Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Como Aprender Automação de Marketing com a Concorrência

competitor

A automação de Marketing tem o poder de aumentar as vendas em 14,5%.

Também pode reduzir sua despesa com marketing em 12,2%.

Mas a automação de Marketing vai muito além do que um típico profissional de marketing pensa ao ouvir o termo.

Muitos pensam que apenas significa automatizar emails.

Isso definitivamente faz parte. Você deve enviar atualizações sobre promoções e alimentar seus leads.

No entanto, essa é apenas uma minúscula fração do processo inteiro.

Na verdade, você pode automatizar quase tudo.

Você pode coreografar tudo, desde a captura de um visitante de primeira vez até a alimentação dos leads para acelerar o processo de conversão.

É por isso que a automação de marketing pode entregar 20% mais vendas.

Mas a maioria dos profissionais de marketing está ignorando os melhores métodos.

Há poucas pessoas na indústria que estão liderando o caminho.

Em vez de dar um tiro no escuro e esperar que funcione, siga os métodos comprovados que elas já estão usando para automatizar seu marketing e aumentar suas vendas.

Aqui vão três coisas que a estratégia de automação de marketing da concorrência pode ensinar a você sobre automação de marketing e sobre como melhorar sua própria estratégia.

Porquê você precisa da automação de marketing

63% das empresas que usam automação de marketing superam sua concorrência.

De qual lado das estatísticas você quer estar?

Do lado que usa a automação de marketing para deixar a concorrência para trás? Ou do lado preso na lama, observando todos ultrapassarem a mil?

Foi o que pensei.

Até 2020, a automação de marketing terá tomado conta de uma grande maioria de processos de base humana que estão em prática hoje.

pasted image 0 481

Isso significa que as empresas estão se tornando mais eficientes.

Estão se desfazendo do que as deixa para trás e automatizando funções inteiras que costumavam consumir horas valiosas de trabalho.

Por exemplo, pegar listas enormes de emails e segmentá-las com base em perfis de cliente costumava demorar horas.

Ainda demora, se você não estiver usando as ferramentas certas.

Você pode imaginar contratar uma pessoa para fazer apenas isso o dia todo, todos os dias?!

A automação de marketing, na verdade, atende a dois propósitos hoje.

  1. Sim, ela pode trazer melhores leads para aumentar as vendas,
  2. Mas também ajuda você a reduzir custos, automatizando processos tediosos

pasted image 0 460

Veja algumas formas diferentes de implementar tarefas de automação de marketing da concorrência que seus concorrentes já estão usando.

1. Filtre instantaneamente os clientes em segmentos específicos

E se eu dissesse a você que pode segmentar seu tráfego instantaneamente em grupos?

Isso inclui até o tráfego frio de primeira vez.

Você diria que sou louco? Talvez.

Mas é possível.

Você pode usar calls to action diferentes e estratégias de geração de leads para dividir o tráfego de primeira vez em grupos diferentes.

Tudo sem gastar tempo para segmentar clientes manualmente com base em suas decisões.

Uma das minhas técnicas favoritas é usar perguntas específicas, enquetes e conteúdo segmentado para fazer o trabalho por mim.

Por exemplo, digamos que você usou um call to action no final de sua página inicial fazendo duas perguntas:

  1. Você tem um pequeno negócio e precisa ____?
  2. Você quer começar um pequeno negócio e precisa ____?

Vê a diferença?

Um significa que você já tem um pequeno negócio.

O outro significa que você não tem, atualmente, mas que deseja ter um dia. Em outras palavras, você é um freelancer ou funcionário de outra empresa.

Esses dois públicos querem coisas completamente diferentes. Essa é a nuance fundamental aqui.

Dependendo da resposta, você pode automatizar as respostas em segmentos diferentes.

Depois, você pode usar seu software de automação de marketing para alimentar cada lead com sequências diferentes de emails. Tudo isso apenas apertando um botão.

Deixe-me dar um exemplo.

Se você der uma olhada no site do Ramit Sethi, verá um questionário.

O questionário é bem simples. Foi feito para ajudar cada visitante a receber um feedback sobre onde ele deve começar a melhorar sua vida.

No entanto, Ramit não é bobo. Ele é incrivelmente inteligente. Está usando esse questionário para segmentar o público com base na resposta.

Primeiro, ele cumprimenta o novo usuário com um CTA de ação:

pasted image 0 456

Desde já, você consegue sentir uma diferença.

Alguns sites já iriam bombardear imediatamente os novos visitantes com um pop-up invasivo que pedisse instantaneamente por seu email.

Mas Ramit não faz isso.

Em vez disso, ele usa um processo de vários passos para coletar essa informação.

E, mais importante ainda, ele ainda agrega valor ao mesmo tempo. “Você sabe qual seu potencial de ganho?”

Ele conecta-se diretamente com o visitante para ajudá-lo com a pergunta provocante no fundo de suas mentes.

Ramit faz algumas perguntas simples para começar.

pasted image 0 479

Começa apenas com duas perguntas. Então, já está segmentando você desde o início.

Depois, Ramit usa outras perguntas para qualificar ainda mais as pessoas.

As respostas dos visitantes irão filtrá-los entre diversos grupos. Esses grupos ajudarão Ramit e sua equipe a entender quais de seus produtos serão melhores para eles.

Por exemplo, é isso que você vê quando ele pergunta sobre o tipo de trabalho que te agrada:

pasted image 0 457

E, aqui, algumas perguntas sobre sua personalidade:

pasted image 0 452

Percebe o que está acontecendo?

Ele está coletando dados sobre seus focos. Ele quer saber onde você precisa de ajuda para que possa entender a melhor forma de orientar você.

Depois, ele fica mais específico. Faz algumas perguntas sobre suas ambições para que possa entender em qual direção você está tentando ir.

pasted image 0 472
Por exemplo, se você escolheu a primeira resposta, será segmentado para o grupo que deseja começar um negócio online e precisa de ajuda.

Depois, você receberá emails de automação de marketing, cheios de conteúdos com esses mesmos tópicos!

Todas essas respostas correspondem a segmentos diferentes de clientes. Isso torna extremamente fácil a automação de todo o processo.

Não sobra praticamente ninguém para você filtrar manualmente.

Depois, ele pergunta sobre sua renda média mensal para avaliar sua probabilidade de comprar certos produtos.

pasted image 0 476

Por exemplo, apenas responder às perguntas sobre suas ambições poderia significar que dois ou três produtos poderiam servir para você.

No entanto, se você responde que possui baixa renda média, eles podem descartar imediatamente o produto mais caro. Ao menos por enquanto.

Depois, Ramit conclui o questionário com um simples formulário de email:

pasted image 0 480

Agora, você precisa informar seu email e nome para acessar os resultados.

Dê uma olhada. Você vai ficar sabendo até para qual segmento foi filtrado com base em suas respostas no questionário.

pasted image 0 467

Nesta página, ele dá diversas dicas diferentes, desde “como começar um negócio online” até “o trabalho freelance e como aumentar sua renda extra”.

Todas essas dicas foram desenvolvidas para ver com quais você interage.

Em outras palavras, você pode observar o que alguém está fazendo em seu site para calibrar o conteúdo que está enviando para cada pessoa.

pasted image 0 455

E, coincidentemente, os produtos dele combinam com cada uma dessas dicas na página de resultados.

A automação ajuda a filtrar os clientes em segmentos altamente detalhados, qualificando-os para a compra e até mesmo vendendo os produtos. Tudo sem qualquer estresse ou atrito!

pasted image 0 468

Durante o questionário, marquei que queria começar um negócio online e aumentar minha receita e minha renda. Dinheiro em espécie!

Logo depois, fui segmentado com um email automatizado que agregou um monte de valor para mim:

pasted image 0 466

Agora que você entende a estratégia de automação de quase todos os passos do processo de aquisição de clientes, desde a conversão dos leads, vamos ver agora como montar algo assim.

Para isso, vamos usar o LeadQuizzes. É uma ferramenta grátis, então, você pode ir acompanhando o passo-a-passo para começar.

Ramit usa a Ion Interactive. Você pode preferir essa ferramenta, se estiver interessado em adaptar a abordagem específica dele e se puder gastar com um sistema integrado de automação de marketing.

Comece acessando o site do LeadQuizzes e se inscreva para uma conta gratuita:

pasted image 0 473

pasted image 0 478

Depois, você pode aderir ao plano grátis:

pasted image 0 474

Depois de se inscrever e começar a criar seu questionário, você pode aplicar a segmentação.

A segmentação filtrará os usuários automaticamente com base nas respostas que derem em seu questionário:

pasted image 0 469

Você pode até segmentá-los em grupos diferentes, para enviar essas informações diretamente para o MailChimp:

pasted image 0 461

O MailChimp não é sua única opção. O LeadQuizzes também trabalha com outras plataformas de email marketing:

pasted image 0 477

É incrivelmente fácil de usar. Você pode criar um questionário inteiro em apenas alguns minutos.

E não terá que fazer nada manualmente.

O software vai filtrar os inscritos e fazer todo o trabalho pesado para você.

2. Automatize para fechar mais vendas

69,23%.

Essa é a taxa média documentada de abandono de carrinho de compra em lojas de e-commerce.

Isso é péssimo. Significa que quase 70% de suas possíveis vendas estão abrindo mão da escolha de se converter no último segundo.

Você está perdendo 70% mais vendas, simplesmente por conta da escolha deles de ir embora — apesar de mostrarem interesse inicialmente.

Por sorte, a automação de marketing vem ao resgate novamente!

Quando alguém abandona o carrinho, você pode enviar um email automatizado para lembrá-lo do produto que deixou para trás.

É uma forma poderosa de guiar os clientes na direção certa. Você pode até combiná-lo com alguma oferta por tempo limitado, para aumentar a urgência.

Veja um exemplo da Homesick Candles que recebi recentemente:

pasted image 0 471

Eles fazem bons presentes — não me julgue!

Yankee Candle Company usa uma tática semelhante.

Mas, em vez de simplesmente automatizar um email quando alguém abandona um produto no carrinho, eles automatizam emails se você cadastrar seu email no site deles mas não decidir adicionar um produto ao carrinho ou comprar deles.

Então, eles procuram você com itens que você consultou durante sua visita ao site, esperando despertar interesse novamente:

pasted image 0 453

E até empresas de grande porte estão aproveitando essa estratégia de automação. Veja outro exemplo, da Costco:

pasted image 0 459

E veja como configurar isso você mesmo em seu MailChimp!

Você pode configurar uma automação de abandono de carrinho facilmente com qualquer outra plataforma de email marketing.

Mas usaremos o MailChimp neste exemplo, porque é uma das mais fáceis de usar.

Se você usa o Shopify, Magento, WooCommerce ou PrestaShop, pode facilmente baixar e instalar o plugin do MailChimp aqui.

Isso ajudará você a integrar as duas plataformas com apenas alguns cliques.

Comece acessando a página de automação de sua conta do MailChimp.

Depois, clique em Add Automation:

button clickaddautomation

Depois, na página “Explore Automations”, selecione a sequência “Abandoned Cart Email”, assim:

automation exploreautomations abandonedcartemail

Depois, escolha sua plataforma de e-commerce do menu drop-down:

pasted image 0 483

A partir do email básico de automação, você também pode editar o tempo que deseja antes do envio do email automatizado.

Por exemplo, digamos que você quer esperar mais de uma hora para enviar o email automatizado.

Dessa forma, não vai enviar acidentalmente para pessoas que realmente voltem e fechem a compra.

Sem problemas! Você pode simplesmente escolher essa opção no drop-down:

pasted image 0 454

Depois de configurar o gatilho da automação, qualquer pessoa que abandone o carrinho em seu site receberá um email!

3. Conteúdos dinâmicos trazem resultado

74% dos clientes dizem ficar frustrados quando veem conteúdo que não é relevante para eles.

Então, aquela abordagem não personalizada de produzir conteúdo em massa para toda a sua lista de email não vai funcionar.

Seus clientes são diferentes. Eles importam-se com coisas diferentes e têm pontos diferentes de dor.

Alguns clientes podem até estar em segmentos diferentes, como dissemos anteriormente.

Ou podem estar em estágios diferentes de sua jornada de cliente.

O ponto é que você não pode arriscar enviar o conteúdo errado para a pessoa errada. A não ser que sua meta seja perder vendas, a qual sei que não é.

Você enviaria para um cliente que usou um produto SaaS uma vez e nunca mais voltou um “guia do especialista para obter mais clientes”?

Ou enviaria a ele um email personalizado perguntando se precisa de ajuda para utilizar seu produto?

conteúdo personalizado dá às pessoas exatamente o que elas querem.

Veja um ótimo exemplo.

No outro dia, recebi este email da HelpScout, um programa que uso para gerenciar caixas de entrada compartilhadas de atendimento ao cliente:

pasted image 0 458

Parece bem específico, não é? Está se referindo ao aplicativo de mensagens Slack.

Agora, qual você acha que a taxa média de abertura e clique seria nesse email? Especialmente se foi enviado para toda a base de usuários da HelpScout?

Provavelmente, apenas alguns pontos percentuais, no máximo.

Por quê? Porque é genérico! Não foi personalizado para mim.

Mas, e se soubessem que estou usando o Slack? E se a mensagem fosse em resposta a algo que fiz no site deles?

Vou explicar o que quero dizer.

No outro dia, configurei uma integração no site da HelpScout para trabalhar com o aplicativo de mensagens Slack.

pasted image 0 463

E, apenas alguns dias depois, recebi um email especialmente desenvolvido e automatizado, sugerindo um artigo sobre “Hacks para o Slack”.

Este é um exemplo de ouro de automação de marketing.

Em vez de enviar para todos os usuários em sua enorme lista de emails, eles detectaram automaticamente o que era útil para mim, com base em meu comportamento real.

Então, enviaram um conteúdo perfeitamente adequado para eu usar.

E veja como você pode fazer isso hoje mesmo com o MailChimp.

Para começar, conecte sua conta do Google Analytics na página de configurações de integração de sua conta:

pasted image 0 462

Depois, ative o Google Analytics:

pasted image 0 465

Permitir acesso ao Google Analytics ajudará você a rastrear o que as pessoas veem em seu site a partir das campanhas do MailChimp.

Dessa forma, você pode refinar mais as listas de email e automatizar ainda mais emails com base em seu histórico de acesso.

Por exemplo, digamos que você enviou uma campanha geral de email que dá dicas sobre seu site para uma nova lista de email.

Há novos inscritos que acabaram de criar uma conta gratuita de teste. Depois que eles clicarem no email, você pode acompanhar as páginas exatas que visitarem.

Agora, você pode automatizar essas informações dizendo:

“Se um usuário visitar as URLs a seguir: x,x,x, envie um email com o seguinte conteúdo: ‘dicas para usuários avançados’.”

Para continuar configurando isso após conectar seu Google Analytics, comece uma nova campanha no MailChimp:

pasted image 0 464

Depois, desça até a seção “tracking”, para habilitar o rastreamento via Google Analytics:

pasted image 0 475

E voila! Você já começou a rastrear o que as pessoas em sua lista de email estão fazendo depois que chegam ao seu site.

Agora, se as pessoas caírem em certos artigos de seu blog, você pode segmentá-las e enviar uma sequência automatizada que atenda aos interesses delas.

Além disso, você também pode configurar isso para automação.

Vá até a seção de automação e configure qualquer automação que quiser:

pasted image 0 470

Para esse exemplo, usaremos o “user onboarding”, porque é o momento exato em que você deseja começar a rastrear os comportamentos de URL deles.

Depois, novamente em “tracking,” certifique-se de habilitar a integração com o Google Analytics:

pasted image 0 482

E pronto! Você pode otimizar esse passo ainda mais, automatizando seu fluxo de emails com base nas ações e dados que receber ao longo do tempo.

Conclusão

A automação de marketing pode aumentar suas vendas em mais de 14%.

Ao mesmo tempo, também pode reduzir seus gastos em 12%.

A maioria das pessoas pensa que a automação de marketing é clara e simples. Mas algumas empresas estão abrindo caminho para táticas de automação de marketing.

Não pense na automação de marketing como um processo frio de coleta de montes de emails e, então, de envio das mesmas campanhas genéricas para milhares de pessoas.

Grandes conversões não acontecem dessa forma.

O conteúdo dinâmico, personalizado para cada usuário, é fundamental para a automação de marketing.

Produzir emails relevantes para o destinatário e usar iscas nos emails com base em seu histórico de conteúdo são técnicas muito mais eficazes.

Certifique-se de filtrar suas listas de emails e ter múltiplas campanhas automatizadas, para garantir que você atinja os públicos certos com o conteúdo certo.

Você também deve aproveitar, desde o início, recursos como enquetes e CTAs interativos. Eles ajudarão você a segmentar, qualificar e filtrar os clientes em potencial entre os funis.

Dessa forma, você saberá exatamente quais produtos ou serviços atendem melhor cada um deles. Antes mesmo que eles saibam.

Quais táticas de automação de marketing você já usou para aumentar seu ROI?

NP Digital Brasil

Você quer resultados imediatos?

Minha agência pode fazer todo o trabalho pra você. Somos especialistas em:

  • SEO - Colocamos seu site no topo das pesquisas do Google
  • Mídia Paga - Fazemos seu negócio alcançar quem importa no momento certo
  • Data & Conversion Intelligence - Desbloqueamos as conversões do seu site e criamos dashboards para melhores análises

Fale com um especialista

Consultoria com Neil Patel

Compartilhe

Neil Patel

source: https://neilpatel.com/br/blog/automacao-de-marketing/