Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

11 Motivos para Focar em Palavras-chave de Cauda Longa para o SEO

seo long tail

Quando você publica tanto quanto eu, é difícil não ser repetitivo.

Eu já falei muito sobre como utilizar palavras-chave de cauda longa em meus posts. A razão para isso é que eu foco muito nessas palavras-chave.

As palavras-chave de cauda longa são o alicerce de uma estratégia de SEO eficaz. Palavras-chave de cauda longa aparecem em 70% de todas as buscas online.

search demand curve

Eu já passei tanto tempo explicando como encontrar e como utilizar palavras-chave de cauda longa, mas agora me ocorreu que eu nunca dediquei algum tempo a explicar porque elas são tão importantes.

Obviamente, a estatística de 70% que eu citei acima é parte da resposta. Mas é apenas uma parte.

Isso não explica o panorama como um todo.

As palavras-chave de cauda longa são a sua forma de gerar tráfego de busca orgânico para o seu site. Elas são o santo graal do SEO.

O objetivo desse post é explicar em detalhes (com fatos e exemplos) porque as palavras-chave de cauda longa são tão importantes para suas estratégias de SEO.

1. Como utilizar palavras-chave de cauda longa para ultrapassar o ranqueamento da concorrência

A Conductor, uma empresa de Saas de Nova Iorque, fez recentemente um estudo completo com duração de 9 meses sobre seu ranqueamento de palavras-chave dentro dos mecanismos de pesquisa do Google.

O estudo mostrou que palavras-chave de cauda longa com ou sem otimização on-page tinham mais impacto do que termos com uma palavra única.

average keyword rank movement for head vs long tail

Isso significa que utilizar palavras-chave de cauda longa é o caminho para superar a concorrência.

Mesmo que eles já tenham segmentado um termo de pesquisa, você pode ir mais longe com um post mais otimizado.

Vamos dar uma olhada em algumas pesquisas de palavras-chave relacionadas à realidade virtual no Ubersuggest.

Embora “realidade virtual” tenha menos de 100.000 pesquisas mensais, a concorrência é alta.

Os consumidores que estão pesquisando essas palavras-chave de alto nível provavelmente estão interessados no setor de RV, mas podem não estar comprando nada.

Se você está realmente criando um produto de RV, provavelmente é um jogo, aplicativo ou algum tipo de equipamento.

Podemos restringir o SEO e competir em nosso nicho procurando consultas de palavras-chave mais refinadas. No Ubersuggest, clique em “Ideias de Palavras-chave” na barra lateral esquerda:

Isso gera mais de 500 palavras-chave, muitas das quais provavelmente estão mais relacionadas ao que você realmente vende:

Realidade virtual para Ps4 e óculos de realidade virtual têm um volume de pesquisa válido e baixa SD. E se você não tem certeza do que significa SD, significa dificuldade de SEO. É uma pontuação de 1 a 100, com 1 sendo uma palavra-chave para a qual é bem fácil ranquear e 100 sendo uma palavra-chave para a qual é difícil ranquear.

Seu objetivo é encontrar palavras-chave de alto volume e baixa SD. Essas são as que dão o melhor retorno possível.

2. Palavras-chave de cauda longa são como as pessoas pesquisam na Internet

O grande objetivo do negócio de pesquisa do Google é apresentar aos usuários as informações certas para suas pesquisas.

Se eu pesquisar “Tendências de SEO para se Preparar em 2018″, é porque estou procurando especificamente informações sobre essas tendências.

SEO Trends 2018

Algum especialista em SEO publicou um artigo sobre tendências de SEO para 2018 em abril de 2017.

É uma boa ideia, mas muita coisa já mudou de lá para cá. E muitas coisas ainda vão mudar no futuro.

Foi por isso que o Search Engine Land e o Search Engine Journal esperaram até dezembro de 2016 para listar tendências para 2017 – e vão fazer o mesmo para 2018.

Como especialista em marketing digital, eu não vou pesquisar “SEO.” Meu interesse está em “SEO tendências” “SEO histórias de sucesso de marcas”e outras palavras-chave de cauda longa.

Uma das maiores tendências de SEO tanto para 2017 quanto para 2018 é a otimização de pesquisa móvel.

Expert Roundup 1024x514

Em maio de 2016, o Google aumentou o limite de caracteres nos títulos e descrições dos SERPS.

Com a exibição de uma palavra a mais, as palavras-chave de cauda longa se tornaram uma parte ainda mais essencial da otimização de busca em dispositivos móveis.

É só lembrar que as pessoas geralmente só fazem pesquisas por uma dessas três razões: para fazer alguma coisa, aprender alguma coisa ou ir a algum lugar.

Tenha isso em mente na hora de planejar suas campanhas de palavras-chave.

3. Palavras-chave de cauda longa dão contexto ao seu conteúdo

O Google sempre promoveu a busca contextual, e com seu atualização Hummingbird de 2017, está fazendo ainda mais por esse sistema.

Para quem não sabe porque essa atualização se chama Hummingbird (beija-flor), todos as atualizações do Google seguem um tema.

As atualizações do Android são nomeados em ordem alfabética com nomes de sobremesas.

Você pode ver monumentos com cada um desses doces no campus da Google em Mountain View, Califórnia.

E as as atualizações do algoritmo de pesquisa do Google usam os nomes de animais.

Google Hummingbird Algorithm Updates

Com cada atualização, os animais do Google removem mais resultados fracos ou mortos dos SERPs.

O Panda e o Penguin particularmente deixaram muitos especialistas em SEO ansiosos.

O Hummingbird ajustou cada algoritmo de pesquisa para acertar a combinação exata com mais frequência e aprofundar a compreensão do contexto.

Essencialmente, o Google está focando em palavras-chave de cauda longa e aperfeiçoando seus resultados de pesquisa.

Você também deve fazer isso!

4. Palavras-chave de cauda longa têm taxas de conversão mais altas

Segundo uma pesquisa recente do WordStream, os 10% de melhores landing pages convertem a 11,45%.

A taxa de conversão média para palavras-chave de cauda longa é de 36%!

image37

É uma diferença enorme!

Mas mais uma vez, isso não é a história toda. Aqui está uma visão mais detalhada das taxas de conversão ao longo de diferentes propriedades na web.

search conversion rate distribution

Uma expectativa mais realista é ter uma taxa de conversão de 2-5% em seu site.

Talvez ainda menos, se você estiver apenas começando.

Você não vai aumentar a conversão para 30% magicamente de um dia para o outro, só por acrescentar algumas palavras-chave de cauda longa ao seu site.

Não estou falando disso.

Não existe um botão para fazer isso automaticamente.

O que as palavras-chave de cauda longa vão fazer é solidificar seu funil de CRO através do tráfego de busca orgânico.

Com menos de 25% das páginas da web sendo visualizadas, você não pode ignorar essa questão.

É mais barato pesquisar esses termos mais longos e escrever posts relacionados a eles do que pagar uma campanha PPC para cada um deles.

No entanto, uma boa campanha PPC pode ser uma boa solução temporária enquanto suas ações de SEO se desenvolvem.

É um processo, e o Google sabe disso.

É por isso que o próximo item é verdade

5. Como utilizar palavras-chave de cauda longa pode te ajudar a ranquear para palavras-chave únicas

Nosso objetivo final é ranquear nos SERPs com palavras-chave curtas.

As palavras-chave de cauda longa nos ajudam a fazer isso.

Vamos dar uma olhada no relatório do Ubersuggest para o meu site, NeilPatel.com.

Ao rolar a página, preste atenção à seção de Rankings de Palavras-chave de SEO:

Eu ranqueio para 1,2 milhão de palavras-chave, muitas das quais relacionadas a marketing digital, SEO, Pinterest e marketing de afiliados. Mas você pode realmente pensar em todos os 1,2 milhões?

Você eventualmente precisará estender-se para palavras-chave de cauda longa, e eu tenho uma distribuição bem uniforme de cerca de 8.000 a 10.000 páginas ocupando os resultados mais baixos nos SERPs.

6. Como utilizar palavras-chave de cauda longa alimenta a estratégia do seu blog

Eu já mencionei isso algumas vezes, mas quero fazer uma seção específica sobre esse tema.

Ter um blog é a melhor forma de ranquear nos SERPs.

É o alicerce de qualquer estratégia de marketing de conteúdo. Ponto final.

Veja como as palavras-chave de cauda longa em blogs são vistas pelos mecanismos de busca.

image484

Para serem eficazes, as palavras-chave de cauda longa precisam ser usadas no contexto correto na URL, na title tag e no corpo do texto.

Para ter ainda mais visibilidade, usar a palavra-chave foco em imagens alternativas e cabeçalhos faz bastante para otimizar seu site para SEO.

Se eu tivesse apenas um blog sobre SEO, já estaria pronto.

Mas isso não vai ajudar.

Eu preciso de palavras-chave de cauda longa para continuar criando conteúdo.

Aposto que “dicas de otimização para mecanismo de busca” vai gerar algum tráfego para mim.

Vamos colocar no Ubersuggest e ver o que aparece.

Isso por si só pode não lhe dizer muito, mas você pode ir mais fundo clicando em “Ideias de Palavras-chave” na barra lateral esquerda:

Agora você tem acesso a uma variedade de palavras-chave de cauda longa, relacionadas à palavra-chave principal.

Por exemplo, “dicas para otimização de mecanismos de pesquisa” é uma variação natural da palavra-chave principal. Se você ranqueia para uma, deveria tentar ranquear para ambas.

Eu posso continuar seguindo essa linha para criar um calendário de conteúdo de um mês inteiro só para o termo SEO.

Depois, nós fazemos o mesmo para marketing de conteúdo, marketing de influenciadores, otimização de taxa de conversão, marketing de mídia social e assim por diante.

Em breve, teremos um blog digno de competir com os melhores.

O relatório anual de Estado de Inbound do HubSpot mostra consistentemente que com quanto mais frequência você posta no blog, mais tráfego você receberá.

0711pm blogging traffic 599x478

Palavras-chave de cauda longa são a chave para criar um calendário de conteúdo consistente.

Apenas lembre-se de agregar valor real à conversa.

7. Ranquear com palavras-chave de cauda longa constrói um túnel de conversão forte

Outra razão para escrever em seu blog sobre palavras-chave de cauda longa é que isso ajuda a construir um funil de conversão.

Gerar tráfego e leads é o maior desafio de marketing enfrentado por empresas atualmente.

Uma pesquisa do HubSpot constatou que 65% das empresas se preocupam com isso.

top marketing challenges

Isso acontece porque as ações de marketing de conteúdo delas não estão conectadas a um funil de conversão.

Veja como fica um funil de vendas básico.

Screen Shot 2017 05 12 at 11.13.40 AM

Os passos 1-5 podem ser feitos usando um blog que aborda palavras-chave de cauda longa.

Ranquear com o produto em si é ótimo, mas para gerar confiança no consumidor, você precisa fornecer o máximo de informação possível.

Cada consumidor virá a você em uma parte diferente do funil de vendas, e você precisa conduzi-lo às fases de negociação e encerramento do funil.

É por isso que blogs e hospedagem de páginas são consistentemente considerados mais importantes do que publicidade paga no processo de aquisição de consumidores.

top preformers use marketingautomation gleanster

Quanto mais páginas você tiver, mais palavras-chave pode ranquear. Isso vai construir um funil maior.

O 6º e o 7º passo do funil são fáceis de otimizar.

Depois de fazer isso, você precisa continuar aumentando o funil e alcançando o máximo de consumidores possível, em cada passo do processo de compra.

As palavras-chave de cauda longa são a solução.

8. Integre dados estruturados em palavras-chave de cauda longa para superar o SEO nos SERPs

Os dados estruturados tem sido uma prioridade para ranqueamento nos SERPs há mais de um ano.

O Google tem até uma ferramenta de dados estruturados para verificar os esquemas em seu site.

O Schema.org tem uma base de dados de código estruturado, como esses:

<div itemscope itemtype=”https://schema.org/Book”>
<span itemprop=”name”> Inbound Marketing and SEO: Insights from the Moz Blog</span>
<span itemprop=”author”>Rand Fishkin</span>
</div>

Esse código adiciona uma estrutura de dados específica para mecanismos de busca, para fornecer resultados ricos e interativos.

Veja como isso fica no site.

google rich snippet quick answer screenshot

Como o Allrecipes.com obviamente quer ranquear para todos as receitas, ele faz isso aplicando dados estruturados a palavras-chave de cauda longa.

E nem interessa em que posição o resultado em si vai aparecer, porque a caixa de informações com a receita é exibida acima de todos os outros resultados.

Usar dados estruturados é mais eficaz do que uma campanha de SEO ou PPC.

Isso sinaliza a nova forma de fazer pesquisa.

9. Foque em palavras-chave de cauda longa para responder a pesquisas com assistentes de voz

O conceito geral de SEO geralmente é aplicado a motores de busca na internet, como o Google, que fornecem resultados para usuários humanos.

Tudo isso está mudando, graças a assistentes de voz como o Amazon Alexa.

voicebot alexa stats page 3

Segundo os números disponíveis, existem atualmente 8,3 milhões de smart speakers Echo no mercado.

A Amazon estima que vai vender mais 10 milhões em 2017!

Isso significa muitas pessoas que podem usar a busca por voz da Amazon para ver apenas a resposta estruturada que aparece no topo, muitas vezes focando somente na plataforma da Amazon.

O mercado completo de assistentes de voz (incluindo o Google Home e o Apple Home) deve alcançar 30 milhões até o final de 2017!

Screen Shot 2017 01 23 at 5.38.11 PM 800x359

Isso é o sinal de uma nova era, em que nossos dispositivos fazem a pesquisa por nós.

As pessoas estão cada vez mais usando assistentes de voz para pesquisar música e livros, controlar seus dispositivos inteligentes domésticos e consumir notícias.

E o Google está percebendo que mais pessoas estão usando a busca por voz também em smartphones Android.

Screen Shot 2015 12 10 at 11.52.23 AM 800x490

Com o uso de dispositivos móveis em veículos sendo proibido, assistentes de voz e carros inteligentes também estão ganhando popularidade.

De fato, 21 milhões de carros conectados devem ser sair das fábricas esse ano, segundo o Business Insider.

estimated20connected20car20shipments20

Ao pesquisar alguma coisa em um veículo em movimento (mesmo um automóvel auto-conduzido), você precisa ver a resposta certa na primeira tentativa.

Palavras-chave de cauda longa te ajudam a treinar esses assistentes de voz para fornecer suas informações a usuários de busca por voz em dispositivos móveis.

Isso pode não parecer importante agora, porque ainda estamos usando a internet da forma tradicional.

Mas seus filhos estão observando, e as gerações mais jovens vão adotar a pesquisa por voz cada vez mais.

Prepare-se ou você vai ficar para trás.

10. Posts focados em palavras-chave de cauda longa oferecem mais valor ao leitor.

As melhores técnicas do marketing digital em 2017 são o marketing de conteúdo e o data, segundo um estudo recente da Smart Insights.

2016 12 14 09 03 16 700x450

Palavras-chave de cauda longa não servem apenas para fortalecer suas iniciativas de SEO e CRO.

Elas garantem também que suas páginas forneçam valor real aos seus leitores.

É isso que o Google, o Bing e outros motores de pesquisa estão procurando.

A pesquisa de palavra-chave é um método de minerar dados que alimenta suas outras ações de marketing.

A chave do marketing de conteúdo é fornecer valor.

Aqui está um gráfico prático para te ajudar a visualizar isso.

4th wave content marketing 600

Apesar de vídeos, infográficos, apps e personalização também serem importantes, suas páginas precisam ser boas o suficiente para sustentá-los.

Existem muitos métodos mais sofisticados para alcançar um público.

Mas o método comprovado e testado de ganhar tráfego orgânico ao fornecer valor real para satisfazer uma necessidade real nunca sai da moda.

As palavras-chave de cauda longa são a base disso.

Tenho uma última dica, e ela é tão óbvia que nem deveria ser necessária.

11. As palavras-chave de cauda longa já são responsáveis pela maior parte da sua pesquisa de palavras-chave e tráfego orgânico!

Você já tirou algum tempo para examinar seus relatórios do Google Analytics?

A grande maioria das pesquisas que geram tráfego para o seu site vêm de palavras-chave de cauda longa.

Veja esse relatório sobre os sacos de golfe da Ogio.

image463

Esses termos de pesquisa que estão gerando impressões e cliques (e vendas) são em sua maioria palavras-chave de cauda longa.

Quanto mais pesquisa de palavra-chave você fizer, mais vai ver como utilizar palavras-chave de cauda longa está alimentando seu tráfego de busca orgânico.

É você que está ignorando isso!

Assim, a resposta mais simples é parar de ignorar as respostas que estão bem na sua cara.

Mas lembre-se disso: todo mundo usa o Google.

Se você utilizar apenas as ferramentas do Google, vai desperdiçar outras oportunidades de palavras-chave de cauda longa.

Usando uma ferramenta como o Ubersuggest, você pode conseguir informações ainda mais detalhadas sobre palavras-chave de cauda longa relacionadas ao seu nicho. Faça sua pesquisa e então clique em “perguntas” em “Ideias de Palavras-chave”.

Quanto mais pesquisas de palavras-chave você fizer, mais palavras-chave de cauda longa aparecerão naturalmente. Depois de encontrar uma palavra-chave que combine com você, como “como criar um plugin do wordpress”, clique nela para ir mais fundo:

Se você quer alcançar o topo da primeira página para essa palavra-chave de cauda longa, vai levar, em média, 100+ backlinks e uma dedicação às mídias sociais. E, é claro, ter uma pontuação de domínio alta não vai prejudicar.

Esse tipo de análise de dados é inestimável!

Você já tem os dados.

Faça o que puder com o que você tem.

Conclusão

A pesquisa de palavras-chave não é sexy, e parece servir apenas para o SEO.

Mas na verdade ela é o alicerce de toda a sua estratégia de marketing digital.

Quer se transformar em um formador de opinião inovador?

Você vai precisar saber em que temas formar opiniões.

Quer criar um plano de marketing de conteúdo sólido?

Você vai precisar de palavras-chave para alimentar seu cronograma de publicação no longo prazo.

Independente da estratégia de marketing digital em que sua empresa está focando esse ano, pesquisar as tendências em palavras-chave de cauda longa de forma eficaz é a chave do sucesso.

Qual é o foco do seu marketing digital esse ano?

Compartilhe