Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Qual a Atitude de Empreendedor Perfeita de Acordo com a Ciência?

attitude

Há um ditado por aí que diz que empreendedores não se formam, apenas nascem.

Eu não acredito nisso.

Eu acredito que ser um empreendedor é algo que qualquer um pode aprender.

Mas você precisa ter um conjunto básico de habilidades e a mentalidade certa, primeiramente.

Você sabia que simplesmente por ser otimista, você é mais suscetível a ter sucesso como empresário?

Um estudo da Universidade de Oklahoma em 2016 descobriu que, durante tempos estressantes na economia, empresários confiam mais em otimismo e nos conselhos de outros empresários quando o assunto versa sobre decisões de negócios ao invés de dados do mercado.

Essas decisões por “instinto” podem dar certo. Decisões intuitivas podem ser eficientes até 90% das vezes.

pasted image 0 594

Tive sorte enquanto crescia. Minha mãe começou seu próprio negócio de creche, e eu cresci vendo esse negócio se tornar um empreendimento de sucesso.

Não se consegue comprar esse tipo de experiência de primeira mão.

Porém, você pode ensinar a si mesmo a ter uma atitude de empreendedor e conseguir as habilidades básicas que você precisa antes de abrir seu próprio negócio.

Mas não tome somente minha palavra sobre isso!

Essas são as características que você precisa para criar a atitude de empreendedor perfeita, de acordo com estudos científicos. 

Desenvolva os comportamentos corretos

A Escola de Negócios de Harvard estudou o comportamento de empresários e comparou com o de pessoas que não são empresárias.

Eles identificaram 11 habilidades chave e comportamentos que são relevantes para tanto empresários quanto empregados. O estudo mensurou o quão bem cada grupo executou essas habilidades e comportamentos.

Fiquei surpreso com os resultados!

Empresários rankearam significativamente mais alto em diversas áreas.

No entanto, não havia diferença em como eles motivavam um time, tomavam decisões, colaboravam com os outros, gerenciavam operações ou o quão bem se saíam em vendas.

pasted image 0 578

A pesquisa mostrou que a maior diferença entre empresários e empregados está na atitude, não nas habilidades brutas.

Empresários não gostam de estrutura estabilizada. Eles são ótimos em networking, tem grande visão e o comportamento mais importante de todos: Eles estão confortáveis com a incerteza.

Empresários vivem em um mundo de incerteza. 

Você precisa pavimentar seu próprio caminho, custear seu próprio produto, e descobrir como pagar as contas quando um cliente paga atrasado — ou nem sequer paga.

É arriscado, imprevisível, e como um empresário descreveria: divertido.

Se você está lendo isso e pensando, “Isso não parece nem um pouco divertido!”, então o empreendedorismo não é para você.

O estudo de Harvard prova que qualquer um pode se tornar um empresário. Você só precisa focar em se comportar como um empresário caso queira se tornar um.

Aprenda a ser resiliente 

Resiliência é um atributo chave de empresários de sucesso.

Resiliência define-se em se adaptar-se bem às adversidades e estresse tanto em situações pessoais quanto profissionais.

Significa não dar bola para o desencorajamento e seguir em frente nos tempos de dificuldade. Quando você é um empresário, há muitas épocas de dificuldade.

Resiliência costuma ser estudada por cientistas procurando descobrir o porquâ de algumas pessoas se recuperarem de tragédias e traumas e outras não.

Os resultados de um estudo de trinta e dois anos, publicado primeiramente em 1989 mas relevante até hoje, mostrou que um dos componentes chave de ser resiliente é acreditar que você tem o controle da sua própria situação.

Você pode aprender a ser resiliente de diversas formas, mas ser autoconsciente é crucial.

pasted image 0 604

Não se conforme com o que a vida te oferece. Saia e faça seu próprio destino!

Pesquisadores também descobriram que os níveis de resiliência podem mudar no curso do tempo.

Se diversos maus acontecimentos decaem sobre uma pessoa resiliente, ela pode perder essa resiliência. O truque é como você reage a esses acontecimentos.

Você precisa tratar tudo o que acontece com você, seja bom ou ruim, como uma experiência de aprendizado e uma chance de crescer.

Como você lida com o mundo ajudará a determinar o quão bem sucedido você será. 

Thomas Edison é o exemplo perfeito de resiliência empreendedora.

Ele inventou a lâmpada, mas não antes de falhar mais de 10,000 vezes.

Quando as pessoas o ridicularizavam, ele respondia dizendo: “Eu não falhei. Só descobri 10,000 formas que não irão funcionar.”

pasted image 0 583

Um exemplo nos dias atuais é Oprah Winfrey. A estrela da mídia e de seu programa de entrevistas passou por diversas adversidades para se tornar quem ela é hoje.

Oprah nasceu de pais adolescentes, foi criada pela avó e mais tarde enviada para morar em uma vizinhança com altos níveis de criminalidade e assolada por pobreza em Milwaukee, junto de sua mãe.

Oprah era uma estudante inteligente, mas morar em uma área com violência por todo canto afetou sua vida.

Ela credita seu pai, que a fez estudar muito e também uma bolsa de estudos para universidade, que acabaram salvando sua vida e colocando-a no caminho para o sucesso.

No entanto, ela não estaria onde está hoje sem uma dose saudável de resiliência e força interior.

Seja otimista

Positividade pode conquistar muita coisa.

Não é segredo nenhum que ser confiante e otimista te ajuda a conquistar pessoas e sonhar com grandes objetivos.

Mas acontece que ser alguém positivo também te ajuda a ser um empresário melhor.

Empresários se arriscam mais por sua própria vontade, ao começar seus próprios negócios. Eles são comprovadamente mais otimistas que empregados assalariados em quase todos os aspectos da vida.

Donos de pequenos negócios da geração Y estão liderando o grupo sendo 26% mais otimistas que seus colegas mais velhos.

pasted image 0 589

De fato, um estudo no Journal of Corporate Finance descobriu que empresários altamente otimistas conseguiam assegurar mais verbas e com menos taxas de juros do que empresários não tão otimistas.

Porém, algumas vezes, otimismo demais pode diluir a realidade.

Metade de todos os negócios falham depois de cinco anos, e somente um terço passa dos dez anos.

pasted image 0 597

Mas empresários sempre foram comprovados detendo de maior positividade do que outros grupos.

Um estudo de 1988 descobriu que 81% dos empresários pensavam que a chance do seu negócio sobreviver era maior que 70%.

Um estudo similar conduzido mais de 20 anos depois descobriu que os resultados eram os mesmos. 62% dos entrevistados superestimaram suas vendas projetadas para o primeiro ano.

O estudo também esclareceu as desvantagens em ser otimista.

Os pesquisadores chegaram à conclusão de que otimismo extremo causava super confiança nos empresários, resultando em negócios lançados que ainda não estavam prontos para entrar no mercado.

pasted image 0 600

Otimismo é um indicador de sucesso empresarial. Contudo, também pode fazer com que os empresários se precipitem em decisões sem reflexão o suficiente.

Quando criei o Crazy Egg, pensei que seria um sucesso instantâneo.

Pensei que se os 2% padrão da minha lista de mais de 20,000 emails (na época) assinassem pelo plano de $49/mês, eu estaria fazendo por volta de $20,000 por mês como faturamento recorrente.

Mas não foi isso o que aconteceu.

As pessoas acabaram optando mais pelo plano mais barato, e nosso primeiro faturamento do mês foi somente por volta de $1.000 ou $2.000. Definitivamente não era o que eu esperava.

Eu fui otimista demais.

Acabamos expandindo nossa publicidade e marketing, o que trouxe muitos novos usuários, mas não foi o sucesso da noite para o dia que eu pensei que seria.

Ser otimista é necessário.

Porém, você também necessita ser realista e notar quando as coisas não estão dando certo da forma como você planejou que dariam. E, então, dê um jeito de resolver o mais rápido possível.

Seja um solucionador de problemas

Não é segredo que empresários precisam ser grandes solucionadores de problemas.

Você precisa lidar com tudo, desde problemas no produto até retrocesso financeiro e gerenciamento de empregados.

Tudo que um empresário faz nas etapas iniciais de fundar um negócio envolve resolver problemas!

Então, como você aprende a abordar problemas da melhor forma possível?

A ciência diz que você não simplesmente aprende a resolver um problema, você precisa experimentá-lo. Ganhar experiência com o tempo faz de você um solucionador de problemas mais forte.

Há diversas formas de resolver um problema.

pasted image 0 605

Alguns problemas só necessitam de muito trabalho duro para serem superados, como um prazo de entrega de um produto surgindo no horizonte.

Outros problemas não podem ser resolvido somente com esforço. Se sua competição está roubando sua parcela do mercado, você precisa ser criativo e encontrar uma direção diferente para seus clientes.

O método científico para solucionar problemas e conduzir experimentos caem bem no mundo dos negócios também.

método científico consiste em seis passos:

Propósito/Questão

Qual é o problema? Defina-o.

Um exemplo de problema típico que os empresários enfrentam, “Como eu meço meu negócio?”

Pesquisa

Pergunte para outros empresários como resolveram seus problemas, ou pesquise online.

Considere entrar em um grupo idealizador ou fórum de empresários para construir sua rede de contatos profissionais.

Hipótese

Esta é uma solução em potencial para o problema. Você acha que vai funcionar mas ainda não está certo disso.

Experimento

Teste sua hipótese.

Um verdadeiro experimento científico é aquele onde você testa no mínimo duas variáveis contra um grupo controlado. No marketing, isso é conhecido como teste A/B.

pasted image 0 598

Eu fiz muitos experimentos assim em websites.

Você cria duas (ou mais) versões de uma página no seu website. A meta de cada página é converter usuários em clientes ou assinantes.

Cada página tem algo diferente. Pode ser um design diferente, conteúdo diferente ou até mesmo images diferentes usadas no mesmo design.

Você mostra cada página para uma mesma porcentagem do seu público e observa qual delas se sai melhor.

Dados/Análise

Depois que seus experimentos terminarem, dê uma olhada nos dados.

No exemplo acima sobre a webpage, a Variante A teve o dobro de taxa de conversão da Variante B, sendo claramente a vencedora do experimento.

Conclusão

É aqui então que você decide se sua ideia original (a hipótese) estava correta ou incorreta.

Uma vez que você olhar todos os dados, pode descartar a página de má performance (Variante B) e usar a página de alta conversão no futuro (Variante A).

Solucionar problemas nem sempre segue essa fórmula simples, especialmente para startups.

A tecnologia muda rapidamente e você precisa ser ligeiro o suficiente para mudar a mentalidade rapidamente em resposta.

método científico é a fundação de todo marketing conduzido por dados e experimentos de negócios, mesmo que você o siga conscientemente ou não.

The Scientific Method

Permita-se tempo para ser criativo

Um estudo do MIT concluiu que o cérebro de empresários se comportam diferente do de outras pessoas.

O estudo provou que empresários usam tanto o lado esquerdo quanto direito de seus cérebros mais frequentemente quando tomam decisões.

Empresários usam suas habilidades lógicas de resolução de problemas (lado esquerdo) junto de pensamentos emocionais e criativos (lado direito).

Para testar cérebros empresariais, o MIT juntou empresários e gerentes corporativos para jogar em uma máquina caça-níquel.

Eles deveriam decidir entre continuar apostando na mesma máquina, uma decisão mais lógica, ou trocar de máquina, uma decisão mais emocional.

Ambos os grupos decidiram se manter na mesma máquina ou trocar para uma diferente na mesma medida.

Mas quando os empresários decidiram mudar para uma nova máquina, tanto o lado esquerdo quanto direito do seu córtex frontal se envolveram na decisão. Isso foi mensurado por um exame de ressonância magnética.

Comparativamente, em geral, só o lado esquerdo estava ativo no grupo de gerentes corporativos.

Não é o suficiente simplesmente ser criativo, você também precisa dar à sua criatividade tempo para respirar e pensar.

Um estudo de 2016 da Harvard Business School descobriu que tempo livre leva à soluções inovadoras em pessoas com mentalidade empreendedora.

O artigo descreve como tanto a Microsoft e o Facebook foram fundados em Janeiro. Essa é uma época em que estudantes não tem aula, já que lhes é proporcionado tempo para estudar para as provas finais.

Em uma pesquisa com mais de 6.000 empregados, somente 44% respondeu que suas empresas recompensavam criatividade.

pasted image 0 590

Mais ou menos 78% disseram que novas ideias eram bem vindas por suas empresas.

Surpreendentemente, 85% também disseram que suas empresas ofereciam tempo livre ou “folga” para eles explorarem novas ideias.

Muitas empresas começaram a oferecer mais tempo livre para inovação depois que a notícia da “Política de 20% de tempo livre” do Google saiu.

A regra é que empregados possam passar 20% de seu tempo em projetos pessoais fora dos trabalhos atribuídos pelo Google.

O objetivo é manter os empregados inspirados e interessados em aprender novas habilidades que os fascinem.

A iniciativa rendeu ao Google muito dinheiro.

Gmail, AdSense e Google Transit foram todos inventados por empregados usando seus 20% de tempo livre. E no primeiro trimestre de 2013, o AdSense sozinho resultou em aproximadamente 25% do faturamento total da Google.

Metade dos produtos do Google em 2010 foram iniciados nos 20% de tempo livre.

pasted image 0 587

Como um empresário, você precisa tirar um tempo livre das suas atividades diárias do seu novo negócio. Precisa dar um tempo para o seu cérebro pensar criativamente.

Sabe quando você está no chuveiro e tem uma ótima ideia? 

Esse é o seu cérebro relaxando trabalhando.

Um estudo da Scientific American pediu para as pessoas resolverem um simples problema de associação de palavras.

Eles descobriram que a taxa de resolução bem sucedida para as pessoas que tiveram uma repentina inspiração foi de 94%.

Para as pessoas que refletiram logicamente todo o problema do início ao fim, a taxa de sucesso foi somente de 78%.

Eles usaram exames de eletroencefalograma e ressonância magnética para averiguar o que estava acontecendo nos cérebros deles.

Para as pessoas com uma descoberta repentina, o que é tipicamente referido como “pensamento de chuveiro”, os cientistas notaram que o córtex occipital, responsável pela visualização, temporariamente foi desligado.

pasted image 0 585

Enquanto estava desligado, deu tempo ao cérebro para pausar e pensar sobre o problema subconscientemente.

Isso não é loucura?

Em contraste, as pessoas que metodicamente refletiram sobre o problema fizeram isso com o cérebro consciente.

Pensamento analítico como esse costuma geralmente ser associado a lacunas de raciocínio já que o cérebro tenta fazer sentido do problema, levando a taxas menores de sucesso.

Seja extrovertido e tome riscos

Existem muitos empresários de sucesso que são introvertidos.

pasted image 0 603

Eu sei disso porque sou um deles!

Mas a ciência descobriu uma relação entre os tipos de personalidade e empreendedorismo.

Um estudo chegou a conclusão de que específicos tipos de personalidade do teste de Myers-Briggs acabam se tornando empreendedores mais frequentemente.

teste de personalidade de Myers-Briggs consiste de 16 possíveis resultados de quatro letras baseando-se em quatro áreas de mensuração:

pasted image 0 602

O mundo em que você vive

Isso mensura se você é Extrovertido (E) ou Introvertido (I).

Em outras palavras, você se sente energético e vivo quando envolto de outras pessoas, ou prefere viver dentro da sua própria cabeça?

Reação à informação

Você avalia informação da forma que é apresentada para você, sendo o Observador (S)? Ou você prefere captar as coisas que não estão tanto no preto ou no branco, sendo o Intuitivo (N)?

Tomada de decisões

Como o velho ditado diz, algumas pessoas “lideram com o coração ao invés da razão.”

Esse componente do teste mensura se você faz decisões se baseando na lógica, chamado de Pensamento (T) no teste, ou na emoção, chamado de Sentimento (F).

Estrutura

Ao deparar-se com novas situações e informações, você prefere ser decisivo logo de cara? Isso se refere ao Julgador (J) no teste.

Ou você prefere manter uma mente aberta, sendo tratado como o Explorador (P)?

O tipo de personalidade ESTP é chamado de “O Empresário” devido aos altos leveis de percepção observados nas pessoas com esse tipo.

pasted image 0 592

Um estudo realizado pelo Journal of Psychological Type mostrou que pessoas altamente perceptivas (P) contavam como 46% dos empreendedores entrevistados.

Esses empreendedores perceptivos tendiam a ser criativos, adaptáveis, e eram aqueles que iniciavam a mudança dentro de suas empresas.

Outro estudo concluiu que pessoas com os traços Extrovertido (E) e Pensamento (T) estavam mais suscetíveis a se tornarem empresários por razões similares, incluindo estarem confortáveis em frente aos riscos.

Tomar riscos é essencial para se tornar um empresário de sucesso.

Você precisa estar pronto para avaliar situações e tomar atitudes rapidamente.

Você provavelmente vai falhar em seu caminho para o sucesso, mas sem risco, não há recompensa.

Conclusão

É preciso muita determinação e energia para se tornar um empresário de sucesso.

pasted image 0 579

Também é preciso deter da habilidade de se manter de pé quando falhar, reconhecer essa falha como uma experiência para aprendizado e seguir em frente para o próximo obstáculo a se conquistar.

Isso é resiliência.

Você precisa estar disposto a aceitar novas ideias, mesmo que desafiem crenças que você mantinha há um bom tempo.

Sobretudo, você precisa se manter otimista e acreditar em si mesmo.

No entanto, não ser tão otimista á ponto de ignorar os sinais de que você está se dirigindo ao fundo do poço e precisar mudar a rota.

A ciência já comprovou que empresários tem atitudes diferentes de empregados, mas o que realmente importa é coragem.

Coragem é o elemento para se buscar nos seus objetivos de longa data mesmo que não haja garantia de sucesso. Em outras palavras, é a sua motivação interna e desejo de trazer mudanças ao mundo.

Na minha experiência, coragem é simplesmente o elemento mais importante que um empresário pode ter. 

Para ter coragem você precisa ser resiliente, otimista, saber resolver problemas e saber se vender criativamente.

Se eu tivesse que resumir a atitude empreendedora perfeita em uma só palavra, seria “coragem”.

Eu escrevi sobre isso no meu livro, e não importa se você chama isso de “coragem”, “energia” ou “treinamento”, tudo se resume em dois elementos chave: trabalho duro e mentalidade de sucesso.

Não há limite para o que você consegue alcançar quando sua cabeça está focada no jogo e você está focado no sucesso.

Que elementos você acha que fazem o perfeito empreendedor? Deixei passar algum? Compartilhe-os comigo nos comentários! 

Compartilhe