O Guia Sobre Como Colocar Sua Empresa no Google Maps em Posição de Destaque

maps

Você é proprietário de um negócio local e atende clientes em um endereço fixo?

Então, você precisa aproveitar a oportunidade de ouro que é atrair a atenção dos seus clientes nos dispositivos móveis.

O Google também reconhece quando seu negócio é  ‘especial.’ Em  julho de 2014, a empresa atualizou seu algoritmo para favorecer negócios locais em pesquisas baseadas em localização.

Neste artigo, vou falar especificamente sobre como colocar sua empresa no Google Maps e quais estratégias de marketing utilizar.

Na verdade, o Google Maps surgiu como um programa C++ na Where 2 Technologies. Após uma série de aquisições empresariais, o Google lançou a versão desktop do serviço de mapeamento via web em 2005. Em setembro de 2008, o aplicativo do Google Maps para dispositivos móveis foi lançado para Android.

O aplicativo é muito popular entre os usuários que precisam se deslocar diariamente e utilizam funções como navegação, street view, informações sobre transporte público e busca de negócios locais. Em 2013, o Google Maps foi o aplicativo para smartphone mais usado do mundo.

Já escrevi sobre marketing para negócios locais e SEO local antes. Embora otimizar seu site para os resultados de pesquisa do Google seja um bom começo, ainda existem algumas diferenças entre os resultados das buscas no Google Maps e na rede de pesquisas para web. Portanto, você precisa otimizar a listagem do seu negócio para colocar sua empresa no Google Maps.

Mais adiante, você pode até exibir seu estoque  e comprar espaço para aparecer mais bem posicionado nos resultados do Google Maps. Vamos começar com estratégias de marketing no Google Maps para direcionar tráfego qualificado para sua loja.

Garanta que suas citações estejam corretas e otimize a listagem do seu negócio

O primeiro passo para colocar sua empresa no Google Maps ainda é o mesmo. Acesse o Google Meu Negócio e solicite uma listagem para sua empresa. A listagem vai aparecer nos resultados do Google Maps e na rede de pesquisas.

O Google é bem enfático ao afirmar que toda informação fornecida sobre o seu negócio deve estar correta.

image07

O Google determina a localização do seu negócio e a apresentação da sua listagem nos resultados de busca baseado na presença e precisão do seu NAP – Nome, Endereço e Telefone (com o código de área local). Esse tipo de SEO On-Page é o ingrediente de marketing mais básico para quem tem seu próprio negócio.

image06

Mas, adivinha só?

Muitos proprietários fornecem informações erradas ou incompletas. Infelizmente, eles sequer se esforçam para atualizar suas listagens.

Mas nem tudo é culpa deles.

É preciso ter muito cuidado ao fornecer informações sobre o seu negócio. Informe seu endereço, incluindo o número do prédio e do andar. Essa informação deve aparecer EXATAMENTE da mesma maneira na internet – tanto no seu site quanto em outros diretórios locais. Até a formatação utilizada para escrever o endereço deve ser a mesma.

As menções ao seu negócio em outros lugares, como o Yelp, são chamadas de citações. Inconsistências nas citações foram apontadas como o principal problema de classificação que afeta negócios locais.  Além disso, verificou-se que quase todos os negócios locais tinham listagens repetidas no Google+ (o que pode levar a penalidades de classificação).

Portanto, recomendo que você confira o endereço comercial que foi fornecido aos serviços de correio. Para uma análise minuciosa, leia meu artigo sobre como conduzir uma revisão do SEO local.

Vamos analisar a listagem de um salão localizado na Califórnia. Veja o que aparece no Google Maps quando busco por um salão:

image08

Agora, vamos checar as informações exibidas para o Saga Hair Salon (é o primeiro resultado com avaliação do público). A listagem mostra o endereço do salão, horário de funcionamento, dados de contatos e site oficial. Rolando para baixo, é possível ver algumas fotos que mostram o ambiente do salão.

image04

Agora, vamos acessar o  site deles e comparar as informações. Veja que não estamos analisando o design do site.

Ao acessar o site, o mesmo endereço e telefone de contato aparecem na parte superior da tela, exatamente no mesmo formato. Além do mais, as informações não estão inseridas na imagem – ou seja, podem ser acessadas pelos spiders dos motores de busca. Até aqui, tudo bem.

image05

Rolando a tela, o mesmo endereço, telefone de contato e horário de funcionamento (conforme listado no Google Maps) aparecem na parte inferior.  Ponto para eles!

image02

O primeiro erro está na página de contato do site. O número de telefone está listado em um formato diferente em relação aos outros espaços que analisamos. E embora a ilustração seja legal, eles poderiam ter incorporado a listagem do Google Maps.

image01

Avaliei outras citações disponíveis on-line, depois de buscar pelo nome do salão no Google. A página do Facebook deles também apresenta o NAP em outro formato. E a listagem no Yelp afirma que eles funcionam sete dias por semana (embora o site afirme que o salão está fechado às segundas-feiras).

image13

Essas inconsistências nas informações podem prejudicar a credibilidade do negócio ou até mesmo rebaixar a posição da listagem nos resultados do Google Maps, caso outra empresa apresente um NAP correto em todas as citações.

Espero que minha análise do Saga Hair Salon sirva para ilustrar como a checagem de consistência do NAP deve ser feita. Após atualizar suas listas, confira sua listagem do Google Maps mais uma vez, para garantir que seu endereço e outras informações sejam exibidas corretamente.

Também recomendo que você tenha uma conta de negócios verificada (isso demora umas duas semanas).

Por fim, insira boas fotos que favoreçam a aparência da sua empresa. Se a ambientação é um fator importante para o seus clientes, uma boa foto em miniatura pode elevar o seu CTR. Navegando pela sua listagem, os clientes também poderão visualizar outras fotos que você inserir.

Por exemplo, veja os resultados do Google Maps quando busco por restaurantes de comida chinesa em Los Angeles. A foto do Phoenix Inn Chinese Cuisine imediatamente chamou minha atenção.

image09

Para melhorar ainda mais suas imagens, você pode inserir informações relevantes no texto descritivo e nos metadados da imagem.

Quer um bom exemplo de como completar a sua listagem no Google Meu Negócio?

Abaixo, assista o vídeo sobre a trajetória de sucesso do Otis James (ele produz peças de roupas artesanais).

Alcance as estrelas

Quando já tiver dominado o básico, você deve pedir às pessoas que te visitam para qualificarem seu negócio. Em uma pesquisa conduzida pela Search Engine Land, 72% dos consumidores afirmaram confiar mais em negócios locais bem avaliados.

A reputação faz diferença.

image11

O problema é que os clientes são muito mais propensos a compartilhar experiências negativas do que positivas.

Portanto, antes de tudo, é preciso estimular e lembrar seus clientes para que eles avaliem seu negócio.

Depois, é preciso acompanhar de perto as avaliações, com sua equipe de atendimento ao consumidor sempre a postos. Tenha em mente que apenas  23% dos consumidores postam avaliações negativas por vingança. E que 70% das pessoas que postam reclamações on-line esperam ser respondidas.

O painel do Google Meu Negócio permite que você visualize e responda todas as avaliações recentes, sem complicações.

image16

Se você for avaliado negativamente, não parta para o ataque. Seja educado e agradeça ao cliente pelo feedback. De acordo com as diretrizes do Google, é possível classificar uma avaliação como inapropriada , caso viole alguma norma. Entretanto, não é possível editar avaliações negativas.

Escrevi em detalhes sobre como obter mais avaliações on-line neste post. Lembre-se que uma boa quantidade de avaliações de 5 estrelas por si só não é suficiente para garantir um bom posicionamento.

A influência exata das avaliações no algoritmo não é clara. O que você pode fazer é checar o quantidade de avaliações e resenhas do primeiro resultado do seu segmento/localidade.

Voltando à minha busca por restaurantes de comida chinesa em Los Angeles.

image15

Aparentemente, só é possível figurar entre os 5 primeiros resultados se o seu negócio tiver pelo menos 40 avaliações. Também é necessário ter uma média de avaliação acima de 4 estrelas.

Caminhos do marketing pago: Anúncios de pesquisa local e Google Maps Ads

O Google já experimentou formatos de anúncios dentro do Google Maps e ampliou as extensões de localização do AdWords.

Mas, durante o Performance Summit, o Google lançou novas formas de anúncios de pesquisas locais. O recém-lançado Google Maps Ads pode atrair clientes para sua loja física.

Os anúncios aparecerão com uma borda roxa, acima da lista de resultados da busca orgânica. O seu negócio também será exibido no mapa como um ícone roxo. Veja um exemplo de resultados para uma busca por restaurantes veganos em Nova Iorque:

image10

Mas onde os anúncios serão exibidos?

Os anúncios poderão ser vistos no aplicativo do Google Maps e também nos sites mobile, desktop e tablet. Eles também aparecem nas buscas por localização entre as principais pesquisas do Google.com – mas apenas para aqueles usuários que clicarem no link “Mais lugares”, abaixo dos três primeiros resultados.

Note que, embora estejam bem localizados e tenham bastante visibilidade, o Benihana New York e a Panera Bread não exibem avaliações tão impressionantes. Não sei se escolheria clicar neles e não nos outros três resultados orgânicas avaliados, que possuem avaliações de 4.4 estrelas ou mais.

Anúncios pagos por si só não substituem o marketing orgânico – eles podem apenas ampliá-lo.

Também é bom saber que recentemente o Google decidiu exibir apenas dois anúncios acima dos resultados de busca orgânica. Esses resultados são baseados nos comportamento anterior do usuário e em outros sinais que vão garantir que os espaços publicitários sejam preenchidos com anúncios relevantes.

Em breve, o Google planeja introduzir pins promovidos no Maps. Para aparecer nesses pins, os profissionais de marketing terão que utilizar extensões de localização. Você poderá atrair pessoas que estejam próximas ao seu endereço para a sua loja.

Veja como:

O Google planeja reativar as páginas de locais, expandindo as funcionalidades e permitindo que as empresas insiram novos tipos de conteúdo.

Se você é varejista, poderá personalizar sua página para exibir seu estoque – mas para isso terá que enviar um controle de estoque para o Google. Veja aqui as especificações de controle de estoque local do Google.

Isso é muito útil para quem trabalha com varejo, já que uma em cada quatro pessoas evitam visitar lojas quando não tem certeza se um produto está disponível ou não.

A exibição do estoque local ajudou a aumentar em 122% as visitas às lojas da Sears Hometown and Outlet.

Outra ótima função dos anúncios são as promoções presenciais. Trata-se de um espaço onde é possível oferecer descontos e promoções, atrair clientes potenciais próximos ao seu endereço e estimular visitas à sua loja.

image12

No futuro, mesmo pequenos negócios poderão ter acesso aos dados de visitação da loja. Isso será possível graças a uma solução de hardware (como beacons). Marcas e varejos maiores já têm acesso a esse tipo de métrica on-line-offline. Segundo um levantamento da Nissan do Reino Unido, “6% dos cliques em anúncios para dispositivos móveis produziram visitas à loja.” O ROI foi estimado em cerca de 25x.

Quais são as métricas de performance para determinar o sucesso dos seus anúncios?

Para esforços de marketing orgânico:

No painel do Google Meu Negócio, você pode ver uma variedade de métricas que mostram o desempenho do seu negócio.

É possível ver o número de cliques no seu número de telefone.

image03

Além de um detalhamento da quantidade de telefonemas realizados ao longo de vários dias.

image14

Você pode ver a quantidade de cliques de pessoas que procuraram o endereço do seu negócio.

image00

Do mesmo modo, anúncios da rede da pesquisa podem gerar três tipos de cliques e também são um bom jeito de mensurar o sucesso das suas campanhas.

  1. Busca por detalhes do local  – Um bom indicador de interesse no seu negócio.
  2. Busca por instruções de como chegar – Pode indicar a quantidade de tráfego que seus anúncios estão atraindo para sua loja.
  3. Cliques para telefonar em dispositivos móveis  – Esses são leads valorosos e cabe à sua equipe de apoio ao cliente convertê-los.

Os novos anúncios para Google Maps para negócios locais ainda estão sendo lançados. É possível que em breve estejam acessíveis.

Conclusão

O Google Maps é, provavelmente, o aplicativo mais útil do Google. Se você tem um negócio local, recomendo colocar sua empresa no Google Maps, otimizar a listagem do Google Meu Negócio e estimular seus clientes a avaliar seu negócio. Os anúncios para Google Maps deverão estar disponíveis na sua conta do AdWords em breve.

Outra maneira criativa de usar o Google Maps para negócios do ramo de viagens é oferecer rotas de viagem para os clientes por meio de mapas personalizados. Mesmo outros negócios locais podem publicar guias com mapas personalizados e atrair mais prospects, porque o bom e velho marketing de conteúdo sempre funciona.

Já pensou em colocar sua empresa no Google Maps? Qual é a sua estratégia de marketing? Deixe sua mensagem nos comentários. 

Share