Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

CEO: Entenda O Que é, Sua Função na Empresa e 11 Características

homem executivo colocando anotaçao com a palavra CEO em bolso de terno

O que faz o CEO de uma organização?

Como é o dia a dia desse profissional e quais competências ele deve apresentar para ter um bom desempenho na função?

O fato é que hoje em dia está se falando muito sobre o CEO no universo dos negócios.

Mas ainda há dúvidas sobre qual é a real função de profissionais que ocupam esse cargo.

O CEO é o cargo que está no nível mais alto da hierarquia organizacional.

Por isso, é o profissional responsável por tomar decisões, gerenciar recursos e operações a aprovar investimentos.

Como se trata de uma função de alta complexidade, quem atua como CEO deve desenvolver algumas competências comportamentais relevantes.

Resiliência, curiosidade, coragem, comunicação interpessoal e adaptação são algumas delas.

Depois dessa breve contextualização, ficou curioso para saber mais sobre o assunto?

Confira alguns tópicos que você vai ler ao longo do artigo:

  • O que é CEO
  • Diferença entre presidente e CEO
  • Importância do cargo
  • Funções do CEO
  • Características.

Então, pronto para a leitura?

Vamos nessa.

O que é o CEO de uma empresa?

CEO em meio a reuniao com empregados de empresa

Termo cada vez mais utilizado no universo dos negócios, CEO é a sigla em inglês para chief executive officer.

Em uma tradução para o português, significa diretor executivo.

Trata-se do cargo com maior autoridade na hierarquia organizacional.

É o caso, por exemplo, de Mark Zuckerberg, CEO do Facebook.

O CEO é o profissional responsável pela visão da empresa, suas estratégias e principais decisões.

É ele, portanto que lidera o negócio em todas as frentes, coordenando produção, recursos humanos, investimentos, comercialização e assim por diante.

Entre as suas atividades, estão o gerenciamento de recursos e operações, a tomada de decisão e a promoção da comunicação entre os setores, desde o operacional ao conselho de administração.

Como autoridade máxima, também é o CEO que representa a empresa.

Qual a diferença entre presidente e CEO?

homem de terno sentado em mesa com placa com a palavra president escrito

Bem, agora que você tem a definição de CEO, pode estar se perguntando a respeito da diferença desse cargo em relação à figura do presidente.

A distinção está no grau de autoridade do profissional na empresa.

Em um artigo para a revista Chron, Debra Kraft, integrante da American Society for Quality, explica essa distinção a partir da definição de ambos os cargos.

Segundo ela, o CEO é um líder em tempo integral que está no topo da tomada de decisões e que responde diretamente ao conselho.

“Esse líder estabelece processos estratégicos, supervisiona o progresso para atingir os objetivos corporativos e instrui outros líderes a tomarem as medidas apropriadas para manter os negócios na direção certa”, destaca.

Já o presidente faz parte do conselho, e sua atuação varia de empresa para empresa, podendo assumir inclusive o cargo de CEO.

Qual a importância do CEO na empresa?

cadeira executiva atras de mesa com cracha sob a mesma com a palavra CEO

Afinal, qual é a relevância do CEO para uma organização?

Scott Keller, sócio sênior da McKinsey & Company, afirma, em um artigo, que o CEO tem um importante papel em liderar transformações nas empresas.

“Somente o chefe de todos os chefes pode garantir que as pessoas certas gastem a quantidade certa de tempo dirigindo as mudanças necessárias”, diz o autor.

Por isso, o CEO fomenta o sucesso de uma transformação, comunicando sua importância, modelando as mudanças desejadas, construindo uma forte equipe e se envolvendo pessoalmente no desafio.

Bem, não há dúvidas de que esse cargo é importante na empresa.

Mas qual é o salário do CEO?

De acordo com dados de 2016-2017 da Page Executive, em empresas nacionais, a remuneração média anual total de CEOs depende do porte da organização.

Em empresas de até 100 milhões de reais de remuneração anual, a remuneração anual do CEO é de cerca de 916 mil reais.

Já em organizações acima de 1 bilhão de reais, um CEO pode receber mais de 3 milhões em remuneração média anual.

Quais são as funções de um CEO?

CEO em meio a conversa descontraida com funcionarios de empresa

Chegou a hora de conhecer a rotina do CEO. Quais são as suas atribuições?

Continue lendo os próximos tópicos para descobrir.

1. Atração e retenção de talentos

Uma das responsabilidades do CEO é saber quais são os talentos que deseja manter na empresa.

Por isso, ele deve ter uma visão ampla sobre o seu negócio, compreendendo quais tipos de competências comportamentais e técnicas os profissionais devem ter para o alcance dos objetivos organizacionais.

A partir disso, o CEO deve atrair e reter talentos, garantindo que as equipes e o quadro de líderes atuem com alta performance.

2. Visão clara de todas as áreas

Visão sistêmica, que é a capacidade de enxergar o todo a partir do encadeamento de todas as áreas, é uma habilidade fundamental para o CEO.

Assim como um motor, se uma das áreas da empresa não funcionar bem, toda a engrenagem é prejudicada.

E é justamente o seu papel ter essa visão clara, pois isso é essencial para uma tomada de decisão assertiva, para direcionar o negócio e identificar seus pontos fracos de modo a corrigi-los.

3. Mentoria

CEO fazendo processo de mentoria com funcionario de empresa

O CEO é um profissional que geralmente dá e recebe mentoria.

Afinal, com o cargo mais alto na hierarquia, grandes responsabilidades surgem.

Quando o profissional ainda é inexperiente, é aconselhável que faça um processo de mentoria com outro CEO que já tem bagagem na área.

Assim, ele aprende a partir da experiência de quem já passou por situações semelhantes.

Da mesma forma, CEOs com trajetória na área devem compartilhar conhecimento com quem precisa de orientação.

4. Definir a visão, missão e direção estratégica do negócio

Visão e missão são conceitos estratégicos que ajudam a direcionar as ações e decisões do negócio.

E cabe ao CEO definir esses conceitos, pois são eles que estabelecem aonde se quer chegar em longo prazo.

A visão é como você enxerga o negócio no futuro.

A missão traduz o propósito da empresa, aquilo que gera motivação.

E a direção estratégica é guiada por esses conceitos, traçando o caminho percorrido pela organização ao longo do tempo.

5. Conduzir a gestão da empresa

Conforme eu mencionei antes, o CEO está no topo da hierarquia e, portanto, tem a responsabilidade de tomar as decisões.

Não é uma rotina fácil, pois exige planejamento, assertividade, visão de mercado e reflexão.

Mas a verdade é que esse profissional deve estar preparado para conduzir a gestão da empresa em todos os sentidos, desde o gerenciamento de recursos humanos às finanças.

6. Definir a cultura e valores da empresa

Outra atribuição do CEO é definir a cultura e os valores organizacionais, que são essenciais para guiar a conduta das equipes e atrair profissionais com visões compatíveis com a empresa.

Os valores são os princípios do negócio, que devem servir como referência para o comportamento dos colaboradores e líderes.

E a cultura organizacional é um conjunto de valores e pressupostos que deve ser compartilhada entre todos os membros da empresa, desde o CEO ao colaborador.

Em outras palavras, são fatores que impactam diretamente a maneira como a organização se porta para alcançar os objetivos.

7. Liderar a equipe

ilustraçao demonstrando avioes de papel brancos seguindo aviao de papel vermelho simbolizando a liderança do time

Se o CEO está no topo da pirâmide, ele deve liderar outras pessoas.

Isso não significa apenas dar ordens, e sim exercer as competências fundamentais de liderança.

Trata-se de ter domínio sobre a delegação de tarefas, de inspirar colaboradores a se engajaram em torno de um objetivo comum e de servir como um modelo de comportamento.

Ele também deve motivar e guiar outras pessoas, extraindo de cada uma delas o seu potencial máximo.

8. Aprovar como o dinheiro da empresa é gasto

Outro cargo importante nas empresas é o CFO, chefe do setor financeiro.

As decisões sobre as finanças passa por esse profissional, que até mesmo elabora estratégias.

Mas independentemente disso, o CEO precisa dar o seu aval.

Portanto, ele precisa estar sempre de acordo com a maneira como os recursos financeiros da empresa são empregados.

Isso significa que ele também está continuamente aprovando (ou desaprovando) investimentos com base no seu planejamento e estratégia.

11 Características de um CEO

ilustraçao com a palavra CEO e mapa mundi com diferentes lideres em diferentes lugares

Se você quer se tornar um CEO, há algumas habilidades que precisa desenvolver para estar à frente da empresa.

Acredite, elas fazem uma grande diferença na performance.

Destaquei abaixo 11 características fundamentais de um CEO.

Confira quais são elas:

1. Coragem, paixão e intensidade

A coragem é a virtude que faz com que o CEO esteja preparado para enfrentar desafios e transformações, algo que é crucial no mercado atual que está em constante evolução.

Também é essa característica que permite assumir riscos e aproveitar oportunidades, sempre com o intuito de alcançar o crescimento, mesmo que isso represente fazer mudanças.

Junto a essa competência, o CEO deve ter paixão e intensidade, fatores que geram motivação e iniciativa para os desafios inerentes ao negócio.

2. Resiliência

Se o CEO está pronto para correr riscos e fazer mudanças, ele também precisa ser resiliente.

Afinal, nem sempre vai acertar ao tomar decisões  - isso é característico do ser humano.

A diferença de um bom líder é a sua capacidade de aprender rapidamente com os erros, sempre com resiliência para tentar de novo até obter sucesso.

A resiliência também é uma característica essencial para que o CEO saiba atuar de forma assertiva em ambientes de incerteza.

3. Curiosidade

Pessoas curiosas são mais propensas a descobrir coisas novas, testar hipóteses e sair da zona de conforto.

Elas também têm uma maior capacidade de enxergar oportunidades e criar soluções inovadoras e criativas.

Quando se trata de um CEO, essa característica é imprescindível, pois amplia a visão de mercado, uma vez que incentiva o profissional a pesquisar sobre diferentes áreas.

Além disso, a curiosidade move o desejo de testar hipóteses, ferramentas e metodologias, o que contribui para a otimização dos processos organizacionais.

4. Organização

Imagine comandar as decisões de uma empresa e liderar os colaboradores sem ser um profissional organizado.

Parece impossível, concorda?

De fato, o CEO deve atuar com organização, pois isso ajuda na hora de elaborar estratégias, fazer o planejamento da empresa e resolver problemas.

Essa característica também ajuda na hora de delegar responsabilidades e priorizar atividades  - tarefas que são rotineiras em um negócio.

5. Comunicação interpessoal

exemplo de comunicaçao interpessoal entre CEO e funcionaria de empresa

Comunicação interpessoal é uma habilidade que todos os profissionais devem aprimorar.

Mas, no caso do CEO, ela é ainda mais importante, já que ele é o responsável por transmitir os valores e cultura da empresa, engajar colaboradores e liderar.

Cabe ressaltar que a ele é atribuída a tomada de decisão, mas isso não significa que o CEO não deva dialogar com a equipe e obter insights e ideias a partir de outras pessoas.

Nesse sentido, a comunicação interpessoal é fundamental.

6. Otimismo realista

Uma boa dose de otimismo sempre cai bem a quem lida com negócios.

Mas ser realista é primordial, pois ajuda a traçar estratégias e metas tangíveis para a realidade da empresa.

Também é faz com que o profissional enxergue a real situação da organização, não deixando de ver seus erros e problemas quando as coisas não caminham na direção certa.

Então, o equilíbrio, que aqui chamo de otimismo realista, deve ser uma busca constante para todo CEO.

7. Construção de relacionamentos

Outra característica do CEO é a capacidade de construir relacionamentos, seja com outros líderes da empresa, seja com colaboradores.

Não porque se trata do cargo hierárquico mais alto que esse profissional deve se colocar em um pedestal.

Pelo contrário: se quiser montar times de alta performance e engajar todas as pessoas que fazem parte da empresa, o CEO precisa se relacionar muito bem com elas.

8. Adaptação

O mercado está cada vez mais aberto a novos modelos de negócio e inovações.

Até mesmo as tendências de consumo mudam rapidamente.

Se o CEO não tiver a capacidade de adaptação, pode levar a empresa à perda de relevância no mercado.

Esse profissional nunca deve ter a “mente fechada”, e sim preparado para se adequar a novas realidades.

9. Integridade

Como eu disse antes, o CEO deve liderar pelo exemplo.

Isso significa que ele deve praticar a mesma doutrina que defende.

É o que se chama integridade  - sem essa característica, , dificilmente os colaboradores vão admirar o CEO.

Afinal, ela é fundamental para engajar e motivar as pessoas e se tornar uma referência profissional na empresa.

10. Humildade

Humildade é uma virtude para o CEO.

Embora ele seja o responsável pelas principais decisões, sempre deve ser humilde para trocar ideias com outros profissionais.

Na prática, isso ajuda a enxergar as situações sob diferentes óticas, aumentando as chances de uma decisão assertiva.

11. Ter visão de futuro

Projetar cenários e se antecipar aos primeiros movimentos do mercado em determinada direção é uma característica que geralmente os CEOs possuem.

É dessa habilidade que surgem os negócios inovadores, como, por exemplo, a Netflix.

E aí, fica mais fácil destacar a empresa dos seus concorrentes diretos.

4 CEOs conhecidos e admirados

ilustraçao demonstrando lider de empresa com a palavra CEO escrita em mesa

Antes de finalizar a leitura, que tal se inspirar em quatro CEOs que deixaram marcas no universo dos negócios internacionalmente?

1. Steve Jobs

imagem de steve jobs, CEO criador da marca apple

O fundador da Apple não poderia ficar de fora dessa lista, concorda?

Ele foi um verdadeiro visionário e revolucionário, pois criou produtos, como o iPhone, que atendiam necessidades que as pessoas ainda nem sabiam que tinham.

E lembre-se de que ele foi (e ainda é) o principal rosto da empresa, até mesmo nos eventos de apresentação de novos modelos de smartphones.

2. Mark Zuckerberg

imagem de CEO mark zuckerberg criador do facebook

Zuckerberg é um dos fundadores e atual CEO do Facebook  - a maior rede social digital do mundo.

Pense em uma pessoa visionária, e você terá o retrato de Zuckerberg.

Ele criou o Facebook em 2004, quando ainda era aluno da Universidade de Harvard.

3. Jeff Bezos

CEO da Amazon, Jeff Bezos já figurou na lista da revista Forbes dos 400 americanos mais ricos.

A Amazon foi criada na década de 1990 na garagem de Bezos e hoje é um dos principais e-commerces do mundo.

4. Rachel Maia

Que tal um exemplo brasileiro?

Rachel Maia é CEO da Lacoste no Brasil  - aliás, hoje ela ainda é uma das poucas mulheres negras que ocupam esse cargo no país.

Em seu currículo, ela conta com atuação em outras grandes empresas, como Pandora e Tiffany  - nesta última, teve participação no ingresso da multinacional no mercado brasileiro.

Conclusão

E agora, já se sente preparado para alcançar o topo como CEO?

Como você viu durante o texto, esse profissional tem grandes responsabilidades, já que deve tomar decisões importantes, liderar pelo exemplo e criar valores, missão e cultura da empresa.

Portanto, fique atento às características que eu elenquei como essenciais para um CEO de sucesso.

Entre elas, estão comunicação interpessoal, resiliência, humildade, curiosidade e coragem.

Aliás, mesmo que você ainda não ocupe esse cargo, essas competências são fundamentais para se destacar em qualquer área.

Eu espero que as dicas que trouxe neste artigo tenham sido úteis de alguma forma.

Você ainda ficou com alguma dúvida sobre a posição de CEO?

Ou destacaria outras competências importantes para pessoas que exercem esse cargo?

Deixe suas impressões e opiniões nos comentários abaixo para trocarmos uma ideia sobre o assunto.

Compartilhe