UX: O Que É, Como Funciona e Como Aplicar (+ 5 Exemplos)

estratégia de UX

UX significa User Experience, ou Experiência do Usuário, em português. Essa é uma estratégia cujas ações buscam não só entregar o melhor conteúdo, como também garantir que ele seja consumido da forma mais agradável possível. Em um site, o UX passa por um um design responsivo, organizado e intuitivo.

Tenho certeza de que você já leu ou ouviu a sigla UX.

Ultimamente, ela está na boca do povo. E não é por acaso.

Afinal, há um trabalho de UX em toda boa experiência do usuário enquanto ele navega na internet ou até mesmo ao adquirir um produto.

UX envolve todo um conhecimento de design responsivo, voltado para facilitar e enriquecer a jornada do cliente não apenas em sites, mas também na própria interação com o objeto de consumo.

E um consumidor que não encontra obstáculos no relacionamento construído com uma marca é um cliente feliz – e ele sempre volta!

Vamos entender um pouco mais sobre o UX?

Neste artigo, vou explicar o conceito, a sua origem, vantagens para o seu negócio e ainda destacar exemplos do uso de UX para você se inspirar.

Antes de continuar, se você quer aumentar sua vendas e saber quais são as melhores estratégias para promover seu negócio online, clique aqui para receber o Guia Completo de Marketing Digital.

guia completo de marketing digital

O que significa a sigla UX?

Sigla UX e termos relacionados com a estratégia

A sigla UX vem de User Experience, ou, traduzindo, Experiência do Usuário.

Trata-se, na verdade, de uma estratégia que se preocupa em entregar ao consumidor experiências com base em um design responsivo, agradável, organizado e intuitivo.

Para entender melhor esse conceito, pare por um instante e pense em plataformas como Netflix ou Facebook, por exemplo. Já reparou como tudo ali é fácil de navegar?

Às vezes, parece até que esses sites sabem exatamente o que estamos pensando – e a ideia é essa, mesmo.

É tudo para não passar raiva ou perder tempo com interfaces desorganizadas ou que ficam travando a cada 5 minutos.

Para isso, existem os profissionais de UX, que trabalham garantindo que a experiência do usuário em determinados aspectos seja a melhor possível.

Mas isso não vale apenas para sites, vale dizer.

O UX designer quer despertar boas emoções nos usuários em diversos níveis e ambientes, como pontos físicos de venda ou aplicativos, por exemplo.

Isso também se estende para a experiência que temos ao utilizar um produto novo, como um celular.

No caso do iPhone, não é de se admirar que a marca reúna tantos fãs fidelíssimos no mundo inteiro.

Para eles, certamente, esses aparelhos são melhores porque não travam, têm um design totalmente intuitivo e despertam sensações positivas.

Seja como for, um bom UX é uma das peças-chave para fidelizar clientes e fazer com que sempre voltem em busca daquela boa experiência novamente.

Por que UX Design é importante?

importância do design UX

Para entender a importância de UX Design, vale fazer um breve exercício.

Imagine que você recebeu no seu e-mail uma oferta de um produto ou serviço que tenha lhe despertado interesse.

Você já conhece a loja física da marca e já até comprou com ela antes, mas a promoção é válida apenas para as compras online.

Quando você tenta acessar o site, nota que ele demora para carregar.

Mas tudo bem, você pensa. Pela promoção, vale a pena esperar um pouco mais.

Então, depois que o site finalmente carrega, você procura pelos itens em oferta, mas não sabe muito bem como fazer.

A promoção não está estampada na página inicial e você sequer encontra o botão de localizar para fazer a busca manualmente.

Também repara que nada ali é muito organizado e, de repente, cai a ficha: você está totalmente perdido dentro de um site e não faz a menor ideia de como achar o que precisa.

Como última alternativa, procura por um telefone de contato que deveria estar estrategicamente localizado para você tirar sua dúvida, mas nem isso.

Pronto.

Eu suspeito que, depois dessa aventura, você não só saiu da página com “sangue nos olhos”, como nunca mais vai voltar a comprar dessa loja.

E é por isso que um UX Design é tão importante.

A velocidade de carregamento, a navegabilidade, a adaptação para visualização nos mais variados dispositivos e a facilidade de encontrar tudo o que precisa em poucos cliques são algumas características que podem fazer toda a diferença nos resultados de um negócio.

E é evidente que a boa experiência do usuário é diretamente relacionada ao aumento das suas conversões e vendas, você não acha?

Se você experimenta sensações boas em um site, não apenas finaliza uma compra, como é levado sem perceber a explorar outras opções ali dentro e conhecer outros produtos.

Afinal, com tudo tão eficiente e organizado, as chances de você permanecer na mesma página são bem maiores.

No fim das contas, esse diferencial talvez seja ainda mais relevante do que o preço em si para o aumento das vendas.

Sobre isso, pense sobre os exemplos das lojas físicas.

Muita gente prefere pagar mais caro, mas ainda assim contar com o conforto de uma loja organizada, com ar condicionado e atendimento personalizado, do que pagar mais barato em uma feira, que apresenta pouca ou nenhuma estrutura para o cliente.

São trabalhos que, quando bem feitos, nós chamamos de invisíveis.

Você não percebe que ele foi feito quando encontra tudo o que precisa, mas, se algo dá errado, sabe imediatamente que está faltando organização ali.

Vantagens do UX Design

conehca vantagens do design UX para sua empresa

Agora que você já sabe qual o significado de User Experience, vou aproveitar para explicar mais detalhadamente as vantagens que esse tipo de trabalho pode trazer.

E já adianto que não são poucas!

Veja só as principais:

Mais tráfego

Um site bem construído, bonito, rápido e fácil de navegar, obviamente, atrai um bom número de visitantes.

Isso também gera uma taxa de rejeição baixa, já que um site responsivo dificilmente vai decepcionar o consumidor logo nos primeiros segundos de acesso.

Mais conversões

O mesmo raciocínio do item anterior vale também para as conversões.

Ora, se o usuário não encontra obstáculos de navegação, as chances de concluir uma ação são bem maiores, seja para fechar uma compra ou simplesmente preencher um formulário de forma rápida e prática.

Fidelidade

O cliente que tem uma boa experiência com a sua loja sempre volta.

São os pequenos detalhes que tendem a diferenciar a sua marca da concorrência.

Menos gastos

Quanto mais funcional o seu site for, menos você precisa gastar constantemente com melhorias, reparos e manutenção.

Além disso, um site que entrega tudo que o usuário precisa em um só lugar dispensa a contratação de funcionários para fazer determinados tipos de trabalhos (e de retrabalhos).

Quando e Como Surgiu o User Experience (UX)?

surgimento do ux design

O termo UX apareceu pela primeira vez lá em meados da década de 1990.

E quem popularizou a sigla foi Don Norman, cientista da computação, e, na época, funcionário da Apple.

Norman já sabia, mais de 30 anos atrás, que entregar ao usuário uma experiência encantadora era um forte diferencial para conquistar sua confiança.

Recentemente, Don Norman gravou um vídeo bem bacana sobre o significado de UX.

Dá só uma olhada e aproveite para conhecer um pouco mais sobre o conceito:

UX em sites e softwares

Como você já viu ao longo deste artigo, o trabalho do UX designer pode se estender à experiência do usuário com diversos tipos de produtos, sejam eles digitais, como um site, ou físicos, como um celular ou um carro, por exemplo.

No caso dos produtos digitais, não preciso nem mais dizer o quanto esse trabalho é importante para garantir a satisfação do seu cliente, não é mesmo?

Basta lembrar do exemplo que usei alguns tópicos atrás – e que, por sinal, acontece com mais frequência do que você imagina.

É por isso que o trabalho do UX deve ser muito bem pensado.

Então, vamos logo dar uma olhada no que um bom UX deve levar em consideração para encantar os seus clientes.

Os cinco elementos básicos de UX

elementos básicos do user experience

Confira agora cinco características que não podem faltar em um bom trabalho de UX:

1. Carregamento do site

Você sabia que 53% dos usuários de mobile abandonam um site se ele demora até 3 segundos para carregar?

Com isso, você já consegue ter uma noção de como a velocidade de carregamento de um site importa.

2. Search Engine Optimization

O profissional de UX também trabalha para que os sites consigam ser mais facilmente encontráveis nas ferramentas de busca.

Afinal, a organização e a navegabilidade de um site têm tudo a ver com SEO, que representa um conjunto de técnicas de otimização para melhorar a experiência do usuário e alcançar os mais altos rankings no Google.

3. Adaptação a diferentes dispositivos e plataformas

A experiência do usuário também está intimamente relacionada à facilidade e usabilidade que ele encontra em acessar o mesmo conteúdo em diferentes dispositivos.

Até porque, hoje em dia, o celular já é a principal forma de acesso à internet entre os brasileiros.

Em consequência, os sites que não são mobile friendly não têm nenhuma chance.

Logo, tudo isso também deve fazer parte das estratégias de UX.

4. Produção de conteúdo

Um projeto de UX, que é a forma, também deve estar alinhado ao conteúdo.

Isso porque de nada adianta pensar em uma estrutura incrível se o conteúdo é fraco e vazio.

Quando a arquitetura da informação, o design e o conteúdo do projeto conversam, encantar o usuário é uma consequência natural.

5. Visual Design

O visual do site ou produto também é um grande diferencial para atrair e manter os usuários na página.

É por isso que existe todo um estudo sobre a harmonização dela, tamanho dos textos e imagens, psicologia das cores, entre outros elementos.

Tudo para transmitir diversas emoções positivas aos usuários.

Como o UX é feito?

prática do UX

Para entendermos como é feito o UX, temos sempre de pensar em interdisciplinaridade.

Esse é um processo complexo que envolve em sua composição um pouco de biblioteconomia, psicologia, design, jornalismo, ergonomia, entre muitas outras áreas.

E, também por isso, profissionais dessas áreas costumam se adaptar bem ao campo de UX.

De maneira geral, existem ainda algumas metodologias são intrínsecas à rotina de um UX designer.

Falo sobre elas agora.

A arquitetura da informação

Determina a estrutura e a forma com que as informações serão distribuídas no sistema.

Projeto de interação

Organiza toda a parte da interação e engajamento com o usuário, integração com redes sociais, etc.

Fluxos das tarefas

É um esquema que mostra o passo a passo de todas as tarefas realizadas, ajudando a deixar as ações do usuário mais fluidas.

Wireframes

Representam de que maneira será feita a composição do site, como distribuição de ícones, botões, entre outros conteúdos.

Wireflows

É o fluxo que traça todo o caminho que o usuário pode percorrer durante sua jornada no site ou aplicativo, por exemplo.

Basicamente, ele mostra quais opções o usuário tem quando clica em um ou outro ícone.

Sitemaps

É o mapa do site, um fluxograma com todos os detalhes e principais informações das suas páginas e as relações entre elas.

O Google também adora os sitemaps na hora de fazer a indexação das páginas, contando aí alguns pontos para quem deseja ocupar as primeiras posições no motor de busca.

O que faz um profissional de UX?

função do profissional de UX

Como já vimos até agora, um profissional de UX é aquele que se preocupa em entregar ao usuário a melhor experiência possível ao ter acesso a um produto, um sistema ou um serviço.

No caso de um site, por exemplo, o UX Designer, como é conhecido, vai pensar em formas de oferecer uma página rápida, com design agradável e responsivo, fazendo com que a navegação ali seja fácil e intuitiva.

Assim, ele trabalha com algumas etapas essenciais, como:

  • Criação de mapas de navegação
  • Fluxogramas lógicos e hierárquicos
  • Design agradável e harmonioso
  • Testes de usabilidade do site
  • Interação dos usuários com a página
  • Otimização de plataformas
  • Mensuração de resultados
  • E muita, muita pesquisa!

Na prática, esse profissional pode criar botões, trocar ícones de lugar, inserir ou retirar texto, determinar cores e linhas de um projeto, enfim.

O que importa é sempre a satisfação do usuário. Sempre!

Uma das principais características do UX, portanto, é a capacidade de lidar com diferentes metodologias de áreas de atuação variadas.

Porém, mais do que qualquer outra habilidade, como ser comunicativo, criativo, desenvolver raciocínio lógico e estar sempre antenado, é importante que um profissional de UX tenha empatia.

Em outras palavras, que ele seja capaz de se colocar no lugar do usuário.

Só assim ele conseguirá pensar em soluções realmente efetivas, que abracem as dores e as principais dificuldades que as pessoas têm ao navegar na internet ou acessar qualquer outro sistema.

Para quem pretende ingressar nessa área, existem hoje cursos, leituras e eventos voltados para o aprimoramento das habilidades necessárias a um bom UX Designer.

Quanto ganha um profissional UX?

salário de um profissional do UX

Como qualquer outra profissão, o profissional de UX pode estar sujeito a salários variados, a depender do tempo de experiência ou nível de conhecimento, por exemplo.

De uma maneira geral, o UX Designer pode receber salários entre R$ 2.000 e R$ 4.000.

Já um profissional Sênior, com mais experiência e mais tempo de mercado, pode facilmente ganhar por volta de R$ 8.000 em grandes empresas.

5 exemplos de UX para você se inspirar

inspirações de UX

Depois de aprender tudo sobre o User Experience, você deve ter chegado até aqui se perguntando: como será que um bom trabalho de UX se parece?

Saiba que sua dúvida está prestes a ser esclarecida.

Eu separei cinco exemplos de como o UX design, quando bem aplicado, pode fazer toda a diferença na hora de causar aquele impacto na audiência.

Confira e inspire-se!

1. Novo Oi

SIte do Novo Oi como exemplo de UX para se inspirar

O novo site da OI, rede de telefonia fixa e móvel brasileira, não é exatamente novo.

Como a própria marca informa, seus profissionais estão há quase 2 mil dias (…e contando) trabalhando em um novo conceito digital: mais simples, intuitivo e cinco vezes mais rápido que o original.

Além disso, o novo site da OI é totalmente mobile friendly, com interfaces 100% adaptadas a qualquer dispositivo.

2. Amazon

Site da Amazon como exemplo de UX para se inspirar

Quem costuma navegar pelo site da Amazon dificilmente tem alguma queixa contra a marca.

Isso porque o site é totalmente inteligente, cheio de opções de upsell e cross sell para que você nunca perca a oportunidade perfeita que tem tudo a ver com seu estilo.

Aliás, o próprio responsável pelo departamento de UX da Amazon, Charlie Claxton, já revelou que a experiência do usuário gera um retorno entre 2 e 100 dólares para cada dólar investido.

3. Oppa

Site de compras Oppa como exemplo de UX para se inspirar

categorias dentro do site de compras Oppa

A Oppa começou a investir em UX em 2014, e, desde então, o site do e-commerce de móveis mais famoso do Brasil sofreu uma verdadeira revolução.

Umas das funcionalidades mais evidentes da plataforma é a sua adaptabilidade a todos os dispositivos.

4. Hubspot

site do Hubspot como exemplo de UX para se inspirar

A Hubspot também recebeu uma boa repaginada no site desde que foi criada.

A equipe da plataforma se considera “apaixonada pela ideia de criar uma cultura onde qualquer engenheiro, designer, gerente de produtos e pesquisador UX causem um impacto verdadeiro”.

5. Ocean Drop

Ocean Drop como exemplo de UX para se inspirar

A loja Ocean Drop, focada sobretudo em nutrição e sustentabilidade, é um belo exemplo de como um UX bem feito nos conduz a querer ficar no site por horas e horas, de tão fácil e agradável que é a sua navegação.

Perceba que o site da marca é clean, bonito e cheio de textos inspiradores, que expõem a missão da marca alinhada a um futuro melhor para o planeta.

Você também consegue encontrar todas as principais funções rapidamente na plataforma, desde ler o depoimento de um usuário até efetuar uma compra.

Conclusão

Garantir uma excelente experiência ao usuário que consome ou pretende consumir seus produtos e serviços pode ser o que faltava para sua marca fidelizar clientes e atrair cada vez mais leads para o seu negócio.

Para isso, existem os profissionais de UX.

São eles que vão desenvolver uma série de técnicas, metodologias e pesquisas voltadas para despertar em seus clientes as melhores sensações possíveis em relação à sua marca.

Seja um design agradável, uma interface intuitiva ou uma incrível velocidade de carregamento do seu site, pode ter certeza de que o profissional de UX é aquele capaz de entregar as melhores soluções.

A verdade é que o usuário que vivencia uma boa experiência tem muito mais chances de efetuar uma compra, voltar na loja futuramente e contar sobre a sua marca para os amigos e familiares.

Além disso, quem investe em UX reduz – e muito – os riscos de qualquer projeto, pensando de antemão o que deve ser prevenido para não ser remediado no futuro.

Depois de ler este artigo recheado de informações e exemplos, você ainda tem alguma dúvida sobre a importância desse conceito para alavancar as suas vendas?

Deixe seu comentário e responda: como espera que o UX contribua com seus objetivos?

guia completo de marketing digital

Compartilhe