Como Criar uma Estratégia de Redes Sociais Para Sua Marca do Zero

brands

Um dos principais motivos que levam as pessoas a comprarem produtos de uma empresa é porque elas confiam no nome. Se você conseguir estabelecer credibilidade, então as pessoas facilmente reconhecerão valor no que você está oferecendo.

Assim, como empreendedor, construir uma marca de sucesso deve ser a sua prioridade.

Empresas já consolidadas chegam até mim e pedem minha consultoria para ajudar com suas campanhas de marketing, porque eu fiz um esforço considerável para construir minha marca pessoal.

A mídia social teve um papel vital na construção da minha influência. Na verdade, eu diria que é o ponto inicial para a maioria dos negócios para alcançar suas audiências. É O LUGAR onde os consumidores compartilham suas opiniões sobre marcas e interagem com elas.

Bop Design estima que 80% dos consumidores têm maior chance de avaliar soluções de marcas que eles seguem nos canais sociais.

Por isso, neste artigo eu quero mostrar como construir uma imagem (de marca) autêntica e forte nas redes sociais. Aqui está como começar corretamente!

1. Crie uma persona referência nas redes sociais e mantenha a coerência em todos os canais

Como você se sente quando você encontra uma descrição de empresa diferente em plataformas de mídia social diferentes?

Eu ficaria confuso e sem muito interesse em me engajar com essa empresa.

Todos nós apreciamos coerência. Se seus perfis são coerentes nos diferentes canais sociais, então seus visitantes formarão associações positivas. De fato, 60% da “geração do milênio” esperam experiências coerentes quando estão tratando com marcas online, na loja ou pelo telefone.

Comece tendo uma imagem de perfil profissional que seja a mesma em todos os canais. Aqui está minha conta no Twitter:

image21

Aqui, minha conta do LinkedIn.

image12

E agora, aqui está minha conta no Facebook.

image15

Eu mantenho a mesma aparência profissional nos diferentes canais sociais. E elas combinam com as imagens que eu uso em meus blogs.

image09

Mas a imagem profissional é só o começo. Você deve cultivar uma imagem coerente com a voz da sua marca, galeria de imagens, cores e aparência geral.

Uma linguagem engraçada, esperta, casual, pessoal ou coloquial, combina com as redes sociais. Mas você também deve mantê-la formal e profissional. Apenas tente incorporar os valores da sua marca e permaneça autêntico na sua comunicação.

Aqui estão 4 aspectos específicos, como cortesia de Stephanie Schwab, que você pode considerar quando você estiver definindo sua voz nas mídias sociais.

image00

Quando você tiver dominado isso, suas conversas vão fluir naturalmente. E sua audiência não se conectará apenas com você, mas vai ficar aguardando mais atualizações suas.

O Buffer compartilhou o guia de voz e tom (de voz) que eles utilizam muito em suas comunicações. Aqui está como eles classificam o seu estilo:

“Para o cliente, nossa linguagem e tom dizem: Sou grato a você. Eu tenho um grande respeito por você. Estou ouvindo. Estou aberto. Estou aqui.”

Mesmo que seja apenas um indivíduo, seus canais de marca precisam ser coerentes. Você deve ter o mesmo tom de voz em todos os canais. Mark Manson costuma trazer o tom engraçado, pessoal e natural do seu blog para as redes sociais. Veja como ele compartilhou o sucesso do seu novo livro no Facebook.

image08

Nesse ponto, eu recomendo que você documente a persona da sua própria marca. Aqui estão 4 passos simples que você pode seguir para criar um guia.

image17

2. Automatize como um ninja. Mas humanize sua marca para aprofundar o relacionamento com sua audiência

Ache peças de conteúdos interessantes de terceiros. Compartilhe todos elas nas plataformas de marketing. E deixe que os engajamentos aconteçam. Então, lance atualizações sobre promoção de produtos para gerar vendas.

É assim que a maioria dos profissionais de marketing faz marketing de mídia social.

E eu entendo… Automatizar e gerar scripts de tarefas repetitivas poupa tempo para trabalhar em estratégias de negócio de auto nível.

Mas se você quer obter o máximo da sua mídia social, então você não pode simplesmente ficar empurrando conteúdo. Você tem que mostrar seu lado humano, porque os usuários de mídia social desejam autenticidade.

Pense em como você se comportaria na vida real quando você encontra uma pessoa pela primeira vez. Você gostaria que a pessoa imediatamente tentasse fazer uma venda para você? E que tal aquelas pessoas que ficam falando sobre como elas são de mais?

Meu chute é que você vai ter uma primeira impressão ruim dessa pessoa…

Da mesma forma, a mídia social é uma via de duas mãos. Claro, você pode compartilhar seus blogs e atualizações educativos. Mas, sempre peça feedback e incentive discussões sobre o seu post.

E não se esqueça de entreter seus seguidores de vez em quando.

image13

Leve sua audiência aos bastidores e compartilhe uma foto sobre sua vida cotidiana.

image18

Se você é uma empresa, compartilhe fotos dos seus eventos. Ou simplesmente compartilhe fotos dos seus funcionários – é sempre bom colocar um rosto na sua marca. Recentemente, a Everlane compartilhou fotos da festa de lançamento do #ShoePark no Facebook.

image14

Como já mencionei antes, a Everlane gosta de interagir com sua audiência nas redes sociais. E ela faz isso de forma natural, autêntica e verdadeira, com shows como as ‘Transparency Tuesdays’ no Snapchat, onde eles respondem perguntas sobre a empresa.

image06

Para fazer com que sua audiência se sinta parte da sua comunidade social, você tem que se abrir e mostrar seu lado real.

Um outro aspecto muito importante é responder aos comentários das atualizações e se engajar com seus seguidores nas redes sociais. Se você nunca se comunica com seus defensores, dá a impressão de que você não valoriza a presença e o tempo deles.

Se você me segue nas redes sociais, você deve ter visto que eu respondo quase todos os comentários que a audiência faz em minhas atualizações. Isso é porque eu me importo com cada um de vocês.

image03

3. Defina o tipo de conteúdo que você vai compartilhar nas diferentes plataformas de mídia social

Cada plataforma de mídia social tem algumas funcionalidades nativas específicas. Você pode postar o mesmo conteúdo em diferentes canais, mas isso é um pouco preguiçoso e não vai gerar uma boa resposta.

Confuso sobre o que eu estou falando?

Quando você cria um conteúdo para o Snapchat, é esperado que ele tenha uma vibe natural no meio dos bastidores. Os usuários da plataforma gostam de ver vídeos de pessoas que estão se mexendo na vertical (gravados nos celulares). Da mesma forma, a audiência do Instagram gosta de ver belas fotos, com ou sem filtros. E no Twitter, os usuários esperam que sua mensagem seja passada em até 140 caracteres.

Claro, você pode escrever um texto longo no Facebook, pegar o print da tela e postar no Twitter/Instagram/Snapchat como uma atualização de foto.

Mas isso simplesmente não vai ter o mesmo nível de engajamento.

Aqui tem um material, da Likeable Media, que mostra prós e contras de cada uma das maiores plataformas sociais.

image02

Um grande exemplo de uma pessoal que lida com todas as redes sociais com requinte é o Gary Vaynerchuk. Todas as suas plataformas sociais estão tão cheias de conteúdos atraentes, relevantes e que agregam valor que parecem ser únicos para a plataforma.

Se você olhar o seu feed no Instagram, você vai ver muitas citações inspiradoras com sua foto no fundo. Você também vai ver muitas fotos pessoais dos seus discursos de engajamento.

image05

Diariamente ele lança novos vídeos no YouTube que são um mix dos seus shows- #AskGaryVee, #DailyVee e vídeos curtos para inspiração.

image16

Se você visitar o Twitter do Gary, as suas atualizações são um mix dos seus comentários em tempo real sobre eventos que importam pra ele, de vídeos ou imagens. E isso é o tipo de conteúdo que os usuários do Twitter esperam.

image11

O que é ainda mais interessante é como o Gary brilhantemente renova o propósito dos seus conteúdos. Por exemplo, ele carrega vídeos direto no Facebook, porque eles acabam tendo mais engajamento do que links de vídeos em sites terceiros.

image07

Aqui está um vídeo rápido no seu canal do YouTube – e é também a origem da foto do Instagram que eu compartilhei acima.

image19

De forma geral, a presença do Gery demonstra que ele conhece todas as plataformas de redes sociais com detalhes. Mesmo que ele automatize algumas atualizações com ferramentas, todo o seu conteúdo social tem uma aparência autêntica. Ele lida com todos os recursos nativos das plataformas sociais brilhantemente.

A chave para isso é (principalmente) compartilhar conteúdo exclusivo em todas as plataformas de mídia social onde você estiver. Se você não acha que a audiência de uma plataforma social não combina com sua marca ou se você não tem os recursos necessários para administrar a criação de conteúdo para a plataforma, então não use a plataforma.

Agora é a sua vez de analisar as oportunidades de criação de conteúdo que estão à sua disposição.

4. Crie uma agenda de conteúdos e poste com frequência

Você cria uma conta. Você preenche as descrições completamente. Daí, lança uma página “Bem-vindo ao Facebook; esta é a minha primeira atualização”, e convida alguns amigos e alguns outros seguidores de outras contas para dar um like na sua página.

Então, você desaparece por um mês.

Isso acontece com a maioria das empresas que começam na mídia social. Mas se você quiser ter bons resultados e construir um relacionamento duradouro com sua audiência, então você deve postar atualizações regularmente. Caso contrário, você vai se perder no meio do ruído da mídia social.

Se você tiver uma estratégia para redes sociais documentada, você vai ter uma visão geral do tipo de mensagem que você está enviando. Então você poderá equilibrar posts que agregam valor com atualizações promocionais. E você vai conseguir agendar as atualizações com antecedência e ganhar algum tempo.

Aqui tem um template de agenda de mídia social feito pelo HubSpot e pelo Buffer que você pode usar para planejar seu conteúdo.

image01

Quantas vezes você posta nas redes sociais sem impressionar seus seguidores?

Se você postar conteúdo útil de verdade, então você vai poder fugir de uma frequência alta. Mas vai depender mesmo da sua audiência e do seu ramo. Você vai precisar testar até encontrar a sua melhor frequência.

Aqui está uma agenda simples que você pode seguir no começo:

Facebook: Algumas atualizações ao dia

Twitter: 3 vezes ao dia (se você tiver os recursos, então você pode enviar 5 ou mais tweets diariamente)

Instagram: Uma vez ao dia

LinkedIn: Uma vez ao dia (apenas dias úteis)

Lembre-se que redes sociais tem a ver com atualizações em tempo real. Apesar de isso parecer meio ilógico, ao planejar com antecedência e com a prática, você estará em melhores condições de reagir com inteligência na hora.

O oportuno e imensamente conhecido tweet ‘Dunk in the dark’ da Oreo, durante o Super Bowl, redefiniu a imagem da marca.

image10

Mas você sabia que o tweet levou quase 18 meses para ser feito?

A empresa montou uma equipe para se engajar com os seguidores ao vivo nas redes sociais.

Montar uma agenda vai ajudar a organizar seus esforços e na utilização apropriada dos recursos para as suas plataformas de mídia social. Depois disso, é questão de ser criativo.

5. Cuide dos aspectos táticos

Até agora nós discutimos mais sobre as decisões estratégicas de alto nível com relação às redes sociais. Agora, vamos discutir os detalhes de como fazer isso funcionar:

1. Defina sua audiência (público-alvo)

Se você está focando em tipos de pessoal totalmente diferentes, então você precisa criar múltiplas personas para sua marca. E suas atualizações precisam atrair cada parte da sua audiência. Escrever as características da sua audiência ajuda a ter clareza quando for escrever uma atualização e ao elaborar estratégias para redes sociais.

Se você precisar de ajuda com a definição da sua audiência, consulte a primeira parte deste artigo sobre como criar uma estratégia para redes sociais.

2. Atribua as ferramentas e a equipe

E compartilhei um template de agenda de conteúdos. Mas, também defina quais ferramentas você vai usar para postar atualizações e para se comunicar com os membros da sua equipe.

Eu recomendo manter as coisas simples. Você pode usar o Buffer para agendar atualizações em todas as maiores plataformas de mídia social. Para escrever atualizações, você pode usar uma planilha do Excel. E tenha reuniões regulares com os membros da sua equipe.

image20

Se você está procurando por uma solução mais profissional, você pode experimentar o CoSchedule.

Também, defina todo o processo que seus membros de equipe vão usar para:

  • selecionar as atualizações para postar,
  • agendar atualizações,
  • responder aos comentários em seus posts e falar em nome da sua marca.

3. Como você vai lidar com as críticas?

Existem cerca de 2,1 milhões de menções sociais negativas apenas sobre marcas nos EUA, todos os dias. O que você vai fazer quando um cliente irritado fizer um post negativo sobre sua marca?

Não lidar bem com as críticas pode levar a reações negativas que podem acabar destruindo sua imagem. Por isso, quem será responsável pelos comentários negativos sobre sua marca?

De vez em quando, faz mais sentido ficar quieto diante das críticas, pois o contrário pode aumentar ainda mais o problema.

Conclusão

As mídia sociais são um lugar incrível para construir sua marca. Elas têm milhões de usuários do seu público-alvo socializando diariamente e ansiosos para descobrir novas marcas. Ao construir uma marca pessoal, eu consegui levar empresas a atingirem seis dígitos em 4 meses.

image04

Para criar sua marca, você vai precisar colocar uma tonelada de esforço e permanecer coerente. Mas os benefícios valerão a pena. Por isso, siga em frente e ponha em prática as estratégias para redes sociais que eu compartilhei nesse artigo.

Eu adoraria saber das suas experiências com a criação de marca usando as plataformas de mídia social. Compartilhe comigo nos comentários.

Share