Dicas de PPC com Pouco Dinheiro Que Vão te Trazer Grandes Resultados

budget

Se você tem dinheiro para gastar, PPC pode ser um jeito impressionante de direcionar tráfego e posteriormente, aumentar as vendas do seu negócio.

Por outro lado, se você se preocupa em gastar muito para tirar proveito dos anúncios PPC, talvez não saiba que é possível ter sucesso gastando pouco.

Desde que preste atenção nos detalhes certos, nada te impede de conseguir ótimos resultados com uma campanha PPC de orçamento modesto.

Neste artigo, vamos ver algumas dicas de PPC para conseguir resultados de campanhas com orçamento grande, mesmo gastando pouco.

Vamos examinar o raciocínio e as táticas que você precisa adotar para virar o jogo ao seu favor e conseguir um bom retorno a partir de um orçamento reduzido.

Ao final desse artigo, você estará bem mais confiante, sabendo várias dicas de PPC para conseguir grandes resultados gastando pouco.

Vamos começar.

Use os dados para fazer seu orçamento render

Para obter bons resultados com anúncios PPC gastando pouco, você precisa estudar constantemente os dados gerados pela sua campanha.

Embora existam precauções que você pode tomar para garantir o sucesso da campanha, no fim das contas o monitoramento de dados é o que vai te ajudar em longo prazo.

Por isso, é importante que você configure o acompanhamento de conversões das suas campanhas.

Com o acompanhamento de conversões configurado, você saberá exatamente quais anúncios e métodos de segmentação estão trazendo melhores resultados.

Você não precisa confiar na sua intuição ou em números aproximados, baseados em dados extraídos de outras fontes.

Sabendo de onde vêm os resultados positivos, você poderá cortar gastos e realocar seu orçamento sem problemas, garantindo assim que seus anúncios continuem a gerar um ROI positivo.

Atenção: Nesse post vamos considerar que você usa o AdWords como principal método de PPC.

Veja como configurar o acompanhamento de conversão para um anúncio do AdWords. Com isso, você saberá quais anúncios e métodos de segmentação estão dando retorno.

Faça o login em seu painel do AdWords. Em seguida, clique em ‘Ferramentas’ e selecione ‘Conversões.’

image12

Em seguida, escolha ‘+Conversão’.

image23

Escolha a opção ‘Website’.

image09

Na seção seguinte, você precisará inserir algumas informações sobre a sua campanha.

Atenção: Se você vai anunciar mais de um produto, é melhor configurar um acompanhamento de conversão para cada item.

Você pode fazer isso acompanhando os valores específicos de conversão para cada transação. É um pouco complicado para configurar, por isso não vamos entrar em detalhes aqui. Mas você pode aprender mais sobre o assunto lendo este artigo.

Para esse artigo, vou supor que estou criando uma campanha para vender ‘maçanetas de bronze’ e que minha loja vende apenas maçanetas de bronze, todas com o mesmo preço.

image02

Escolha um nome simples, que te ajude a entender os dados da conversão sem esforço.

Na seção de valores, a coisa complica um pouco.

image34

Aqui é onde você decide o que conta como uma conversão.

Como estou vendendo um único produto, com o mesmo valor de conversão, escolho a primeira opção.

Porém, se estivesse vendendo mais de um item, eu teria que escolher a segunda opção para configurar o acompanhamento de conversão de modo adequado.

A seguir, preciso decidir como vou ‘Contar’ as conversões.

image18

O objetivo aqui é determinar como acompanhar as conversões por visitantes únicos em um anúncio.

Se eu escolher a opção ‘Todas’, significa que cada compra feita a partir de um anúncio conta como uma conversão.

Porém, escolher a opção ‘Uma’, ajuda a se prevenir contra valores atípicos que podem bagunçar seus dados e facilita a avaliação geral de desempenho do anúncio/método de segmentação.

Em seguida, vou escolher uma Janela de conversão.

image17

Isso permite que você estabeleça por quanto tempo um usuário contará como uma conversão, após clicar no seu anúncio.

Em geral, 30 dias é um bom número, então vamos deixar assim por enquanto.

Em seguida, vou atribuir essa conversão a uma ‘Categoria.’

image20

Escolha uma categoria que represente a conversão que você vai acompanhar.

A próxima seção que você deve olhar é o ‘Modelo de atribuição.’

image00

Essa parte pode parecer um pouco complicada. Mas, basicamente, aqui é onde você escolhe qual métrica será atribuída à criação da conversão.

image03

Se você deixar marcada a opção ‘Último clique,’ conseguirá dados precisos.  Quando já tiver mais prática, você pode experimentar as outras opções.

Quando terminar, clique em ‘Salvar e continuar.’

image33

Em seguida, você receberá a sua tag. Essa tag precisa ser inserida no código do seu site.

image01

Se você vai acompanhar as compras em seu site, pode colocar essa tag na página que os usuários veem após completarem a transação, como a página de confirmação de compra.

Você também pode usar o Assistente de tag do Google, para verificar se a sua tag foi instalada corretamente.

Atenção: Vincular sua conta do AdWords com sua conta do Google Analytics também é uma ótima ideia.

Fazendo isso, você conseguirá acessar dados que não estão disponíveis no AdWords.

Os dados fornecidos pelo Analytics são úteis na avaliação do comportamento dos usuários em relação ao tráfego direcionado pelos anúncios.

Você pode usar essas informações para entender o comportamento dos usuários no seu site e assim realizar ajustes para aumentar as conversões.

image24

Por exemplo, se você descobrir que um anúncio específico provoca uma taxa de rejeição alta, talvez isso signifique que você precisa apresentar melhor a sua oferta no texto do anúncio. Ou que talvez a mensagem da sua landing page não esteja bem alinhada com o seu anúncio.

Você não consegue essa percepção usando somente o AdWords.

Se você quer vincular as duas contas, primeiro faça login no seu Google Analytics.

Vá até a seção Administrar e clique em ‘Vincular AdWords’, no menu lateral esquerdo.

image05

Em seguida, deve aparecer uma opção para vincular sua conta do Google Analytics com o AdWords.

image11

Após clicar em Continuar, selecione ‘Todos os Dados do Web Site.’

image32

Em seguida, clique em ‘Vincular contas.’

image13

Com isso, você conseguirá ver quais anúncios e métodos de segmentação estão atraindo mais engajamento para o seu site.

Veja outras coisas que você também poderá fazer:

image26

Você pode usar o Google Analytics para aprimorar suas campanhas em longo prazo. Porém, para começar, sua prioridade deve ser acompanhar as conversões.

Agora que você pode reunir dados baseados em conversões, fica mais fácil iterar suas campanhas rapidamente e garantir que você não perca dinheiro sem saber por que.

Mais adiante, voltaremos a falar sobre como você pode usar dados de conversão.

Mantenha o foco das suas campanhas

Manter o foco das suas campanhas significa que você precisa ser muito específico em relação aos métodos e táticas implementados.

Existem muitos fatores que devem ser considerados se você quer manter o foco das suas campanhas.

Primeiro, certifique-se de que está usando apenas um ‘formato’ de anúncios do AdWords.

Não escolha Anúncios de YouTube e Anúncios da Rede de Pesquisa Google ao mesmo tempo. Se você escolher mais de uma opção, vai acabar diluindo o seu orçamento.

Além disso, ficará mais difícil reunir dados suficientes sobre quais anúncios e métodos de segmentação estão dando mais resultados em cada formato de anúncio utilizado.

Logo, você terá dificuldades em tomar decisões para otimizar suas campanhas e aumentar seu ROI.

E mais, se você usar muitos formatos de anúncios ao mesmo tempo, vai demorar mais para entender como melhorar os resultados de uma campanha específica de anúncios.

Só mude para outra forma de publicidade depois que sua primeira opção começar a render bons resultados. Ou se você tem muita dificuldade para obter resultados com a sua primeira opção de anúncios, mude. Em seguida, concentre toda sua atenção em outro formato.

Manter o foco significa que você tem que ser preciso com relação a forma de segmentar seu anúncio.

Se você não tem muito dinheiro para gastar, tentativa e erro não são opções disponíveis. Por isso, você precisa encontrar boas maneiras de segmentar seu anúncio, logo de cara.

Existem dois caminhos que você pode tomar.

O primeiro é pesquisar bastante para encontrar os métodos de segmentação que vão render resultados. 

Se você usa o Google Search, pode utilizar o Planejador de Palavras-Chave Google para encontrar palavras-chave que representam alguma forma de intenção de compra.

Buscar palavras-chave que representem intenção de compra pode ser uma boa ideia, principalmente se o seu orçamento for apertado. Esse tipo de palavra-chave geralmente converte bem, por isso é provável que você consiga bons resultados se usá-las na sua segmentação.

Isso pode parecer contraditório, já que essas palavras-chave geralmente custam mais. 

Mas se sua landing page for bem construída, não será difícil aumentar seus lucros em pouco tempo usando essas palavras-chave. Caso suas vendas não aumentem imediatamente, você logo saberá que tem algo errado com sua landing page.

Sim, pode até parecer mais barato usar outras palavras-chave, mas seus gastos vão aumentar do mesmo modo, caso essas palavras-chave não representem intenções de compra. Isso é porque, na maioria das vezes, você precisará de mais cliques para obter o mesmo resultado.

Se você escolher palavras-chave de baixo valor, vai ter que que gastar de um jeito ou de outro, por isso, é melhor entender como fazer essas palavras-chave funcionarem e redefinir sua abordagem, do que insistir em palavras-chave que vão te trazer dificuldades.

Atenção: Mais adiante, vamos falar sobre como gastar pouco, mesmo fazendo lances em palavras-chave de alto custo.

Ao inserir suas palavras-chave no AdWords, lembre-se de configurá-las para ‘Correspondência Exata’ para que seus lances só contem para as palavras-chave que você escolheu, sem variações.

Não exagere na escolha das palavras-chave. Lembre-se que você precisa manter o foco. Para começar, 5 ou 7 palavras-chave de alto valor são suficientes, já que seu orçamento é limitado.

Se você quer aprender a segmentar anúncios de modo eficiente, leia este guia.

Se você usa a Rede de Display Google,  pode utilizar o Planejador da Rede de Display para encontrar métodos de segmentação que vão te trazer bons resultados.

Se você já trabalhou com a Rede de Display, sabe que existem diversas maneiras de segmentar os anúncios, e que a sua escolha depende do formato do anúncio.

De todo modo, segmentar seus anúncios usando as opções de Posicionamento e Palavras-chave pode ser útil, caso queira controlar de perto os gastos com publicidade.

Assim como as palavras-chave para campanhas de rede de pesquisa, não escolha muitas opções de segmentação quando for decidir o seu posicionamento.

Entre 3 ou 5 posicionamentos já é mais do que suficiente, principalmente se você escolher posicionamentos de alta relevância.

Em relação às palavras-chave, fique à vontade para escolher entre 40 e 50 – desde que sejam palavras-chave com alta relevância.

Se quiser aprender mais sobre segmentação de anúncios da Rede de Display, leia este guia.

Você também pode utilizar ferramentas de análise competitiva para segmentar seus anúncios. 

Use as ferramentas de análise competitiva para descobrir quais são os anúncios que seu concorrente está utilizando, onde esses anúncios estão sendo exibidos e por quanto tempo.

Em geral, você vai notar que se um anúncio circula por muito tempo, significa que é bom.

Existem ferramentas disponíveis que podem te ajudar a analisar seus concorrentes. Por outro lado, você pode fazer isso por conta própria.

Por exemplo, você pode pesquisar uma palavra-chave específica e observar quais anúncios aparecem para aquela palavra-chave.

Ou, você pode visitar um site ou página específica, e analisar os anúncios de Display que aparecem.

De todo modo, se você prefere aprender a usar ferramentas que te ajudem a fazer o trabalho,  confira este guia sobre como realizar uma análise competitiva.

Manter o foco também se aplica à quantidade de anúncios que você deve criar. 

Normalmente, é uma boa ideia criar muitos anúncios e deixar que os dados te digam o que funciona.

Mas, se você tem limite de orçamento, esse método pode render poucos dados significativos, já que seu investimento baixo fica dividido entre muitos anúncios.

Portanto, é sempre bom separar um tempo para analisar e entender como funcionam os anúncios da concorrência.

Quando já tiver pesquisado bastante, tente criar algo que toque em gatilhos mentais semelhantes, para direcionar cliques e conversões.

Use os dados para reduzir custos e melhorar o que funciona 

Até aqui, vimos algumas dicas de PPC  para extrair dados das suas campanhas e escolher opções de segmentação mais propensas a gerar bons resultados.

Agora, vamos entender como combinar esses dois tópicos, usando os dados para aprimorar ainda mais a sua segmentação.

Vamos ver como fazer isso em uma Campanha da Rede de Pesquisa.

Primeiro, abra o painel do AdWords.

Em seguida, clique na campanha em questão e depois, na aba ‘Palavras-chave’.

image10

Em seguida, classifique suas palavras-chave por ‘Conversões.’

image15

Ao fazer isso, você verá quais são as palavras-chave que estão gerando mais conversões e merecem mais investimentos. Além disso, você também saberá de quais palavras-chave se livrar.

A seguir, vamos ver como fazer isso para uma campanha da Rede de Display. 

Para visualizar os dados de conversão, abra o seu Grupo de Anúncios da Rede de Display, clique em  ‘Rede de Display’ e em seguida, selecione a opção de segmentação.

image22

Se você não conseguir ver a coluna de ‘Conversões’ aqui, é só clicar no  menu suspenso ‘Colunas’ e adicionar ‘Conversões.’

image06

Como antes, você pode classificar suas opções de segmentação por conversões para ver de onde vêm seus resultados.

Esqueça o que não está dando certo e invista seu orçamento no que funciona.

Se preferir, você também pode descobrir os horários que mais convertem. Use essa informação para suspender a exibição dos seus anúncios nos horários em que o custo é alto, mas o ROI é baixo. 

Vá até seção ‘Grupos de Anúncios’ e a seguir, clique em ‘Segmento.’

image19

Em seguida, clique em ‘Horário’ e escolha ‘Hora do dia.’

Você verá os dados do seu Grupo de Anúncios tabelados por hora.

image29

Em seguida, suspenda a exibição dos seus anúncios em ‘horários com baixo ROI.’

Você pode acessar a seção de  ‘Agendamento de Anúncios ’ da sua campanha e configurar os horários em que sua campanha estará ativa.

Para encontrar a seção de Agendamento de Anúncios, selecione sua campanha, clique na aba ‘Configurações’ e em seguida, selecione ‘Agendamento de Anúncio.’

image31

Atenção: As mudanças que você fizer aqui vão afetar o resto da sua campanha. Portanto, se você planeja utilizar essa opção, considere criar apenas um Grupo de Anúncios por campanha.

Para criar um Agendamento de Anúncio, clique em ‘+AGENDAMENTO DE ANÚNCIO.’

image21

Em seguida, selecione ‘Criar agendamento personalizado.’

image08

Em seguida, insira os melhores horários de conversão, baseado nos dados que você conseguiu, e clique em ‘Salvar.’

image35

Atenção: Para ver as mudanças, é necessário que seus anúncios estejam sendo exibidos há algum tempo, e que possam gerar dados suficientemente confiáveis para informar mudanças positivas.

Outra boa ideia é segmentar suas campanhas por localização. 

Assim, você pode investir seu orçamento nos locais que rendem mais conversões.

Para visualizar os dados de localização, selecione a campanha que você quer analisar, clique em ‘Configurações’ e em seguida, ‘Locais.’

image30

Clique em ‘Visualizar relatório de locais’ e selecione ‘Onde seus usuários estavam (local do usuário).’

image25

Em seguida, selecione um ‘Local.’

image07

E escolha visualizar os locais por  ‘Cidade.’

image04

Com isso, você poderá ver quais cidades estão gerando mais conversões.

Se você descobrir que alguns locais estão gerando muitos cliques, mas poucas conversões, anote quais são, volte à página ‘Locais’ e clique no botão ‘Locais’.

image14

Em seguida, clique em ‘Busca Avançada.’

image28

Cole ou digite os locais que não estão gerando conversões.

image16

Em seguida, clique em ‘Excluir todos os locais correspondidos.’

image27

Você removeu locais que te custavam dinheiro, mas não davam resultados.

Atenção:  Se você fizer isso, talvez precise ajustar o texto do anúncio.

Por exemplo, se algum local estiver dando mais conversões do que qualquer outro, você pode deixar claro no anúncio que você está se dirigindo para aquele local específico.

Com isso, você garante que seu anúncio chame a atenção de quem o está visualizando.

Use funções de remarketing.

Se você quer conseguir um ótimo retorno no seu investimento em publicidade, pode experimentar algumas das funções avançadas que o AdWords oferece.

Uma dessas funções, claro, é o remarketing.

Implementando o remarketing na sua campanha, você pode pode extrair leads/vendas de pessoas que clicaram no seu anúncio, mas não realizaram nenhuma ação significante.

O dinheiro que você investir em remarketing provavelmente vai durar mais, pois esses usuários já foram expostos de alguma forma à sua marca/oferta.

O remarketing pode gerar ótimos resultados.  O Loews Hotels conseguiu aumentar a receita em 60% utilizando o remarketing. A empresa também notou uma queda de 9% no CPA – o que quer dizer menos gastos.

Uma vantagem do AdWords é que ele permite criar campanhas de remarketing bem interessantes.

Por exemplo, você pode atingir os usuários enquanto eles estiverem navegando em outros sites, no YouTube e de certo modo, nos resultados das pesquisas.

Quando se trata de remarketing, fique à vontade para experimentar mais, sem precisar focar tanto em um formato de anúncio.

Portanto, você pode experimentar as Listas de Remarketing para Anúncios da Rede de Pesquisas. Essa função permite exibir anúncios de remarketing nos resultados de pesquisa.

Embora tecnicamente não seja remarketing, essa modalidade de anúncios permite alcançar pessoas que já visitaram seu site por meio de lances em palavras-chave relevantes, com alto custo por clique.

Normalmente essas palavras-chave estariam fora do seu orçamento, mas se você implementar campanhas RLSA, seus anúncios serão exibidos apenas para os usuários das suas listas de remarketing, portanto, limitando seus gastos.

Não preciso dizer que isso torna o investimento em uma campanha de anúncios da rede de pesquisas bem mais acessível.

Campanhas RLSA podem ser incrivelmente eficientes. A Transunion obteve uma taxa de conversão 65% mais alta utilizando esse tipo de campanha.

Se quiser aprender mais sobre remarketing, confira meu guia sobre o assunto aqui.

Conclusão

Falta de grana é um problema comum para quem quer implementar campanhas PPC.

Porém, agora você já conhece algumas dicas de PPC para aproveitar o máximo de um orçamento limitado.

Desde que você recolha os dados e utilize essas informações para aperfeiçoar suas campanhas, não será difícil fazer suas campanhas PPC decolarem.

Você também pode usar táticas avançadas de remarketing para fazer seu investimento em publicidade render ainda mais.

Comece a montar sua campanha hoje mesmo e descubra o que é possível fazer com um orçamento modesto de PPC.

Tem alguma dica de PPC com pouco dinheiro para compartilhar? Deixe sua mensagem nos comentários. 

Share