Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Guia Passo A Passo Para Integrar Palavras-Chave de Cauda Longa no Seu Blog

seo longtail

Quando eu comecei a segmentar palavras-chave de cauda longa, meu tráfego orgânico de motores de busca cresceu para 173.336 visitantes por mês. Você vai deixar de ganhar muito tráfego de busca se não criar posts em torno de termos mais longos.

Eu te encorajo a segmentar palavras-chave de cauda longa, porque elas são mais fáceis e mais lucrativas. Para a maioria delas, você não vai enfrentar uma concorrência significativa.

Há poucas dúvidas de que a base do SEO é implementar uma ferramenta de pesquisa de palavras-chave e integrar a lista de frases de palavras-chave. Mas as palavras-chave não são todas iguais. A maioria das grandes marcas está começando a ver o potencial de palavras-chave mais longas, especificamente frases de cauda longa.

Por exemplo: a Amazon faz 57 por cento de suas vendas a partir de palavras-chave de cauda longa. Porque as variedades de cauda longa, especialmente as que têm intenção comercial, convertem muito bem.

image01

Palavras-chave principais como “seguro automóvel” podem gerar a maior parte do tráfego de busca na lista de ideias de palavras-chave, se você eventualmente posicionar no ranking para elas. Mas segmentar palavras-chave tão concorridas de forma eficaz retira poder do melhor uso do seus esforços com motores de busca.

Por outro lado, a palavra-chave “melhor seguro automóvel” pode não ter tantas buscas mensais, mas por ser mais longa que a palavra-chave principal, pode ser posicionada mais facilmente em um motor de busca e começar a gerar mais tráfego no blog e leads.

Se você planejar seu conteúdo cuidadosamente e integrar os termos de busca certos, seus posts de blog podem viralizar e dominar o topo dos resultados dos mecanismos de busca. Vou te mostrar como usar palavras-chave de cauda longa para fazer exatamente isso, em cinco passos simples.

1º Passo: Defina o Propósito do Conteúdo

Antes de poder integrar de forma eficaz palavras-chave de cauda longa em seus posts de blog, você precisa definir o propósito do seu conteúdo. As palavras-chave de cauda longa sozinhas não vão fazer tudo.

Quanto mais cedo você começar a levar a sério a estratégia de marketing de conteúdo, melhores vão ser seus resultados. Uma estatística da Oracle revela que “por dólar gasto, o marketing de conteúdo gera mais ROI do que a busca paga.” No caso de palavras-chave de cauda longa, se especializar em cauda longa, com uma lista inteligente de frases de palavra-chave, é fundamental.

Se você quiser aumentar sua lista de emails, pare de divulgar seus produtos e serviços. Ao invés disso, foque em fornecer um valor imenso aos seus usuários. Dê a eles uma boa razão para se cadastrarem.

Se quiser compartilhamentos sociais, crie títulos melhores e facilite aos leitores compartilhar seu conteúdo. E você pode aumentar os comentários em seus posts ao fazer perguntas e encorajar as pessoas a compartilhar opiniões sobre o seu tema. Títulos melhores muitas vezes incorporam uma lista de ideias de palavras-chave.

Você precisa também aperfeiçoar suas habilidades, não para parecer inteligente ou especial, mas porque quando você fizer isso, vai entender melhor como o seu público se sente e o que você pode fazer para atender às necessidades dele.

image56

Ser um especialista em marketing não envolve só ter habilidades de redação ou usar uma ferramenta de pesquisa de palavras-chave. É preciso ser inteligente e estratégico com o marketing de conteúdo. Sua habilidade de pegar um conteúdo publicado e levá-lo a milhares de leitores dentro de um período específico vai determinar seu sucesso. Seus leitores vão te encontrar com uma pesquisa de cauda longa eficaz e, de preferência, orgânica.

Na minha experiência, na verdade é bem fácil escrever artigos. Qualquer um que tenha lido algumas dicas sabe fazer isso. O desafio é criar conteúdo envolvente, que facilite a divulgação, para um volume de busca maior.

Quando você integrar naturalmente palavras-chave de cauda longa para gerar tráfego direto e tráfego de mídias sociais, seus rankings de busca e tráfego vão melhorar gradualmente até o ponto em que você não vai precisar se envolver ativamente no marketing do seu blog.

2º Passo: Entender a Sua Persona

Quem faz parte do seu público-alvo? Você pode descobrir isso ao criar a sua persona.

Segundo o Stan and Stacy, um persona é basicamente uma ferramenta de visualização. É uma representação de um leitor ideal específico que você gostaria de atrair ao seu blog ou site.

image16

Criar e manter personas deixa o marketing de conteúdo mais fácil e eficaz, e é um componente da sua ferramenta de pesquisa de palavras-chave. Isso te ajuda a evitar criar conteúdo para o público errado ou segmentar a lista de frases de palavra-chave erradas.

As personas deixam muito mais fácil entender seus potenciais clientes. Você pode ver todos os fatos pertinentes a eles de uma vez.

E no momento em que você entender o que passa pela cabeça do seu cliente, integre palavras-chave de cauda longa, aumente seu tráfego de busca e deixe todo o seu marketing mais eficaz.

Você pode fazer isso começando com emails personalizados lembre-se: a personalização geralmente aumenta as taxas de cliques em 14% em média.

image05

3º Passo: Pesquise Palavras-Chave de Cauda Longa

Alguns especialistas em marketing sofrem para encontrar as palavras-chave de cauda longa certas. Eles continuam segmentando palavras-chave principais muito concorridas e aí se perguntam porque seu tráfego de busca não está crescendo.

Na minha experiência pessoal, a busca de cauda longa simplifica o marketing de conteúdo e melhora os resultados dele. Em dezembro de 2012, o KISSmetrics recebeu 142.149 visitantes de palavras-chave de cauda longa, e eu nunca mais voltei atrás (e já faz 7 anos).

Variações de cauda longa de suas palavras-chave podem ter volumes de busca menores do que palavras-chave principais, mas as taxas de conversão delas geralmente são muito altas. Esse é o poder de se tornar um especialista em palavras-chave de cauda longa: use as palavras-chave de cauda longa para direcionar precisamente um público que está dando sinais de compra em sua consulta de busca.

É por isso que você deve usá-las se realmente quiser adquirir consumidores para o seu negócio online, não importa qual é o seu nicho. Compradores sérios usam uma busca de cauda longa.

image58

Vamos encontrar essas palavras-chave de cauda longa agora mesmo:

1º passo: Vá ao Ubersuggest, insira sua palavra-chave principal (ex: seguro automóvel) e clique no botão “buscar”:

2º passo: Clique em “Ideias de Palavra-chave” no menu lateral.

3º passo: Selecione suas palavras-chave de cauda longa na lista de resultados, identificando palavras-chave com quatro ou mais palavras.

4º passo: Filtre os resultados para ver palavras-chave de cauda longa com volume de busca alto e SD baixo.

Para essa indústria específica, que é extremamente concorrida, eu determino uma SEO Difficulty de no máximo 40, mantendo o volume de buscas entre 2.000 e 7.000. Aqui está o resultado:

Não só há 80 palavras-chave que atendem aos meus critérios, mas muitas delas são ótimas candidatas. Por exemplo, “seguro automóvel mais barato em Michigan” é extremamente atraente. Veja por que:

  • 5.400 buscas mensais são mais do que suficientes para fazer a diferença (mais sobre isso em breve).
  • Um SD relativamente baixo de 34 mostra que posicionar na primeira página é possível.
  • Um CPC de $37,89 comprova que é uma palavra-chave de alta conversão (geralmente, quanto mais alto o CPC, melhor a conversão).

Assim, se você decidir segmentar “seguro automóvel mais barato em Michigan”, o próximo passo é clicar na palavra-chave. fazer isso mostra o seguinte:

Essa é uma lista com os 10 primeiros resultados de busca para a palavra-chave, incluindo:

  • URL
  • Estimativa de Visitas
  • Links
  • Domain Score
  • Compartilhamentos Sociais

Há algumas coisas que chamam a minha atenção:

  • Estimativa de visitas por mês para as três primeiros posições alta
  • O número médio de backlinks dos resultados da primeira página é 16
  • Nenhum dos sites entre os 5 primeiros fez um trabalho muito bom nas mídias sociais

Em outras palavras, essa é uma palavra-chave de cauda longa que você pode dominar. E se você chegar à primeira posição, ela vai gerar, em média, mais de 1.600 visitas altamente segmentadas por mês.

Intenção do usuário x segmentação de palavra-chave: Existe uma pequena diferença entre como o SEO era e como ele é hoje. A segmentação de palavras-chave ainda é crucial – o Google ainda não abandonou isso – mas o foco agora está nos usuários que estão digitando essas palavras-chave.

image06

Primeiro a má notícia: ter como meta posicionar entre os 10 primeiros resultados para uma palavra-chave específica já não é realista.

Isso porque quanto mais você procurar chegar à 1º posição, mais desesperado fica, e mais disposto a usar práticas de SEO questionáveis, que têm uma grande probabilidade de atrair a ira do Google.

Ao invés disso, existe uma nova mentalidade de SEO que você precisa adotar agora mesmo.

image37

O novo SEO exige cuidar dos seus usuários e resolver os problemas deles. É por isso que usar palavras-chave de causa longa inteligentes te ajuda nos resultados de pesquisa, não te prejudica.

4º passo: Crie Conteúdo Baseado em Palavras-Chave de Cauda Longa Selecionadas

A criação de conteúdo é uma aventura difícil, especialmente se você não for um autor apaixonado. No entanto, você pode deixar o processo mais eficaz ao simplesmente plantar as sementes certas no seu conteúdo. Essas semanas são os termos de consulta de cauda longa que vão fazer o Google te enviar mais tráfego segmentado.

Depois da atualização Panda do Google, negócios de todos os tamanhos começaram a investir mais em marketing de conteúdo, porque constataram que essa é a melhor forma de atrair e reter consumidores.

Simplesmente repetir palavras-chave várias vezes para melhoras as posições nos rankings de busca funcionava bem até 2011, mas o Google Panda e o Google Penguin mudaram o jogo. Palavras-chave de cauda longa não usam muito a repetição, e sim a segmentação.

Mas não se engane: o processo de entender como usar uma ferramenta de palavras-chave e segmentar ainda é a base do SEO. Você ainda precisa monitorar as posições de suas palavras-chave no Google. No entanto, você vai ver um crescimento em seu tráfego de busca por segmentar palavras-chave de cauda longa de forma natural. Muitas vezes, essas palavras-chave não só vão gerar visitantes para o seu site, mas eles serão visitantes envolvidos, que já indicaram interesse em seu produto. 

image26

Palavras-chave são um fator crítico no algoritmo dos rankings do Google. Não importa qual é o fator de posicionamento mais recente: adaptação a dispositivos móveis, velocidade do site, envolvimento. O uso de palavras-chave na página aumenta o desempenho do seu conteúdo em 15,04%.

image03

Assim, vamos examinar como integrar palavras-chave de cauda longa naturalmente ao nosso conteúdo escrito.

1) Como usar palavras-chave de cauda longa em títulos: Segundo o MBA Online, todos os dias nós somos inundados com mais de 2 milhões de posts de blog e 290 bilhões de emails.

Não importa o que você está escrevendo: posts de blog, linhas de assunto para emails, anúncios do Facebook ou qualquer outra coisa. O título é um elemento crucial. Até um pequeno erro pode limitar seu tráfego ou até irritar seus leitores.

Se você acertar com o título perfeito, vai posicionar alto nas páginas de resultados de busca. Títulos magnéticos vão fazer seus consumidores clicarem, lerem e responderem entusiasmadamente às suas ofertas.

Títulos ricos em palavras-chave de cauda longa vão acabar melhorando sua posição nos rankings e aumentando o envolvimento em seu blog. Seu público-alvo está procurando posts que resolvam os problemas dele e abordam as palavras-chave que foram inseridas na caixa de busca do Google. Eles não sabem, mas muitas vezes fazem pesquisas de cauda longa, e assim, quando você faz isso bem, seu título e seu resultado de busca já respondem às necessidades deles.

O WPBeginner aumentou seu tráfego orgânico em 20% em apenas dois meses. Com o tempo, eles descobriram que variedades de palavra-chave mais longas têm a capacidade de enviar 70% mais tráfego de busca, porque são menos concorridas e altamente segmentadas para os usuários.

image40

Não existe uma regra única para se incluir palavras-chave de cauda longa em títulos, mas posso te mostrar algumas dicas que fazem seu conteúdo fluir naturalmente, que é exatamente o que um motor de busca procura em suas campanhas de inbound marketing.

image59

Ao ser natural em seu título (e em seu texto-âncora, ao criar links para outros sites), você pode direcionar mais de 20.000 visitantes mensais usando termos de pesquisa de cauda longa.

Assim, vamos integrar palavras-chave de cauda longa em nossos títulos agora mesmo. Siga esse processo em três passos:

1º passo: Pesquise e selecione termos de busca de cauda longa. Vamos continuar usando o Google Ads Keywords Planner nesse exemplo.

No painel, digite sua frase de palavra-chave principal (ex: criar pequeno negócio) e clique no botão “Get Ideas”.

image32

Na imagem acima, você pode ver as palavras-chave de cauda longa que vamos integrar nos títulos do nosso post:

  • checklist criar um pequeno negócio
  • melhor pequeno negócio para criar
  • passos para criar um pequeno negócio
  • ajuda para criar um pequeno negócio

2º passo: Reproduza títulos populares e virais. Selecionar palavras-chave de cauda longa não é suficiente, você precisa também identificar conteúdo viral específico à sua indústria e aprender com ele.

Quando você encontra títulos que foram compartilhados milhares de vezes no Facebook, no LinkedIn, no Twitter, no Pinterest e outros, isso significa que você também pode ter ótimos resultados – é só estudá-los e incorporar as estratégias encontradas em seu próprio conteúdo.

E então, como encontrar esses títulos de post virais? Visite o BuzzSumo, insira sua palavra-chave principal (ex: criar pequeno negócio) e clique no botão “search”.

image14

Os dois títulos virais na imagem de captura de tela acima são:

  • 5 Formas Simples de Criar um Pequeno Negócio – 102.658 compartilhamentos no Facebook
  • 6 Coisas Que Eu Queria Ter Ouvido Quando Criei Meu Pequeno Negócio – 10.165 compartilhamentos no Facebook, 1.164 compartilhamentos no LinkedIn.

Nota: Você pode voltar às palavras-chave de cauda longa que pesquisamos no primeiro passo. No terceiro passo, vamos integrá-las naturalmente a títulos inspirados nos títulos virais.

3º passo: Crie seus títulos usando os títulos virais como modelo para a sua ferramenta de pesquisa de palavras-chave:

Título Original: 5 Formas Simples de Criar um Pequeno Negócio

Frase de palavra-chave a integrar: passos para criar um pequeno negócio

Título de post único e rico em palavras-chave baseado no modelo:

  • 7 Passos Para Criar um Pequeno Negócio e Crescer
  • 3 Simples Passos Para Criar um Pequeno Negócio Que Você Vai Adorar

Título original: 6 Coisas que Eu Queria Ter Ouvido Quando Criei Meu Pequeno Negócio

Palavra-chave de cauda longa a integrar: criar um pequeno negócio checklist

Título clicável e rico em palavras-chave baseado no original:

  • 6 Coisas Que Eu Queria ter Ouvido Ao Criar Um Pequeno Negócio: Checklist para o Sucesso
  • 10 Lições Que Eu Aprendi Ao Criar Um Pequeno Negócio: Checklist para o Crescimento

Você não precisa ser um dos vencedores do Prêmio Pulitzer para criar um título clicável e rico em palavras-chave. Não é preciso muita coisa para se tornar um profissional das palavras-chave de cauda longa.

Aqui está um segredo pouco conhecido: muitos dos títulos de posts que geraram mais compartilhamentos sociais foram baseados em títulos criados por outras pessoas. Quando eu encontro um título atraente e interessante, eu o copio, estudo e crio um título único e ainda melhor.

Por exemplo: quando dá um branco e eu não sei que tipo de título criar, eu vou ao Buzzfeed.com e vejo os títulos mais recentes deles, e aí uso isso para criar o meu.

Eu posso criar títulos melhores, únicos e ricos em palavras-chave facilmente ao me basear nas manchetes das últimas notícias do Buzzfeed. Vamos lá.

Título do Buzzfeed: Que Música Country Você Deve Ouvir Enquanto Fuma Um?

Meus títulos exclusivos, com as palavras-chave de cauda longa certas:

  • Que Conselho de Marketing Para Pequenos Negócios Você Deve Ouvir?
  • Em Que Curso de Geração de Tráfego para Blog Você Deve Investir?

Título do Buzzfeed: 11 Mensagens Que Vão Tocar Sua Alma

Meus títulos bem-feitos e ricos em palavras-chave:

  • 11 Estratégias de Criação de Links Que Vão Tocar Sua Alma
  • 11 Melhores Pequenos Negócios a Criar Que Vão Tocar Sua Alma
  • 13 Estratégias de Marketing de Conteúdo Incríveis Que Vão Tocar Sua Alma

2) Use palavras-chave de forma natural: Brian Dean aumentou seu tráfego de busca em 348% em 7 dias ao compartilhar estudos de caso de forma natural com seu público-alvo. Ele pode estar segmentando uma palavra-chave específica, mas esse não é o foco quando ele escreve o artigo.

Se não quiser que todo o seu trabalho seja em vão, foque em usar palavras-chave de forma natural.

Isso é essencial porque a maioria das palavras-chave de cauda longa são estranhas – elas não fluem bem. Se você usá-las como são, sua página ou blog podem receber uma penalidade do Google.

Por exemplo, a maioria das palavras-chave na imagem abaixo não fluem bem e não devem ser usadas assim em seus títulos:

image49

As palavras-chave estranhas estão destacadas acima. Aqui estão elas:

  • web design nova york
  • web design ny
  • web design rochester ny
  • web designers nyc

Nota: Não use as palavras-chave acima exatamente como aparecem. Seus títulos podem ficar cheios de palavras-chave, mas seus usuários não vão gostar. Assim, títulos como os abaixo são uma má ideia:

  • Top Web Design Nova York
  • Melhor Web Designers NY

Você ainda pode integrar a lista de palavras-chave, mas faça isso naturalmente. Seus usuários vão ficar entusiasmados para clicar e ler seu conteúdo:

  • Os 10 Melhores do Web Design: Designers Web Confiáveis em Nova York
  • Os Melhores Web Designers: Empresas em NY Especializadas em Design Web Responsivo

Nota: Aos olhos do Google, os dois pontos (:) não modificam a palavra-chave. Em outras palavras, “web design Nova York” é o mesmo que “web design: Nova York.” Mas o segundo conjunto de títulos é muito mais fácil de entender, e seus usuários vão apreciar isso. Assim, as chances de seu post ser compartilhado vão aumentar.

3) Escreva introduções com palavras-chave naturais: Uma boa introdução prepara a mente do leitor para as informações do artigo.

Muita gente escreve artigos e para por aí. Mas especialistas em marketing de conteúdo inteligentes sabem que após se criar e publicar o conteúdo, há mais coisas a fazer: você precisa divulgá-lo, monitorar o alcance dele e analisar os resultados. Todas essas tarefas ficam mais fáceis se a sua introdução encantar seus leitores.

Se você quiser que sua introdução atraia usuários de busca, integre de forma natural as mesmas frases de busca de cauda longa que eles estão inserindo nos motores de busca em seu conteúdo, além do seu título.

Apesar de não existir uma regra sobre a extensão da sua introdução, eu constatei que escrever pelo menos 100 – 200 palavras é o melhor, especialmente quando você está segmentando uma certa palavra-chave de cauda longa.

Introduções excelentes são difíceis de encontrar, para fazer sua introdução soar bem aos seus leitores, seja claro e interessante, incluindo a palavra-chave principal de forma natural. Aqui está um exemplo típico de uma introdução em que o autor é inteligente ao adicionar palavras-chave:

image17

Perceba como diferentes frases de cauda longa foram inseridas na introdução e no artigo de forma natural. Na imagem acima, as palavras-chave que localizamos rapidamente são:

  • algoritmo de posicionamento adaptado a mobile
  • ferramenta de teste adaptação a mobile
  • atualização adaptação a mobile do Google
  • páginas adaptadas a mobile

Vamos escrever rapidamente uma introdução com palavras-chave de cauda longa naturais. Digamos que você seja uma agência de SEO e queira criar um artigo de qualidade segmentando algumas palavras-chave de cauda longa lucrativas, e ao mesmo tempo, evitar uma penalidade do Google. Aqui estão os passos simples para fazer isso:

a) 1º passo: Selecione suas palavras-chave usando o Google AdWords Keywords Planner. Insira a palavra-chave que você quer posicionar e clique no botão “Get ideas”. O Google vai sugerir outras variações com menos concorrência:

image55

As palavras-chave a segmentar são:

  • empresas otimização para motor de busca
  • otimização motor de busca baixo custo
  • otimização motor de busca local

b) 2º passo: Entenda a intenção do usuário. Antes de escrever a introdução, assegure-se de que você entendeu porque os usuários inseriram as palavras-chave acima no motor de busca. Qual é o grande desafio para eles? Que solução procuram? E como você pode atraí-los?

Aqui estão os detalhes sobre a intenção de usuário por trás de cada consulta acima:

Empresas otimização para motor de busca: O usuário está interessado em identificar várias empresas que podem ajudá-lo a gerir e melhor o desempenho do site dele.

image25

Os usuários não estão procurando o melhor, querem saber quais são suas opções. Nesse momento, a probabilidade de alguns desses usuários contratarem qualquer empresa que você recomendar são baixas, porque eles ainda não estão prontos para tomar uma decisão. Eles ainda estão aprendendo. Assim, ensine.

Alguns dos títulos que funcionariam bem para esses usuários, respondendo à intenção deles, são:

  • Títulos sobre listas dos melhores, ex: 10 Melhores Empresas de Otimização Para Motores de Busca
  • Títulos naturais – ex: O Que Procurar em Empresas de Otimização para Motores de Busca
  • Títulos em forma de pergunta – ex: Como Encontrar As Melhores Empresas de Otimização Para Motores de Busca nos E.U.A.?

Otimização motor de busca barata: O usuário que digitou essa palavra-chave no Google pode ter um orçamento limitado, mas ainda assim precisa de uma agência ou especialista em SEO que possam ajudá-lo a ter resultados. Lembre-se que “baixo custo” é relativo.

Para pequenos negócios, “baixo custo” pode significar “500-1000 por mês”; para corporações digitais multinacionais, 20.000 por mês pode ser acessível. Tenha isso em mente ao escrever seu conteúdo.

c) 3º passo: Escreva a introdução. Eu acho bem fácil escrever uma introdução interessante que inclua palavras-chave naturalmente, porque trabalhei muito para ganhar uma compreensão aprofundada dos meus leitores. Me tornei um especialista em palavras-chave de cauda longa para as necessidades deles. Você deve fazer o mesmo.

Título: 10 Melhores e Confiáveis Empresas de Otimização Para Motores de Busca

Como empreendedor de um negócio online, você pode gerar muitos clientes e visitantes a partir de motores de busca. O maior desafio para a maioria dos donos de sites é a falta de habilidades de SEO e expertise para fazer o trabalho sozinhos. Mas a boa notícia é: existem empresas de otimização para motores de busca de baixo custo que você pode contratar, e algumas até são locais.

Reuni abaixo uma lista com as 10 melhores empresas, não porque elas sejam 100% perfeitas, mas porque elas apreciam cada consumidor que chega e têm uma longa cultura de dedicação a melhorar o desempenho nas buscas para seus clientes. Se você considerar que essas empresas de otimização para motores de busca de baixo custo são úteis, pode compartilhar essa lista com colegas no Facebook, no Twitter etc.

Se você estudar cuidadosamente a introdução acima, vai perceber que eu integrei 4 palavras-chave (sublinhadas): duas de cauda longa e duas principais.

A introdução flui naturalmente, e seus clientes vão adorar. Os spiders de motores de busca também vão achar que a introdução é relevante ao título e te recompensar por isso.

Nota: Não estou de forma alguma te encorajando a encher sua introdução de palavras-chave aleatórias. Isso vai gerar uma penalidade. Em alguns casos, eu nem estou interessado em palavras-chave, mas elas ainda aparecem nos meus posts:

Se você não se importar com palavras-chave específicas, assegure-se de que seu conteúdo não pareça artificial ou manipulativo.

Se você ainda for um iniciante, pode estudar posts em blogs com muita autoridade para ver exemplos. Pode ficar tranquilo, o Google ainda está interessado no uso de palavras-chave na página.

4) Escreva subtítulos com a intenção das palavras-chave: Subtítulos esclarecem a promessa que foi feita em seu título. Os usuários geralmente varrem o conteúdo digital antes de ler. Se os subtítulos forem fracos ou inadequados ao tema, eles vão embora e podem não voltar. Segundo Gary Korisko, a cura recomendada para quem só varre o conteúdo são subtítulos fortes.

image47

Subtítulos geralmente são maiores e mais visíveis do que o texto normal. A maioria das pessoas prefere as tags <h2> ou <h3>, dependendo do tema específico do WordPress e de como ele formata elementos de subtítulo. O Google definitivamente considera o que aparece nos subtítulos.

image30

Algumas observações para lembrar na hora de escrever subtítulos:

Seja relevante: Seus subtítulos devem ser relevantes ao tema e ao título. Por exemplo, se seu título for sobre “webdesign”, seus subtítulos também devem ser.

Use uma estratégia de LSI: LSI significa Indexamento Semântico Latente. Basicamente, isso significa considerar sinônimos além das suas palavras-chave de cauda longa específicas, para evitar stuffing e manipulação indireta de buscas. Você pode usar uma ferramenta de pesquisa de palavras-chave LSI para te ajudar com isso.

Depois da mudança do algoritmo Hummingbird, o LSI ficou incrivelmente importante para uma otimização para motor de busca eficaz. Veja a palavra Apple, por exemplo:

image57

Ou digamos que sua palavra-chave seja tráfego web e seu título seja:

Como Direcionar Tráfego Web e Expandir Seu Negócio Online

Antes de escrever seus subtítulos, encontre sinônimos para as palavras “direcionar”, “tráfego” e “web”.

=> Direcionar Tráfego Web

Conseguir visitantes online

Aumentar o tráfego de um site

Gerar visitantes para o site

Ganhar tráfego no blog

Nota: Você pode usar qualquer um desses sinônimos em seus subtítulos, mas precisa garantir que eles fluam naturalmente no post e deixar o resto com o Google. O algoritmo sofisticado do Google vai tratar a palavra-chave “direcionar visitantes online” como tendo o mesmo sentido que “gerar visitantes para o site”. 

5) Escreva uma conclusão persuasiva em torno de uma palavra-chave de cauda longa: Para reforçar ainda mais o tema do seu conteúdo, você deve integrar naturalmente as principais palavras-chave que segmentou em sua conclusão.

A imagem abaixo mostra como eu concluí meu artigo anterior, ainda usando a palavra-chave segmentada. Isso é bom tanto para a experiência do usuário quando para o desempenho nos motores de busca.

image08

E eu não sou o único a adotar essa abordagem. A maioria dos influenciadores do marketing de conteúdo, incluindo Derek Halpern, Marcus Sheridan e Darren Rowse, concluem seus posts repetindo a palavra-chave ou assunto de forma natural:

image33

Nota: Esse post específico é um guest post de Jerry Low, mas Darren Rowse aprova essa abordagem porque ela é ótima para usuários e para SEO.

5º Passo: Crie Seu Texto-Âncora

O texto-âncora é a parte clicável do link. Quando você coloca seu mouse sobre o texto-âncora e clica nele, é levado para outra página da web, dentro do mesmo site ou fora daquele domínio.

Antes do Google Penguin, qualquer pessoa podia criar links de baixa qualidade com textos-âncora de correspondência exata e ainda assim ter sucesso. Mas isso já não é verdade.

A regra simples e eficaz é diversificar palavras-chave naturais como textos-âncora. Aqui está um exemplo:

Digamos que você queira criar links para três guest posts em seu site, segmentando a palavra-chave “negócio de dropshipping”. Para que seu texto-âncora pareça natural e seja adaptado para o Google, você precisa diversificá-lo.

Em resumo, seus textos-âncora devem ser uma mistura de:

  • URL do site + palavra-chave exata URL + (ex: http://seusite negócio drop shipping)
  • Palavra-chave do nome da marca (ex: experts elite guia dropshipping)
  • Textos genéricos + nome do domínio+ domain name (ex: clique para visitar seusite.com)

Independente de você estar envolvido diretamente na criação de conteúdo para o seu site ou apenas gerir autores, tenha em mente que links editoriais geralmente têm o texto-âncora desejado pelo Google.

Porque “links editoriais” são obtidos devido ao seu esforço para entender seus consumidores ou leitores e criar conteúdo de qualidade máxima que eles não conseguem em outros lugares.

Eles vão compartilhar esses conteúdos por vontade própria. Quem sabe, até sites de mídia (como CNN, BBC, FoxBusiness etc) podem achar seu conteúdo interessante, especialmente quando ele contém elementos controversos ou que estão nas notícias atuais.

Posts com muito links de sites de mídia confiáveis vão enviar links de qualidade e tráfego de referência para você, e para a maioria dos especialistas em marketing de conteúdo, é impossível conseguir isso de outra maneira.

Conclusão

Por experiência pessoal, eu descobri que é mais fácil integrar palavras-chave de cauda longa em estudos de caso do que em qualquer outro tipo de conteúdo.

Isso significa que ao invés de criar posts de blog genéricos, que podem não ser úteis aos seus leitores, você deve focar em estudos de caso e conteúdo baseado em dados.

Lembre-se que a otimização para motores de busca já vai além de selecionar algumas palavras-chave e colocar texto ao redor delas. Hoje em dia, você precisa estudar seus clientes continuamente, entender quais são as dores que eles enfrentam e criar conteúdos de alta qualidade que os atraiam.

Para o sucesso com motores de busca no longo prazo, siga as orientações aqui para integrar termos de busca de cauda longa naturalmente em seus posts de blog. Faça isso como se você estivesse falando com seus consumidores um por um, e foque em ensinar o que eles querem aprender.

Como você integra palavras-chave de cauda longa ao seu conteúdo? Que resultados isso deu para você?

Compartilhe