Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Como Melhorar as Taxas de Abertura de Email Antes que Seja Tarde Demais

email open rate

Melhores emails normalmente se traduzem em melhores taxas de conversão.

Pode ser tão simples assim.

Mas há bilhões de emails enviados todos os dias.

Então, se o seu email nunca for aberto e ficar perdido num mar de mensagens não lidas, isso não vai acontecer.

As pessoas nunca vão perceber o que você tem para oferecer se elas nunca virem seu material.

Mas qual é o número certo de quantidade de emails que você deve enviar a cada mês?

Essa é uma pergunta difícil de responder.

Se você enviar muitos, você vai irritar os clientes até o ponto de eles anularem a inscrição. No entanto, se você não enviar o suficiente, você não vai entrar no radar deles.

Felizmente, existem algumas regras rápidas que você pode usar para aumentar suas chances de sucesso.

Veja como melhorar sua taxa de abertura de email antes que seja tarde demais:


Etapa 1. Você está enviando emails suficientes?

Todos queremos saber o número perfeito de emails para enviar a cada mês.

Cada ramo é um pouco diferente. Você pode enviar emails diários se você trabalhar em certos ramos. Enquanto isso, enviar emails apenas duas vezes por mês poderia dar certo em outro ramo.

Uma ferramenta para descobrir rapidamente isso é a HubSpot’s Email Open Rate Benchmark Tool.

cd17

Basta colocar sua taxa de abertura de email atual e selecionar o seu ramo para ver um comparativo seu com o resto da sua concorrência.

Então, em que ponto os emails se tornam ‘demais’?

O HubSpot descobriu que as empresas que enviaram mais de 30 campanhas por mês tiveram um declínio nas suas taxas de abertura de email e taxa de cliques.

As campanhas foram definidas como segmentadas, emails individuais enviados para uma parte do banco de dados das empresas. Não foi um disparo genérico de email para todo mundo.

Mas qual foi o ponto de equilíbrio que eles encontraram?

Entre dezesseis e trinta emails por mês pareceram gerar a melhor resposta.

Pode parecer demais à primeira vista. No entanto, faz todo sentido quando você pensa melhor sobre isso.

Você está competindo com centenas de milhares de outras pessoas para acessar a caixa de entrada do seu prospect.

Claro, seu conteúdo precisa ser incrível. Mas as pessoas precisam desejar vê-lo também.

Isso só acontece se você estiver constantemente acompanhando e checando a suas caixas de entrada regularmente.

As empresas que enviam 16-30 emails por mês obtêm taxa 2x maiores de cliques do que as empresas que enviam menos de dois emails.

Veja o que as descobertas do HubSpot dizem:

email open rate logo.pngt1501558310533width669nameemail open rate logo

Quando você atinge o intervalo de 16 a 30, você pode começar a ter uma taxa média de abertura de 32,4% e uma taxa de cliques de 6,5%.

Vamos descobrir quais outras dicas e truques podem melhorar esses números.

Etapa 2. Mantenha sempre seus emails curtos

Nos últimos anos, as taxas de abertura e clique permaneceram estáveis.

Apesar do volume de emails ter aumentado grandemente.

O desempenho do email em dispositivos de mesa pode estar diminuindo, mas o desempenho do celular está aumentando.

E é por isso que as mensagens curtas e rápidas funcionam melhor.

Linhas de assunto curtas se encaixam perfeitamente em uma tela móvel. Isso força as empresas a serem breves.

A boa notícia é que a brevidade também pode criar curiosidade. Olhe para este exemplo do SUITSUPPLY:

pasted image 0 138

Essa não parece uma linha clássica de assunto de marketing.

Não há afirmações de hipérbole ou de chamada de atenção.

Em vez disso, ele usa uma frase vaga para chamar sua atenção. À primeira vista, parece que é de um amigo, em vez de uma empresa.

As pessoas verificam seus emails nos seus telefones primeiro.

Consequentemente, primeiro a sua linha de assunto precisa ser escrita para celular.

Dê uma olhada neste exemplo da Barnes & Noble :

pasted image 0 143

Viu o tamanho?

Essa linha de assunto funcionaria bem em um dispositivo desktop. No entanto, provavelmente seria cortada em uma pequena tela móvel.

Agora compare com este exemplo do TripAdvisor.

pasted image 0 140

Você vai ver que se parece com o primeiro que acabamos de ver. É simples e breve.

Também parece que um amigo estava perguntando sobre sua viagem.

Você não está tentando enganar as pessoas para abrir seus emails. Você está apenas tentando adaptar sua abordagem ao que as pessoas estão vendo em seus dispositivos móveis.

Etapa 3. Concentre-se no valor e não nas promoções

O MailChimp analisou 40 milhões de emails e descobriu que a linha de assunto pode ter um impacto direto sobre quantas pessoas leem seu email.

Algumas linhas de assunto obtiveram taxas de abertura de até 87%, enquanto outras derrubaram as taxas de abertura para um único dígito.

Curiosamente, eles descobriram que algumas fórmulas continuavam funcionando. Exceto que provavelmente não são as fórmulas que você está pensando.

Nenhuma das linhas clássicas de assunto de marketing funcionou bem. Em vez disso, os melhores artistas geralmente usavam frases mundanas como “Boletim Informativo da Empresa”.

Aqui está um exemplo perfeito da Free Biz Mag:

Você não esperaria que algo tão básico funcionasse bem. Mas aparentemente, funciona!

O valor e a consistência desse tipo de mensagem acabam pagando dividendos quando os clientes têm a chance de conhecê-lo ao longo do tempo.

Os dados também mostraram que linhas de assunto promocionais pesadas geralmente não davam resultado.

Aqui está um exemplo do Shutterfly:

pasted image 0 142

Aqui está o que podemos aprender com isso.

As pessoas gostam de ler emails reais que são enviados e criados por pessoas reais.

Elas não querem sentir que estão sendo constantemente assediadas ou espancadas na cabeça com promoções.

Em vez disso, as pessoas se preocupam com suas ideias sobre o setor e quais benefícios vão receber se abrirem seu email – além de mais outro código de desconto, por assim dizer.

Uma das melhores maneiras de fazer isso é usando palavras pessoais como “eu”, “você” e “nós”.

A campanha presidencial de Hillary Clinton de 2016 usou essas três palavras em quase todos os emails que eles enviaram.

cd21

Independentemente das nossas convicções políticas, todos podemos aprender alguma coisa com isso.

Ela constrói confiança e realmente fala com você e não para você.

Etapa 4. Use números específicos para atrair a atenção

Usar números permite que você acerte na mosca quase todos esses truques e melhorar a taxa de abertura de email.

Por exemplo, confira este aqui do PostMates:

cd26

Tem muita coisa acontecendo aqui, então vamos ver por partes.

Primeiro, eles estão oferecendo US$100. Isso mesmo!

Em segundo lugar, eles estão dizendo que tem apenas “mais um dia”. Esse prazo cria urgência para fazer você agir.

Em terceiro lugar, eles estão usando o aviso simples, mas eficaz: “É a sua última chance”.

Observe o uso do termo “sua” para personalizar essa declaração.

Você, pessoalmente, pode estar perdendo algo se você não agir rapidamente.

Aqui está a mesma tática de um canal diferente.

O AdEspresso está usando números em um anúncio no Facebook para chamar sua atenção imediatamente.

cd28

Esse aqui faz duas coisas particularmente bem:

Mensagens negativas enfocam o que vai acontecer às pessoas. Ou fala sobre o que já aconteceu com elas.

E é uma das melhores maneiras de atrair atenção instantânea.

Esses dois exemplos acima têm outra coisa em comum.

Ambos estão usando números ímpares. “Um dia restante” e “70%”.

Curiosamente, os estudos mostraram que os números ímpares tendem a superar os pares.

Aqui está outro exemplo perfeito do Ramit Sethi:

image 6

Esse aqui assinala muitos dos itens que vimos até agora.

É curto! Ele usa letras minúsculas e linguagem informal para que pareça ser de um amigo.

E usa um número para se destacar entre todas as outras coisas na sua caixa de entrada.

Etapa 5. Use sempre um CTA de algum tipo

Em uma matéria, os jornalistas são obrigados a encontrar quem, o que, quando, onde, por que e como antes de publicar.

Nós vamos definir o mesmo padrão para nossos emails.

Cada email que você envia deve responder a essas perguntas.

Caso contrário, fica fácil que seus destinatários não entendam o que está acontecendo ou por que eles devem clicar.

Adicionar esse nível de contexto implica em uma call to action (CTA).

Por exemplo, digamos que estamos prestes a escrever um novo email para alguém. Então, abrimos nossa ferramenta de email marketing e começamos a digitar algumas linhas para conseguir estes ingredientes básicos.

O início explica o problema ou questão que está gerando seu email.

Daí a próxima seção começa a expandir o motivo pelo qual você está entrando em contato.

Ele responde a persistente questão que fica na mente de quem está lendo. Eles estão pensando: “O que isso tem para mim?”

O CTA é como eles vão obter o valor que você está prometendo. Nesse caso, é um botão gigante.

No entanto, também pode ser tão simples quanto um link de texto para que você possa ter certeza de que vai funcionar em dispositivos móveis.

O objetivo é criar sua mensagem rápida. É por isso que estou enviando um email para você e aqui está o que você pode obter.

image 5

Etapa 6. Faça perguntas para criar confiança

Perguntas estimulam nossa curiosidade.

Elas abrem a porta para um assunto novo e interessante o suficiente para chamar nossa atenção.

No entanto, elas se afastam sem dar a resposta.

Essa estratégia cria uma “lacuna de curiosidade” que provoca nossos cérebros até descobrirmos o que está sendo dito.

Pense nisso como um cliffhanger digital que você encontraria no final de seu romance de mistério favorito.

Veja como o Pinterest faz isso:

A coisa inteligente sobre esse exemplo do Pinterest é que provavelmente é uma questão retórica.

Por que eles estão enviando algo sobre decoração de interiores?

Bem, você provavelmente estava apenas olhando algum pin sobre decoração de interiores no site deles.

Automação de marketing!

Isso não é um acidente. Eles estão fazendo referência ao seu comportamento no passado, de modo que agora parece que eles estão “lendo sua mente” com essa campanha.

Outra tática é ir com alguma coisa que se inspira na rota da isca de clique.

Por exemplo, confira o que o Wyndham Rewards faz neste email:

cd23

Temos que admitir que essa linha de assunto do Wyndham é um pouco ardilosa.

Mas quem não gostaria de pagar apenas US$34 por um quarto de hotel?

Esse preço é quase bom demais para ser verdade.

Então, é exatamente por isso que você vai clicar para descobrir se é verdade ou não.

Você quase não consegue se conter. Você tem que, pelo menos abrir o email para ver qual é o truque.

Uma dica final gira em torno de “hot topics” sobre quais pessoas já são mais sensíveis.

Por exemplo, você provavelmente quer ficar longe de política ou religião.

Mas privacidade é um exemplo perfeito! Todos os dias, você lê um novo artigo sobre como “o governo está espionando você” ou algo parecido.

É exatamente isso que Zapier faz bem neste próximo exemplo.

image 2

Eles sabem que você já está um pouco assustado sobre quem pode estar ouvindo ou observando você.

Essa linha de assunto faz referência a algo que já está no fundo de sua mente.

Você mais uma vez não tem escolha senão clicar e descobrir o que eles estão dizendo.

Etapa 7. Evite o envio de spam com palavras poderosas

Quem ganhar, paga a conta!

O que essa linha de assunto faz você pensar?

Isso parece um pouco falso?

Você não ficaria surpreso se isso fosse instantaneamente bloqueado por filtros de spam. O Gmail pode marcar automaticamente e tirar da sua caixa de entrada para sempre.

Usar palavras que soam muito como spam ou golpe pode ser perigoso.

Se seus emails começam a ser enviados para a pasta de spam de seus destinatários, você vai desperdiçar sua taxa de abertura de email.

Por exemplo, aqui está um exemplo recente que foi enviado para minha pasta de spam:

image 3

E aqui está a coisa louca sobre esse email.

Eu me inscrevi para ser notificado sobre essa conferência!

Então, na verdade eu quero receber esses emails. E, no entanto, ele está passando direto da minha caixa de entrada para a pasta de spam porque usa palavras persuasivas demais.

Aqui está outro exemplo do Credit Sesame:

cd24

Mais uma vez, é um email legítimo.

A empresa é impressionante e a oferta que eles apresentam é sólida.

No entanto, a linguagem usada levanta suspeitas.

Empréstimo pessoal, em geral, é um hot topic com muitos provedores de serviços de email.

Por exemplo, confira esta longa lista de palavras que vão ser enviadas para a pasta de spam:

image 4

E essa é apenas a primeira de três categorias diferentes em serviços financeiros.

Louco, certo?!

Otimizar emails para gerar taxas de abertura e cliques pode ser um delicado equilíbrio.

Por um lado, você deve usar linguagem evocativa que leva as pessoas a se sentarem e a tomarem conhecimento.

No entanto, você precisa ter muito cuidado para não ser enviado diretamente para a pasta de spam.

Esse é um grande risco para se evitar com clientes e leads importantes.

Felizmente, existem alguns truques que você pode usar para evitar esses problemas.

O primeiro é que o contexto é importante.

Por exemplo, a palavra “grátis” costuma ser mal interpretada no marketing por email.

Mas também depende de como você está usando a palavra “grátis” no corpo do email.

Seu email de acompanhamento da sua “consulta grátis” pode não ter problema. Nesse sentido, você não está enviando spam nem enviou emails exagerados.

Agora, “TV de 50 polegadas grátis” pode ter problemas.

Dá a impressão que você está dando um “iPad grátis” para conseguir as informações pessoais de alguém. Você conhece esse tipo de promoção de que estou falando.

Então, como você consegue o ponto certo sem usar possíveis palavras de filtro de spam que possam sabotar sua entrega?

Crie urgência em vez disso!

O MailChimp descobriu que palavras como “agora mesmo” ou “importante” podem aumentar a urgência por conta própria:

pasted image 0 144

Você também pode induzir a ação usando palavras de impacto que ativam nossos instintos e desejos primitivos.

Ao contrário do exagero, as palavras de impacto devem chamar a atenção das pessoas com uma linguagem forte e provocativa.

Vejamos um exemplo:

As taxas médias de abertura e de clique para o setor de Marketing são 18% e 2,5%, respectivamente.

Agora, aqui está como transformar essas taxas em crescimento explosivo:

“Por que os rankings do SERP são inúteis”

Essa última palavra, “inúteis”, é vívida.

É ousada e evocativa. E toda a linha de assunto também é um pouco contraditória.

Você está acostumado com o ranking SERP sendo importante e útil. No entanto, essa linha de assunto está questionando isso.

O Buffer fez uma excelente análise sobre algumas das palavras de impacto mais populares.

Copy of Untitled design 5

Cada uma dessas palavras transmite algo especial ao leitor.

Por exemplo, palavras como “novo”, “anunciar”, “de repente”, “instantaneamente”, “agora” e “apresentando”, todas transmitem a mesma coisa.

Basicamente, elas estão dizendo que as coisas mudaram.

Você pode já ter visto como as coisas costumavam ser. Você pode estar familiarizado com o status quo anterior.

Mas agora há uma opção melhor, mais rápida, menos dispendiosa, que você precisa ver para acreditar.

Eles podem até interpretar sua linha de assunto como sendo apenas uma isca.

Porém, a melhor parte é que eles não vão jogar seus emails direto na pasta de spam.

Conclusão

Hoje em dia, você deve se destacar para alguém se importar. Isso é especialmente verdadeiro com os emails que são enviados para caixas de entrada mais do que nunca.

Normalmente, “se destacar” significa ir contra a correnteza. Você deve fazer o oposto das manchetes normais e sem novidade que você vê todos os dias na sua caixa de entrada.

Você pode ter um ótimo conteúdo e gráficos no corpo do seu email.

Mas nunca verão a luz do dia se o leitor não passar de um título previsível.

Antes de enviar um email, releia o título e pergunte-se se você o abriria.

Você pode começar enviando emails com mais frequência, para que as pessoas esperem vê-lo sempre em suas caixas de entrada.

Em seguida, você pode usar linguagem curta e casual para que pareça como se você fosse amigo de alguém. Isso vai funcionar se as pessoas estiverem abrindo os emails em seus dispositivos móveis.

Daí, aprimore ainda mais com perguntas inesperadas ou números atraentes.

Não seja muito “comercial”, nem se esqueça de adicionar um call-to-action, para que as pessoas saibam exatamente por que você está enviando o email.

E, por último, mas não menos importante, evite as palavras notórias que ativam os filtros de spam.

Em vez disso, você pode usar palavras de impacto para que as pessoas atuem imediatamente.

Diga que as coisas mudaram e que a única maneira dos seus assinantes poderem ver a melhora, será lendo seu email.

Qual o melhor truque que você usa para aumentar o número de pessoas que abrem seus emails?

Compartilhe