Como Melhorar o Marketing em Sua Loja Ecommerce Usando o Youtube

youtube

Um dos melhores canais de marketing para uma loja ecommerce é o YouTube.

Com essa plataforma, você pode criar vídeos que realmente mostram os benefícios de um produto físico de uma forma que seria difícil em outro formato.

Além disso, o YouTube é um dos sites mais populares da internet. E com isso, você pode apostar que o seu cliente ideal passa algum tempo por lá.

Como resultado… se você souber aproveitar a oportunidade oferecida pelo YouTube, poderá impulsionar as vendas de uma loja ecommerce.

Se você tem tido dificuldades com isso, vai ficar feliz em saber que existem algumas soluções comprovadas.

Nesse post, vamos ver como você pode fazer o marketing de uma loja eCommerce e impulsionar vendas usando o Youtube.

Vamos examinar métodos relativamente baratos. Mas também vou delinear alguns métodos que podem trazer excelentes resultados, desde que você saiba investir corretamente.

Ao final desse post, você vai entender por que a plataforma do YouTube pode ser usada no marketing de uma loja ecommerce e que passos você precisa seguir para ter sucesso.

Vamos começar.

Usando uma abordagem de marketing de conteúdo

O YouTube é uma excelente plataforma para profissionais do marketing de conteúdo, já que é por natureza um site onde as pessoas vão para consumir conteúdo!

Mas o que torna o YouTube um caso especial é o foco exclusivo em vídeo. Como você pode imaginar, profissionais do marketing de conteúdo muitas vezes hesitam em criar conteúdo em vídeo.

Existem várias razões para isso. Mas o importante, nesse momento, é que a percepção de uma barreira de entrada abre uma oportunidade para você, profissional do marketing de conteúdo.

Ter menos concorrência significa que será mais fácil gerar resultados.

Além disso, você provavelmente terá bons resultados mesmo que haja muita concorrência em seu nicho, já que muitos dos seus concorrentes provavelmente não sabem tanto sobre marketing como você.

Assim, se você quer fazer marketing para sua loja ecommerce usando o YouTube, é uma boa ideia adotar uma abordagem de marketing de conteúdo.

Mas o que isso significa exatamente?

Bem, quando se trata de marketing de conteúdo, seu objetivo geral será produzir conteúdo para pessoas que estão em um dos diferente estágios da compra.

Existem muitos estágios do consumidor. Se você está se iniciando no marketing de conteúdo, isso pode parecer um pouco assustador.

Para simplificar, vamos pensar assim:

  1. Você precisa criar conteúdo que informe às pessoas sobre o seu produto/oferta
  2. Você precisa criar conteúdo que convença as pessoas de que o seu produto/oferta é melhor do que o produto/oferta da concorrência.

O marketing de conteúdo pode ser bem mais complicado do que isso, e você poderia seguir em várias direções – mas essas duas abordagens vão te ajudar a focar seus esforços inicialmente.

E então, como você vai criar conteúdo que apresente seu produto ou oferta às pessoas? 

A melhor forma de fazer isso é produzir algum conteúdo do tipo “como fazer”.

Cada vez mais, as pessoas usam o YouTube para resolver os problemas e dilemas que encontram em suas vidas.

De fato, em 2015, as pesquisas por termos do tipo ‘como fazer’ cresceram 70%!

E você pode ter certeza de que esse número vai crescer ainda mais, na medida em que mais e mais pessoas usam o YouTube como um recurso educacional.

A chave aqui é descobrir quais são os problemas que seu consumidor ideal está enfrentando, e então criar conteúdo que atenda às necessidades dele.

Você pode fazer o seu conteúdo aparecer quando as pessoas estiverem procurando soluções para esses problemas.

Ao criar conteúdo focado em problemas específicos, você pode optar entre mostrar como o seu produto pode ser usado para resolver a questão ou mostrar outras formas para fazer isso.

Se escolher a segunda opção, você pode então mencionar o seu produto no final, encorajando as pessoas a verificar o que você tem a oferecer.

Lembre-se: seu objetivo aqui é criar reconhecimento para o seu produto. Assim, não existe pressão para direcionar vendas a partir desses vídeos “como fazer”.

A boa notícia é que muitos profissionais do marketing de conteúdo acabam gerando vendas a partir dos seus vídeos informativos, já que esse tipo de conteúdo é uma das formas mais fáceis de levar cada vez mais pessoas a conhecerem e interessarem pela sua marca.

A Luxyhair é um exemplo de um negócio que conseguiu chegar aos 7 dígitos através da criação de vídeos “como fazer” e tutoriais.

image02

Se você deseja esse nível de sucesso, precisa compreender o seu público e saber o que eles querem aprender.

E você vai descobrir isso ao conversar com eles.

Outra ideia é examinar alguns dos posts dos blogs mais populares em seu nicho e considerar criar conteúdo em vídeo ao redor desses posts.

Você pode usar o Buzzsumo para encontrar esses posts.

Digamos que eu tenha uma loja ecommerce que vende artigos de decoração.

Após conversar com meus clientes atuais, descobri que meu público-alvo muitas vezes está reformando partes da sua casa. Sabendo disso, posso criar conteúdo que ensina às pessoas como lidar com o design de interiores na hora da reforma.

Se quiser boas ideias para criar conteúdo sobre design de interiores, posso pesquisar ‘interior design tips’ no Buzzsumo.

image05

Ao fazer isso, já encontrei quatro assuntos que poderiam ser interessantes para vídeos.

Se você quer criar conteúdo que mostra como a sua oferta é melhor do que a da concorrência, existem várias formas de fazer isso.

Para começar, você pode simplesmente demonstrar o seu produto. O vídeo é um formato genial, pois você pode mostrar facilmente todos os detalhes que fazem do seu produto o melhor.

Outra possibilidade é produzir estudos de caso e testemunhos em vídeo, baseados nas experiências que os consumidores tiveram com o seu produto.

Esses vídeos são poderosos, pois podem mostrar como as pessoas decidiram escolher a sua marca, entre tantas outras, porque o seu produto é o melhor.

Podemos dizer que, de certa forma, é isso que a Microsoft está fazendo em seu conteúdo sobre o Surface Pro 4.

image00

Ao assistir esses vídeos, você verá que eles são testemunhos, onde as pessoas que aparecem na gravação estão discutindo como o Surface Pro 4 é uma opção melhor do que outros produtos disponíveis no mercado.

Você pode fazer algo similar com a sua oferta.

Talvez possa até incluir alguns dados, mostrando o desempenho da sua oferta e quais são os resultados que o cliente pode ter se mudar de produto ou serviço.

Anúncios Pagos

Você pode também usar anúncios pagos para promover sua loja ecommerce no YouTube.

Os anúncios pagos podem ser uma forma rápida de colher os frutos do YouTube.

Mas como esses anúncios têm um custo, você precisa ter cuidado para não estourar seu orçamento sem gerar resultados.

Falei aqui sobre como criar seus próprios anúncios para o YouTube.

Na hora de usar anúncios no YouTube, você precisa prestar muita atenção em três pontos:

  1. O vídeo que vai usar
  2. O formato de anúncio do YouTube
  3. O método de segmentação que vai usar

O vídeo a ser usado para divulgar seu produto vai depender do formato de anúncio escolhido.

Existem dois formatos principais para os anúncios no YouTube:

  • anúncios de pesquisa do YouTube
  • anúncios in-stream do YouTube

Se você usar os anúncios de pesquisa, terá que respeitar algumas orientações com relação ao estilo do seu vídeo.

Você pode fazer a pré-venda no texto do anúncio de pesquisa, o que vai aumentar as chances de as pessoas se engajarem com o seu vídeo.

Veja como fazer isso no print tela abaixo:

image04

Se você está utilizando anúncios in-stream, está sob pressão para deixar as pessoas interessadas imediatamente.

Após cinco segundos, o usuário tem a opção de pular o seu vídeo. Assim, você precisa aproveitar muito bem esse tempo.

A melhor forma de fazer isso é provocar curiosidade.

Se o seu produto tem uma característica específica que o faz se destacar entre a concorrência, talvez seja válido mencionar isso o mais rápido possível.

Isso pode ser feito na narração do vídeo ou em uma demonstração do produto.

A Zagg, uma empresa que faz protetores de tela para iPhones, abre seu anúncio em vídeo com um iPhone sendo arranhado por uma chave.

image03

Você pode apreciar a força incrível desse vídeo ao mostrá-lo a alguém que está procurando um protetor de tela resistente para comprar.

Com esse vídeo, a empresa conseguiu um aumento de 75% na conversão, o que significa que essa abordagem definitivamente ajudou.

Se você vai usar anúncios pagos, é importante ter certeza de que a sua loja ecommerce está configurada corretamente.

Isso significa verificar se a página está otimizada para a conversão, para que seja fácil para o cliente entrar, adicionar um produto ao carrinho e comprar.

Parcerias

Outra forma de divulgar uma loja ecommerce no YouTube é fazer uma parceria com outras pessoas nessa plataforma.

O mais importante aqui é confirmar que aquela pessoa é uma boa opção para a sua marca, e vice-versa.

Isso significa que vocês precisam compartilhar – ao menos em parte – o mesmo público, mesmo que os seus produtos ou serviços sejam diferentes.

Você não teve ter medo de operar em um nicho muito pequeno ao abordar um canal no YouTube.

Um canal pequeno, que tenha uma base de fãs muito fiel e parecida com o seu público-alvo, muitas vezes vai ter melhor desempenho do que um canal grande que tem um público pouco concentrado.

Existem algumas formas diferentes de fazer uma parceria com outro canal no YouTube.

Uma delas é enviar aos donos de outros canais amostras grátis do seu produto. 

Ao fazer isso, pergunte educadamente, sem pressionar, se eles poderiam avaliar seu produto em um vídeo, caso gostem dele.

Vale a pena fazer isso, considerando que após assistir a um vídeo online sobre um produto, é 46% mais provável que os usuários pesquisem aquele produto online.

Outra alternativa é fazer uma oferta para patrocinar o conteúdo deles.

Geralmente, produtores de canais do YouTuber não tendem a ganhar muito dinheiro, mesmo com os anúncios. Assim, outras fontes de renda são bem-vindas.

Desde que isso não estrague o relacionamento com o público, a maioria das personalidades do YouTube estará aberta a aceitar um patrocínio, desde que o seu produto seja de boa qualidade e bom para o público dela.

Ao fazer isso, você pode até melhorar a oferta, oferecendo ao produtor do YouTube um cupom de desconto que pode ser dado aos fãs dele.

E também é possível fazer que cada compra usando esse cupom gere comissões de afiliado para o produtor do YouTube.

Você pode também ajudar a criar conteúdo para o programa ao oferecer um passeio.

Esse passeio pode ser, por exemplo, uma visita sem compromisso ao seu espaço de trabalho e algumas informações sobre a história da sua empresa.

Não há compromisso, pois você não está fazendo que eles filmem nada. Mas é bem provável que uma personalidade do YouTube queira filmar a visita, e isso pode ser bom para você!

Se quiser deixar esse processo um pouco menos trabalhoso, você pode utilizar uma plataforma como o Famebit para te ajudar a começar.

image01

Com o Famebit, você pode acelerar e simplificar o processo de conseguir influenciadores para apoiar seu negócio.

Naturalmente, você terá que testar o Famebit – mas vale a pena fazer isso se estiver interessado no marketing de influenciador.

No entanto, usar plataformas como essa pode potencialmente criar um problema: limitar a sua criatividade para criar propostas únicas e irresistíveis para personalidades do YouTube.

Você também estará pagando por publicidade em vez de criar verdadeiros defensores da sua marca.

Se você conseguir criar um relacionamento orgânico muito próximo com um produtor do YouTube, vai ajudar a criar uma situação em que ele se torne um defensor da sua marca.

E então ele vai falar do seu produto e divulgá-lo, mesmo quando isso não gerar renda para ele. E isso gera excelentes resultados no longo prazo.

Conclusão

Existem muitas formas de divulgar uma loja ecommerce, e o YouTube é um método que pode gerar excelentes resultados.

Ao chegar até aqui, você já deve saber como promover sua loja ecommerce de forma eficiente usando o YouTube.

Existem muitas abordagens diferentes, e você não precisa escolher uma só. Experimente as parcerias ou os anúncios pagos, por exemplo.

O mais importante é que você teste essas opções, investindo tempo na divulgação da sua loja.

Você tem dicas sobre como promover uma loja ecommerce no YouTube? Conte para nós na seção de comentários abaixo.

Share