Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

5 Estratégias Essenciais do Google Analytics Para Medir o Sucesso do SEO

Você sabe o que eles dizem, “se você não pode medir, você não pode melhorar.” Na otimização de mecanismo de pesquisa, a medição é crucial para o sucesso.

Claro, os rankings de palavras-chave são uma ótima medida de SEO. Mais palavras-chave ranqueando alto significa mais tráfego, certo? Mas, relatar apenas palavras-chave desvaloriza o papel do profissional de marketing e não mostra o quadro completo do por que o SEO é importante para a organização.

Ir além dos rankings de palavras-chave permite que as equipes de marketing mostrem o que realmente importa: como a pesquisa orgânica traz receita e lucro para a empresa. Felizmente, uma das melhores ferramentas para medir SEO é gratuita, e provavelmente já está instalada no seu site – o Google Analytics!

Embora cada negócio seja único e cada site tenha diferentes métricas que importam, este post é uma lista universal de 5 maneiras de usar o Google Analytics para relatar o sucesso dos seus esforços de SEO.

1. Como Visualizar Apenas Tráfego de Pesquisa Orgânico

Este pode parecer óbvio. Eu sempre fico surpreso com quantas empresas veem um declínio no tráfego geral do site e imediatamente concluem que a perda de tráfego se deve a um declínio no tráfego de pesquisa orgânico. Muitas vezes, buscar um pouco mais fundo pode revelar que o tráfego orgânico está alto, enquanto outras fontes de tráfego estão baixas, o que resulta no declínio do tráfego em geral.

O primeiro passo para analisar o Tráfego de Pesquisa Orgânico ao longo do tempo é abrir o seu relatório de Agrupamento de Canais, que pode ser encontrado clicando em Aquisição > Todo o Tráfego > Canais. Ali você verá as fontes de tráfego segmentadas por canal.

organic-search-channel-google-analytics

Clicar no canal “Pesquisa Orgânica” fornecerá um relatório mais detalhado que inclui apenas métricas de tráfego de pesquisa orgânico.

organic-search-detailed-google-analytics

Este relatório será o canivete suíço para seus relatórios de SEO. Nesse relatório, você pode determinar coisas como as principais landing pages do tráfego de pesquisa, as palavras-chave que geram mais tráfego, quais mecanismos de pesquisa estão enviando mais tráfego, as principais páginas de saída e muito, muito mais.

2. Como Medir a Qualidade do Tráfego de SEO

Muitas vezes eu escuto que “qualidade” é subjetiva, então você não pode realmente medi-la. Não acredito que isso seja verdade e, de fato, eu diria que existem várias formas de medir a qualidade de qualquer fonte de tráfego, não apenas pesquisa.

O relatório mais comum que utilizo para medir a melhoria ou o declínio na qualidade do tráfego de pesquisa é o relatório de Conversões Assistidas (Conversões > Funis Multicanais > Conversões Assistidas)

Com este relatório ativo, gosto de começar definindo o período como ‘Último mês’ e comparando-o com ‘Período anterior’. O que resta é uma comparação mensal de conversões diretamente da pesquisa ou, no caso de várias visitas ao site, conversões em que a pesquisa teve um papel, mas não é diretamente atribuída à conversão (ou seja: o visitante encontrou a empresa por meio da pesquisa, mas retornou diretamente e converteu).

assisted-conversions-report-google-analytics

Use este relatório para procurar um declínio ou melhoria nas conversões do tráfego de pesquisa. Se as empresas perceberem um declínio nas conversões de pesquisa, mas o tráfego geral de pesquisa estiver estável, é fácil determinar que o tráfego vindo de pesquisa não é qualificado ou de qualidade muito alta.

Da mesma forma, se você começar a se concentrar em um conjunto mais refinado de palavras-chave e vir uma melhoria nas conversões do tráfego de pesquisa, pode dizer que a qualidade do seu tráfego de SEO está melhorando.

3. Atribuindo Valores em Dólar ao Tráfego Orgânico

Essa é uma estratégia que uso para empresas que buscam por uma maneira mais tradicional de entender o valor que o SEO está agregando aos seus negócios, além das melhorias no tráfego, visibilidade e conversões, ao atribuir um valor em dólar aos seus resultados de tráfego orgânico. Para atribuir um valor total em dólar ao tráfego ao tráfego orgânico de um site, eu comparo quanto as palavras-chave custariam se fossem compradas em uma campanha do Google AdWords.

Observação: Para que essa estratégia funcione, você precisará de acesso a uma conta do Google AdWords e seu Google Analytics precisará ser sincronizado com sua conta do Search Console.

Para encontrar frases de pesquisa e consultas de palavras-chave de um site, navegue para Aquisição > Otimização de Mecanismos de Pesquisa > Consultas.

search-queries-google-analytics

Com este relatório aberto, abra o Ubersuggest em uma nova aba. Para essa estratégia, queremos pesquisar palavras-chave e uma estimativa do valor pago por clique pelos anunciantes atualmente para cada palavra-chave listada. Veja como fazer:

Passo nº1: Insira uma Palavra-chave Principal e Clique em “Pesquisar”

Passo nº2: Clique em “Ideias de Palavras-chave” no Menu Lateral Esquerdo

Passo nº3: Analise os Dados

Em uma planilha, listarei todas as palavras-chave conhecidas que direcionam o tráfego para o site, o número de cliques de cada palavra-chave e o custo por clique estimado. A coluna final da planilha é a soma do custo estimado por clique multiplicado pelo número de cliques, resultando no valor total do tráfego orgânico por palavra-chave.

dollar-value-of-seo-traffic

Essa é uma ótima estratégia para visualizar quanto dinheiro uma estratégia de SEO está poupando no tráfego pelo qual, de outra forma, eles teriam que pagar.

4. Identificando Tempo de Carregamento de Página Lento

A necessidade de otimizar o tempo de carregamento da página é um item que é muitas vezes negligenciado por muitos SEOs. Além de como o carregamento lento das páginas afeta a experiência do usuário, a velocidade da página se tornou um fator importante nos rankings de pesquisa. É por isso que sempre sugiro que, se uma empresa está investindo tempo e dinheiro em SEO e rankings de palavras-chave, não desperdice ignorando um site de carregamento lento.

Apesar de que não iremos falar sobre como fazer um site carregar mais rápido, quero ver como identificar esse problema.

Passo nº1: Visite o Ubersuggest, Insira Seu URL e Clique em “Pesquisar”

Passo nº2: Clique em “Auditoria do Site” no Menu Lateral Esquerdo

Passo nº3: Role até “Velocidade do Site”

O que este relatório nos mostra é o tempo de carregamento em dispositivos móveis e desktop, como o site pontua em relação à velocidade e desempenho individual em áreas-chave, incluindo:

  • Primeira Exibição de Conteúdo
  • Índice de Velocidade
  • Tempo para Interação
  • Primeira Exibição Importante
  • First CPU Idle
  • Est. Input Latency

Como SEO, o que farei é levar esse relatório aos desenvolvedores do site e pedir que eles façam tudo o que puderem para otimizar o tempo de carregamento da página. Depois que os tempos de carregamento da página forem melhorados, irei gerar esse mesmo relatório e o compararei com os dados antigos para mostrar quanto tráfego de pesquisa adicional mantivemos, e provavelmente convertemos, devido à melhoria nos tempos de carregamento da página.

5. Crie Seu Próprio Painel de SEO

Às vezes, tudo que se precisa para mudar um cliente ou chefe de cético para um crente no seu trabalho é como os dados são apresentados. Como profissional de marketing na internet – ou mais especificamente um SEO – é fácil exagerar ou se apoiar em métricas difíceis de entender. Às vezes, tudo o que o cliente deseja ver são gráficos de barras, gráficos de pizza e outras formas de medição menos intimidadoras.

A melhor maneira que encontrei de apresentar dados do Google Analytics e SEO é através da interface do painel integrado. Um painel é essencialmente uma série de Widgets que agrupam todos os relatórios individuais em uma única exibição, fácil de acessar, compartilhar e imprimir. O bônus de ter um PDF de métricas de SEO facilmente apresentável é o fato de que ter esse painel também reduz o tempo gasto na análise do Analytics, permitindo que você se concentre em fazer o trabalho de SEO.

seo-dashboard-google-analytics

O primeiro widget que eu sempre configuro é um contador simples para medir o total de visitas ao site a partir da pesquisa orgânica. Clique em “+ Adicionar Widget” e nomeie-o como “Total de Visitas Orgânicas”. Para este widget, costumo manter a exibição “Métrica”. Em “Mostrar a seguinte métrica:” selecione “Sessões”. Como queremos ver apenas o tráfego da pesquisa orgânica, precisamos criar um filtro. Em “Filtrar estes dados”, selecione Mostrar apenas > Médio > Correspondência exata > orgânico.

total-organic-visits-google-analytics

Vamos configurar mais um widget. Meu segundo widget favorito mede frases de palavras-chave classificadas pelo número de sessões e conclusões de meta resultantes da respectiva palavra-chave. Vamos adicionar um novo widget como antes, mas desta vez vamos definir nossa exibição como “Tabela”. Em “Exibir as seguintes colunas:”, escolha Palavra-chave > Sessões > Conclusões de meta. Também queremos aplicar o mesmo filtro de tráfego orgânico como no nosso primeiro widget.

top-keywords-google-analytics

Eu gosto de adaptar esses relatórios para o cliente específico, mas outros widgets que eu costumo criar incluem:

  • Todas as Visitas Orgânicas ao Longo do Tempo (Linha do Tempo)
  • Principais Landing Pages de SEO
  • Principais Palavras-chave Orgânicas e % de Novas Visitas
  • Páginas por Visita por Palavra-chave Orgânica
  • Palavras-chave mais Bem-sucedidas por Conclusão de Meta

Transformando um Desafio em Força

De longe, o aspecto mais desafiador de ser um SEO é poder efetivamente articular o valor que você está trazendo para um negócio. É fácil para um SEO mostrar a outro SEO como seus números estão melhorando, mas ser capaz de quantificar seu trabalho do ponto de vista de tráfego e receita para um cliente ou seu chefe é essencial para obter e manter negócios. Se um cliente não entender o que aquele cheque que ele está preenchendo está fazendo pelo seus negócios, não demorará muito para que parem de preenchê-lo.

Preste atenção a quais métricas combinam com seu cliente ou chefe e encontre uma maneira criativa de representar esses dados em seus relatórios mensais de SEO. Para ganhar pontos extras, quando clientes ou chefes têm acesso compartilhado ao Analytics, sempre faço questão de orientá-los pelos painéis personalizados, mostrando exatamente o que cada widget está rastreando e por que é importante medir. Ser capaz de educar seus clientes em seu processo os ajuda a apreciar o valor que você está trazendo para os negócios deles e a vê-lo como um trunfo para suas futuras metas de tráfego.

Sobre o Autor: Dallas McLaughlin é um Especialista em Marketing Digital no The James Agency, uma agência de publicidade de serviço completo em Phoenix, Arizona. Ele escreve com frequência no DallasMcLaughlin.com sobre tendências de Otimização de Mecanismos de Pesquisa, Pay-Per-Click e Marketing de Mídia Social. Se você tiver alguma dúvida, pode tweetar diretamente para ele no @BossDJay.

Compartilhe