Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

5 Estratégias de Marketing Digital que São Perda de Tempo

time wasting online marketing tactics

Nunca conheci alguém que não gostaria de ter mais tempo.

E, no mundo acelerado e sempre em mudança do marketing digital – com todos os seus avanços tecnológicos e repetições constantes – o tempo é um recurso incrivelmente valioso.

Temos uma fonte inesgotáveis de novas opções, recursos e ferramentas para melhorar constantemente nossos processos para se tornarem mais efetivos.

O lado negativo?

Parece que todas as semanas, há algo novo que você precisa aprender, aproveitar e dominar.

Pode ser uma nova ferramenta de mídia social para descobrir, uma mudança no algoritmo do Google que o obriga a atualizar suas habilidades de SEO ou um novo painel de análise que você precisa conquistar.

E, além da constante evolução, você já possui uma lista de tarefas que tem três páginas e precisa da sua atenção.

A média dos profissionais de marketing gasta cerca de 16 horas por semana sozinho em tarefas rotineiras.

 

Time Spent on Routine Marketing Tasks.pngt1504734144947

Isso é mais de um terço da semana de trabalho gasto em tarefas repetitivas, como gerenciamento de dados, email e redes sociais.

Não é de admirar que os profissionais de marketing, às vezes, se sintam incrivelmente sobrecarregados.

E, às vezes, todos somos culpados de desperdiçar tempo.

Ainda assim, é preocupante que as pessoas que atuam com transmissão e jornalismo – primos do marketing de conteúdo – estão entre as principais indústrias que mais desperdiçam tempo navegando na Internet.

1470851981 lost minutes most least time

Mas sempre há maneiras de se reorientar e recuperar esse precioso recurso, mesmo quando você não acredita que tem tempo para fazer isso.

Eu vou mostrar a você exemplos de estratégias de marketing digital que – se deixado sem controle – podem consumir enormes quantidades de tempo, deixando você com pouco tempo para mostrar seus esforços.

E então vamos descobrir como consertar isso.

1. Usar muitos canais de redes sociais 

Em 1995, a Newsweek publicou um artigo, agora infame, originalmente intitulado The Internet? Bah!

Nele, Clifford Stoll denuncia a internet como uma moda e elimina a ideia de “negócios cibernéticos”.

Screen Shot 2017 09 06 at 13.50.38

Claro, a Internet cresceu para influenciar o negócio monumentalmente.

Como Stoll, o mundo dos negócios passou a subestimar o impacto que as mídias sociais teriam nos negócios, rotulando como um tempo desperdiçado e uma moda do marketing.

Essas ideias iniciais, obviamente, foram comprovadas erradas, e o efeito das mídias sociais nas empresas continua a crescer.

Mais da metade das pequenas empresas nos EUA planejava aumentar seus orçamentos de marketing de mídia social em 2017.

E de acordo com o eMarketer, 44% das empresas locais dependem das mídias sociais para gerar consciência da marca e 41% delas dependem delas para gerar receita.

Em 2017, isso parece óbvio.

Especialmente porque 81% da população dos EUA têm um perfil nas redes social.

 

Screen Shot 2017 09 06 at 13.26.35

Mas essa evolução levou a um problema.

Agora, as empresas não vão subestimar o próximo desenvolvimento das redes sociais ou chegarão atrasadas para a festa e ficarão para trás.

Consequentemente, muitos negócios desenvolveram um caso ruim de FOMO, o medo de ficar de fora???

Esses negócios acabam usando recursos valiosos para manter sua presença em um grupo de redes sociais diferentes, adicionando novos recursos assim que eles aparecem.

Mas hoje há uma abundância de redes sociais por aí. Aqui está uma lista de com apenas o top 15:

Screen Shot 2017 09 06 at 19.58.27

Crescer sua comunidade em apenas uma dessas plataformas é um grande esforço.

Você precisa criar e organizar a lista de posts, responder comentários e mensagens e monitorar o progresso para acompanhar o andamento.

Se você tentar usar muitas redes sociais, desperdiçará muito tempo.

Michael Hyatt, com sabedoria, compara isso como provérbio chinês: “O homem que persegue dois coelhos não pega nenhum”.

Hyatt continua dizendo: “Você não pode estar em todos os lugares ao mesmo tempo e não será eficaz tentando”.

O que conta não é a quantidade de canais de redes sociais em você, mas sim a qualidade e o tamanho das suas comunidades.

Quantos canais sua empresa atualmente mantém?

Quantos desses estão tendo um retorno de investimento que vale a pena?

Se você ainda está atualizando seu Snapchat apenas por uma questão de fazer isso, pare.

Muitas empresas têm um canal social muito mais popular do que os outros.

Minha página do Facebook é o meu maior canal social, com quase quatro vezes a quantidade de seguidores do que na minha conta do Twitter.

Analise seus canais sociais – quais funcionam bem e quais não estão valendo a pena?

Em seguida, concentre seu tempo onde ele tem o maior impacto.

E antes de pular no último Snapbook+ ou Witterface, certifique-se de realizar algumas pesquisas para garantir que seu público-alvo esteja se movimento junto a sua empresa.

As melhores redes serão diferentes para cada empresa. Mas você pode entrar nas redes certas para o seu negócio, fazendo perguntas como:

  • Onde está a minha audiência?
  • Onde o meu público está mais ativo?
  • Onde é que minha audiência está procurando?
  • Quais sites de mídia social de nicho são adequados para minha empresa?

Aqui, o Resumo da Pesquisa Global de Mídia Social mostra o uso de redes sociais por diferentes dados demográficos:

Screen Shot 2017 09 06 at 20.18.55

E este gráfico da Comscore mostra o tempo gasto em cada plataforma versus o alcance entre os perfis demográficos dos Millenials:

 

Screen Shot 2017 09 06 at 13.33.34

É interessante notar como o Facebook está anos luz antes do resto. E como Snapchat disparou para chamar tanta atenção dos Millennials.

E aqui estão alguns exemplos de fantásticos sites de redes sociais dos nichos:

Os sites de nicho podem ser ignorados pelas empresas, mas você deve fazer uma busca rápida para encontrar os que são relevantes para você.

Se o seu público-alvo estiver lá, talvez também possa valer a pena passar algum tempo lá.

Screen Shot 2017 09 06 at 20 38 12

Se você quer criar um impacto nas mídias sociais, porém, é vital que você não exija tanto de você.

Considere deixar as redes que não estão atendendo suas necessidades.

E identificar quais redes sociais são as mais importantes para o seu negócio e apostar mais nelas.

2. Ter várias contas na mesma rede social

Outro ponto que está na lista de diferentes tipos de estrategias de marketing digital é manter várias contas em cada rede social.

Isso pode fazer sentido para grandes empresas, como a Apple, que desejam entregar conteúdo diferente para cada um de seus aplicativos individuais.

 

Screen Shot 2017 09 06 at 14.18.08

Ou, pegue o exemplo da Red Bull.

Devido ao seu enorme alcance de marca internacional, eles precisam de contas separadas da conta regular @RedBull para diferentes idiomas e países.

Como @RedBullJapan e@RedBullMexico.

Além disso, uma das suas maiores estratégias de branding é patrocinar esportes radicais. Então eles têm contas dedicadas a cada esporte que patrocinam, como @RedBullRacing e @RedBullSkate.

 

 

Screen Shot 2017 09 06 at 22.14.05

Mas a maioria das empresas não é tão grande quanto a Apple. Elas não têm um impacto tão internacional como a Red Bull.

O seu negócio realmente precisa ter contas de redes sociais separadas?

Porque dividir suas contas pode rapidamente aumentar muito trabalho.

Por exemplo, digamos que você possui três tipos de contas sociais:

  1. Vendas
  2. Marketing
  3. Serviço ao cliente

E você mantém presença em cinco das principais redes sociais:

  1. Facebook
  2. Youtube
  3. Instagram
  4. Twitter
  5. Google+

Agora você tem 15 contas de redes sociais que você precisa monitorar, manter e atualizar diariamente.

E isso exigirá uma grande quantidade de tempo.

Vale a pena?

Se você pode consolidar a presença de sua mídia social em uma conta apenas, poderá ser mais fácil de gerenciar.

E você sempre pode ter vários administradores para cada conta para que pessoas de diferentes departamentos possam estar envolvidas.

Além disso, centralizar suas contas de redes sociais pode fortalecer sua marca, ajudando você a atrair mais seguidores.

O Power Digital Marketing mostrou como combinar suas contas do Facebook, LinkedIn e Google+.

E, embora você não possa juntar contas no Twitter e Instagram, eles oferecem dicas sobre como fazer isso.

Então, considere cancelar todas as contas de redes sociais que não valem o tempo gasto.

Em vez disso, use esse tempo para duplicar os canais que estão se pagando.

3. Criar o máximo de backlinks possível 

Para conquistar os motores de busca e subir ao topo das páginas de resultados do mecanismo de pesquisa (SERPs), você precisa coletar inbound links.

Os links são uma parte importante de como o Google ranqueia sites. Eles representam as duas maiores fatias do gráfico de torta abaixo:

 

Screen Shot 2017 09 06 at 21 42 22

Então, quanto mais backlinks, melhor, certo?

Isso costumava ser o caso.

Os Tricksters podem criar microsites com o único propósito de usá-los para criar backlinks em seus sites.

E as pessoas ainda tentam comprar links e burlar o sistema para recompensar seus esforços de construção de links.

Mas, além de ser demorado e caro para construir um grande número de backlinks, esses processos não funcionam mais.

Por quê?

Porque hoje, a qualidade desses backlinks é vital para seus esforços de SEO também.

A qualidade desses links é determinada pela Autoridade de Domínio (DA) do site que está linkando para você.

Moz explica: “Autoridade de Domínio (DA) é uma pontuação…que prevê o quão bem um site irá classificar nas páginas de resultados do mecanismo de pesquisa (SERP). A pontuação da Autoridadade de Domínio varia de um a 100, o que significa que as pontuações mais altas correspondentes a uma maior capacidade de conseguir backlinks”.

Portanto, backlinks de sites com uma alta pontuação do domínio são muito melhores do que aqueles com uma baixa pontuação do domínio.

Aqui está uma imagem do perfil de backlink do Moz, mostrando a “Pontuação de Spam” dos links recebidos de um site.

Este site tem uma série de backlinks de baixa qualidade:

 

pasted image 0

Por outro lado, uma análise dos backlinks do meu site usando a ferramenta Moz Site Open Site Explorer mostra links de sites com pontuações altas de DA:

Screen Shot 2017 09 06 at 18 08 19

Aqui, você pode ver que o WordPress possui um DA de 99 – uma pontuação quase perfeita.

Então, um único link do WordPress aumentará seu ranking muito mais do que muitos sites menores com baixas pontuações de DA.

Pense em qualidade e não em quantidade.

Agora, construir um grande número de backlinks, independentemente da sua qualidade, é uma perda de tempo.

Em vez disso, concentre-se na aquisição de links de sites de qualidade usando táticas como guest posts e criação de conteúdo compartilhável.

4. Encher o blog de posts

Seth Godin disse: “O marketing de conteúdo é o único marketing que restou “.

E parece que os profissionais de marketing estão quebrando a cabeça desde então.

De acordo com a Hubspot, 53% dos profissionais de marketing dizem que a criação de conteúdo para o blog é a maior prioridade do inbound marketing.

E aqui está o porquê: as empresas que publicam 16 blog posts por mês recebem quase 3,5 vezes mais tráfego do que empresas que publicam de 0 a 4 postagens por mês.

blog monthly traffic.pngt1504716210243width669nameblog monthly traffic

E, de acordo com o Instituto Content Marketing, 85% dos profissionais de marketing B2B contribuíram com seu aumento de sucesso para uma criação de conteúdo de qualidade superior e mais eficiente.

Screen Shot 2017 09 06 at 18.39.01

Então, quanto mais conteúdo você publica, melhor, certo?

Não necessariamente.

Os recursos são limitados, especialmente para pequenas empresas.

No mesmo relatório, o Instituto Content Marketing também descobriu que o maior desafio que os profissionais de marketing B2B enfrentam é não ter “tempo suficiente dedicado ao marketing de conteúdo”.

Screen Shot 2017 09 06 at 18.46.17

Se você tentar escrever e publicar um monte de blog posts, poderá espalhar seus recursos para poucas pessoas e reduzir a qualidade dos seus posts.

E a qualidade é vital quando se trata de criação de conteúdo.

O Google penaliza conteúdo raso.

Manual Action 1

O conteúdo raso é definido como aquele com pouco ou nenhum valor para os usuários que estão buscando.

E a missão do Google é clara: “Nosso objetivo é que você chegue à resposta que procura mais rapidamente, criando uma conexão quase perfeita entre você e o conhecimento que procura”.

Eles querem o que é melhor para o usuário.

E o usuário quer conteúdo de alta qualidade e é por isso que eles recompensam a qualidade e penalizam o conteúdo raso.

Publicar blog posts rápidos preenchidos com palavras-chave não é suficiente mais.

Mas o que é um blog post de qualidade?

Simples: Um que oferece um valor significativo para o leitor.

O Medium mede o sucesso do conteúdo perguntando: “Quanto tempo as pessoas passaram lendo o artigo?”

A pesquisa mostra que o conteúdo de maior sucesso tem uma média de 7 minutos de duração—ou cerca de 1,600 palavras.

media 20170821 12

Postagens longas que proporcionam muito valor ao leitor levam muito tempo para pesquisar e escrever.

Ainda assim, gastar o tempo extra para oferecer valor real aos seus leitores irá buscar um maior retorno sobre o investimento.

Portanto, não arrisque diminuir a qualidade do seu conteúdo para acompanhar o seu cronograma de explosão de conteúdo.

Só aumente a quantidade de conteúdo que você produz e publique se você puder garantir a qualidade.

5. Responder a todas as interações sociais

83% de todos os profissionais de marketing buscam ativamente iniciativas de marketing de redes sociais.

E todos nós temos que começar de algum lugar.

No início, há uma boa chance de que você não receba muitos comentários ou mensagens.

Neste caso, responder a todos os comentários e mensagens que você recebe é uma coisa boa. Isso ajuda você a desenvolver sua comunidade.

Mas à medida que suas mídias sociais crescem, você receberá mais e mais comentários, mensagens e respostas.

E, às vezes, durante o seu crescimento, terá um ponto da curva onde responder a todos não será mais uma ação eficaz para seu tempo.

As necessidades de cada empresa variam.

Toda semana, 64% dos profissionais de marketing usam redes sociais por seis horas ou mais e 41% usam por 11 horas ou mais.

E quase 19% dos profissionais de marketing passam mais de 20 horas por semana em redes sociais.

Isso é quase metade de toda a semana de trabalho.

Mas se você quiser tempo para se concentrar em mover os projetos maiores para a frente, você não pode se matar respondendo a todos os comentários, tweets ou mensagens que recebe.

Claro, é absolutamente fundamental ser um membro ativo da sua comunidade online.

Os clientes que recebem uma resposta são 44% mais propensos a compartilhar a experiência com outros.

Screen Shot 2017 09 06 at 16.44.44

E a velocidade com que você responde é algo crítico.

Responder rapidamente a tweets de clientes aumenta significativamente a quantidade de dinheiro que eles provavelmente gastarão:Screen Shot 2017 09 06 at 16.42.58

Além disso, o engajamento com seus prospects e clientes promove a confiança e dá informações sobre as necessidades deles.

Mas certifique-se de gastar seu tempo nas conversas e nas interações que realmente valem a pena.

O que me leva a outro ponto: Não alimente os trolls.

Um “troll” é alguém que interrompe deliberadamente as discussões online com a intenção de provocar uma resposta emocional.

Seja em comentários do blog, salas de bate-papo ou fóruns, sua contribuição é muitas vezes fora do assunto e inflamatória.

image

Em uma pesquisa realizada em 2017 com mais de 3.000 americanos, 47% reportaram sofrer algum tipo de assédio ou abuso online. Infelizmente, esse número sobe para 65% com pessoas de 19 a 29 anos.

E 66% desse assédio está vinculado a mídias e aplicativos sociais.

Se você ainda não passou por isso, deverá encontrar um troll em algum momento.

De acordo com o Psychology Today, “Os Trolls da Internet São Narcisistas, Psicopatas e Sadistas”.

Eles querem atenção. Não dê isso a eles.

Quanto mais atenção você der, mais propensos estarão a fazer troll de novo.

Em geral, não perca seu tempo com trolls. Na maioria dos casos, é melhor ignorar esses comentários do que tentar argumentar com eles.

Tentando argumentar com alguém deliberadamente irracional não é um uso produtivo do seu tempo.

E não se preocupe com os trolls que você ignora afetarem negativamente sua marca.

Se você detectar um troll em seus comentários, é provável que seus outros leitores também os percebam como um troll.

Então faça o seu melhor para detectar os trolls e superá-los.

Respire, não morda a isca e continue.

Conclusão

No mundo do marketing digital, o tempo é uma moeda extremamente valiosa.

Se você quer aumentar sua eficácia, é vital monitorar a forma como o seu tempo está sendo gasto.

Os profissionais de marketing digital precisam ser adaptáveis.

Melhorias interativas para o processo de marketing e novas tecnologias chegam toda semana. E nós precisamos ficar no topo dessas mudanças se quisermos prosperar.

Você não pode perder tempo escrevendo blog posts ineficazes ou respondendo a um fluxo aparentemente interminável de comentários e mensagens de redes sociais que inundam seus feeds todo dia.

Você precisa garantir que está focando em atividades que vão gerar o maior retorno sobre o investimento.

Quais são os tipos de estratégias de marketing digital que você continua usando e provavelmente não são mais eficazes?

Compartilhe