Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Como Ganhar Dinheiro com Redes Sociais

make money

Que saber um fato engraçado?

Se você procurar no Google “ganhar dinheiro com blog” você consegue 78.000.000 resultados.

make money blogging Google Search

Isso não é surpresa.

Houve uma explosão no aumento de negócios online nos últimos anos. A web está recheada com histórias de pessoas comuns fazendo milhões com seus blogs.

Se você fizer a mesma procura no Google para redes sociais, você consegue imaginar quantos resultados conseguirá?

Nem a metade desse valor. Nem mesmo perto.

Existe uma imensa quantidade de pessoas no segmento que irá te dizer que redes sociais não dão dinheiro, e você não vai conseguir ganhar dinheiro com elas definitivamente.

Você vai ouvir comentários como estes:

“Você precisa do seu próprio site.”

“É muito arriscado tentar ganhar dinheiro com redes sociais.”

Mas eu tenho novidades para você.

Eu não sou uma dessas pessoas.

Claro, é arriscado.

Mas que tipo de negócios não tem seu próprio risco?

Você pode até decidir em ter seu próprio site para aumentar seus negócios no futuro.

E tudo bem.

Mas precisa disso agora? Você pode absolutamente monetizar a ideia do seu negócio em uma rede social.

Existem várias pessoas fazendo dinheiro com suas contas em redes sociais. O aumento dos magnatas do YouTube e influenciadores do Instagram são testemunhas disso.

Até o final deste artigo, você vai ter uma ideia de negócios valiosa de como você pode ganhar dinheiro postando em redes sociais.

Então vamos começar.

1. Antes de pensar em ganhar dinheiro com redes sociais, decida o que você quer

Antes de entrarmos neste assunto de ideias de negócio e estratégias de como criar uma rede social e ganhar dinheiro com ela, você só precisa perguntar:

O que você quer ganhar de tudo isso?

Qual é o propósito?

Pode ser dinheiro. Pode ser liberdade. Você decide.

Então pense em uma resposta sincera para essas questões e as escreva em um papel.

Quando os negócios ficarem difíceis (e vão ficar), você pode voltar a ler o seu propósito e conseguir uma dose extra de motivação.

Depois de você conseguir um concreto “porquê”, você precisa decidir quais os resultados que deseja.

É ai que você precisa ser específico.

Aqui tem alguns exemplos:

  • Conseguir 50.000 fãs no Facebook
  • Fazer $5.000 por mês como afilhado
  • Lançar dois produtos online até o final do ano

Por que fazer isso?

Você não pode atingir algo que não é concreto e mensurável.

E o mais importante, você não pode fazer engenharia reversa em um plano se você não tem os resultados finais em sua mente.

Agora que você sabe onde você a procura e o porquê de você estar fazendo isso, vamos então ao passo-a-passo.

2. Defina sua ideia baseado no seu nicho de mercado

Imagino eu que você já possui algumas ideias gerais.

Entretanto, você não quer dar tiros para todos os lados.

Esse não é o modelo de negócios que funciona.

Em vez disso, você quer centralizar sua ideia a um nicho em particular.

Aqui está como.

Decida com quem você quer fazer negócios. Não se preocupe em alienar pessoas ou trancar sua ideia dentro de uma caixa.

Enquanto isso parece um tanto contra intuitivo, se você focar em apenas uma audiência, você conseguirá ter mais impacto.

Uma hora você pode querer mudar isso. Seu nicho não está entalhado em uma pedra.

Vise ser o mais específico possível.

Por exemplo, você pode decidir que irá estar selecionando jovens mulheres empresárias entre 21 e 30 anos de idade.

Que tipo de serviço ou produto você estará oferecendo ao seu público-alvo? Isso é importante para centralizar sua ideia e servir exatamente ao seu público.

De novo, as necessidades devem ser bem especificas.

Vamos dizer que sua ideia geral está na área de marketing. Provavelmente você quer oferecer um serviço de marketing e usar canais de redes sociais para captar clientes.

Se você fosse especificar ainda mais o “marketing”, iria ficar mais ou menos assim:

  • Marketing de conteúdo
  • Copywriting
  • Copywriting de resposta direta
  • Copywriting de resposta direta no ramo de saúde
  • Copywriting de resposta direta no ramo de saúde/natural

Você consegue ver o quanto você pode especificar a partir sua ideia inicial?

3. Valide sua ideia de negócio

A maioria das pessoas pula esse passo e pisam fundo no acelerador com suas ideias de negócio.

Mas agora é hora de dar um passo para trás.

Você tem uma ideia concreta, mas você esta esquecendo de alguns insights cruciais.

  • Seu nicho de mercado realmente existe?
  • Sua ideia está em conformidade com sua meta de resultados em longo prazo?
  • Existem pessoas suficientes no mercado com o problema que você está resolvendo?
  • Eles estão dispostos a te pagar por isso?

Eis que a validação de sua ideia entra em jogo.

Aqui está como você pode fazer isso.

Passo #1: Vá até o Google Trends para ter uma visão do seu nicho de mercado.

Coloque sua palavra-chave do seu nicho na barra de pesquisa e clique enter.

Google Trends

Você conseguirá um gráfico te mostrando o interesse sobre sua palavra-chave com o decorrer do tempo.content marketing Explore Google Trends

Com o gráfico estável ou em ascensão, isso é um bom sinal.

Se há um declínio, você pode querer reconsiderar seu nicho ou fazer outras pesquisas.

Você pode rolar para a parte inferior da página para encontrar as “consultas relacionadas” e “tópicos relacionados”.

content marketing Explore Google Trends 2

Isso vai também te dar ideias para especificar mais seu nicho. Você pode clicar nas consultas individuais para ver as tendências individuais para eles.

Passo #2: Encontre produtos concorrentes no mercado online.

Competição não deve te assustar.

De fato, isso apenas lhe diz que existe um mercado para o seu negócio.

E não importa o que você está tentando vender, seja um serviço ou produto. Você apenas quer saber se existe demanda para seu tópico.

Aqui está como você pode fazer isso.

Procure sobre o tópico do seu nicho na Amazon. Navegue pelos livros e avalie a demanda global do assunto.

Livros com um monte de avaliações, sejam boas ou ruins, são um bom sinal.

Amazon com content marketing

Vá até o Udemy e procure por cursos online em seu nicho. E lembrando, você está a procura por provas de demanda.

Vários cursos com qualificações são sinais positivos.

Online Courses Anytime Anywhere Udemy

Vá até o YouTube para ver se existe vídeos populares sobre o seu tópico. Se pessoas estão assistindo vídeos com esse conteúdo, existe definitivamente uma demanda.

content marketing YouTube

Procure pelo seu nicho usando hashtags no Instagram. Eu procurei por “marketing de conteúdo” na barra de pesquisa do Instagram e vi que esta hashtag estava com mais de 600.000 publicações. E isso é um ótimo sinal.

contentmarketing Instagram photos and videos 1

Depois de você validar sua ideia, é hora de começar pensar sobre como monetizá-la.

4. Crie sua estratégia para começar ganhar dinheiro.

Esta provavelmente é a pergunta mais realizada:

Como você ganha dinheiro com sua ideia?

Você vende um produto? Troca seu tempo por dinheiro? Anuncia o produto de outras pessoas?

A escolha é sua.

Decidir como você vai monetizar sua ideia de negocio é a parte fácil.

Fazer o trabalho é algo totalmente diferente.

Antes de você decidir sua estratégia, você precisa saber o que está envolvido e qual os recursos que você precisará.

Aqui está um método comum de monetização.

Marketing de afiliados

Marketing de afiliados é algo gigante no mundo dos blogs.

Isso é quando você promove o produto de outras pessoas. E você ganhará uma comissão em cada venda que você levar para a empresa.

É uma estratégia excelente, mas você precisa de um número de pessoas grande para ter uma receita confiável.

Aqui estão algumas redes de afiliados populares que você pode se inscrever:

Note que essas redes terão seus critérios que você deve cumprir para participar.

Publicações patrocinadas / publicidade

Esse é outro método de promover o produto de outras pessoas. É muito comum em blogs e redes como o Instagram.

Tipicamente, você vai ganhar uma taxa fixa por uma publicação sobre um produto específico.

Marcas que pagam por postagens patrocinadas querem normalmente maximizar seu alcance. Isso significa que você vai precisar de um público considerável.

Como você consegue essas postagens?

Você pode procurar por marcas diretamente se você possui influência suficiente. Outra alternativa, você pode usar um contato que o conecte marcas com influenciadores de redes sociais.

IZEA é uma opção atraente.

Produtos informativos

Produtos informativos têm um enorme mercado neste momento.

Brian Harris informou que seu blog fez mais de $220k em vendas de cursos online. E fez isso em 10 dias!

How we launched an online course and made 220 750 in 10 days VideofruitHow we launched an online course and made 220 750 in 10 days

Quais os exemplos de produtos de informação?

  • Cursos online
  • Livros digitais
  • Eventos online

Você não precisaria de um site para hospedar esses produtos digitais?

Não necessariamente.

Você pode realizar suas vendas sem um site. Tudo que você precisa são as landing pages e um sistema de gerenciamento de emails.

Existe também plataformas para hospedar seu curso online para você. ThinkificTeachable, e Udemy são excelentes opções.

Ofereça um serviço

Você possui uma habilidade em que você é excepcionalmente bom?

Eu tenho boas notícias para você.

Existe alguém lá fora disposto a pagar para você por isso.

Crie alguns pacotes de serviços baseados na sua habilidade e o comercialize em suas próprias redes sociais.

Quer algumas ideias?

  • Coaching
  • Consultas
  • Freelance como escritor
  • Administração de redes sociais

5. Escolha o canal de rede social certo

Essa provavelmente é uma das decisões mais importante que você vai tomar.

Você não pode gastar seu tempo e recursos através de vários canais. Em vez disso, decida em qual plataforma de rede social você vai utilizar.

Embora você possa diversificar na medida em que seu negócio cresce. Eu não recomendo começar com mais de um canal.

Como você sabe qual o certo?

Isso depende.

Aqui está o que você deveria considerar.

  • Qual sua audiência-alvo e onde ela costuma estar?
  • Qual a natureza da sua ideia?
  • Qual o tipo de conteúdo você iria precisar primeiro para promover seu negócio?
  • Qual a plataforma que melhor casará com sua estratégia de conteúdo?

Não importa o que você decidir, suas opções não são poucas.

Facebook, YouTube, Instagram, e Pinterest podem todos ser monetizados.

Vamos dizer que seu nicho é fotografia.

Seria melhor para você escolher uma plataforma com um foco forte no visual. Nesse caso, Pinterest e Instagram são ótimas escolhas.

Se seu conteúdo é em formato de vídeo, YouTube pode ser uma aposta melhor.

Isso não significa que você não pode usar outras plataformas. Mas você precisa escolher seu ponto forte.

6. Prepare suas redes sociais para ganhar negócios

Depois de você decidir qual a melhor plataforma para você, é hora de otimizar para atrair e converter clientes.

Agora que você já validou sua ideia, uma conversão em vendas será o ideal.

É a forma mais verdadeira de validação.

Vamos deixar seu perfil pronto.

Embora isso dependa da rede social que você escolher, aqui vai uma ideia geral a ser praticada.

Esteja certo de ter uma foto profissional matadora em seu perfil. Não esqueça de nomear sua foto com a palavra-chave do seu nicho antes de fazer o upload dela.

Por exemplo, se você é um fotógrafo de casamentos localizado em Seattle, você pode nomear sua foto como “Melhor fotógrafo de casamentos de Seattle.”

Isso assegura que sua imagem está apta para uma pesquisa de imagens no Google.

Nota: Se você utilizar múltiplas plataformas, use a mesma foto de perfil. Dessa maneira, sua marca será imediatamente reconhecida.

Complete seu perfil na rede social. Um perfil completo é bom visualmente. E o que é bom visualmente é bom para os negócios.

Um completo perfil tem maior probabilidade de aparecer no topo de uma pesquisa. E esse tráfego orgânico é importante.

Inclua mensagens que ressoe com seu cliente-alvo. Em seu perfil, a primeira coisa que o possível cliente vai ver é:

O seu quadro de avisos digital.

Aqui está uma lista do que você deveria incluir:

  • Posição de valor único: Como você faz a vida das pessoas melhor.
  • Ponto de venda único: Como você é diferente de seus competidores.
  • Chamada à ação: Por que e como seus clientes em potencial devem contatá-lo agora.

7. Tenha uma estratégia de conteúdo

A base de tudo?

Todos esses passos serão irrelevantes seu você não tiver uma estratégia de marketing.

Marketing de conteúdo é, de longe, a melhor opção.

É provavelmente o porquê  76% dos comerciantes estavam aumentando seus gastos com marketing de conteúdo.

4 content marketing challenges in 2016 2 638 jpg 638 479 pixels

Você não consegue sobreviver em uma rede social sem produzir um conteúdo excepcional para sua audiência.

A boas novas é que, você já tem seus objetivos de negócio.

Você simplesmente tem que criar conteúdo que vai conduzir você até esses objetivos.

A rede social que você escolher tem muito a ver com o tipo de conteúdo que você vai distribuir.

Isso o torna bastante simples.

Se você escolher o YouTube, vídeo é o único método a se usar.

Se você escolher o Facebook, você terá muito mais opções.

É uma boa ideia considerar uma plataforma que permita a você distribuir uma variedade de conteúdos.

Então como você cria esse tipo de conteúdo que direciona ao engajamento?

Aqui está como.

Passo #1: Explore o conteúdo que já está disponível.

O ponto aqui é analisar qual o tipo de conteúdo que tem o maior impacto no seu nicho. Um modo fácil de fazer isso é procurar em uma plataforma que você selecionou.

Vamos dizer que você escolheu o Instagram.

Digite a hashtag do seu nicho para avaliar as melhores postagens.

contentmarketing Instagram photos and videos

Não pare ai.

Clique nas postagens individuais e encontre os perfis com mais número de seguidores e alto nível de engajamento.

Você pode então analisar o tipo de conteúdo que eles possuem e o que está funcionando.

Faça isso com várias contas em seu nicho, e você vai começar a ver um padrão.

Passo #2: Encontre o seu diferencial.

Sim, você quer encontrar conteúdo de alta qualidade, e então refazê-lo de forma ainda melhor. Isso é apenas um bom marketing.

Mas se você quer criar uma marca pessoal distinta, você vai precisar de um fator diferenciado.

Descubra o que seus competidores estão fazendo para se diferenciar.

Isso não se trata de reinventar a roda. De fato, isso pode te prejudicar.

Você poderia simplesmente ter elementos de marca consistente em seu conteúdo. Isso seria o suficiente para te diferenciar.

Não importa o que você decidir, certifique-se que isso é algo unicamente seu.

8. Comece criando imediatamente uma lista de emails

Vamos falar sobre algo que todos os empresários online precisam.

É o santo graal dos ativos online.

Estou me referindo a sua lista de emails.

A gigante quantia de 93% de profissionais do marketing pratica o email marketing.

35 B2B Email Marketing Statistics To Make You Look Smart Pinpointe Marketing Blog

Sem isso, você está perdendo uma imensa oportunidade de nutrir um relacionamento duradouro com sua audiência das redes sociais.

Esse relacionamento pode levar a vendas, maximizar seus lucros e engrenar seus negócios com o passar do tempo.

A melhor parte é, não leva muito tempo para configurar isso.

Você pode inscrever-se para um sistema de gerenciamento de emails e começar a coletar endereços de emails imediatamente.

Existem muitas opções gratuitas ou de baixo custo como o MailChimp.

Existe algo para se observar.

Sua audiência não vai se submeter às suas informações pessoais sem um motivo válido.

Isso significa que você precisa incentivá-la. Você pode oferecer um pedaço de um conteúdo de alto valor em troca dos emails.

Livros digitais, pequenos informativos, checklists e mini cursos online são grandes ofertas.

Quick Sprout Blog by Neil Patel

Depois de você ter idealizado tudo isso, você pode colocar sua forma de captura de email em seus perfis de redes sociais para maximizar a visibilidade.

O Facebook é a melhor plataforma para isso, ela permite a interação com muitas plataformas de gerenciamento de emails.

Para outro canal de rede social, você pode deixar um link para onde seu formulário fica mais apropriado.

Simples, não é mesmo?

Conclusão

Fazer dinheiro nunca foi tão fácil.

A oportunidade que nós temos de obter lucros, mesmo estando dentro de nossa casa, é notável.

A internet tem tornado isso possível.

Não me entenda mal: isso vai exigir muito tempo e trabalho de você para seu negócio ter resultados.

As estratégias discutidas nesse artigo são apenas o começo.

Execute-as, e você terá um belo caminho pela frente.

A melhor parte é que você não precisa de um site.

Pelo menos, não no início.

Você pode completamente ganhar dinheiro com suas ideias em redes sociais.

É barato e fácil colocar isso em prática.

A parte complicada fica em escalar o seu negócio. Coloque as etapas em ação, e você terá uma plataforma estável para seu negócio decolar.

Que estratégias você usa para ganhar dinheiro com seus canais nas redes sociais?

Compartilhe