disso, use dados de outras marcas populares que seus próprios clientes seguem.

Digamos que você tenha um novo aplicativo SaaS para profissionais de marketing, mas ainda não tem seguidores.

Não tem problema. Crazy Egg já tem mais de 10.000 seguidores. Kissmetrics tem outros 40.000.

A partir dessas páginas, você pode ter idéias reais e usar as que mais tiveram sucesso. E você encontra esses dados em cerca de dez segundos.

Se você tiver dados de análise suficientes, pode usar para prever o desempenho de suas postagens, se as distribuir para um público maior.

Se o seu público gostou de um post e se engajou com ele além do que você imaginava, então você pode esperar um aumento no engajamento.

É simples assim.

Quando você adota essa prática de promover apenas as postagens com melhor engajamento, você tem muito mais sucesso do que se impulsionar novas postagens que ainda não teve a chance de avaliar.

Para obter melhores resultados, evite essas práticas

Ao encerrar este post, quero destacar algumas das coisas que você não deve fazer se quiser aumentar o alcance, o engajamento e o tráfego do Facebook.

Não poste mais do que duas ou três vezes por dia.

Se você publicar mais do que isso, seu conteúdo estará competindo com você mesmo. Além disso, é praticamente impossível impor padrões de qualidade quando você tem uma produção excessiva.

Não publique links exclusivamente de seus próprios produtos e serviços.

Os consumidores de hoje são mais espertos e podem perceber uma falta de autenticidade a quilômetros de distância. Se você só postar seus próprios produtos e serviços, vão achar que você está mais preocupado com a autopromoção do que com seu público em si.

Não abuse das hashtags.

Você pode usar hashtags eventualmente para sinalizar um conteúdo ou torná-lo fácil de pesquisar. Pois os leitores podem se confundir com hashtags quando você agrupa várias delas em um único post.

Não se esqueça de quem é seu público.

Use os dados demográficos disponíveis e adapte o conteúdo ao seu público real.

Evitando essas práticas, você vai começar a atrair tráfego para sua página em pouquíssimo tempo.

A melhor parte é que essas dicas realmente não são tão difíceis de se colocar em prática.

Você só precisa pensar sobre o que está postando, porque está postando, como e para quem está postando.

Conclusão

Se você está tentando obter mais tráfego para sua página do Facebook, é natural pensar que quanto mais conteúdo melhor.

Mas você está errado.

Com o novo algoritmo do Facebook, o tráfego orgânico é difícil de encontrar. Se você quiser maximizar seus esforços, precisa se concentrar na qualidade e não só na quantidade.

Comece aprendendo mais sobre o algoritmo do Facebook para postar conteúdo com bom desempenho. Se você não fizer isso, vai ficar para trás.

O conteúdo de vídeo é enorme no Facebook. Se você publicar menos, vai encontrar melhor retorno do seu investimento criando vídeos de alta qualidade.

Em todos os posts, ofereça ao público valor real.

Existe muito conteúdo na Internet, por isso é necessário publicar com alta qualidade para se destacar e conquistar seguidores fieis.

E enquanto seus seguidores se engajam com seu conteúdo, interaja com eles e construa relacionamentos, estimulando mais engajamento.

É uma via de mão dupla e leva algum tempo. Mas com o que você vai lucrar vale a pena.

Por fim, não tenha medo de impulsionar algumas de suas postagens.

Mas seja estratégico sobre quais delas impulsionar.

Invista naquelas que você já viu a interação dos usuários para garantir que não desperdice seu orçamento de marketing em uma postagem que não te dará um bom retorno.

No geral, não é difícil aumentar seu público no Facebook. Você só precisa usar as estratégias certas.

Se você usar as dicas e truques que eu mencionei aqui, você vai caminhar para conseguir um tráfego significativo enquanto publica menos.

Como você planeja aumentar seu tráfego no Facebook postando menos?

Compartilhe