Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Pesquisa no Google: Aprenda Como as Pesquisas Afetam o Seu SEO

cobrança dos anúncuios de site no google

Quer saber tudo sobre pesquisa no Google e ganhar tempo nas suas buscas deixando-as mais específicas?

Você pode fazer uma pesquisa no Google sobre qualquer coisa, e é isso o que o torna, sem dúvida, o maior site de pesquisa do mundo.

O Google é utilizado de várias maneiras diferentes para finalidades distintas – seja para lazer ou para fazer negócios.

Realizar uma pesquisa no Google pode ser muito mais do que abrir seu computador e digitar um assunto aleatório na barra de pesquisa.

Existem operadores de pesquisa que tornam a pesquisa no Google mais específica e que você pode usar a qualquer momento para melhorar sua pesquisa e torná-la mais rápida e prática.

Existem ainda outras ferramentas, como a pesquisa avançada.

Vou ensinar como usar cada operador e dar exemplos para quer você possa ter um entendimento mais amplo sobre o tema. Vou, ainda, explicar como funciona o algoritmo do Google e como é feito o sistema de rankeamento.

Quer entender como funciona realmente a busca no Google? Veja este post que escrevi então.

O Google é uma ferramenta que ajuda muito nas atividades do dia a dia também e vou mostrar como ele faz isso.

A pesquisa no google é algo muito mais poderoso do que as pessoas possam imaginar.

Mostrarei quais são os assuntos mais pesquisados e muitas outras coisas.

Neste post, abordarei os seguintes assuntos:

  • O que são operadores de pesquisa?
  • Como funciona o Google?
  • Afinal, o que pesquisar no Google?
  • Pesquisa no Google avançada
  • Tornar o Google o mecanismo de pesquisa padrão
  • Histórico de pesquisa no Google
  • Assuntos mais pesquisados no Google
  • Dicas dos Operadores de Pesquisa do Google que Todo Profissional de SEO Deve Saber
  • Pesquisas no Google que podem facilitar atividades diárias

Boa Leitura!

O que são operadores de pesquisa?

O Google define oficialmente os operadores de pesquisa como “símbolos ou palavras na sua pesquisa que deixam os resultados da pesquisa mais precisos“.

Os operadores de pesquisa do Google são baseados em códigos de programação.

Basicamente, eles são atalhos para obter resultados melhores.

Ao usar um operador de pesquisa, você pede ao Google para estreitar os resultados de uma forma específica.

Assim, ao invés de ver páginas e páginas de resultados não relacionados, você vê apenas resultados relevantes para a sua pesquisa.

Claro, você precisa usar os operadores de pesquisa do Google da forma correta. E existem muitos operadores.

A melhor forma de aprender é ver como usá-los.

Como funciona o Google?

Nesta seção explicarei como funciona o algoritmo do Google, o que é SERP, e quais são os critérios que o Google usa para rankear um site.

Algoritmo

Entender o algoritmo do Google significa entender como o Google armazena e distribui tanta informação assim.

O Google usa um crawler – é uma espécie de software que armazena em uma base de dados inúmeras páginas que existem na internet.

O nome do crawler do Google é Googlebot. Portanto, toda vez que alguém realiza uma pesquisa no Google, essa base de dados é acessada e é retirado de lá todo o conteúdo referente ao assunto que foi pesquisado.

Todos esses resultados que são retirados dessa base de dados vão para a página de resultados do Google, a famosa SERP.

SERP (Search Engine Results Page)

Primeiro vou começar explicando quais tipos de resultados você pode encontrar no Google.

Basicamente existem dois tipos de resultados:

  1. Pagos
  2. Gratuitos ou Orgânicos

Os resultados pagos são mostrados no começo ou no final da página, com a palavra anúncio no corpo deles. Eles são anúncios produzidos pelo Google Adwords.

pesquisa no google anuncios pagos-min

Os resultados gratuitos são os resultados “normais” que estamos habituados a ver, que ficam no meio da página do Google.

pesquisa no google anuncios organicos-min

E todos estes resultados aparecem na SERP do Google, que é a página de resultados de qualquer pesquisa.

Ranking

Os resultados pagos (anúncios) possuem um sistema de rankeamento diferente do habitual. Eles são mostrados de acordo com o valor que o anunciante paga, seja por clique ou impressão. O índice de qualidade também interfere na posição de um anúncio pago.

De acordo com o Google, o índice de qualidade é uma estimativa da qualidade dos seus anúncios.

Dessa forma, quanto maior o índice de qualidade, menor será o valor pago pelo anúncio e, consequentemente, mais vantajoso para o anunciante.

Já nos resultados orgânicos, o Google faz um filtro dos conteúdos mais relevantes e os colocam nas primeiras posições.

Mas, afinal, quais são os critérios que o Google utiliza para definir se um conteúdo é realmente relevante ou não?

Sem dúvidas um dos critérios mais importantes são as palavras-chave. Ter palavras-chave relevantes e bem posicionadas são imprescindíveis para que um conteúdo esteja bem posicionado.

É por este motivo que tantos profissionais de marketing investem em estudo sobre palavras-chave.

O segundo critério é a contagem de palavras.

Um artigo com duas mil palavras com toda certeza será mais bem posicionado do que um artigo de trezentas palavras.

Um artigo com mais palavras – provavelmente – abrange um conteúdo muito maior e pode sanar muito mais as suas dúvidas do que um artigo pequeno.

É preciso lembrar que o papel do Google é resolver o seu problema e responder suas perguntas, portanto, tudo que ele faz é para que este objetivo possa ser alcançado.

O terceiro critério são os links internos.

Ao linkar para seu próprio blog você vai estar gerando tráfego, além de manter a pessoa no seu blog.

O Google, então, tornará seu conteúdo relevante baseado na quantidade de conteúdo que as pessoas consomem e o tempo que elas passam consumindo este conteúdo.

Os links externos também são extremamente válidos se usados de maneira correta, mas você deve tomar muito cuidado com eles pois eles redirecionam o leitor para outra página.

Tome cuidado para não perder tráfego e não expulsar os leitores do seu site.

Este são apenas alguns fatores que influenciam no SEO. Se você quer saber mais sobre SEO e deixar seu site entre os primeiros do ranking recomendo que leia este artigo aqui.

Afinal, o que pesquisar no Google?

Essa é uma pergunta um tanto quanto boba.

Eu digo isso pois você pode pesquisar qualquer coisa no Google. E a resposta é justamente esta: qualquer coisa!

O Google é uma ferramenta universal, o que faz com que a pesquisa em si seja bem diversificada também.

Você pode pesquisar coisas para comprar, materiais universitários para ler, leis e constituições, acontecimentos diários e passados, músicas, arte e cultura, e milhares de outras coisas mais.

Navegue pelo Google sem medo, seja para buscar informações ou para se divertir. O Google sempre terá uma resposta para você!

Pesquisa no Google avançada

Você sabe do que se trata a pesquisa avançada do Google? Provavelmente não, pois pouquíssimas pessoas conhecem este recurso.

A pesquisa avançada serve para você fazer uma pesquisa no google muito mais específica do que o normal, acrescentando alguns dados.

Antes de tudo, faça uma pesquisa no google sobre qualquer assunto usando a palavra-chave que você deseja. Vou usar “Bolo de Chocolate”, como exemplo.

Ao fazer sua pesquisa o Google dará os resultados que ele normalmente dá, com as páginas melhores rankeadas vindo primeiro.

Se você quiser fazer uma pesquisa no google avançada, vá naquela aba onde fica “imagens”, “notícias”, “tudo”, etc., e clique em “Configurações”.

Ao clicar, o Google dará várias opções para você. Clique em “Pesquisa Avançada”.

pesquisa no google pesquisa avançada-min

Você será redirecionado a uma página cheia de espaços para serem preenchidos. Vou explicar melhor o que significa cada espaço e como você deve preencher cada um.

pesquisa no google avançada-min

A primeira caixa já está preenchida com aquilo que você digitou antes, na barra de pesquisa. Isso significa que o Google irá buscar todas as páginas que contenham todas essas palavras.

A segunda caixa se refere às frases. O Google pesquisará todas as páginas que possuírem aquela frase que você colocar. É importante lembrar que o Google excluirá todas as páginas que não possuírem aquelas palavras ou frases exatas que você colocou.

Por isso a pesquisa avançada é tão específica!

Na terceira caixa você colocará uma seleção de palavras e o Google buscará páginas que contenham qualquer uma daquelas palavras – e não necessariamente todas elas juntas.

Na quarta caixa você colocará todas as palavras que você não quer que apareçam nos resultados de sua pesquisa.

Obviamente você não colocará todas as palavras possíveis, pois isso é praticamente impossível e inviável. Coloque aquelas palavras que de alguma maneira estão relacionadas ao assunto, mas que ainda assim você não quer encontrá-las.

O Google não mostrará nenhum resultado que contenham essas palavras.

A última caixa da primeira seção se refere aos números. Você colocará um intervalo de números que você quer que apareça em seus resultados.

Caso sua pesquisa não tenha nada a ver com números apenas deixe esta caixa em branco.

É válido lembrar que as informações que você colocar nessas caixas são cumulativas, ou seja, o Google fará uma pesquisa de acordo com o que você colocou na primeira caixa e segunda caixa e terceira caixa, e assim sucessivamente.

A segunda seção serve como um filtro. Você limitará seus resultados àquelas informações.

A primeira é o idioma e a segunda é o país – informações básicas.

A terceira caixa se trata da última atualização. É muito útil para quem quer buscar resultados atualizados ou notícias diárias. Coloque a data que você desejar para a última atualização dos seus resultados.

A quarta caixa limitará seus resultados em um site específico ou domínio.

Por exemplo, se eu colocar www.amazon.com, limitarei os meus resultados apenas à página da Amazon, ou, se eu colocar “org”, limitarei meus resultados apenas para sites governamentais.

Na quinta caixa você especificará em qual lugar da página você está procurando o termo que você pesquisou – por exemplo, no título, na url ou na página inteira.

Na próxima caixa você estará habilitando resultados sexualmente explícitos ou proibindo-os.

Na sétima caixa você pode colocar o tipo de arquivo que você quer encontrar.

Por exemplo, se eu colocar “PDF”, limitarei meus resultados apenas para artigos em PDF. Para isso você deve conhecer as extensões dos arquivos.

E, na última caixa, você decide que tipos de direito de uso você quer visualizar – com ou sem restrições de uso.

Preciso deixar claro que todas essas caixas trabalham como operadores de busca, ou seja, você pode aplicar esses filtros diretamente na barra de pesquisa. Vou explicar o que são e como utilizar cada operador de pesquisa mais adiante.

Você já pode saber como usá-los. Ao lado de cada caixa estão escritas instruções de como fazer cada comando na barra de pesquisa, bem como seus exemplos.

pesquisa no google busca avançada 2

Agora que você já sabe como fazer uma pesquisa avançada no Google, explore bastante este recurso. Ele é muito útil e nos mostra que fazer uma pesquisa no Google pode ser muito mais do que apenas digitar na barra de pesquisa.

Tornar o Google mecanismo de pesquisa padrão

Com certeza você já se deparou com a situação de pesquisar algo na barra de endereço e o navegador simplesmente o redireciona para sites de pesquisa que não são o Google, como Yahoo ou Bing.

Não tenho absolutamente nada contra esses sites de pesquisa, mas caso você queira saber como tornar o Google seu mecanismo de pesquisa padrão, ou seja, ao pesquisar algo já ser redirecionado direto para o Google, vou ensinar aqui.

A primeira coisa que devemos ter em mente é que cada navegador possui um jeito diferente para se fazer este processo.

Ensinarei o processo para os seguintes navegadores:

  • Google Chrome
  • Microsoft Edge
  • Mozilla Firefox
  • Safari

Google Chrome

O navegador Google Chrome já vem com essa configuração, mas, se por algum motivo você mudou e não sabe como voltar ou já veio dessa forma, basta seguir os seguintes passos:

Primeiro, abra o seu navegador. Ao abrir, você verá no canto superior direito três bolinhas enfileiradas. Clique nelas e vá em “Configurações”.

pesquisa no google chrome-min

Após fazer isso, vá até a aba “Mecanismos de Pesquisa” e clique em “Gerenciar Mecanismos de Pesquisa”.

pesquisa no google chrome gerenciar mecanismo-min

Vá no Google e clique nas bolinhas enfileiradas. Clique em “Tornar Padrão”, e pronto!

pesquisa no google chrome tornar padrão-min

Caso você queira fazer a mesma coisa em seu telefone móvel também é muito simples.

Abra o aplicativo do Google Chrome e, no canto superior direito, estarão as mesmas bolinhas enfileiradas. Ao clicar nelas, vá em “Configurações”.

Na aba “Básicas”, clique em “Mecanismo de Pesquisa” e selecione o Google.

Simples, não?

Microsoft Edge

Primeiramente, acesse o Google ao abrir o navegador.

No canto superior direito, clique nas reticências e vá em “Configurações“.

pesquisa no google explorer edge-min

Na aba “Configurações Avançadas”, clique em “Exibir Configurações Avançadas“.

pesquisa no google edge passo 3-min

Vá em “Pesquisar na Barra de Endereços com“, e clique em “Alterar“.

pesquisa no google explorer edge passo 2-min

Defina o Google como padrão.

pesquisa no google edge tornar padrão-min

Mozilla Firefox

Ao abrir seu navegador, você verá três traços horizontais enfileirados. Clique neles e vá em “Opções“.

pesquisa no google mozilla firefox-min

Ao fazer isso, o navegador irá abrir uma nova janela. No canto superior esquerdo, clique na opção “Pesquisa“.

pesquisa no google mozilla opções-min

Para terminar, vá na aba “Mecanismo de Pesquisa Padrão” e selecione o Google. Pronto, está feito!

pesquisa no google mecanismo padrão-min

Safari

Creio que este seja o navegador com o processo mais fácil para tornar o Google seu navegador padrão de pesquisa.

pesquisa no google safari-min

Abra o seu navegador e clique onde estará escrito “Safari“. Ao clicar, você verá uma lupa no lado esquerdo dessa barra. Clique nesta lupa.

pesquisa no google safari passo 2-min

Selecione o Google e voilà!

Histórico de pesquisa no Google

Eu não sei se você sabe, mas tudo que você faz na internet fica registrado.

Mas se acalme, pois ninguém pode ver essas informações sem a sua devida permissão.

Esse registro se chama Histórico de Pesquisa.

Neste histórico fica registrado todos os sites em que você entrou, suas pesquisas, e tudo que você fez na internet.

Vale lembrar que alguns navegadores possuem Modo de Navegação Anônimo ou Modo de Navegação Privativo, dependendo do navegador.

Esse modo não possui histórico e você pode navegar tranquilamente sem ter nenhum registro daquilo que você fez.

Esse histórico não tem limite de registro, ou seja, se você não apagá-lo, ele ficará registrando suas atividades para sempre.

Mas há sim um jeito de apagá-lo e vou ensinar como fazê-lo.

Assim como para tornar o Google o mecanismo de pesquisa padrão, para apagar o histórico de navegação também há jeitos diferentes, dependendo do navegador, já que o histórico é referente a cada navegador.

Vou falar sobre os mesmos navegadores que citei antes.

Como apagar histórico de pesquisa no Google

Google Chrome

Para apagar o histórico de pesquisa no Google, abra o navegador e vá até aquelas bolinhas enfileiradas e clique em “Histórico“.

Existe um atalho para você fazer isso. Basta apertar e segurar a tecla “Ctrl”, e apertar “H”.

Após fazer este processo, clique em “Limpar Dados de Navegação”, e escolha aquilo que você quer apagar.

Se preferir, clique nas bolinhas enfileiradas e depois em “Histórico“. Depois, clique em “Limpar Dados de Navegação“.

Vale lembrar que o Google Chrome do seu dispositivo móvel apenas armazena os registros dos últimos 90 dias de atividades de pesquisa no Google.

Microsoft Edge

Limpar o histórico de busca do microsoft edge também é muito simples.

Primeiro, abra o navegador e clique nas reticências, no canto superior direito de sua tela.

Após fazer isso, clique em “Limpar Dados de Navegação” e depois em “Escolher o que Limpar“.

Agora, basta escolher o que você quer excluir. Marque tudo e clique em “Limpar“.

Mozilla Firefox

O processo é muito parecido em todos os navegadores.

No Mozilla, vá até umas pequenas barras verticais enfileiradas, no canto superior direito, e clique nelas.

pesquisa no google mozilla-min

Depois, vá em “Histórico” e clique em “Limpar Dados de Navegação“.

pesquisa no google limpar histórico-min

Safari

Primeiramente, abra o menu “Histórico”.

Depois, vá em “Limpar Histórico” e escolha o período que você quer apagar os dados de navegação.

De acordo com o site oficial da Apple, apagar o histórico do Safari implica na exclusão dos seguintes dados:

  • Histórico de páginas web que você visitou
  • A lista para frente e para trás de páginas web abertas
  • Sites mais visitados que não foram marcados como permanentes
  • Lista de sites visitados com frequência
  • Buscas recentes
  • Ícones de páginas web
  • Capturas de tela salvas para páginas web abertas
  • Lista de itens que você transferiu (os arquivos transferidos não serão removidos)
  • Sites adicionados para Busca Rápida de Sites
  • Sites que lhe solicitaram o uso da sua localização
  • Sites que lhe solicitaram permissão para lhe enviar notificações
  • Sites com conteúdo de plug-in que você inicializou ao clicar em uma notificação do Economizador de Energia do Safari

Aprenda como aumentar suas vendas com essa estratégia do Google Adwords e turbine o seu negócio. Basta clicar aqui!

Como limpar pesquisas do Google

Para excluir coisas mais específicas, como pesquisas feitas no Google, você deve acessar a página Minhas Atividades.

Caso você não esteja logado em sua conta do Google, faça login para poder entrar na página.

Ao entrar na página, você verá, no canto superior esquerdo, uma opção chamada “Visualização de Itens“. Clique nesta opção.

Agora você é livre para excluir aquilo que quiser!

Para ficar mais fácil, a página já disponibiliza a opção de filtrar. Você pode filtrar por data ou por produto, ou pelos dois aspectos ao mesmo tempo.

Assim que você encontrar um item que queira apagar, clique nas bolinhas enfileiradas, que ficam logo ao lado do nome do item, e depois clique em “Excluir“.

Você também pode excluir os itens por dia ou por pacotes, o que torna a limpeza mais rápida e fácil também.

Nas suas coisas é você quem manda!

Assuntos mais pesquisados no Google

Search concept illustration. Idea of surfing the net and research.

As pessoas buscam milhares de assuntos diferentes no Google todos os dias.

Mas, afinal, como descobrir quais são os melhores assuntos através de pesquisa no Google?

Existe uma ferramenta chamada Google Trends que dá as estatísticas anuais de todas as pesquisas no Google.

Existem registros de pesquisas desde 2008 até 2017.

pesquisa no google google trends-min

Você pode escolher os países em questão ou verificar quais são as maiores pesquisas no Google globais.

Você também pode separar por assuntos e tópicos, o que facilita a navegação na ferramenta.

Mas vamos ao que interessa: quais são os assuntos mais pesquisados no Google atualmente?

Devo lembrar que as estatísticas de 2017 ainda não estão disponíveis pois o ano não acabou, logo, irei me referir ao ano de 2016 aqui.

No Brasil, a pesquisa no Google teve cinco assuntos de maior procura:

  • Pokémon GO
  • Jogos Olímpicos Rio 2016
  • Big Brother Brasil
  • Chapecoense
  • Tabela do Brasileirão

Interessante, não é mesmo? Você pode notar que no Brasil há um grande interesse pelo esporte.

Agora vou mostrar quais foram os assuntos mais pesquisados no Google no mundo todo:

  • Pokémon GO
  • iPhone 7
  • Donald Trump
  • Prince
  • Powerball

Você conseguiu notar que o aplicativo Pokémon GO foi o assunto mais pesquisado, tanto no Brasil, como no mundo todo?

A plataforma é gratuita e você pode olhar qualquer assunto na hora que você quiser.

Quer se aprofundar mais em Google Analytics? Então eu recomendo que você leia os seguintes posts:

Como encontrar fontes confiáveis

A pesquisa no Google se tornou a maior fonte de pesquisa do mundo, independente do assunto ou ocasião.

Mas tome muito cuidado com isso, pois fazer uma pesquisa no Google pode ser muito perigoso se você não souber fazê-la da maneira correta.

A pesquisa no Google oferece um conteúdo de extrema qualidade, assim como também oferece conteúdo não confiável e de qualidade péssima, tendo em vista que qualquer pessoa pode publicar o que quiser.

Isso pode se tornar muito perigoso, principalmente para estudantes universitários que precisam do Google para fazer seus trabalhos.

Por isso, vou dar algumas dicas de como encontrar fontes confiáveis e como fazer uma pesquisa no Google de maneira que você não se prejudique e tenha bons resultados.

O primeiro passo é realizar uma pesquisa no google normalmente. Coloque as palavras-chave necessárias para encontrar aquele determinado assunto e espere os resultados carregarem.

Agora, você começará sua análise.

Primeiramente, verifique o envolvimento do autor com o assunto. A opinião é diferente da transmissão de informações por si só.

Não estou dizendo que colocar a opinião própria no texto o torna inválido, mas isso não pode afetar o conteúdo do texto.

Sua opinião não pode distorcer a realidade!

Alguns textos são bem escritos e bem estruturados, entretanto, o conteúdo está comprometido.

Ao fazer esta análise, aproveite e veja quem é o autor e quais foram suas fontes para escrever tal texto. Leia um pouco sobre sua vida e quais foram seus trabalhos anteriores.

Sabendo sobre estes aspectos, você vai conseguir verificar se o texto é confiável ou não e se o autor tem certa credibilidade.

Compare inúmeros artigos e trechos de livros com todo este material que você achou. Verifique se as características principais são semelhantes e se eles passam o mesmo conteúdo.

A maneira de se passar um conteúdo pode ser muito diferente, porém, a essência do conteúdo deve ser imutável.

Por fim, converse com especialistas na área e apresente o conteúdo que você encontrou. Ouça a opinião destes especialistas e compare com aquilo que você achou.

Não deixe de ler livros clássicos no assunto, pois livros sempre passam certa credibilidade, sejam eles online ou impressos.

Agora você já pode ficar um pouco mais tranquilo ao realizar uma pesquisa no Google. Analise e aplique todos estes pontos que apresentei, e faça tudo com muita calma. Eu tenho certeza que você conseguirá realizar pesquisas de sucesso!

Dicas dos Operadores de Pesquisa no Google que Todo Profissional de SEO Deve Saber

Em SEO, as pequenas coisas, muitas vezes, são as mais importantes.

Você não pode parar após aprender o básico. Você precisa se esforçar para aprender mais e mais.

Talvez você não aprenda nada que mude completamente sua forma de pensar em SEO, mas garanto que você vai aprender a aperfeiçoar seu SEO.

Uma das melhores coisas que você pode aprender é como poupar tempo sem sacrificar a qualidade.

Se você faz SEO, sabe quantos processos longos estão envolvidos.

E sabe como é incrível conseguir poupar tempo.

Eu sou um grande fã de “hacks” que ajudam a diminuir o tempo que você gasta nesses processos entediantes.

Não estou falando de hacks inúteis, e sim de truques que você pode usar para aproveitar ao máximo seu tempo de trabalho.

Um dos meus favoritos é usar operadores de pesquisa avançados.

Por que isso é tão importante? Em uma palavra: Google.

Todo especialista em SEO precisa conhecer o Google como a palma da sua mão. Ele é de longe o mecanismo de busca mais importante, e é assim que muitos dos seus futuros clientes vão chegar a você.

Já conheci muitos especialistas de SEO que podem citar as 10 últimas atualizações de algoritmo do Google, mas na verdade não sabem usar o Google muito bem. Imagina só!

Ao usar os operadores de pesquisa no Google, você reduz o tempo que passa fazendo uma pesquisa no Google e obtém resultados melhores. E a melhor parte: isso não é nada difícil.

Mesmo que você não faça muito SEO, deve aprender esse método para utilizar em seu trabalho diário.

Ver todos os resultados

Em algumas situações, você quer ver todos os resultados possíveis ao fazer uma pesquisa no Google.

Nesse caso, faça a busca normalmente:

pesquisa no google normal-min

Encontrar resultados com correspondência exata

Digamos que você esteja pesquisando infográficos que discutem video marketing.

Talvez você use as palavras “infografico video marketing”. Se você pesquisar isso no Google, veja o que aparece:

pesquisa no google correspondência exata-min

Você percebe, imediatamente, que alguns dos resultados não são o que você deseja.

O 3º resultado nem inclui a expressão “video marketing”, mas contém as palavras “video” e “marketing”.

Se você não for específico, talvez o Google não considere sua busca de forma literal.

Para resolver isso, você pode usar aspas. Ao colocar aspas ao redor de uma palavra ou frase, você está pedindo ao Google para mostrar apenas resultados que correspondam exatamente àquela palavra ou frase.

Assim, posso fazer esta pesquisa no Google:

pesquisa no google correspondência exata aspas-min

Agora o Google vai mostrar apenas resultados que contêm a expressão exata “video marketing”.

Excluir palavras-chave

O Google é famoso por incluir resultados que você não quer.

Talvez você esteja pesquisando “content marketing” para encontrar alguns temas mais avançados. O problema é que a maioria dos resultados fala de estratégias para iniciantes.

pesquisa no google excluir palavras-chave-min

Nesse caso, você pode usar um hífen (-) para excluir palavras dos resultados. Você pode excluir a palavra “estratégia”, por exemplo.

pesquisa no google excluindo palavras-chave-min

Isso vai garantir que você não veja resultados que falam sobre estratégias de marketing de conteúdo.

Excluir várias palavras-chave

Você pode usar essa mesma técnica para excluir mais de uma palavra. É só usar o operador de pesquisa para excluir quantas vezes quiser (lembre-se de colocar um espaço entre cada palavra excluída).

pesquisa no google excluindo várias palavras-min

Excluir frases de correspondência exata

Se você ainda não tiver os resultados que deseja, pode forçar o Google a excluir frases que correspondem exatamente a uma frase específica.

Esse operador de pesquisa é uma combinação dos operadores de correspondência exata e de exclusão.

Você pode usar o hífen (-) para indicar exclusão, e usar aspas ao redor da frase para pedir ao Google que exclua a frase inteira, em vez da primeira palavra.

A pesquisa fica assim:

pesquisa no google excluindo correspondências exatas-min

Isso solicita ao Google que exclua a frase que você especificou entre aspas.

Excluir várias frases

Esse é o operador de exclusão de correspondência exata mais abrangente.

Ele permite excluir várias frases, e funciona da mesma forma que a exclusão de várias palavras.

Você simplesmente usa o hífen (-) e as aspas em quantas frases for preciso.

Aqui está um exemplo:

pesquisa no google excluindo várias frases-min

Usar uma diretiva OR

Se a sua pesquisa no Google não precisa ser super específica, mas você mesmo assim quer controlar os resultados, experimente usar o comando OR.

Esse comando simplesmente diz ao Google para mostrar resultados com X ou Y. Insira as duas palavras-chave e digite OR em letras maiúsculas entre elas, assim:

pesquisa no google diretiva OR-min

É importante perceber que, nesse exemplo, a diretiva OR vai usar as palavras imediatamente antes e depois dela.

Você pode também usar o símbolo barra vertical (|) no lugar do OR.

pesquisa no google diretiva OR com barra vertical-min

Personalizar comandos OR

Você pode usar todos os operadores de pesquisa no Google que vimos até agora para modificar suas pesquisas OR.

Isso é útil quando você precisa fazer uma pesquisa no Google OR com frases específicas.

pesquisa no google personalizando diretivas-min

Isso vai trazer resultados que incluem as frases exatas “content marketing” ou “email marketing”.

Obter mais resultados com wildcards

Se quiser ver mais resultados, você pode usar o operador wildcard. Ele é representado por um asterisco (*).

Se você colocar o wildcard em uma frase, vai ver todas as variações dela.

Por exemplo, se você quiser falar sobre manteiga de amendoim e geleia, pode usar and ou um ampersand (&).

Assim, essa pesquisa mostraria estes dois resultados:

pesquisa no google wildcards-min

Incluir palavras

Você já sabe que pode excluir palavras. Mas também é possível incluir palavras.

Se você está procurando um assunto muito específico e precisa garantir que certas palavras sejam incluídas, pode usar o símbolo mais (+).

pesquisa no google incluindo palavras-min

Incluir frases

Se você combinar as aspas (para palavras-chave/frases de correspondência exata) e o sinal de “mais”, pode incluir frases completas.

pesquisa no google incluindo frases-min

É um detalhe pequeno, mas que vai ajudar a pesquisa no Google a mostrar o conteúdo mais relevante possível.

Encontrar palavras próximas uma da outra

Esse é um operador de pesquisa no Google muito interessante e que quase ninguém usa.

Ele se chama AROUND(X).

Com esse operador, você pode obter resultados em que seus termos de pesquisa aparecem próximos um do outro.

O X significa o número máximo de palavras que separam os dois termos.

Você pode pesquisar esses termos, por exemplo:

pesquisa no google encontrando palavras próximas-min

Você verá apenas resultados em que os termos “content marketing” e “vídeo” aparecem com até 10 palavras entre eles.

Isso é útil quando você precisa de resultados que conectam dois temas.

Encontrar frases próximas uma da outra

Claro, você também pode usar o operador AROUND(X) com aspas para encontrar frases próximas umas das outras:

pesquisa no google encontrando frases próximas-min

Encontrar sinônimos

Aqui está outra forma excelente de obter vários resultados relacionados ao que você está procurando.

Ao colocar um til (~) antes de uma palavra, você vai ver resultados com sinônimos dela.

Assim, “holiday ~decorations” mostrará sinônimos, como “decor”.

pesquisa no google encontrando sinônimos-min

Pesquisar sites específicos

Você já quis ver resultados de um único site? Você pode usar o operador de sites do Google para fazer isso.

Digite “site:” e então o nome do site que você quer pesquisar. Vai ficar assim:

pesquisa no google pesquisando sites específicos-min

O verdadeiro poder está em usar esse operador em conjunto com palavras-chave e/ou outros operadores de pesquisa no Google:

pesquisa no google sites específicos-min

Você pode inserir suas palavras-chave antes ou depois do operador de pesquisa, e pode também usar qualquer outro operador de pesquisa em conjunto com ele.

Esse operador, basicamente, permite pesquisar o índice de um site – o que pode ser extremamente útil para SEO.

Pesquisar sites relacionados

Às vezes você precisa encontrar sites relacionados a sites que você já conhece. É aqui que entra o operador related:.

Digite “related:” e então o nome de um site:

pesquisa no google pesquisando sites relacionados-min

Então, o Google mostrará sites similares no mesmo nicho.

Obter informações sobre sites

Às vezes você precisa obter alguns dados sobre um site.

Ao colocar “info:” antes de um URL, você verá vários dados diferentes sobre qualquer site:

pesquisa no google obtendo informações sobre sites-min

Ver versões em cache

Se você estiver procurando uma versão mais antiga de um site, talvez o Google possa ajudá-lo.

O Google permite encontrar versões em cache de sites usando o operador cache:.

pesquisa no google cache-min

Pesquisar um tipo específico de domínio

Lembra do operador “site:”? Você também pode usá-lo para pesquisar tipos específicos de domínio.

Assim, se você estiver procurando apenas sites “.edu”, pode usar:

pesquisa no google tipo específico de domínio-min

E também combinar isso com palavras-chave e/ou outros operadores de pesquisa no Google:

pesquisa no google domínio específico-min

Pesquisar vários tipos específicos de domínio

Se você usar o comando OR, que vimos anteriormente, pode pesquisar mais de um tipo de domínio. Use parênteses para conter o comando OR e as palavras-chave:

pesquisa no google pesquisando vários domínios-min

Pesquisar hashtags

Se você estiver planejando algum tipo de campanha social, pode aproveitar o poder dos operadores de pesquisa no Google para ver hashtags de redes de mídias sociais.

Use o símbolo jogo da velha – atualmente conhecido como hashtag (#) –, logo antes da palavra-chave que escolheu.

pesquisa no google hashtags-min

Pesquisar usando um intervalo de números

O Google tem também a habilidade de exibir resultados dentro de um intervalo de números específico.

Você pode determinar um valor mínimo e um valor máximo e colocar dois pontos (..) entre os números.

O Google vai mostrar resultados que se encaixam entre esses dois números.

Esse operador pode ser útil quando você está fazendo uma pesquisa no google para encontrar certos produtos. Você pode estreitar sua busca para ver somente produtos em uma certa faixa de preço.

pesquisa no google intervalo de números-min

Encontrar palavras-chave em títulos de páginas

O operador “intitle:” retorna resultados que têm a palavra-chave especificada no título da página. Coloque uma palavra-chave depois do operador e veja a magia:

pesquisa no google títulos de páginas-min

Encontrar frases em títulos de páginas

O operador “allintitle:” permite que você pesquise frases completas em títulos:

pesquisa no google encontrar frases em títulos-min

Encontrar palavras-chave no texto de uma página

Similarmente aos dois operadores anteriores, o operador “intext:” mostra resultados de páginas que incluem uma palavra-chave específica em seu texto.

Caso você pesquise artigos, deve memorizar e utilizar esse operador com frequência.

pesquisa no google encontrar palavras-chave no texto-min

Encontrar frases no texto de uma página

Aposto que você já sabe como esse operador vai ser estruturado.

Assim como o “allintitle:”, o operador “allintext:” permite encontrar frases inteiras no texto de uma página.

pesquisa no google encontrar frases no texto-min

Encontrar palavras-chave em textos âncora

Esse operador é particularmente útil para SEO.

Você pode usar o operador “inanchor:” para exibir páginas que têm a palavra-chave especificada em seu texto âncora.

pesquisa no google encontrar palvras-chave em textos âncora-min

Encontrar frases em textos âncora

O operador “allinanchor:” funciona exatamente como os outros operadores “all”, mostrando frases inteiras em textos âncora.

pesquisa no google encontrar frases em textos âncora-min

Você provavelmente vai usar esse operador mais do que o “inanchor:” comum. Ele é uma ótima ferramenta para ter à mão.

Encontrar palavras-chave em URLs

Você já ficou com uma URL na ponta da língua? Ou precisou encontrar páginas que falavam especificamente de um certo assunto?

Você pode usar o operador “inurl:” em ambas as situações. Quando você especificar uma palavra-chave, o “inurl” vai mostrar resultados que contêm aquela palavra-chave na URL.

pesquisa no google encontrar palavras-chave na url-min

Encontrar frases em URLs

Esse operador é ainda mais útil que o anterior. O operador “allinurl:” exibe frases inteiras em URLs:

pesquisa no google encontrar frases em url-min

Encontrar conteúdo de certos autores

Conteúdos escritos por influenciadores têm muitas vantagens. Minha forma favorita de utilizar conteúdo de influenciadores é criar links para eles em meus artigos.

Existe uma forma rápida e simples de encontrar conteúdos escritos por pessoas específicas.

Se você souber quem escreveu o artigo que você está procurando, pode usar o operador allinpostauthor:.

pesquisa no google encontrar conteúdo de certos autores-min

Há também o operador “inpostauthor:”, mas ele é praticamente inútil, já que só funciona com uma palavra em vez de uma frase.

Estreitar sua pesquisa para um local específico

Se você está fazendo SEO local, a pesquisa baseada em localização vai ser a sua melhor amiga.

Pesquisas específicas por localização também são úteis quando você está segmentando um público que está mais ou menos concentrado em uma localização geográfica.

É só usar o operador “loc:” junto a um local que você quer segmentar:

pesquisa no google estreitar pesquisa-min

Excluir subdomínios

Quer rastrear os subdomínios de um site? Você pode usar os operadores “inurl:” e  “site:” para estreitar sua pesquisa no Google e excluir subdomínios específicos:

pesquisa no google excluindo subdomínios-min

Essa pesquisa eliminou o subdomínio “www” e, assim, qualquer página que comece com “www” é excluída dos resultados.

Identificar páginas que não são seguras

Para ver quais páginas de um site não são seguras, faça uma pesquisa no Google como esta:

pesquisa no google identificando páginas que não são seguras-min

Eu recomendo fazer essa pesquisa com seu próprio site. Se você estiver usando HTTPS, idealmente todas as páginas do seu site devem ter o certificado HTTPS.

Obter definições

Usar o operador define: fará você encontrar a definição de qualquer palavra:

pesquisa no google obtendo definições-min

Ao contrário de outros operadores de pesquisa do Google, esse funciona também com frases:

pesquisa no google obtendo definições 2-min

Pesquisar dentro de um intervalo de datas

O operador “daterange:” exibe resultados dentro de um intervalo de datas que você especificar.

Mas há uma desvantagem. Esse operador usa o formato do calendário juliano em vez do calendário gregoriano, que é usado na maior parte do mundo.

Você pode converter datas para o calendário juliano aqui.

pesquisa no google pesquisando dentro de um intervalo de datas-min

Encontrar arquivos de texto desnecessários

Aqui está uma ideia legal do Moz.

Você sabe que seu arquivo robots.txt file é super importante e que outros arquivos de texto podem deixar seu site pesado.

Talvez você tenha toneladas de arquivos de texto que estão só ocupando espaço. Felizmente, você pode usar o Google para encontrá-los.

Para encontrar arquivos de texto extras, você pode fazer esta pesquisa:

pesquisa no google encontrando arquivos de texto desnecessários-min

Encontrar TLDs alternativos

Outra dica do Moz. Isso que é pensar fora da caixa!

Essa pesquisa resultará em sites com o mesmo nome de domínio que o seu, mas um TLD diferente:

pesquisa no google encontrando tld alternativo-min

Isso pode ajudar a encontrar concorrentes que registraram seu nome de domínio em TLDs diferentes.

Buscando palavras-chave em outro idioma

Parece ser algo óbvio de se dizer, mas o Google está disponível para praticamente todos os países do mundo.

E, quando fazemos uma pesquisa no Google, ele responderá no seu idioma.

Isso acontece pois há uma diferenciação de idiomas nas páginas do Google, e ele responderá de acordo com o idioma que está configurado no seu navegador.

Você pode mudar o idioma quando quiser.

Portanto, se você quiser obter resultados em japonês, basta entrar em configurações em seu navegador e colocar japonês como o idioma de resposta.

Agora basta pegar a palavra-chave, fazer uma pesquisa no google e esperar as respostas no idioma que você selecionou.

Buscando palavras-chave em arquivos

Este é um recurso que você pode utilizar quando você quiser fazer uma pesquisa no Google para encontrar somente um tipo de arquivo.

Por exemplo, eu quero ler um artigo sobre a febre amarela no Brasil, mas quero apenas arquivos em Power Point ou PDF.

Para isso digite “filetype:” e a extensão do arquivo logo após a palavra-chave.

pesquisa no google filetype-min

Isso funciona com todos os tipos de arquivos, e você pode obter resultados muito específicos.

Buscando por páginas que linkam para outra página

Este operador serve para saber quais sites linkaram para determinado site.

Para isso insira o operador “link:” e o website que você deseja saber logo em seguida.

Pesquisas no Google que podem facilitar atividades diárias

O Google não serve somente como uma ferramenta de trabalho, ele também é muito útil com tarefas do dia-a-dia.

Mostrarei quais funções que o Google dá para facilitar suas buscar diárias.

Algumas dessas funções são:

  • Consultando o horário
  • Verificando resultados de esportes
  • Descobrindo horários no cinema
  • Pesquisando horários de voos
  • Pesquisando coordenadas no Google
  • Pesquisando por imagens no Google
  • Realizando cálculos
  • Sabendo a temperatura e a previsão do tempo
  • Convertendo moedas e unidades de medida

Consultando o horário

O Google é muito útil nesse aspecto pois ele pode fornecer o horário de qualquer lugar do globo terrestre.

Para fazer isso, digite a palavra “Horário” e depois o lugar que você deseja.

Por exemplo, ao digitar “Horário Salvador” o Google me dará a seguinte resposta:

pesquisa no google horário-min

Fácil e rápido.

Verificando resultados de esportes

O Google também pode fornecer o resultado de vários jogos simultaneamente, e de várias ligas diferentes.

Basta você digitar resultado e o nome da liga ou partida em específico que você quer.

Você pode colocar a data da partida e o nome do seu time também para ser mais específico ainda.

pesquisa no google resultado nba-min

pesquisa no google resultado campeonato brasileiro-min

Descobrindo horários no cinema

Você está com vontade de assistir um filme hoje no cinema? Há um jeito muito fácil de você saber o horário dos seus filmes preferidos: basta fazer uma pesquisa no Google!

Dessa maneira, você nunca mais vai ficar esperando um filme começar ou chegar atrasado.

Vá na barra de pesquisa e digite Horários Filmes.

Após fazer isso o Google dará a lista de todos os filmes que estão em cartaz atualmente. Clique no que for de sua preferência.

pesquisa no google horários de filmes-min

Ao clicar em algum filme, o Google dará os horários dos cinemas mais próximos de onde você está no momento da pesquisa.

Você também pode escolher um período do dia que for de sua preferência, como manhã, tarde, noite, ou até mesmo madrugada.

pesquisa no google filmes-min

Pesquisando horários de voos

Outro recurso muito útil que o Google oferece é mostrar os horários de voos.

É muito válido para quem trabalha e precisa viajar bastante, ou para quem é amante de viagens e não quer se atrasar para nenhum voo.

Coloque “Horário do voo” na barra de pesquisa e o destino para onde você quer ir.

pesquisa no google horários de voos-min

O Google, além de dar a duração do voo, também dá os próximos horários que ocorrerão esses voos, bem como as companhias e os dias da semana.

O Google sempre dará os voos partindo do aeroporto mais próximo de onde você realizou a pesquisa.

Pesquisando coordenadas no Google

Este é um processo muito fácil, mas não é tão utilizado por conta das coordenadas geográficas serem usadas apenas em casos um tanto quanto específicos.

Apenas digite “Coordenadas” e o lugar que você quer saber as coordenadas.

pesquisa no google coordenadas geográficas-min

O Google dará a Latitude e a Longitude do local.

O processo inverso também é possível, ou seja, colocar as coordenadas geográficas para que o Google dê o local.

Para isso, abra o Google Maps e introduza as coordenadas. O Google dará o local exato.

pesquisa no google maps-min

O Google aceita três tipos de coordenadas:

  1. Graus, minutos e segundos (DMS)
  2. Graus e minutos decimais (DMM)
  3. Graus decimais (DD)

No primeiro tipo (DMS), os graus são divididos em sessenta minutos. Cada minuto se subdivide em sessenta segundos, e os segundos são divididos em frações ainda menores.

No segundo tipo (DMM), os graus também são divididos em sessenta minutos, porém, cada minuto é divido de maneira decimal.

E no terceiro e último tipo (DD), os graus são divididos em frações decimais.

Um pouco complicado, mas basta fazer uma pesquisa no google com as coordenadas e o Google fornecerá o local desejado em poucos segundos.

Pesquisando por imagem no Google

O Google não disponibiliza somente conteúdo em formato de texto, mas também em formato de imagens!

Faça uma pesquisa no google sobre qualquer assunto e espere o Google fornecer as respostas.

Logo após você realizar esse processo, você verá uma aba logo abaixo da barra de pesquisa com várias opções, clique em “Imagens“.

O Google apresentará inúmeras imagens sobre o assunto que você pesquisou.

pesquisa no google imagens-min

Realizando cálculos

Você também pode realizar cálculos no Google!

Basta digitar um número, um operador matemático e outro número e o Google faz o cálculo para você.

Ao fazer isso, aparecerá uma calculadora onde você pode usar outros operadores matemáticos mais complexos, como os operadores trigonométricos, raiz e porcentagem.

pesquisa no google cálculos-min

Sabendo a temperatura e a previsão do tempo

Ao digitar “Previsão do Tempo” na barra de pesquisa, o Google mostrará a temperatura atual, a previsão do tempo para 7 dias e algumas estatísticas.

pesquisa no google previsão do tempo-min

Existem três abas de estatísticas: Temperatura, chuva e vento.

Ao clicar em cada um, o Google dará as estatísticas semanais de cada um desses fatores.

pesquisa no google chuva-min

pesquisa no google vento-min

Convertendo moedas e unidades de medida

Este é um recurso muito válido e muito utilizado, desde donas de casas até estudantes de engenharia.

Pode ser utilizado por qualquer pessoa que queira fazer uma conversão de medida seja ela qual for.

Para isso, você deve colocar a medida atual depois coloque a palavra “em” e depois a medida desejada.

Veja exemplos nas imagens abaixo:

pesquisa no google conversões-min

A conversão também é válida para qualquer tipo de moeda.

pesquisa no google conversão moeda-min

Conclusão

Search, 3D, Typography

Seu conhecimento sobre pesquisa no Google está em outro nível agora!

Você já sabe sobre o que as pessoas estão pesquisando no Brasil e no mundo e já sabe como administrar seus navegadores, tornando o Google o navegador padrão e apagando o histórico de pesquisa no Google, sempre que quiser ou precisar.

Você pode usar recursos do Google, como a busca avançada ou como os operadores de pesquisa para seu próprio benefício.

Este conhecimento com certeza fará diferença na sua vida e no seu trabalho, pois saber como usar o Google de forma correta e proveitosa, por incrível que pareça, é um diferencial, já que muitas pessoas sabem mexer no Google de maneira muito superficial.

O Google tem muito poder – de fato, muito mais do que as pessoas imaginam.

Afinal, ele é um recurso global quase infinito, e é possível dizer que a Internet funciona na base do Google.

É por isso que poder aproveitar o poder da pesquisa no Google é incrível para propósitos de SEO.

Fazer ajustes às suas pesquisas no Google pode abrir novos caminhos para você. Você pode espionar seus concorrentes e obter resultados super específicos.

E o melhor: tudo isso é 100% gratuito. Uma base de dados de SEO gigantesca à sua disposição, por 0 dólares!

Não sei o que você acha, mas, para mim, isso é um sonho de SEO.

Os operadores de pesquisa no Google não parecem ser nada demais, mas podem ajudar a levar suas habilidades de SEO de zero a cem em minutos.

Quer se aprofundar ainda mais em SEO e turbinar seu trabalho na internet? Eu escrevi um artigo sobre isso, confere aqui.

Compartilhe