Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Guia Completo das Campanhas Automatizadas do Facebook

Quando se trata de publicidade online, o Facebook é um dos melhores lugares para fazê-la.

Do ponto de vista do público, isso faz todo o sentido. Existem mais de dois bilhões de usuários ativos no site por mês.

Ele é o maior site de redes sociais já criado e continua crescendo a cada dia.

Mas com todos os recursos diversos e a grande base de usuários, pode levar horas para monitorar e otimizar.

E eu acredito que você não tenha tempo livre na sua rotina para dedicar à publicidade no Facebook.

Você tem outras coisas para fazer.

Mas isso não significa que você pode negligenciar as suas campanhas de anúncios do Facebook. Elas precisam ser otimizadas se você quiser ter um retorno positivo do seu investimento.

Pode ser um grande gerador de dinheiro para o seu negócio.

Então, como você economiza tempo e ainda assim otimiza as suas campanhas?

Você as automatiza.

Felizmente, a plataforma de publicidade do Facebook permite que nós otimizemos e automatizemos centenas de processos diferentes.

Isso significa que podemos gastar menos tempo na plataforma e mais tempo fazendo outras tarefas.

E o melhor é que é muito fácil de fazer.

Aqui temos o guia definitivo das campanhas automatizadas no Facebook.

Configure o público personalizado para os estágios do funil

O primeiro passo na configuração de qualquer campanha automatizada de anúncios no Facebook é cuidar do público.

A plataforma do Facebook é top de linha quando se trata da criação de público-alvo.

Você pode criar por qualquer coisa, a ocupação, a renda, os hobbies e os interesses.

Mas o objetivo dessa seção é simples, então, não precisa se perder tentando segmentar a toca do coelho. Basta criar o público se baseando nos três estágios desse formulário simplificado da jornada do comprador:

pasted image 0 1965

Criar esses três públicos de acordo com a jornada do comprador nos ajudará a simplificar e automatizar o processo.

A jornada do comprador é um esboço simplificado do processo de tomada de decisão que um usuário comum passa até realizar a compra.

Conscientização: Eles têm consciência do problema deles, mas eles não sabem como resolvê-lo.

Consideração: O comprador está agora procurando por diferentes métodos (produtos ou serviços) para resolver o problema.

Decisão: O comprador agora já descobriu qual é a melhor opção para resolver o problema dele.

Bem simples, não é? Vejamos outro exemplo da SaaS sobre a decisão do produto:

pasted image 0 2012

O objetivo final da jornada do comprador é ajudar os profissionais de marketing como nós a entender que as pessoas não irão converter na primeira visita.

Eles vão praticamente ignorar o primeiro anúncio que eles verem.

Você não pode simplesmente bombardear um visitante desavisado qualquer com um anúncio puramente baseado em compras.

Não vai funcionar. Eles ainda não estão prontos.

Então, ao invés de criar públicos o tempo todo, nós podemos criar três públicos e preenchê-los com usuários baseados no engajamento, tráfego e muito mais.

Uma vez que tivermos definido os públicos, nós não teremos que fazer isso de novo por um bom tempo.

Vejamos como criar públicos para cada estágio do funil.

Conscientização 

Como eu falei antes, o primeiro estágio da jornada do comprador é o da conscientização.

Nesse estágio, os usuários estão cientes do problema deles, mas ainda não começaram a procurar por soluções ainda.

O objetivo nesse estágio é alcançar um público maior para atrair a atenção deles e com sorte colocá-los dentro do funil para que passem por todos os estágios.

Para começar, abra o Gerenciador de Negócios do Facebook e vá para o seu painel de controle. Clique em “Audiências” na aba “Ativos”

pasted image 0 2010

Em seguida, nós vamos clicar em “Criar Público.”

pasted image 0 1974

Nós temos três opções.

A opção que você selecionar vai depender de duas coisas:

  1. Se você já possui algum Público Personalizado do Facebook
  2. O crescimento e desenvolvimento do seu negócio.

Por exemplo, se você já possui um Público Personalizado funcionando ou um negócio com um número alto de clientes, você pode criar “Público Semelhante”.

O “Público Semelhante” vai combinar o seu arquivo de cliente já existente ou “Público Personalizado” com um grupo parecido de pessoas com os mesmos interesses e na mesma região demográfica.

Se você possui a habilidade para usar essa opção, selecione-a.

Se não, você pode criar um “Público Salvo”.

pasted image 0 1987

Um “Público Salvo” geralmente é mais amplo e menos focado em segmentação.

Ele busca conseguir a atenção lançando uma rede maior.

E então, você pega esses usuários engajados e os empurra funil a baixo.

A tela do “Público Salvo” é assim:

pasted image 0 1983

Em seguida, você precisa preencher as informações.

Comece nomeando este como seu público “Conscientização”.

Agora, preencha as informações demográficas básicas do seu cliente ideal.

pasted image 0 1981

Acrescente as informações de local, idade, gênero e idioma.

Essa é a segmentação mais ampla.

Uma vez que tenha preenchido os dados demográficos, você pode começar a ajustar o seu público “Conscientização” com interesses e exclusões.

pasted image 0 1970

A ideia aqui é selecionar os interesses que combinam com o seu produto ou serviço.

Por exemplo, se você vende serviços de otimização para motores de busca, você deve colocar SEO como um interesse.

pasted image 0 1967

Talvez você também venda uma ferramenta de buscas de palavras-chave. Você pode adicionar isso também.

pasted image 0 1995

Agora é hora das exclusões. É aqui que você exclui veementemente as pessoas que você sabe que não vão comprar ao ver os seus anúncios.

Por exemplo, digamos que você nunca vendeu serviços SEO para alguma empresa. Eles simplesmente não querem o seu produto.

E não há nada de errado com isso. Mas é melhor certificar-se de excluir eles para que você não perca o seu dinheiro com vendas que simplesmente não serão concluídas.

pasted image 0 1976

Uma vez que tenha inserido alguns interesses e feito algumas exclusões, você deveria manter a sua audiência entre 500.000-700.000.

pasted image 0 1996

Essa é uma margem ideal para concentrar os seus esforços no lançamento de uma rede maior sem tentar alcançar muita gente e aumentar o risco de gastar muito com publicidade.

Agora que você atingiu o estágio da consciência, é hora de criar um público para aqueles no estágio da consideração.

Consideração 

O estágio da consideração é como o nome diz: o comprador esta considerando as suas opções para consertar ou resolver o seu problema.

Eles estão navegando pelos diferentes fornecedores para ver quem vai ajudá-los.

Como já criamos um público no estágio da conscientização e atraímos centenas de visitas de qualidade para a nossa página ou site, nós agora podemos criar um novo “Público Personalizado”.

pasted image 0 1960

Nós temos muitas opções de escolha para criar um “Público Personalizado”.

pasted image 0 2000

Minhas recomendações pessoais para isso seriam o engajamento ou o tráfego do site.

O seus anúncios do estágio da conscientização têm como objetivo atrair novos visitantes. Esses são só visitantes que não conhecem a sua marca, produto ou serviço.

No “Consideração” nós vamos focar em enviar mais anúncios para as pessoas conforme elas avançam no funil.

Por exemplo, se eles se engajarem no seu site ou página do Facebook, significa que eles estão interessados no que você tem a oferecer.

Eles começaram a considerar o seu produto ou serviço e um simples anúncio direcionado para eles pode empurrá-los para a conversão.

Vamos escolher o engajamento para este exemplo.

pasted image 0 1985

Isso vai certificar que o público é especificamente composto de usuários que estão considerando seus produtos e serviços e que estejam mostrando interesse na sua página.

Nós temos centenas de opções para escolher.

pasted image 0 2004

Só irá depender da configuração dos seus anúncios já existentes.

Por exemplo, você criou um evento? Você tem um perfil comercial no Instagram? Você utiliza formulários de leads ou vídeo?

Se você direcionou o seu “Público Conscientização” para a sua página do Facebook, você pode selecionar quase todos esses.

Para simplificar, nós podemos escolher a opção da página do Facebook

Podemos selecionar dentre diversas opções e interações.

pasted image 0 1958

Para esse exemplo, selecione as pessoas que engajaram com qualquer postagem ou anúncio, ou escolha a opção baseada no CTA.

Certifique-se de selecionar as seguintes opções também:

pasted image 0 1950

Nomeie o seu público como “Consideração” e certifique-se de selecionar 365 dias para continuar afunilando os usuários sem ter que criar novos públicos.

Uma vez que tenha terminado de configurar isso, você pode passar para o último público.

Decisão

Agora que você já criou os dois públicos para gerar conscientização e consideração, é hora de fechar o negócio.

Conclua a venda com os usuários que já desceram todo o caminho pelo funil.

Nesse ponto, você estará lidando com as pessoas que já estão preparadas e prontas para realizar a compra.

Na conscientização, eles viram a sua marca. Na consideração, eles se engajaram com a sua página. E agora, que estão prestes a fazer a tomar a decisão de compra, eles irão provavelmente inspecionar a página do seu produto.

Vejamos como atingir o público nesse terceiro estágio.

Crie o seu terceiro público, o “Público Personalizado”

pasted image 0 1953

Desta vez, escolha a opção “Tráfego do Site”.

pasted image 0 1993

Em seguida, como definição de valor, vamos escolher as visitas de páginas específicas.

pasted image 0 1988

Veja como esse público personalizado deve ficar:

pasted image 0 1952

Você deve focar na página que mostra as características e recursos do seu produto aos usuários que estão próximos de tomar a decisão final.

Utilizando a página das características e recursos do seu produto como a sua URL específica, isso mostra que essas pessoas está bastante interessadas no seu produto e que podem vir a comprar.

Agora que você já personalizou os seus públicos da sua campanha automatizada do Facebook, você pode começar a criar os seus anúncios para cada estágio.

Isso vai permitir que você mova os seus públicos automaticamente através do funil conforme eles se movem para cada passo do engajamento e das visitas do site.

Crie grupos de anúncio para cada estágio do funil

Então, vamos criar anúncios específicos para cada estágio do funil.

Fazer isso irá permitir que você pare com o ciclo atual de criar toneladas de anúncios e ajustá-los diariamente para obter sucesso.

Ao invés disso, você simplesmente vai empurrando os usuários através dos grupos de anúncio até que eles convertam.

E com esses públicos personalizados, eles continuarão fluindo automaticamente.

Que tipe de conteúdo funciona melhor para cada estágio da jornada do comprador?

Aqui vai um bom ponto de referência:

pasted image 0 1962

Os anúncios do estágio de conscientização devem sempre ser iscas digitais de discretas que não custam nada.

Elas podem ser e-books gratuitos ou whitepapers.

O conteúdo deve ir aumentando o valor percebido pelo consumidor, conforme ele vai avançando na jornada do comprador.

Anúncios da conscientização

As pessoas que estão no estágio da conscientização não vão comprar o seu produto ainda.

Então, vamos ser bem simples no começo.

Um excelente ponto de partida para os anúncios da conscientização é utilizar a opção “Conscientização de Marca” do Gerenciador de Negócios do Facebook.

pasted image 0 1957

Em seguida, desça até a sessão do seu público e certifique-se de selecionar o “Público Conscientização” que você criou antes.

pasted image 0 1972

Daqui você pode começar a escolher o formato do seu anúncio.

pasted image 0 1991

Lembre-se, o objetivo desse anúncio é gerar engajamento na sua página  Facebook para colocar esses usuários no próximo público através do funil.

Com esse objetivo, você precisa fazer os usuários irem para a sua página para construir a conscientização de marca.

Uma excelente maneira de fazer isso é fazer um vídeo ou um anúncio em formato carrossel.

pasted image 0 1955

Esses anúncios visuais vão com certeza construir um conscientização de marca e se destacarão no meio da página de um usuário.

Anúncios da consideração 

O próximo passo é criar os anúncios para o seu “Público Consideração”.

No exemplo, nós criamos um público baseado no engajamento no Facebook.

Aqui, nós ainda não vamos criar um anúncio que seja uma oferta (como um pedido para que eles comprem).

Nós vamos facilitar a ida deles para o estágio final da decisão antes de pedir uma conversão.

Uma ótima maneira de fazer isso é rodando um único anúncio baseado em imagens.

pasted image 0 2002

Você deve focar na geração de tráfego para o seu site com uma oferta atraente como um teste gratuito ou um webinar.

O único objetivo deste estágio é educar o público antes de mostrar um anúncio final de conversão.

Vejamos um excelente exemplo de anúncio para o estágio da consideração feito pelo Dropbox:

pasted image 0 1990

Uma vez que você criou o seu anúncio para consideração, é hora de conseguir aquela conversão.

Anúncios da Decisão 

Os anúncios para o estágio da decisão são simples.

Eles precisam gerar conversões.

E você já automatizou tudo até agora.

As pessoas caem nos públicos determinados pelas interações que têm com os seus anúncios, e então eles automaticamente vêm o próximo anúncio conforme avançam pela jornada do comprador.

Surpreendentemente simples, certo?

O último passo é voltar para casa.

Como objetivo final, selecione “Conversões”.

pasted image 0 1984

Para o formato do anúncio, prefira algo simples.

Eu recomendo utilizar ou um anúncio estilo carrossel ou um com uma imagem única.

pasted image 0 1978

Estas são as melhores maneiras de destacar o seu produto de maneira simples e efetiva.

Vejamos um ótimo exemplo de anúncio para o estágio da tomada de decisão (da Veeam Software) que gera conversões.

pasted image 0 1969

Agora que você já configurou os anúncios e os públicos, é hora de automatizar todo o restante.

Automatize os detalhes com as regras

Mas afinal, o que são as regras automatizadas do Facebook?

São uma bênção para os profissionais de marketing.

Ao invés de checar os seus anúncios do Facebook diariamente para verificar se o seu investimento em anúncios está normal ou que os custos de por engajamento não flutuem, você pode criar regras e notificações.

Digamos que você notou a existência de flutuações no custo por ação ou aquisição. Você provavelmente está pensando que é hora de destruir as planilhas e os lembretes de calendário.

O que você diria se eu te falasse que você pode automatizar tudo?

Veja como criar uma regra automatizada para o seu anúncio.

Vá para o seu Gerenciador de Anúncios e clique em “Criar Regra” no painel de controle.

pasted image 0 2006

Aqui, podemos criar diversas regras de automatização para praticamente tudo.

pasted image 0 1998

Por exemplo, você pode limitar a frequência com que alguém vê o seu anúncio.

pasted image 0 1975

O seu custo por resultado está muito alto? Você pode automatizar isso também.

pasted image 0 1980

Deixe-me dar um último exemplo de uma regra que você pode usar. Lembre-se, você pode personalizar essas regras de várias maneiras, de acordo com os seus objetivos.

Você também pode criar quantas regras quiser.

Mas existe uma que eu sempre uso:

pasted image 0 2008

Eu vou explicar para você: Condição = gatilho.

Se essa condição for atingida — no caso, se o meu CPC aumentar para mais de 25 centavos — a ação será disparada.

Minha ação atualmente é aumentar o orçamento diário em 5%.

Isso será aplicado em todos os grupos de anúncio.

Vejamos a explicação completa, em uma linha:

Se o meu CPC for maior do que 25 centavos, aumente o meu orçamento diário para 5% nos grupos de anúncio ativos.

Faz sentido?

Utilize essas regras para otimizar e automatizar tudo que você quiser nos seus anúncios do Facebook.

Eles são extremamente úteis para gerar conversões e ajustar as campanhas sem de fato ter que ficar lá trabalhando nelas o tempo todo.

Tudo o que precisa fazer e configurar algumas regras de deixar o Facebook tomar conta do restante.

Conclusão

A plataforma de publicidade do Facebook é com certeza um dos melhores lugares para fazer anúncios online.

É uma oportunidade para colocar o seu produto na frente de um público de bilhões.

E existem uma centena de opções de personalização de anúncios do Facebook para você direcionar aos seus públicos específicos.

Mas com todos esses usuários e essa diversidade de ferramentas, é difícil não perder horas tentando otimizar as suas campanhas diariamente.

Como profissionais de marketing online, nós não podemos arriscar colocar todos os nossos ovos numa cesta só.

Você precisa ser capaz de passar menos tempo na plataforma e ainda assim conseguir os mesmos benefícios da otimização de anúncios.

E como você faz isso?

Automatizando tudo o que puder.

Comece criando os públicos personalizados para cada estágio do funil.

Ao fazer isso, você irá continuamente segmentar esses usuários nos públicos sem ter que fazer muito.

Em seguida, crie um grupo de anúncios para cada estágio do funil.

Rode os anúncios continuamente e poderá definir anúncios específicos para cada estágio.

Por fim, tome proveito da ferramenta de otimização de regras do Facebook para automatizar as tarefas entediantes e demoradas.

Você não precisa levar o dia inteiro para gerenciar as campanhas do Facebook.

Quais são as suas maneiras preferidas para fazer anúncio em campanhas automatizadas no Facebook?

Compartilhe