Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Como Usar a Curadoria de Conteúdo para Crescer sua Marca

curation

Vamos encarar os fatos.

Organizar até mesmo a mais básica campanha de marketing pode ser desgastante para você.

Esqueça ter mão de obra suficiente. Não há como escapar do fato de que criar conteúdo novo do zero regularmente se torna exaustivo rapidamente.

E, para piorar, as necessidades do consumidor médio continuam aumentando.

HubSpot encontrou uma correlação clara e direta entre o número de posts de blog mensais e tráfego de inbound.

10.1

Duvido que eu tenha que te falar que o seu público quer mais conteúdo, e que eles querem agora.

Mas e se existisse uma maneira de todo mundo conseguir o que quer?

Seu público consegue conteúdo inédito e relevante frequentemente, e você não fica emperrado tentando reinventar a roda todos os dias da semana.

Parece bom demais pra ser verdade, certo?

Errado.

Bem-vindo ao mundo da curadoria de conteúdo.

Para aqueles de vocês que fazem parte do ecossistema de marketing de conteúdo há algum tempo, eu duvido que essa seja a primeira vez que vocês ouvem sobre curadoria de conteúdo.

Já consigo até ouvir alguns de vocês agora.

“Mas Neil, curadoria de conteúdo não é nada mais do que roubar o conteúdo de outras pessoas e postá-lo em seu blog e redes sociais!”

Eu entendo vocês. E, honestamente, é uma grande vergonha que as péssimas escolhas de algumas pessoas tenham manchado a reputação dessa tática.

Deixem-me esclarecer isso agora mesmo. Plágio não é a mesma coisa que curadoria de conteúdo.

Curata faz um excelente trabalho ao ressaltar os benefícios da curadoria de conteúdo com o infográfico abaixo.

10.2

Ironicamente, receber o crédito pelos outros influenciadores em seu mercado é a última coisa que você quer quando está fazendo curadoria de conteúdo!

Se você fizer as coisas direito e entender os fundamentos da curadoria de conteúdo, esqueça sobre apenas usar a curadoria de conteúdo para crescer a marca.

Equipado com o conhecimento e as ferramentas abaixo, você será capaz de maximizar o sucesso dos seus esforços de marketing e se tornar uma autoridade online legítima.

Mas, antes de nos aprofundarmos demais, temos um trabalho prévio a fazer.

Se você é novo no mercado de marketing de conteúdo, as próximas seções são essenciais.

Confie em mim, você vai querer se familiarizar com o básico antes de começarmos a analisar isso.

Se você é um veterano do mercado, então sinta-se livre para pular para qualquer seção abaixo da qual você precise de ajuda.

Dito isso, mesmo que você já esteja familiarizado com curadoria de conteúdo, você deveria voltar e ler o artigo inteiro se quiser aproveitar alguns dos meus insights pessoais.

Aqui está a minha lista de tudo o que você precisa saber para começar a fazer curadoria de conteúdo e aumentar a sua marca no processo.

  • O que é curadoria de conteúdo e por que eu deveria fazer isso?
  • Como eu faço curadoria de conteúdo corretamente?
  • Ideologia geral de curadoria de conteúdo efetiva
  • 5 exemplos de curadoria de conteúdo apropriada
  • 5 ferramentas que você pode usar para começar a fazer curadoria de conteúdo hoje
  • Com que frequência você deve fazer curadoria de conteúdo?
  • Onde você deveria compartilhar a sua curadoria de conteúdo?
  • Curadoria em blogs versus redes sociais

Agora que já nos livramos disso, vamos para a parte divertida!

O que é curadoria de conteúdo e por que eu deveria fazer isso?

Seria fácil apenas jogar uma definição aqui e seguir em frente. Mas há uma diferença entre conhecer a definição correta e entender o que é uma curadoria de conteúdo de qualidade.

No que diz respeito às definições, aqui está a com que vamos trabalhar (apenas para garantir que estamos em sintonia).

Curadoria de conteúdo é, em sua essência, a apresentação de informações relevantes, inicialmente dependendo da compilação de conteúdo de alta qualidade de outras pessoas.

Qualquer conteúdo que acabe fazendo parte da sua campanha de marketing — seja básico, complexo ou um pouco dos dois — precisa prover um valor tangível para os seus leitores.

curadoria de conteúdo pode ajudar negócios a superar vários obstáculos, como mostrado abaixo:

10.3

O conteúdo do qual você faz curadoria deve sempre manter o mesmo padrão do seu conteúdo original.

Informação relevante e de alta qualidade é do que seu público precisa, e ser associado com muito conteúdo rico em valor traz ótimas vantagens.

Mas minha definição de curadoria de conteúdo eficiente vai além de apenas compilar o conteúdo de outras pessoas e vomitá-lo em seu blog ou redes sociais.

Para aproveitar o máximo desse processo, você precisa focar na apresentação desse conteúdo.

Ou, mais especificamente, como você usa aquele conteúdo para reforçar a reputação da sua própria marca.

Pense nisso da seguinte maneira:

Você poderia apresentar ao seu público um conteúdo precioso que encontrou online? Claro. Isso certamente poderia ajudar com seu branding.

Mas você sabe o que é ainda melhor do que isso?

Pegar aquele conteúdo que você encontrou e aproveitá-lo para criar um novo conteúdo que oferece uma perspectiva pessoal única.

Apenas veja o que a Search Engine Land fez com essa notícia de uma potencial atualização de algoritmo do Google:

10.4

Por que isso é melhor?

Porque com esse pouco trabalho extra, você agora pode ter o melhor dos dois mundos.

Deixe-me explicar.

Serei o primeiro a admitir que criar conteúdo original e atraente de maneira consistente pode ser algo difícil para todos — veterano do segmento ou não.

Só a ocasional crise de bloqueio de escritor pode te atrapalhar profundamente. Se você esteve lutando contra isso recentemente, não está sozinho.

Curadoria de conteúdo é uma solução muito eficaz para esse problema, porque lida com a parte mais complicada de criar conteúdo original: inspiração.

Além do mais, você acaba reforçando a sua posição como uma autoridade online.

O conteúdo do qual você faz curadoria é claramente rotulado e referenciado, garantindo que os seus criadores recebam o crédito pelo incrível trabalho deles.

E o seu blog se torna o lugar onde seu público consegue acessar os dados mais recentes do mercado, uma cortesia sua e de sua estratégia de marketing.

Ainda não está convencido?

Tudo bem, vamos tentar algo bem rápido.

Rápido! Eu quero 5 ideias para artigos em redes sociais. E elas têm que ser relevantes para o estado atual de mídia digital do cenário de marketing de hoje em dia.

Não é tão fácil, certo?

Ok, agora imagine que você acabou de encontrar uma lista de 25 estatísticas de marketing interessantes dos últimos 12 meses, como esta do Contently.

Vai ser muito mais fácil ter 5 ideias quando você está equipado com essa lista, não é mesmo?

E esse é meu ponto.

Você poderia certamente parar logo quando compartilha o conteúdo que encontra.

Mas por que você desistiria da chance de criar conteúdo certamente relevante e desenvolver a sua presença como uma autoridade online?

Como eu faço curadoria de conteúdo corretamente?

Agora que já estabelecemos devidamente a imensa vantagem da curadoria de conteúdo, resta apenas uma questão.

O que realmente significa fazer curadoria de conteúdo corretamente?

Como quase todas as coisas no mundo do marketing de mídias digitais, existe uma resposta curta e uma resposta longa.

A resposta curta é que, para fazer curadoria de conteúdo corretamente, existem apenas 4 orientações gerais:

  • Descubra quais tópicos abordar.
  • Categorize e organize o conteúdo que você encontrar.
  • Decida como você pode aumentar o valor daquele conteúdo.
  • Descubra a melhor maneira de compartilhá-lo com seu público.

A resposta longa é um pouco mais complicada, mas vamos tirar um segundo para focar nessas orientações.

Se você não lembrar mais nada desse artigo, mantenha essas orientações em mente.

Sério.

Ignorar nem que seja um desses fundamentos pode significar desastre para a sua estratégia de curadoria de conteúdo.

Ok, fim do aviso. Vamos focar nisso.

Em primeiro lugar, vai ser muito difícil fazer curadoria de conteúdo se você não sabe quais são os tópicos que você deveria estar abordando.

Com tanta riqueza de informação, decidir por onde começar pode parecer um pouco demais no começo.

Então, quais tópicos você deveria estar abordando?

Felizmente, isso tipicamente acaba sendo a parte mais fácil do processo.

As pessoas parecem constantemente apegadas na questão de decidir sobre o que se qualifica como uma fonte online apropriada.

Minha resposta para isso é muito simples. Se você acha que é uma fonte confiável, seu público provavelmente vai achar a mesma coisa.

Há muitas maneiras de garantir que uma fonte seja confiável. Checar os fatos não demanda muito tempo se você tem acesso a uma coisinha chamada Internet.

As pessoas confiam em sites como o Buffer porque eles construíram uma reputação de terem dados confiáveis.

10.5

Se você está completamente desorientado, dê uma olhada nas páginas dos 3-5 top influenciadores do seu mercado.

Você pode ou fazer curadoria do conteúdo deles ou explorar o conteúdo deles e ver de qual fonte eles estão curando conteúdo.

O que nos leva a nossa próxima questão. Como você decide quais partes do conteúdo farão parte do arranjo final?

Aqui está uma checklist que eu uso para curadoria de conteúdo:

  • O meu público precisa resolver este problema?
  • Há dados suficientes aqui para sustentar análises posteriores e discussões?
  • Eu confio nesta informação e de onde ela veio?
  • Se eu expandir a partir deste conteúdo, isso irá reforçar a minha marca?
  • Eu tenho uma perspectiva única que ainda não foi explorada?

Se a resposta para todas essas perguntas for sim, então você está diante de um tópico que vale a pena abordar.

De muitas maneiras, esse conteúdo deve ter como finalidade a conquista dos mesmos objetivos que o restante do seu conteúdo tem.

E é por isso que o próximo passo do aprendizado de como fazer curadoria de conteúdo corretamente é decidir como você pode aumentar o valor daquele conteúdo.

Essa parte é mais do que adicionar mais algumas estatísticas em um artigo sobre o mesmo tópico e deixar por isso mesmo.

O conteúdo em seu site deve fornecer ao seu público uma experiência única que eles não vão ter em nenhum outro lugar.

Talvez você possa criar um infográfico útil, como o que você pode encontrar neste artigo do Crazy Egg.

Ou, talvez, você possa criar um vídeo original, como esse que você pode ser encontrado nesse artigo do Engadget.

Essa é a parte fundamental para aumentar a qualidade do seu tráfego e diminuir coisas como sua taxa de bounce.

Os dados puros podem estar disponíveis em outros sites, mas a sua análise e conclusões devem ser totalmente originais.

Lembre-se, o conteúdo do qual você faz curadoria é uma expansão do conteúdo que veio anteriormente. Adicione valor não apenas com mais dados, mas com uma perspectiva editorial pessoal.

Então, como você gera valor? Encontrando informações que são relevantes para o seu público e usando-as para criar uma peça de conteúdo que é feita sob medida para ajudá-lo.

É realmente simples assim.

E, finalmente, você precisa decidir como compartilhar esse conteúdo com o seu público.

Não são poucas as maneiras que existem para promover o seu conteúdo. A real questão é descobrir quais dessas maneiras vai ser a melhor via para o conteúdo do qual você faz curadoria.

No estilo comum de marketing de mídias digitais, sua melhor opção vai ser determinada pelos objetivos específicos da sua marca.

Há varias opções populares para compartilhar o conteúdo que você faz curadoria:

  • Redes sociais
  • Newsletters
  • Blogs
  • Widgets
  • RSS feeds

Para ser justo, todas essas são opções boas que você deveria absolutamente considerar experimentar.

Mas, para deixar as coisas o mais simples e focadas possível, vamos nos concentrar agora no método mais fácil que é mais provável de lhe trazer os resultados que você quer: compartilhar nas redes sociais.

Sou um grande fã de promoção de conteúdo em redes sociais há muito tempo, particularmente quando você não tem um orçamento de marketing gigante.

Mesmo que você tenha um orçamento de marketing decente, deveria estar usando as redes sociais como uma ferramenta de marketing.

E, se você não acha que eu estou falando sério, dê uma olhada na minha página do Twitter, e você vai perceber o quanto eu acredito no poder das redes sociais.

Em um nível superficial, você pode começar coletando informações de fontes confiáveis e postar o que você encontrou aqui.

É o que várias marcas e influenciadores fazem, e por uma boa razão.

Não há nada errado em desenvolver uma reputação como uma pessoa experiente do mercado que está a par dos insights e desenvolvimentos mais recentes dele.

A única coisa que me preocupa com relação à curadoria de conteúdo nas redes sociais é que parece que as marcas estão perdendo dinheiro.

Ao pensar que essa é a única opção delas no que diz respeito à curadoria de conteúdo nas redes sociais, elas acabam impedindo o seu próprio crescimento como autoridades online.

Se você olhar além do superficial, pode ver que curadoria de conteúdo nas redes sociais oferece duas grandes oportunidades para marcas.

Um dos aspectos mais fáceis das redes sociais que a maioria dos negócios ainda não aproveitou totalmente é o imenso potencial para um envolvimento significativo por meio da promoção do conteúdo que foi curado.

Claro, elas postam links e retuítam de vez em quando, mas quão frequentemente elas estão realmente iniciando um diálogo com seu público?

Aqui está um exemplo de algo simples que sua marca pode fazer para se comunicar diretamente com o seu público.

Dê uma olhada na página do Twitter de Jay Baer e perceba o que ele diz para um fã do seu e-book:

É isso. Nada elaborado ou excessivo.

Apenas uma expressão genuína e humana de gratidão.

Realmente, é tudo o que precisa.

Pense um pouco. Quão frequentemente a maioria das marcas verifica grupos relacionados e garante que o seu conteúdo está focado em resolver os problemas de um membro comum da comunidade?

Você está fazendo curadoria de conteúdo para reforçar a sua presença online e ser visto como uma autoridade no seu segmento, certo?

Se você está esperando receber o respeito e a lealdade de seu público, nada vai acelerar esse processo como mostrar que você se importa com o que eles têm a dizer.

Se você retuíta um anúncio sobre uma importante mudança no algoritmo do Google e 5 pessoas comentam, você deveria responder aos 5 comentários.

Se 10 pessoas responderem, você responde aos 10 comentários.

Se sua marca é mencionada, não hesite em fazer retuitar, como Gary Vaynerchuck faz aqui.

Nas redes sociais, cada seguidor tem o potencial de se tornar um fã para vida toda dos seus negócios. É apenas uma questão de quanto esforço você está disposto a dedicar para inspirar esse tipo de lealdade.

E a melhor parte? Você tem outra chance de convencê-los cada vez que posta.

Pode não ser sexy, mas traz resultados.

Eu não sei você, mas eu escolho efetividade em vez de vaidade a qualquer momento.

Mas esse não é o único lugar onde as marcas poderiam melhorar o seu marketing.

Muito frequentemente, aqueles de nós que estão no segmento de marketing por um longo tempo tendem a olhar para redes sociais individuais como sistemas únicos e separados.

E, até um certo ponto, elas são. Facebook e Twitter podem ser ambos canais de redes sociais, mas estão longe de ser idênticos.

O Twitter tem um guia oficial sobre como escolher uma hashtag, que você pode ver abaixo e encontrar no blog oficial do Twitter.

10.6

O Facebook, por sua vez, precisa de um detalhamento aprofundado apenas para entender suas opções de segmentação de anúncios, o que foi compilado pelo Wordstream.

10.7

O mesmo raciocínio serve para o Instagram, Pinterest, LinkedIn e qualquer outra plataforma de rede social que você pode imaginar no momento.

As suas diferenças são as coisas que nos preocupam. Nós queremos saber exatamente como gerenciar o Facebook e o Twitter e maximizar nosso potencial de marketing no processo.

Tem apenas um pequeno problema. Essa abordagem isolada torna difícil manter o quadro geral em mente.

Nenhuma plataforma de rede social é a mesma. Mas elas todas são apenas caminhos diferentes para o mesmo destino.

Qualquer plataforma de rede social que quer se manter no mercado entende a importância de melhorar constantemente a experiência do usuário.

O interessante é que isso também é um dos fundamentos de uma campanha efetiva de marketing de redes sociais.

Basicamente, aumentar o seu valor aos olhos do consumidor significa realmente oferecer mais valor.

Reconheço que pode levar algum tempo para que você realmente veja o retorno disso por meio do marketing de conteúdo mas, eventualmente, o valor que você ofereceu vai se transformar em tráfego e envolvimento.

Postar nas redes sociais com conteúdo completamente original é ótimo. Definitivamente oferece valor às pessoas.

Mas, honestamente? Elas provavelmente poderiam encontrar conteúdo com valor similar nas páginas do Facebook dos seus concorrentes.

Não estou dizendo isso para te desencorajar, mas para inspirá-lo a achar novas maneiras de oferecer mais valor do que seus concorrentes.

Ah, eles escrevem um artigo novo dia sim dia não também? Legal. Mas eles postam sobre grandes eventos do mercado diariamente como a TechCrunch?

Eles incorporam análises de ponta em seus artigos feitos pelos líderes do negócio deles?

Eles estão acrescentando algo àquela lista de 25 estatísticas interessantes de redes sociais que acabou de ser lançada?

Eu acho que não.

Ofereça às pessoas tanto conteúdo quanto você puder, garanta que é legitimamente valioso e será apenas uma questão de tempo até você se tornar uma autoridade online.

Quando você abraça a natureza orientada pelo diálogo das redes sociais e transforma os seus perfis em um local de parada obrigatória para conteúdo relevante do mercado, é quando a sua marca pode começar a crescer.

Conclusão

Serei honesto. Curadoria de conteúdo pode ser fácil de aprender, mas pode demandar um bom tempo para dominar.

Os desafios de encontrar conteúdo relevante combinado com descobrir como você pode adicionar valor além do que já foi apresentado pode ser difícil para qualquer um.

E, mesmo assim, eu ainda acredito que curadoria de conteúdo é a chave para levar o seu marketing de redes sociais para outro nível.

Simplesmente não há outra opção que tenha o potencial de ser tão impactante assim para a sua presença online em geral e campanha de marketing com tão poucos requisitos de entrada.

Você pode começar hoje. Na verdade, você deveria começar hoje!

Você já experimentou o mundo da curadoria de conteúdo? Como foi a sua experiência com curadoria de conteúdo nas redes sociais?

Compartilhe