Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Como Roubar Backlinks de Seus Concorrentes (e Depois Superá-los)

steal links

Deixa eu adivinhar, você está cansado de ser superado pelos seus concorrentes, né?

Você gasta tempo otimizando seu site, mas ele ainda não está rankeando tão alto quanto você imaginava (ou deveria).

O que seus concorrentes têm que você não tem?

Como eles estão conseguindo aparecer acima do seu site nos resultados de pesquisa?

Quer uma resposta?

Normalmente, tudo se resume a ideias e backlinks – diversos backlinks.

A questão é que eles não podem ser comprados ou emprestados. Você tem que conquistá-los.

Mas o lado bom, é que você pode usar o site do seu concorrente como modelo para superá-lo nos resultados de pesquisa e, vencer a corrida do tráfego.

Veja como descobrir o que seus concorrentes estão fazendo, usar a engenharia reversa em suas táticas e, por fim, desbancá-los com uma execução melhor.

Com Quem Você Está Competindo por Links?

Não, não é quem você está pensando.

Você pode até achar que eu estou equivocado, mas continue comigo por um segundo e eu vou te explicar.

Quando você pensa em concorrência, se tem uma loja física, logo pensa no seu vizinho de negócio. Se você está na internet, provavelmente o que te vem à cabeça são os grandes tubarões do mercado.

Nenhum dos dois vai ajudá-lo muito aqui.

No primeiro caso, os rastros online dos clientes são muito superficiais para te ajudar. Eles não vão deixar links fortes e replicáveis ​​o suficiente para render qualquer insight. Eles provavelmente receberam muitos links espontâneos ao longo dos anos, fornecendo produtos de qualidade e permanecendo por tempo suficiente.

No outro extremo, você tem os maiores produtos e empresas do mercado.

Resumindo: você não tem os recursos, o reconhecimento de marca ou a credibilidade suficiente para obter os mesmos links que eles.

As grandes marcas são como ímãs para bons links e, muitas vezes, você terá dificuldade até mesmo para ser notado pelo mesmo público.

Portanto, você precisa de uma abordagem diferente.

No início, é preciso de um pouco mais de análise e esforço para entender quem são os concorrentes que você pode usar como benchmark. Depois, você deve descobrir como ir atrás dos mesmos links deles, só que em escala.

Eu vou te mostrar como fazer essas duas coisas.

Uma das minhas ferramentas favoritas para isso é o Ubersuggest. Comece abrindo o site, inserindo o nome de domínio do seu concorrente e clicando em “buscar”.

Assim que os dados do site aparecerem, clique em “Backlinks”, na barra lateral esquerda. Então, você verá uma página de resultados semelhante a esta:


Essa é uma visão geral do perfil de backlinks do seu concorrente, incluindo seu domain score, número de backlinks, número de domínios de referência e os backlinks obtidos nos últimos 18 meses.

Em seguida, você vai rolar a página para baixo até ver a opção “Backlinks”.

Se um concorrente meu quiser obter os mesmos links, ele terá que usar essa lista de mais de 3 milhões de backlinks para isso. Além do título e da URL da página de origem, existem outros dados para te ajudar a decidir se vale a pena ou não buscar um link:

  • Domain Score – a força do site avaliada de 1 (baixo) a 100 (alto)
  • Tipo de link – imagem ou texto
  • Visto pela primeira e pela última vez – a primeira vez que os robôs do Ubersuggest notaram o link e a última vez que ele foi verificado

Ao conduzir uma análise de concorrentes com foco em backlinks, concentre-se em sites com um domain score acima de 50. Isso vai garantir que você estará usando seu tempo para obter backlinks de alta qualidade e que realmente farão a diferença.

Agora que você sabe quem está criando links para o seu concorrente, volte a sua atenção para o tipo de conteúdo que está atraindo esses links.

Você pode executar uma série de perguntas simples como as seguintes, fazendo anotações com base em suas constatações rápidas:

  1. Que tipo de conteúdo está atraindo a atenção?
  2. Posts divididos em tópicos? Posts mais longos?
  3. Como os meus concorrentes utilizam imagens?
  4. Eles estão usando infográficos?
  5. O conteúdo popular segue alguma tendência?
  6. Todos eles têm uma quantidade de palavras semelhante?

Faça uma lista dos domínios mais bem rankeados que fornecem backlinks para seus concorrentes (falarei mais sobre isso daqui a pouco) e, examine se o conteúdo dessas publicações se encaixa no seu produto ou serviço.

Se sim, vamos fazer uma lista rápida para acompanhá-los.

Crie uma planilha no Google e insira os sites de seus concorrentes e os possíveis destinos de backlinks em uma lista como esta:

pasted image 0 302

Entendeu? Ótimo!

Agora você já sabe o básico para encontrar o conteúdo com melhor desempenho de seus concorrentes, bem como, os possíveis destinos de links.

Agora, vamos ver o que você pode fazer com essas informações.

Tenha em mente que o nosso objetivo não é copiá-los, mas descobrir o que eles estão fazendo para obter esses links e, então, superá-los.

Conforme eu falei acima, foque em sites que tenham um domain score acima de 50. Por exemplo, ao rolar a lista, você encontrará sites como o Mashable e o Social Media Examiner.

Eles são importantes porque nenhum dois tem uma equipe grande de redatores. Em outras palavras, é pouco provável que haja uma mesma pessoa escrevendo regularmente.

Em vez disso, ambos contam com uma rede de colaboradores parceiros. Vamos descobrir quem escreveu este artigo aqui!

image 51

Em menos de dois segundos nós já temos um nome. Basta clicar em cima da assinatura para ver uma breve biografia da autora:

image 49

Nós não somente encontramos o perfil da autora no Twitter e no LinkedIn, como também podemos visitar seu site pessoal.

Bom, é justo supor que se essa pessoa, por algum motivo, se dispôs a publicar um link para o concorrente XYZ, ela também pode se interessar em incluir um link para o seu site em algum momento.

Mas primeiro, você precisa localizar essas pessoas. É aí que os links do Twitter e do LinkedIn podem ser úteis.

Além disso, você também pode usar uma ferramenta como o MailShake para ajudar a gerenciar esses emails de divulgação.

O bom é que você pode criar um email de follow up também (caso alguém não responda ao primeiro).

E você pode tornar esse follow up pessoal, deixando claro que deseja ajudá-los de alguma forma (e não somente pedindo que eles promovam o seu conteúdo).

A automação do MailShake ajuda você a otimizar esse processo demorado.

pasted image 0 310

Esses tipos de links editoriais são difíceis de conseguir, o que também os torna valiosos e muito buscados.

Mas são apenas um dos diferentes tipos de link.

Vamos dar uma olhada em alguns outros.

Faça Parcerias com Organizações Sem Fins Lucrativos e Ofereça Descontos Especiais

Eu vou usar o Hard Rock Hotel em San Diego para este exemplo.

Abra o perfil de backlinks dele no Open Site Explorer. Você deve observar duas coisas logo de cara:

image 54

Os dois primeiros links em destaque são do circuito do Rock ‘n’ Roll Marathon. Aparentemente, o Hard Rock Hotel é um patrocinador oficial do evento, portanto, ganham alguns backlinks de alta qualidade por conta disso.

Claro, talvez você não consiga desembolsar o suficiente para patrocinar um megaevento de 30.000 participantes como esse. Mas você pode focar em eventos menores, como o SD Half Marathon ou o La Jolla Marathons.

E veja só o que descobrimos em cinco minutos de pesquisa: uma tríplice coroa!

Screen Shot on 2017 07 13 at 163A503A31

Tá, mas qual é a importância disso? Bem, agora você tem mais três eventos relevantes para o seu tema.

O segundo exemplo acima é de um noticiário da NBC sobre descontos da Black Friday.

Pense nisso por um instante.

Cada hotel faz seus próprios pacotes. Mas quantos deles aparecem no site de notícias da NBC?!

Você pode, por exemplo, pegar um pacote de descontos e criar algo fora do convencional para usar como uma ação de RP.

O Hard Rock Hotel em San Diego costuma promover grandes festas durante os feriados.

Uma das mais badaladas é a festa de Réveillon, que acontece dentro de um prédio e conta com vários DJs e open bar em todas as áreas comuns.

Quando você entra, pode simplesmente circular e se divertir. Você não precisa ficar em filas ou pagar por algo que queira consumir.

Perceba que o foco deles está em criar uma experiência magnífica que supera completamente o que os concorrentes estão fazendo. Este evento único é perfeito para os clientes deles, que nem sequer cogitam a ideia de ir a outro lugar.

E o resultado é que isso se torna uma experiência memorável que vira notícia e, é perfeita para ser compartilhada ou apresentada à imprensa.

Vamos ver mais alguns exemplos, mas desta vez, de uma empresa de produtos.

Como Conseguir Links com Brindes e Avaliações de Produtos

Uma das maneiras mais fáceis para empresas de produtos conseguirem links (além do tráfego e das possíveis vendas) é enviando produtos para serem avaliados por blogueiros.

Por exemplo, vamos dar uma olhada em alguns dos diferentes sites que estão linkando para a Speck Products (que faz capas para iPhone, entre outras coisas).

image 57

Estas são algumas avaliações de produtos do site Geek.com, que não apenas faz um depoimento positivo (no cenário ideal), como também fornece um backlink de alta qualidade, tráfego de referência e credibilidade extra.

Agora faça isso em escala.

Encontre os 100 principais blogs que já escreveram sobre capas de iPhone.

Use as dicas anteriores para entrar em contato com todos esses sites e descobrir quais requisitos ou diretrizes eles têm para avaliar novos produtos.

Em seguida, basta embalar, etiquetar e enviar para eles. Simples né?

Mas você também pode elevar o nível dessa estratégia. Dê uma olhada nesta URL com um link para o site deles:

image 58


Consegue ler? É um artigo recente do Engadget, em que eles estão oferecendo um iPhone especial.

image 47

1.729 compartilhamentos!

Bom, agora você tem uma ideia em que se basear.

E se você oferecer dez iPhones em vez de apenas um?

E por que não envolver influenciadores de diferentes plataformas, como o Instagram e amplificar o alcance da promoção?

Por que não melhorar a oferta para esses influenciadores, oferecendo cupons de desconto para seus leitores e uma comissão sobre os produtos vendidos por meio do site deles?

Você também pode executar campanhas de anúncios, para atrair mais atenção para essa oferta que está fazendo junto aos principais influenciadores do mercado.

Consegue perceber? As possibilidades são infinitas.

Você Também Pode Usar Associações e Patrocínios Corporativos

Lembra que falamos que o Hard Rock Hotel patrocinou o Rock ‘n’ Roll Marathon?

Então, as empresas B2B podem adotar essa mesma abordagem.

Por exemplo, estes são alguns links de uma empresa de contabilidade totalmente aleatória que eu acabei de levantar:

image 56

O primeiro parece uma imagem, então provavelmente, é o logotipo da empresa sendo usado como link. Mas também, pode ser alguma organização de contabilidade relacionada, semelhante à que está logo abaixo.

Patrocinar, palestrar ou até mesmo ser voluntário em eventos é praticamente um tiro certo para conseguir links.

Então, por que não participar de mais eventos? Ou até mesmo realizar o seu próprio?

Além dos links, você também teria acesso a possíveis clientes e parceiros, e também dados de membros, como endereço de email, que você poderia usar para promover seus produtos posteriormente.

A boa notícia, é que você não precisa fazer todo esse processo manualmente sempre que quiser espionar seus concorrentes.

Você pode acompanhar automaticamente os novos backlinks que seus concorrentes estão obtendo, usando uma ferramenta como o Ahrefs Alerts ou o LinksSpy.

É só criar um novo alerta para os termos da marca:

pasted image 0 308

Assim, você receberá alertas semanais sobre os concorrentes que incluir, informando quando e onde eles estão conseguindo backlinks.

O site também possui um recurso para menção de marca, para que você possa identificar onde os concorrentes estão recebendo atenção, sem necessariamente incluir um link.

Depois de começar a rastrear os links de seus concorrentes automaticamente, certifique-se de também criar alertas automáticos para os backlinks do seu próprio site.

Toda semana, você receberá um email informando detalhadamente quem te mencionou online ou criou um backlink para o seu site.

Não esqueça de adicionar esses sites à sua lista de contatos. Se eles mencionaram você antes, é provável que o mencionem novamente.

Conclusão

Roubar nem sempre é algo ruim, especialmente se você estiver simplesmente usando informações que já estão disponíveis para você.

Comece copiando o que seus concorrentes estão fazendo certo e, então, personalize o processo para se adequar à voz da sua marca, bem como ao seu produto ou serviço.

Isso vai exigir um pouco de esforço, pesquisa e tempo, mas os backlinks que você vai conseguir valem a pena (além de fornecerem mais direcionamento para suas outras atividades de marketing, conteúdo e promoção no processo).

Não existe um método único para a criação de backlinks.

Na verdade, tem mais a ver com a sua abordagem criativa e uma nova percepção sobre o que as pessoas ao seu redor podem estar fazendo.

Quais estratégias de marketing você aprendeu, copiou ou roubou dos seus concorrentes?

Compartilhe