6 Perguntas Para Criar Melhor Conteúdo No Blog Que Você Precisa Responder

businesstransformation

Que papel desempenha uma pergunta aberta em te ajudar a criar posts de blog corretos? Não muito, certo? Bem, na verdade, perguntas abertas irão abrir novas oportunidades para você ao escrever posts em blogs.

Neste post, você vai aprender como as perguntas certas irão trazer as respostas corretas ao subconsciente.

Trabalhar com blog é uma maneira excelente de atrair uma audiência qualificada e crescer seu negócio. De acordo com a HubSpot State of Inbound, em 2014, profissionais de marketing disseram que criar conteúdo em blog produz 13x mais ROI positivo quando feito de maneira adequada, e 82% dos profissionais de marketing que usam blog diariamente como ferramenta, adquirem clientes a partir desses blogs, como você pode ver na imagem abaixo.

image04

Então como você usa o blog da forma correta? Confie em mim, não existe uma resposta perfeita para essa pergunta. Em última análise, você quer estar lá para os seus leitores. Você tem que ouvi-los atentamente e se tornar amigo deles.

Essa é a razão pela qual trabalhar com blog é melhor a longo prazo. Os profissionais de marketing que não estão preparados para trabalhar e nutrir uma audiência leal ao longo do tempo, não vão ter sucesso com blog. Quando você identifica de forma consistente as perguntas que seu público-alvo está fazendo, isso irá abrir uma nova oportunidade para desenvolver suas próprias perguntas.

As perguntas certas irão sempre gerar as respostas certas. Uma vez que 36% dos profissionais de marketing lutam para criar melhor conteúdo que gera engajamento, você pode se destacar, ficar por cima no jogo e criar melhor conteúdo que prenda a atenção dos leitores.

image20

Essas e outras muitas perguntas serão abordadas neste artigo bem detalhado. Está na hora de criar melhor conteúdo para blog que seja orientado por dados, bem segmentado e interessante. Deixe estas seis perguntas abertas te guiarem: 

Faça o download deste material com 6 perguntas abertas que irão te ajudar a criar melhor conteúdo.

Questão nº 1 para criar melhor conteúdo: Com o quê meus leitores estão preocupados?

É uma arte escrever sobre o que as pessoas querem. Empresas e profissionais de marketing que entendem os princípios de suporte ao cliente, irão te dizer que o sucesso deles é, em última análise, “ouvir atentamente” aos seus usuários.

Quando você os escuta e os atende de forma pessoal, você vai colher as consequências, pois pessoas mais felizes gastam mais.

image02

Elas podem fazer isso por email ou pelo blog. Mas a mídia social é mais versátil e eficaz. De acordo com o Relatório de Atendimento ao Cliente da Aberdeen Group, empresas que dão suporte ao cliente através da mídia social têm ganhos melhores—7,5% vs. 2,9%.

Antes que você possa com sucesso converter leitores de blog em clientes, você tem que saber com o quê eles estão preocupados. Você tem que ser amplo em vez de estreito demais nas perguntas para os leitores.

Então em vez de perguntar: 

Você tem dificuldade em direcionar tráfego na web?

Você deveria fazer uma pergunta mais aberta que irá te ajudar a aprender mais com o quê de fato eles estão preocupados. Por exemplo:

Ao crescer o seu site, quais áreas você precisa de ajuda?

Veja, a primeira é uma pergunta mais fechada e a resposta seria “sim” ou “não” – sem mais discussões.

Mas na segunda pergunta, que é aberta, a resposta não pode ser um simples “sim” ou “não.” Em vez disso, você tem a chance de saber mais sobre a mentalidade e necessidade dos seus leitores, através da resposta para aquela pergunta.

A primeira pergunta e mais importante que você precisa fazer é,

Com o quê meus leitores estão preocupados?

Quando você se torna consciente dos problemas deles, você oferece uma melhor experiência ao cliente.

image49

De acordo com a NewVoiceMedia Study, marcas dos EUA perdem cerca de $41 bilhões todos os anos por causa do serviço pobre ao cliente. Ele resulta de não saber ouvir os seus leitores.

Em 2012, respostas rápidas e eficazes eram a razão principal pela qual os usuários de mídia social (marcas e profissionais de marketing) entregaram uma experiência eficaz de atendimento ao cliente.

image28

Existem muitas maneiras de descobrir com o quê seus leitores estão preocupados. Pesquisas tendem a ser as mais fáceis e produzem os melhores resultados para você.

Por exemplo, sempre que a Téa Silvestre, fundadora do The Word Chef e Story Bistro, pede aos membros de sua lista para completarem uma pesquisa, a taxa de resposta dela é normalmente na casa de 20—25%.

image17

Se ela tem 1.000 assinantes de email que recebem o questionário e 2% respondem, isso já seria excelente. No mínimo, o dado pode ser usado como uma amostra para o resto do público-alvo.

Aqui estão algumas coisas que a pesquisa pode te ajudar a alcançar:

  • Crescer sua lista de email e atrair novos leads
  • Criar relacionamentos com os influenciadores e líderes do segmento.
  • Descobrir uma tonelada de novos conteúdos e ideias de produtos
  • Construir sua prova social e autoridade com sua audiência

Você pode usar o SurveyMonkey para configurar um novo questionário para seus assinantes de email, membros da comunidade (ex: membros em grupos doLinkedIn) e leitores do blog.

taxa de resposta média para pesquisas em email é de 24,8%. Antes que você comece a usar o SurveyMonkey, aqui estão dez dicas para criar pesquisas que irão te dar as respostas que você quer:

image07

Outra empresa que fez um excelente trabalho descobrindo com o quê sua audiência estava preocupada é o Yoast. Mas em vez de simplesmente pedir aos usuários uma pesquisa completa, eles conduziram uma análise da audiência.

image13

Na análise da audiência acima, Marieke Van de Rakt, Gerente de Projeto do Yoast, diz que, conhecer aquilo que seus leitores se interessam, significa que você pode antecipar suas necessidades e então fazer um trabalho melhor para preencher tais necessidades.

Estes dados podem te ajudar a escrever melhor conteúdo, direcionar mais leads qualificados de clientes segmentados e aumentar as vendas.

Ainda, no estudo de caso da análise de audiência do Yoast, é importante notar que ele investigou um pouco mais. Um único experimento pode não oferecer todos os insights necessários.

No fim de tudo, eles descobriram o percentual de leitores que pretendem comprar um ou mais produtos do Yoast.

image37

Você também pode dizer com o quê seus leitores estão preocupados através de chats ao vivo. Isso dará aos seus leitores a oportunidade de conversar com você e terem as respostas que precisam. De acordo com o jornal Forrester, criar chat proativo funciona. 44% dos consumidores online disseram que eles estavam mais propensos a voltar em um site que oferece chat ao vivo.

E o Shopify oferece três canais únicos para quem está querendo entrar em contato com eles, mas eu sempre bato na tecla do chat ao vivo, pois ele proporciona uma resposta imediata, ao contrário do método de contato “enviar um email”.

image10

Veja também:

Questão nº 2 para criar melhor conteúdo: Qual o nível de competitividade tem o meu nicho?

Estatísticas da eMarketer mostram que existem 31% mais blogueiros hoje do que três anos atrás. É por isso que você não pode mais sentar no banco de trás e esperar por uma mudança.

Você tem que fazer a mudança acontecer.

Um monitoramento da concorrência é crítico para o seu negócio. Quando você descobre o que seus concorrentes estão fazendo, isso pode guiar seus esforços.

Você pode então superar seus concorrentes criando conteúdo exclusivo que vai resistir ao teste do tempo. O tipo de conteúdo que tem permitido a Netflix competir contra a Amazon no streaming de vídeo.

image18

Ter um entendimento claro dos seus concorrentes pode te ajudar a criar melhor conteúdo em seu blog que seus leitores poderão se beneficiar com eles.

O nível pode variar, mas nenhuma indústria, blog ou profissional de marketing está livre da concorrência. Então a pergunta é: o que você vai fazer a respeito da concorrência em seu nicho?

Você tem uma estratégia de conteúdo documentada que irá te ajudar a prosperar? De acordo com o Content Marketing Institute, somente 35% dos profissionais de marketing de conteúdo B2B têm uma estratégia de conteúdo escrita.

image47

Uma das maneiras de desenvolver uma estratégia de conteúdo produtiva é entender o nível de competição que existe em seu nicho.

Por ser que alguém que tomou uma decisão de abraçar o marketing de conteúdo e até criou um dos conteúdos mais úteis e detalhados sobre guias de marketing de conteúdo no mundo inteiro, falar com você sobre concorrência me faz sentir um pouco estranho, pois o “marketing de conteúdo” por si só já é competitivo.

image41

A concorrência lá fora é intensa. Uma estatística em 2010 da eMarketer revelou que aproximadamente 40% das empresas dos EUA usam seus blogs para propósitos de marketing. Esse número quase dobrou em 2015.

A facilidade de começar um negócio online tem tornado isso possível para milhões de pessoas.

Por outro lado, tenha cuidado em não se preocupar demais com sua concorrência. Apenas reconheça a sua presença como um indicador que seu nicho é quente e lucrativo. A Forbes concorda que a competição é algo saudável, por causa destes cinco razões:

  • Ela leva à inovação.
  • Melhora o atendimento ao cliente.
  • Elimina a complacência.
  • Te ajuda a entender seu mercado principal.
  • Ela te educa, pois ver o que os outros estão fazendo irá te ensinar a fazer melhor.

Com todos os benefícios que uma concorrência traz, você pode não colher nenhum deles se você não conhecer seus concorrentes. Então vamos começar encontrando sites que sejam similares aos seus, pois sempre existe uma chance que suas páginas da web estejam competindo contra eles nos mecanismos de busca. Por exemplo, aqui estão os maiores sites de vídeos que o YouTube compete:

image46

E se o seu nicho for “marketing de mecanismo de busca?” Quais são os melhores sites que estão competindo contra seu tráfego de busca? Você pode pensar em um ou dois, mas existe uma ferramenta que pode te ajudar com isso.

Simplesmente siga estes passos.

Passo nº 1: Vá para o similarsites.com. Na homepage, coloque a URL do seu blog na caixa de pesquisa. Clique no “ícone de pesquisa” no lado direito.

image33

Passo nº 2: Analise os concorrentes. No print abaixo, você irá encontrar alguns sites que falam sobre assuntos parecidos relacionados ao marketing dos mecanismos de busca, tais como SEO, novidades em SEO, atualizações de algoritmos de busca, etc. Existem mais de 100 deles na página se você descer a barra de rolagem.

image09

Tendo encontrado seus competidores principais, agora é hora de descobrir quais páginas dos seus blogs estão classificando melhor no Google. No processo, você provavelmente irá descobrir outras páginas e sites que não descobriu quando usou o similarsites.com.

Vá para o Google.com.br. Digite sua palavra-chave primária (isto é, marketing de mecanismos de busca) e encontre as páginas concorrentes. Veja o resultado:

image48

Curiosamente, o Wikipedia.com e o WordStream.com também são seus concorrentes para a palavra-chave “marketing de mecanismos de busca.” O próximo passo é ir ao wordstream.com—um blog líder de marketing de mecanismos de busca—dentro do Buzzsumo para descobrir seus conteúdos mais compartilhados nos últimos seis meses.

Seis meses é o ideal quando você está procurando por algum assunto mais recente que foi escrito com as novas perspectivas da atualização dos algoritmos do Google, pois muita coisa mudou nos últimos doze meses.

image50

Depois, marque o filtro de “seis últimos meses” ao lado esquerdo:

image03

Finalmente, o Buzzsumo coloca o conteúdo de alta qualidade que gerou os maiores compartilhamentos sociais dentro dos últimos seis meses.

Então por que um artigo se torna viral?

É por causa do título, do assunto, da autoridade do domínio do blog ou da promoção que continha nele?

Todos esses fatores desempenham um papel fundamental para garantir que um post de blog se torne viral. É por isso que você tem que considerar as plataformas de mídia social (ex: Facebook, LinkedIn, Twitter) que geraram os maiores compartilhamentos.

Aqui está o conteúdo mais compartilhado e títulos que se tornaram virais:

image16

Dos conteúdos mais compartilhados do Wordstream, você pode dizer que tópicos como ferramentas de marketing, média de custos por clique por países, futuro do AdWords e Google+, tiveram uma excelente performance para a empresa.

Em outras palavras, as pessoas amam ler e saber mais sobre esses assuntos que estão bem relacionados com o marketing dos mecanismos de busca.

Então como os dados do seu concorrente (wordstream.com) te ajudam a transformar seus posts do blog? Existem duas maneiras de trabalhar com isso: curadoria de conteúdo e hackear o título.

i) Curadoria de conteúdo: Para muitos profissionais de marketing, curadoria de conteúdo é algo mágico, pois ela te economiza tempo e recursos enquanto simultaneamente expande seu horizonte de marketing. De fato, um estudo recente da Curata descobriu que a curadoria tem se tornado regra e não exceção.

Além do mais, 5% dos profissionais de marketing na web pesquisados no relatório anual da Curata nunca compartilham conteúdo de outras empresas, enquanto em torno de 1/3 compartilha blogs, publicações do segmento ou outros recursos regularmente:

image22

Curadoria de conteúdo é uma prática de marketing de conteúdo simples mas regular, em que você encontra conteúdo que aborda um tema específico dos blogs dos seus concorrentes, o compila e adiciona seu toque pessoal de maneira que ele se torna exclusivo e de alto valor.

Aqui está a definição que o Google prefere:

image35

São múltiplos os benefícios da curadoria de conteúdo. Por um lado, 80% dos profissionais de marketing trabalham com isso (compartilham conteúdo de terceiros) de maneira a ganhar mais tração online e aumentar a visibilidade da empresa.

Com a ajuda da plataforma de marketing de conteúdo da OpenTopic, uma empresa entre as 500 maiores do mundo conseguiu lançar sua newsletter com sucesso e compartilhar conteúdo de valor. A newsletter gerou altas taxas de abertura de 18—25% e viu um aumento de 350% na taxa de clique.

Curadoria de conteúdo também funciona em um segmento “tradicional” ou fora da indústria do marketing de internet. Por exemplo, a Aternity, uma empresa de software, aumentou sua lista em 130% usando curadoria de conteúdo.

image45

Por exemplo, se você quiser fazer curadoria sobre “começar um blog,” vá ao Google e digite a palavra-chave na caixa de pesquisa. Os 10 melhores resultados orgânicos são sua melhor forma de começar.

image31

Por que começar com os 10 melhores resultados orgânicos? É porque os principais fatores de classificação são agora centrados no usuário. E se ele está feliz ou encontra conteúdo útil, ele irá clicar no título e então ler o blog e compartilhá-lo.

O Google também rastreia a quantidade de tempo que os usuários de busca gastam em um site. Se eles ficarem muito tempo e não rejeitarem ou clicarem no botão para voltarem para a página de busca (também conhecido como pogo sticking), você sabe que o conteúdo é útil.

Então comece com aquelas páginas de conteúdo que você encontrou na homepage para sua palavra-chave direcionada.

Como regra de ouro, você deveria somente trabalhar com curadoria de conteúdos úteis que já são bem avaliados pelos usuários e mecanismos de busca.

Um exemplo de um post de blog com uma curadoria de alto valor é o guia de link building do Brian Dean:

image26

ii) Hackear título: A segunda maneira mais poderosa de usar dados dos concorrentes para transformar seus posts do blog é hackear o título deles. O que isso significa? Primeiro, a palavra “hack” simplesmente significa cortar o ruído, aproveitar as ferramentas disponíveis e crescer.

Títulos são o elemento mais importante em seu conteúdo – independente do tipo que ele seja. De acordo com o Copyblogger, 8 de 10 pessoas irão clicar em seu título.

Elas vão tomar 73% de suas decisões de compra no momento que elas entrarem em contato com seu título, diz Ted Nicholas.

Como tal, você tem que gastar tempo adequado, recursos e ser criativo ao escrever seus títulos.

Se você gastar duas horas escrevendo e reescrevendo seu título, nunca será um desperdício.

Quando você se inspira nos títulos dos concorrentes que tiveram as melhores performances, você descobrirá ideias de títulos que se tornaram virais no passado. Então com um ajuste, você pode criar títulos mais poderosos para seus posts no blog. Dê uma olhada nesses títulos do Buzzfeed:

image19

Vamos supor que a palavra-chave primária do seu blog ou assunto seja “estratégia de marketing de mídia social,” mas você está lutando para criar títulos para o seu conteúdo que sejam úteis e que prendam a atenção.

Siga estes passos simples e você terá mais ideias de títulos do que poderia imaginar:

Primeiro, vá até o Google.com.br. Digite sua palavra-chave principal (anúncio de mídia social) dentro da caixa de pesquisa e confira a lista dos 10 melhores resultados orgânicos:

image27

Sem dúvida, essas ideias de títulos são bem escritas e os blogs têm autoridade também. Mas isso não pode fazer com que você desista. Nesse ponto, se você descobrir que seus concorrentes são espertos com os títulos, você tem que ser também.

Então vamos ver se nós podemos criar títulos ricos em palavra-chave e que chamem a atenção, adaptando os que encontramos nos resultados de busca:

Título original:

  • 6 Elementos Essenciais de uma Estratégia de Marketing de Mídia Social

Ideias de títulos novos:

  • 7 Elementos Essenciais de uma Estratégia de Marketing de Mídia Social que funciona
  • 11 Maneiras de Desenvolver uma Estratégia de Marketing de Mídia Social que Funciona

Nota: Em vez de usar 6 em meu título, prefiro usar o 7 porque um estudo descobriu que números ímpares convertem melhor do que os pares. De fato, títulos com números ímpares (tais como 3, 5, 7, 11) atraíram 20% mais taxas de cliques do que os pares.

Título original:

  • Como Criar um Plano de Marketing de Mídia Social em 6 Passos

Ideias de títulos novos:

  • Plano de Marketing de Mídia Social: 6 Passos para Começar
  • 6 Passos Simples para Criar um Plano de Marketing de Mídia Social
  • O Processo com 6 Passos para Criar um Plano de Marketing de Mídia Social

Nota: No título original, os “6 passos” apareceram no final, o que não é ideal, pois os leitores gostariam de saber quão específico o post é antes de clicarem no título.

Acima de tudo, integrar números dentro dos seus títulos funciona, mas coloque-os no começo se você quiser ver melhores taxas de cliques e conversões.

O gráfico abaixo da Conductor mostra diferentes preferências de títulos: Lembre-se que a presença de uma concorrência intensa é um claro sinal que você está no nicho certo.

Eu acredito fortemente que você não deveria se preocupar em competir com os outros. Em vez disso, descubra uma maneira de complementar o que eles estão fazendo, e eles, por sua vez, virão até você para buscarem soluções sobre seus questionamentos quando surgir a necessidade.

Questão nº 3 para criar melhor conteúdo: Minha audiência confia em minha marca?

Confiança é a chave mestra que destrava toda porta do marketing de conteúdo. Uma vez que a porta esteja aberta, você verá um engajamento social mais profundo, irá gerar leads de qualidadeatrair clientes, e aumentar as vendas.

Muitas coisas podem melhorar a confiança da sua audiência. Curiosamente, o selo da Norton dá aos usuários 35,6% mais senso de confiança nos pagamentos online.

image38

Para atingir todos esses objetivos, você tem que trabalhar sua marca. Você tem que agilizar seus esforços e direcionar confiança para sua marca. Quando os posts do seu blog forem úteis, eles irão gerar satisfação do consumidor.

Nesse ponto, você não vai mais lutar para persuadir seus leitores. De acordo com o Institute of Customer Service, um aumento de 10% na satisfação do cliente resulta em 12% de aumento na confiança dos clientes.

E mais, quando você adiciona um toque pessoal em seu conteúdo, as pessoas irão apreciá-lo. Se você está escrevendo um post de blog, um artigo, press release ou reviews de produtos, entenda que você está escrevendo para seres humanos.

Relacione com suas dores e ofereça soluções. Seja positivo. Eles confiarão em você.

Estas estatísticas de satisfação do cliente explicam melhor:

image40

Em seu livro, A Vantagem da Confiança: Como Líderes Conquistam Resultados Melhores, Relacionamentos mais Profundos e um Resultado Mais Forte, o autor David Horsager ensina às pessoas como construir os oito pilares da confiança:

  1. Clareza: As pessoas confiam no que é claro e desconfiam da ambiguidade. Então seja claro em seu título, subtítulos e marcadores. Use palavras que seus leitores estejam familiarizados com elas.
  2. Compaixão: Se você demonstrar compaixão e estender a mão para ajudar os outros, as pessoas passarão a acreditar em você.
  3. Caráter: Seu caráter te constrói. Sua marca é o acúmulo de hábitos que formam seu caráter. Seus leitores confiarão em sua marca se você fizer o que é certo em vez do que é fácil.
  4. Competência: As pessoas confiam em profissionais de marketing, blogueiros, líderes e empreendedores que permanecem atualizados, relevantes e capazes.
  5. Compromisso: Na adversidade, quando a concorrência é feroz e você continua fazendo um excelente trabalho, as pessoas confiarão em você.
  6. Conexão: As pessoas querem seguir alguém, comprar de alguém e fazer amigos.
  7. Contribuição: Sem dúvida, as pessoas responderão aos resultados e serão desafiadas pelo seu sucesso.
  8. Consistência: As pessoas amam ver pequenas coisas feitas de forma consistente. É a mesma coisa com os posts do seu blog. Essa é uma chamada de atenção para você, para criar mais conteúdo que irá ajudar seus leitores.

Se você seguir os oito pilares da confiança acima e aplicar o conselho complementar ao criar seus posts no blog, você irá estabelecer uma marca forte com seu público-alvo e transformar seus posts.

Questão nº 4 para criar melhor conteúdo: Como eu tenho meus posts compartilhados?

De acordo com Dash Burst,

Enquanto 78% das empresas agora têm uma equipe dedicada de mídia social, somente 26% integram completamente a mídia social às estratégias de negócio.

O Facebook e o Twitter tendem a inspirar mais compartilhamentos sociais.

image01

Como eu tenho meus posts compartilhados?

Essa pergunta aberta é de extrema importância. Se trata de integrar a mídia social com os negócios do blog.

Se seus posts não são compartilhados, não importa quanto tempo você gaste para pesquisar e escrever.

Aumentar os compartilhamentos sociais não está restrito apenas para as melhores marcas de marketing digital, como a HubSpot, Entrepreneur e Forbes; se você é dono de um micro negócio, se aplica a você também. A Hardcastle Social Media tem esta dica para você:

image25

Primeiro, se você quer que as pessoas compartilhem seu post, então você tem que facilitar as coisas.

image14

Você irá se certificar que seus botões de compartilhamento social estejam visíveis e fáceis de clicar. Veja o quão visíveis, bem posicionados e atrativos os botões de compartilhamento social do meu blog são.

Se seus botões de compartilhamento social são visíveis e atrativos, a próxima coisa que você deve fazer é oferecer um imenso valor em seu post.

Sim, você pode oferecer valor com um artigo de 300 palavras, mas será muito difícil a menos que você seja um redator muito experiente.

Mas é melhor escrever conteúdo bem detalhado; quanto mais detalhados forem seus posts, mais compartilhamento social eles irão gerar.

image12

Quando se trata de tipos de conteúdo, lembre-se que posts com listas (ex: “25 Maneiras de Aumentar o Tráfego do Facebook”) e Infográficos têm os melhores compartilhamentos, também:

image00

Até que seus leitores e clientes compartilhem seu post, é possível que você não os tenha ajudado. É claro, a maioria das pessoas nunca lê os posts, muito menos compartilha. Mas tudo bem. Não se preocupe com essas pessoas.

A preocupação real deveria surgir quando as pessoas lerem seus posts mas não os compartilharem no Facebook, Twitter, ou LinkedIn. Existem muitos fatores que irão afetar seus compartilhamentos, e se você irá direcionar tráfego segmentado para os posts do seu blog, ou não. Dê uma olhada:

image43

O tempo é igualmente importante. Você pode seguir todas as regras acima e oferecer o conteúdo certo, mas se você falhar no tempo, você ainda irá lutar para conseguir compartilhamentos.

De acordo com um experimento conduzido pela Buzzsumo,

image23

Publicar posts em blog nos finais de semana irá te dar menos compartilhamentos sociais que você quer. Terça e quinta tendem a ser os melhores dias para publicar posts novos.

Questão nº 5 para criar melhor conteúdo: Algum especialista irá se interessar pelos meus posts?

Não se trata do quê você escreve – mas sim de quem você conhece.

Nós vivemos na era da influência. Especialistas podem se tornar defensores da sua marca.

Imagine o impacto se especialistas como o Guy Kawasaki, Pat Flynn e Lewis Howes, tweetassem seus posts para os fãs deles. Isso iria te direcionar milhares de visitantes em um único dia.

Um estudo recente da Branderati revelou que defensores da marca são 70% mais propensos a serem vistos como uma boa fonte de informação pelas pessoas ao redor delas.

image30

Onde mais você pode promove sua marca, senão nas redes de mídias sociais? Quando você se conecta com especialistas, eles podem promover seu conteúdo nas melhores redes sociais, enquanto direcionam tráfego qualificado para seu blog e leads para seus negócios, te ajudando a vender mais dos seus produtos durante o processo.

A IntelligentHQ descobriu que muitas empresas planejam dobrar os orçamentos de mídia social ao longo dos próximos cinco anos.

image29

Como blogueiro e profissional de marketing de conteúdo, você tem que reconhecer que existem especialistas que estarão interessados em seus posts. Mas antes que você escreva qualquer post com a intenção de promovê-lo ou enviá-lo para um especialista, você tem que planejar.

Seus clientes estão nas redes de mídia social. Você pode até conseguir clientes do Twitter, mas 43% de todos os profissionais de marketing descobriram um cliente via LinkedIn e 52% via Facebook.

image34

E com frequência você vai precisar da ajuda de um especialista para atingir esses novos clientes. Especialistas têm influência. Eles podem advogar para você e fazer com que seus fãs façam a mesma coisa.

Questão nº 6 para criar melhor conteúdo: Qual é minha proposta de valor?

Não apenas comece a escrever posts em blog. Você tem que misturar seu conteúdo com sua proposta de valor, se você quiser se destacar da multidão e prosperar seu negócio.

De acordo com estatísticas recentes, 7% das equipes de liderança podem articular uma proposta de valor comum, enquanto 85% dos CEOs dizem que seus funcionários podem indicar claramente a proposta de valor da empresa.

O que é uma proposta de valor? Vou deixar o Google colocar a definição mais relevante a partir do seu index:

image36

Ter uma clara proposta de valor pode te ajudar a entregar sua mensagem para uma audiência mais ampla e melhor. Até mesmo as melhores marcas não se tornaram bem-sucedidas sem desenvolver uma proposta.

Por exemplo, a gerência da Nintendo no Japão se libertou das bordas pontiagudas que caracterizavam os consoles na indústria de jogos e geraram um modelo para criação de valor em um mercado que é novo para os jogos. Eles conseguiram isso redesenhando a sua proposta de valor.

image42

Mas a Nintendo no Japão não é a única marca que se beneficiou dessa estratégia. Quando a Jamaica Inn, um hotel caribenho de quatro estrelas, experimentou um baque em sua receita depois da recessão de 2008, a empresa decidiu renovar completamente o seu plano de marketing.

image05

Especificamente, a empresa criou um novo site, focada em email e o integrou com a mídia social, qua permitiu difundir uma proposta de valor coesa em todas as suas mensagens de marketing.

Resultado: Jamaica Inn experimentou um aumento de 52% em sua receita desde que começou sua nova campanha.

Ao criar sua proposta de valor, você tem que ser específico. De acordo com Jill Konrath,

Você precisa ser exato. Clientes não acreditam em números arredondados mais. Não diga que você dobrou as vendas. Diga que você aumentou as vendas para 114% em 5,33 minutos. Quanto mais específico for o número, mais credibilidade ele terá.

Como criar uma proposta de valor de destaque:

i)  Coloque uma prioridade em seu diferencial: Essa é a maneira mais fácil de desenvolver uma proposta de valor que vai resistir ao teste do tempo. Não importa qual seja seu nicho, você tem que encontrar a fraqueza dos outros produtos e usá-las em seus posts do blog, criação do produto e decisões de negócio.

Ao criar a sua, você tem que entender completamente que sua proposta de valor é a intercessão entre suas ofertas, a demanda de mercado e as necessidades dos consumidores.

image15Se você e eu estivermos no mesmo segmento e oferecermos o mesmo serviço, o que faz com que seu negócio seja melhor do que o meu? Essa é sua vantagem.

Dê uma olhada na Synthesis, uma empresa da Copyblogger Media. A proposta de valor dela é baseada em ferramentas de publicação específicas que outros provedores não têm.

image24

A Synthesis não apenas fala das ferramentas de publicação – ela também as incorpora dentro dos posts do blog e faz podcasts na Rainmaker.fm.

Como um profissional de marketing de conteúdo, blogueiro ou consultor, quando você descobre o que tem que os outros não tem, não recue. Use isso para criar títulos poderosos e posts no blog.

ii) Comunique valor instantaneamente: 

O que eu estou fazendo aqui?

Essa poderia ser a primeira pergunta na mente dos seus visitantes uma vez que eles entrem em seu blog. Estudos sobre rastreamento dos olhos usualmente nos apontam para o fato de que as pessoas tendem a olhar mais para o título. Se o título não prende sua atenção, elas vão sair.

É difícil superar a Mint.com. O título deles tem destaque, é corajoso e relevante. Ele te atrai a ler todo o texto:

image39

Todas essas propostas de valor podem ser vistas na homepage e nas landing pages.

Mas seu objetivo é usar sua própria proposta de valor para criar melhor conteúdo. Até agora, minha proposta de valor no blog Neil Patel é baseada na jornada que eu tenho compartilhado com você de crescer a base de leitores para 100.000 visitantes.

image32

Até onde eu sei, existem vários blogs que têm uma proposta de valor parecida com essa. A GrooveHQ começou primeiro com isso e eu abracei a ideia também.

image44Acima de tudo, você tem que testar sua proposta de valor.

Testar vai fazer com que você descubra novas oportunidades para entregar sua mensagem, se tornar um melhor escritor e construir influência com seu blog.

Quando você escrever um post criativo no blog sobre seu objetivo ou proposta de valor, você terá vários assinantes de email, pois as pessoas vão começar a te assistir, aprender de você e seguir seus conselhos.

Conclusão

Escritores são aqueles que mudam o status quo. Para ser um blogueiro melhor, você tem que entender como escrever para a web. É claro, você pode decidir terceirizar a criação do seu conteúdo para um profissional, mas isso irá te custar mais se você é um novato.

A conclusão é esta, nutrir sua criatividade, pois escrever é uma arte.

Escrever é também uma ciência, pois você tem que fazer experimentos, estudar os casos de outras pessoas e chegar a uma conclusão que irá ajudar os outros.

Se você quer transformar seus posts no blog e criar melhor conteúdo, você tem que adotar uma mentalidade que coloque as pessoas em primeiro lugar. Se seus leitores nunca pediram pelo seu currículo, mostre a eles. Mas acima de tudo, foque em seus objetivos e resolva seus problemas.

Esse é o plano de marketing de conteúdo mais simples que irá crescer seus leads, aumentar o engajamento social, gerar mais comentários para seus posts e dar aos clientes potenciais uma boa razão para comprarem seus produtos e serviços.

Quais outros tipos de perguntas abertas você acha que irão te ajudar a criar melhor conteúdo?

Share