Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

O Guia do Neil Patel Para Trabalhar com Blog de Forma Consistente

blog consistent

As pessoas sempre me perguntam como eu consegui  trabalhar com blogs por mais de 10 anos.

Normalmente eu respondo que escrever em blogs é como qualquer relacionamento longo. Alguns dias são ótimos, outros nem tanto, mas você está ali para ficar.

Por outro lado, trabalhar com blog é bem específico. Requer muito trabalho ativo, e quanto você está começando, praticamente todo dia é uma correria.

Em outras palavras, ter um blog bem-sucedido exige muito trabalho. Mas isso não significa que trabalhar com blog tenha que ser difícil.

Após muitos anos trabalhando com blogs, eu percebi que havia um processo por trás disso. Aprendi como curar o esgotamento de blog e identifiquei as coisas importantes que eu faço para manter meu blog.

Eu ainda trabalho bastante, mas isso já não parece trabalho. Depois de ir à academia regularmente por um tempo, fazer exercício se transforma em parte da sua vida. O mesmo acontece com escrever blog. E esses detalhes importantes ajudam a facilitar ainda mais esse processo.

Hoje quero compartilhar com você essas ações importantes.

Não posso prometer que você vai se transformar em uma sensação dos blogs com essas dicas, mas prometo que o seu blog ficará melhor e que você terá sentimentos mais positivos a respeito de escrever blogs.

Sem mais, aqui estão 5 coisas que vão te ajudar a nunca desistir do seu blog,

1. Identifique e organize suas tarefas

Pare e pense por um minuto: O que você faz durante um dia de trabalho típico?

Quando digo “dia de trabalho,” estou me referindo ao tempo que você reserva para trabalhar com blog. Digamos que seja uma hora por dia.

(Se “navegar no Facebook” aparecer em uma posição alta, seu dia de trabalho não está tão otimizado quanto deveria.)

Você provavelmente não vai lembrar de todas as pequenas coisas que faz naquela hora, mas é importante prestar atenção mesmo nos detalhes.

Você pode estar perdendo tempo sem perceber. Você não vê, mas esse tempo vai se acumulando. Até coisas boas, como verificar duas ou três vezes o seu trabalho, podem desperdiçar tempo.

Aqui estão algumas formas comuns de perder tempo, cortesia do Time Doctor:

image02

 

image12

Mas identificar suas tarefas não serve só para encontrar desperdícios de tempo. Serve também para você ligar o piloto automático, para ficar mais eficiente em tudo o que você faz.

Assim, pegue papel e caneta ou crie um novo documento de texto no seu PC e anote tudo o que você faz em um dia de trabalho típico no blog. Identifique os horários para estimar quanto tempo cada ação toma.

Não deixe nenhum detalhe de fora. Se você vai encher sua garrafa de água entre as 12:32 e as 12:34, anote isso.

Isso pode te intimidar um pouco, mas traz grandes resultados.

Primeiro:  se você estiver perdendo tempo, vai saber o que está fazendo e quando tempo está perdendo. E então você poderá fazer alterações para deixar seu dia mais produtivo.

Por exemplo: se você constatar que passa 10 minutos lendo no Twitter no início do seu horário de trabalho com blog, já vai saber que precisa deixar de fazer isso.

Segundo: quando você souber o que fazer, poderá estruturar essas tarefas.

Tente dividir seu dia de trabalho em tarefas essenciais e não-essenciais. Que tarefas essenciais têm prioridade sobre as outras? Mapeie isso e encontre uma forma de medir o que você está concluindo em cada dia de trabalho.

O autor e consultor Tim Maurer usa o Trello para organizar as tarefas diárias:

image11

Veja aqui como você pode usar o Trello para organizar suas tarefas.

Se você ainda não tiver uma conta do Trello, vá a Trello.com e clique no grande botão “Sign Up” que aparece na primeira página.

image03

Insira seus dados e clique em “Create New Account.”

image19

Após criar uma conta, você verá esta tela:

image06

Clique em “Create new board…” Dê um nome ao seu board (nós usamos “Facebook Ads”).

image17

Você verá a opção “Add a list…”

Mas o que exatamente é uma lista? O Trello usa dois componentes principais: listas e cartões. As listas são colunas verticais onde ficam os cartões, que são as partes menores.

No nosso caso, as listas serão para categorias gerais, e os cartões terão as tarefas específicas para aquelas categorias.

Adicione uma nova lista e dê um nome a ela:

image13

Agora você vai adicionar suas tarefas como cartões. Clique no botão “Add a card…” ao final de cada lista para adicionar um cartão a essa lista.

image01

Agora você vai personalizar cada cartão. Por exemplo: se você tiver “Facebook ads” como categoria geral, pode listar coisas como “mudar CTA” e “aumentar orçamento” como cartões em sua lista.

Veja um exemplo de uma lista:

image15

Ao clicar nos cartões, você pode editá-los nesta tela:

image00

Organizar suas tarefas vai permitir que você coloque sua mente no piloto automático. Você não vai se estressar com cada pequena tarefa. Em vez disso, você vai saber como navegar todos os obstáculos que podem surgir.

Você vai ficar impressionado ao ver o quanto esse processo vai aumentar sua produtividade.

2. Anote 10 ideias todos os dias

Quando se trata de ter ideias, eu não sou um gênio. De fato, a maioria das minhas ideias são ruins.

Mas nem todas. E isso é o que interessa.

Na verdade, todo mundo tem muitas boas ideias na cabeça. (Sim, você também!) Mas muitas pessoas nunca percebem isso.

O químico Linus Pauling declarou:

“A forma de conseguir boas ideais é ter muitas ideias e jogar fora as más ideias.”

E é exatamente isso que você deve fazer. Mais especificamente: você deve tentar anotar pelo menos 10 ideias todos os dias.

Elas não precisam ser boas ideias – basta que sejam ideias. Você pode descartar as más ideias depois.

Existem muitas formas de registrar suas ideias, mas James Altucher recomenda carregar um bloco de papel o tempo todo.

Por quê? Altucher explica:

“Um bloco de papel cabe no seu bolso, e você pode puxá-lo para anotar as coisas facilmente.”

O bloquinho também te obriga a anotar suas ideias em um formato compacto, para registrá-las imediatamente. Você precisa de uma lista com ideias rápidas, e o bloco de papel é ideal para isso.

Algumas grandes ideias de post de blog surgem a partir de ideias que inicialmente parecem bobas. Veja por exemplo este post de Kevin J. Duncan, do Be A Better Blogger:

image14

Admita: se você tivesse essa ideia, acharia absurdo. E é verdade! Mas ela funciona..

Mesmo as ideias absurdas têm seu lugar no reino dos blogs. Em alguns casos, ideias absurdas podem ser melhores para posts do que ideias “normais”.

Não julgue suas ideias rápido demais. Anote-as para poder avaliá-las mais tarde.

O melhor de anotar 10 ideias por dia é que você vai se transformar em uma máquina de ideias, como sugere James Altucher.

10 ideias pode não parecer muito. Mas em uma semana, você terá 70 ideias. E em um mês, 300 ideias.

E se você anotar 10 ideias diariamente durante um ano, terá 3.650 ideias à sua disposição!

Será que você vai usar todas essas ideias? Não. Mas pense em quantas ideias você vai usar.

Esse é um hábito excelente a adotar. Comece hoje mesmo e você não vai se arrepender!

3. Escreva em todos os lugares

Quando você imagina um escritor trabalhando, o que vê? Aposto que deve ser alguma coisa assim:

image16

Esse é Ernest Hemingway, em uma imagem fornecida pelo Biography.com. Essa imagem mental: alguém sentado em uma mesa, com os dedos em um teclado ou com papel e caneta – é o que muitas pessoas imaginam quando pensam em escrever.

Mas a atividade raramente é assim hoje em dia. Mesmo escrever em cubículos em escritórios está ficando obsoleto. Isso é particularmente verdadeiro para blogueiros.

Blogueiros trabalham em qualquer lugar. Uma mesa em casa, um café, uma biblioteca – todas essas opções são boas para um blogueiro.

De fato, eu frequentemente trabalho em posts quando estou esperando em uma fila ou indo a algum lugar de carro. (Como passageiro – não tente escrever no blog enquanto dirige!)

Essa é outra razão pela qual você deve carregar um bloco de papel. Você precisa poder anotar suas ideias no instante em que elas surgirem.

A lição aqui é que você precisa (e deve) usar qualquer tempo livre para trabalhar com blog. Você pode até acabar tendo algumas ideias novas que não teria em outras situações.

A forma mais eficiente de fazer isso é trabalhar em seu smartphone. O que nos leva ao item 4:

4. Escrevendo no blog em seu smartphone

Celulares são incríveis. Você pode escrever, publicar e compartilhar um blog inteiro diretamente do seu dispositivo móvel.

Vou te mostrar um processo passo a passo para criar um processo de escrita incrível em um dispositivo móvel. Você poderá automatizar grande parte do seu tempo de trabalho sem nenhuma dificuldade.

Você vai precisar de um processador de texto fácil de usar, e também da habilidade de acessar todos os seus arquivos no smartphone.

Na minha opinião, a melhor opção é o Google Docs, sem dúvida. Ele é baseado na nuvem, e você pode sincronizar arquivos entre seus aplicativos desktop e mobile.

image08

O Google Docs oferece todas as funções básicas de um processador de texto, e também é incrivelmente flexível. Todos os artigos que você vê nos meus blogs nasceram no Google Docs.

E o melhor: ele é muito fácil de usar em dispositivos móveis.

image10

Você também pode usar ferramentas como o Evernote ou o Microsoft OneNote, mas eu pessoalmente considero o Google Docs a melhor alternativa.

Muitas vezes, quando estou em um Uber ou em um avião, eu pego meu smartphone para poder trabalhar em meus artigos.

Se começar um rascunho, eu anoto esse detalhe diretamente no título.

image09

E então começo a digitar…

image07

Mas e as tarefas que você não pode fazer bem em um dispositivo mobile, como pesquisar ou encontrar mídia? Eu geralmente faço notas no texto sobre o que eu preciso acrescentar, em negrito ou em destaque, para que eu veja isso facilmente depois.

Muitas vezes, eu coloco algumas coisas entre chaves e depois volto para completá-las.

Depois, quando estou no computador, eu examino o artigo e encontro todos os dados de pesquisa e mídias necessários.

Isso já me poupou muito tempo. Eu desperdicei algum tempo tentando fazer pesquisa em dispositivos móveis. Naturalmente, isso é bem difícil e não é intuitivo.

Esse não é o processo perfeito, mas nesse momento, é o melhor possível.

Se você tiver um tablet, tente levá-lo com você sempre que possível. Eu recomendo carregar um bloco de papel, um smartphone e um tablet a onde quer que você vá.

Se estiver sem tempo e precisar anotar alguma coisa, use o bloco de papel. Se tiver um pouco mais de tempo, use o smartphone. E se quiser guardar ideias mais complexas, use seu tablet ou laptop.

5. Automatize seu calendário de publicação

Um post de blog é inútil se não for publicado. E o mais importante: você precisa de um calendário de publicação que possa ser totalmente automatizado.

Muitos blogueiros atrapalham seus calendários ao publicar com atraso. E eles não publicam na data certa porque não automatizaram seus calendários.

Você precisa ser capaz de programar seus posts sem dificuldades. Vou te mostrar como fazer isso em um site WordPress.

Primeiro você precisa escrever vários posts antecipadamente. Eu gosto de ter pelo menos uma semana de artigos guardados, e assim estou sempre uma semana à frente da programação.

Para esse artigo, vamos imaginar que você escreveu seus cinco posts no Google Docs.

Segundo: vamos transferir seu conteúdo do Google Docs para o WordPress, usando uma ferramenta excelente (e gratuita!) chamada Wordable.

O Wordable permite que você exporte seus Google Docs diretamente para o WordPress, com um único clique. Sim, é isso mesmo.

E o melhor: O Wordable preserva sua formatação. Qualquer pessoa que já colou um Google Doc no WordPress sabe que inicialmente a aparência fica horrível. Com o Wordable, sua formatação permanece exatamente a mesma.

image20

image18

Após colocar seu conteúdo no Wordable, você precisa programá-lo. Com as opções nativas do WordPress, você pode programar apenas um post de cada vez, o que não é ideal.

Assim, vamos usar o plugin Drafts Scheduler para programar vários posts ao mesmo tempo.

Após instalar o plugin, verifique se todos os seus posts foram transferidos do Google Docs. Eles devem aparecer como rascunhos na aba Posts.

A seguir, vá a Posts > Drafts Scheduler.

image04

Coloque a opção Post type to schedule como Posts.

image05

A seguir, escolhe uma data inicial para os seus posts. Assim, se você quiser programá-los para a semana do dia 12, sua data de início pode ser a segunda feira dia 13.

Em Posting order, você pode escolher publicar os rascunhos aleatoriamente ou em sequência. Eu gosto do método sequencial, porque organizo meus rascunhos de uma forma específica.

A seguir, selecione o intervalo dos seus posts. Essa função é excelente, porque é muito flexível. Você pode fazer intervalos de horas, um dia ou vários dias entre os posts.

Finalmente, clique em Schedule Drafts. E pronto!

Esse processo todo vai te poupar muito tempo. O post típico de 500 palavras leva cerca de 1-2 horas para ser escrito e publicado. Com esse processo, você pode poupar até uns 15-20 minutos.

(E se seus posts forem longos, você vai poupar ainda mais tempo.)

Conclusão

Trabalhar com blog toma muito tempo quando você faz isso bem. Mas dá ainda mais trabalho quando você faz as coisas da forma errada.

É por isso que tantas pessoas desistem de trabalhar com blog, e porque essa tarefa parece impossível. A impressão é que você tem que dedicar horas por dia ao blog, e ter ideias excelentes consistentemente.

Na realidade, trabalhar com blog exige que você esteja preparado e construa um processo que te ajude a trabalhar no piloto automático.

Os melhores blogueiros têm planos de ação. Eles não sentam e pensam no que fazer. Eles planejam cada detalhe para poder fazer tudo.

Você pode ser incrivelmente produtivo e ter um blog incrível se tomar esses passos agora e construir um alicerce sólido.

Eu sobrevivi a mais de uma década de trabalho com blog porque tenho todos esses sistemas. Hoje, escrever um post de blog não exige muito esforço, porque eu já fiz isso milhares de vezes.

Faça essas 5 coisas e você ficará surpreso ao ver como trabalhar com blog fica mais fácil. Não vai ser entediante ou estressante. De fato, você vai gostar dessa atividade.

Qual é a sua rotina de trabalho com blog? Como você já usou sua rotina para evitar desistir?

Compartilhe