Como Corrigir Uma Landing Page Que Não Converte Visitantes em Clientes

landing page

É realmente fácil criar uma landing page.

Você não precisa saber como escrever código de programação. Você não precisa compreender a filosofia que existe por trás das cores que usa no seu design.

Existe uma variedade de ferramentas de landing page disponíveis, com centenas de modelos (“templates”).

Você só precisa comprar uma assinatura premium de uma ferramenta e usar a funcionalidade de um simples “arrastar” e “soltar” para começar.

Direcionar o tráfego para sua landing page exige um trabalho árduo, mas se você for disciplinado, será capaz de atrair visitantes.

Portanto, agora podemos concluir que é pouco desafiador criar uma landing page de alta conversão.

Será que podemos?

Há tantas combinações de elementos que você pode usar para criar uma landing page que pode ficar complicado descobrir o jeito que dará melhor resultado.

Você percebe o problema assim que os assinantes começam a contar com o seu boletim informativo ou a venda dos seus produtos não está crescendo de acordo com as expectativas.

Então, o que você pode fazer quando não atinge as suas metas na landing page?

Eu sei o quão difícil pode se tornar para descobrir porque você não está fechando vendas.

Sua primeira impressão conta mais. E sua página deve ter uma proposta clara de valor para garantir que seus visitantes permaneçam mais que 20 segundos.

image27

Existem alguns elementos comuns em uma landing page que quase sempre levam os visitantes a abandonarem o seu site.

Neste artigo eu vou compartilhar 6 elementos que podem levar a landing page pobres em conversões, e também vou compartilhar ferramentas e estratégias para ajudá-lo a resolver problemas com elas.

Você tem poucas conversões nas landing pages? Confira este material para conhecer quais os elementos que você deve testar.

Se você suspeitar de alguma falha em algum desses elementos, considere então testá-lo.

Pronto para aumentar suas vendas?

Vamos para o primeiro elemento.

1. Velocidade do Site

Quantos segundos você espera para uma página da web carregar?

Eu acho que não mais do que alguns segundos.

De fato, 1 em 4 visitantes abandonam um site em 4 segundos.

image33

E uma primeira experiência ruim (insatisfação do cliente) pode significar uma perda permanente desse cliente.

image47

Se você tem um site de comércio eletrônico fazendo $ 100.000 por dia, poderia perder, potencialmente, 2,5 milhões de dólares todos os anos para cada um segundo de atraso no tempo de carregamento.

Você pode não só prejudicar as vendas, como também os seus rankings nos mecanismo de busca se tiver páginas carregando lentamente.

Em 2010 o Google anunciou que a velocidade do site é um novo indicador introduzido em seu algoritmo de ranking de buscas orgânicas. E que as ferramentas para webmasters forneceriam insights sobre o desempenho do seu site.

image26

Avance para 2015 e a velocidade do seu site é ainda mais importante devido à nossa decrescente capacidade de alcance de atenção. Um site lento, aos olhos do Google, é equivalente a uma má experiência para o usuário.

Mesmo em uma conexão móvel lenta, as pessoas querem respostas rápidas para suas consultas. Então, o Google lançou páginas móveis mais leves, em países selecionados, que carregam mais rapidamente.

Aqui está uma comparação de uma página transcodificada pelo Google (otimizado para redes lentas) contra a versão original.

Experimentos do Google nestas páginas otimizadas, carregaram 4 vezes mais rápido, usaram 80% menos bytes e propiciaram um aumento de 50% no tráfego.

Você agora entende que as páginas de carregamento lento não só afetam o seu ganho financeiro, como também prejudicam a imagem da marca, a sua experiência de usuário e os seus rankings do site (SEO).

Então, você poderia perguntar, há alguma referência para o tempo de carregamento?

Bem, 47% dos consumidores esperam que uma página web carregue em menos de 2 segundos.

O que é ainda mais interessante é que suas taxas de conversão podem aumentar em 74%, melhorando seu tempo de carregamento de 8 para 2 segundos.

image07

Obviamente cortar os elementos necessários da landing page não é possível.

Vamos explorar 3 causas potenciais que levam a tempos de carregamento lento. Em seguida, você pode idealizar uma estratégia para encontrar a sua melhor combinação de elementos que permitam um carregamento mais rápido de seu site, juntamente com o máximo de conversões.

Serviço de Hospedagem Barato – Empresas de web hosting permitem que um grande número de sites participem de seus pacotes compartilhados de hospedagem barata, levando a tempos de resposta do servidor mais lentos para todos.

As opções baratas (com uma boa reputação) são boas somente quando você está começando. Uma vez que seu site se torna popular, você estará deixando dinheiro na mesa se continuar escolhendo economicamente o seu host.

Deixe-me dar um exemplo.

Juan Martitegui, CEO da MindValley Hispano testou uma landing page construída usando o LeadPages. Ele primeiro fez o download da landing page e depois a transferiu para o seu próprio servidor. Em seguida, ele a hospedou na leadpages.net.

Não só a landing page hospedada no leadpages.net ficou 15% mais rápida, como Juan também conseguiu um aumento de 8,47% nas suas conversões da landing page (naquele tempo a LeadPages usava a rede do servidor do Google e tinha servidores em todos os principais continentes).

Aqui está um vídeo detalhado do teste A/B realizado por Clay da LeadPages.

Nota: Gastar mais dinheiro em um host nem sempre equivale a uma maior velocidade do site. Juan estava pagando $ 1.000 / mês em hospedagem, no entanto a rede de servidores do Google ainda carregava mais rápido e levava a mais conversões.

Usando efeitos elaborados de slider e Javascript – Você não precisa usar esses sliders de imagem automáticos ou banners rotativos. Eu não sei por que você os teria em uma landing page em primeiro lugar.

A Universidade Notre Dame testou um slider em sua página inicial e descobriu que apenas a primeira imagem recebia alguma ação. Míseros 1%  dos visitantes clicou no recurso.

O motivo é que o conteúdo entregue através de carrosséis é ignorado pelos usuários. Para muitas pessoas eles se parecem com anúncios e, portanto, poucas pessoas interagem com eles.

image15

Além disso, na maioria dos casos, eles não são “amigáveis para mobile” e requerem Javascript para que sejam puxados cada vez que a página é carregada.

Você pode usar o OctaGate SiteTimer para verificar como cada elemento do seu website está afetando o tempo de carregamento dele.

image19

Em seguida, você pode comprimir o excesso de Javascript e depurá-lo usando este tutorial.

Uso pesado de imagens – Mais imagens equivalem a mais pedidos em cada carregamento da página porque haverá mais idas e vindas entre o host e o navegador do visitante.

Além disso, eles só vão distrair o usuário do seu documento e do seu CTA.

Você se daria ao trabalho de olhar para um site como o abaixo?

image08

Lembre-se, o objetivo das imagens é reforçar a mensagem que você quer transmitir através do texto da sua landing page. Evite colar fotos irrelevantes em sua landing page.

Uma ótima técnica que você pode começar a usar para diminuir o tempo de carregamento de imagem é a criação de sprites CSS, mesclando todas as suas pequenas imagens de fundo em uma. Ou contrate um especialista de CSS ou, se você é um técnico ninja, pode começar com uma ferramenta como a compass.

Para uma análise detalhada do seu website, gostaria de aconselhá-lo a realizar um teste de velocidade do site da pingdom.

image28

É uma ótima ferramenta para testar a velocidade do seu website e obter recomendações para a correção de tempos de carregamento mais elevados.

image52

Aqui estão mais algumas dicas para melhorar a velocidade de carregamento do seu site.

2. Título da Landing Page 

O título da sua landing page é muitas vezes a primeira interação entre seus visitantes e sua marca. Não faça com que seja a única (porque 80% dos leitores nunca vão além do título de qualquer maneira).

image56

O título à direita comunica uma mensagem clara, específica e útil. Ele invoca curiosidade e define expectativas sobre o seu produto.

Mas você, tampouco, pode usar títulos longos como o abaixo.

image49

Então, quão difícil é fazer um título de 10 -15 palavras chamar a atenção? E quais são os possíveis erros que você pode cometer?

Vejamos 4 exemplos.

1. Seu título não é claro e não tem uma proposta de valor

Como este do Grupo USFA .

image06

Se você não está comunicando o valor do seu produto, os visitantes não vão esperar muito tempo antes de apertar o botão de voltar.

2. Você não está mantendo-os fisgados

Isso significa que há uma incompatibilidade entre o seu anúncio PPC  e o título da página de destino.

Veja o bom e mau exemplos abaixo.

 

image37

Você quer ver os fones de ouvido bluetooth mais do que o AH-W150. Certo?

Isso é porque nós gostamos de ver a continuação da conversa depois de clicar em um anúncio. Se a sua landing page não facilita essa conversa, você vai perder a atenção e a confiança dos seus visitantes. Eles vão sentir como se tivessem feito uma má escolha ao clicar.

3. Você não comunica o valor do seu produto na línguagem do seu público

Olhe para a próxima landing page lutando por revendedores.

image24

Será que o título “Novo Livro Revela Remédios Salvadores Para Varejistas” soa atraente?

Eu acho que é vago e não é tentador o suficiente para obter um bom número de cliques no CTA.

E quanto a esse título para a landing page?

 

image13

O título orientado para o benefício não o seduziu para aprender as “estratégias de crescimento comprovadas”?

E sabe o que mais?

Esta segunda versão aumentou a taxa de resposta em 307%.

4. Seus títulos serão desperdiçados porque ninguém irá notá-los – O tamanho do texto deve ser o suficiente para prender a atenção de seus visitantes.

Você também pode testar melhorar o título e a legibilidade da página, mudando um pouco o conteúdo, orientação e até utilizar aspas e cores contrastantes.

A formatação é importante porque a maioria dos usuários da web procuram conteúdo. Veja a landing page da Build Conference abaixo.

image43

À primeira vista, é fácil perder o assunto do título. Depois de um esforço maior e consciente, o visitante vai compreender que a conferência é para web designers.

Click Laboratory testou um tamanho maior de fonte no site da Numara Software (de 10pt. para 13 pt.).

image50

O resultado foi uma melhoria de 133% na sua taxa de conversão. Uma hierarquia visual clara também pode melhorar suas conversões.

Você precisa gastar algum tempo extra escrevendo um título poderoso. Isto pode aumentar o seu tempo na página e diminuir a taxa de rejeição do visitante.

Além disso, se você estiver fazendo anúncios, você também observará um aumento no seu índice de qualidade no Google AdWords e diminuirá o seu CPC.

Ferramentas para testar seus títulos – Você pode testar a capacidade de cliques de seu título com o CoSchedule Headline Analyzer ou com o Content Marketing Institute’s Emotional Value Analyzer.

Vamos dar uma olhada nos dois.

Emotional Marketing Headline Analyzer faz uma analise do seu título na hora que você introduz o título.

image30

Em seguida, ele lhe dá uma pontuação de EMV. Acima de 50% é um resultado excepcional como a ferramenta aponta.

image32

CoSchedule Headline Analyzer é uma ferramenta similar que lhe dá uma pontuação que varia de 0-100.

Você só precisa colocar o seu título e clicar no botão “Analyze Now” para começar.

image02

Em breve você receberá uma pontuação, juntamente com uma nota para a variedade de palavras usadas em seu título.

image10

Nota: Ambas as ferramentas acima foram criadas para testar títulos de posts em blog. Mas elas também vão servir ao seu propósito de medir a atratividade do seu título.

Outra ferramenta para testar a primeira impressão da sua landing page é o Five Second Test da UsabilityHub. Você pode enviar seu próprio projeto e pedir a opinião das pessoas sobre o seu lançamento.

image14

3. Chamada para ação

O objetivo mais importante de todas as landing pages é conduzir à ação.

Nós já falamos sobre escrever um título sedutor que desperte a curiosidade. Em seguida, você precisa escrever textos que realmente atraiam a atenção.

Mas, mesmo que e você crie um texto convincente, os usuários da web irão analisar, somente, o seu conteúdo.

Portanto, o seu botão CTA deve se destacar e explicar, claramente, o próximo passo. Porque se o usuário não clicar no botão CTA, o seu negócio está fadado ao fracasso.

Na CrazyEgg, eu descobri que o texto do CTA relacionado com o produto direcionou mais cliques. As palavras “Me mostre o meu mapa de calor” tiveram um CTR 20% maior do que “Veja planos e preços.”

 

image21

Minha hipótese para esse comportamento é que as pessoas querem ver a próxima ação lógica do que eu descrevi na minha landing page, que é um mapa de calor e não planos.

Isso não é interessante?

Vejamos mais alguns prós e contras do precioso botão CTA.

1. Seu CTA deveria ter, preferencialmente, um verbo de ação e deveria ser escrito de forma clara (talvez com um benefício) – Apenas algumas palavras. Porém o texto do botão impacta tremendamente as suas conversões.

Palavras de ação como ‘obtenha’, ‘domine’, ‘veja’ e ‘tente’ dão ímpeto ao leitor. Elas também o forçam a escrever a partir da perspectiva do seu público.

Michael Aagard do Content Verve conseguiu um aumento de 14,96% nas conversões para seu cliente MatchOffice.com, alterando apenas uma palavra.

Quer saber qual foi a mudança de palavra?

Ele mudou o texto do botão de “Solicite Informações e Preços” para “Receba Informações e Preços.”

image44

E isso não funciona apenas em uma versão em inglês.

Quando o mesmo teste ‘get’ foi realizado em um site dinamarquês, conversões foram alavancadas em 38,26%.

image23

Como você sabe, não há garantia de que a estratégia irá funcionar sempre em testes A/B.

A relevância da texto, a especificidade, o contexto e as preferências do seu público é que, finalmente, determinarão as suas conversões.

Então, aqui está um exemplo em que somente a palavra ‘get’ não chegou a se adequar ao contexto.

A Fitness World (uma cadeia de esportes da Escandinávia) mudou seu texto do botão CTA de ‘Obtenha sua adesão’ para ‘encontre sua academia e obtenha sua adesão.’

O resultado?

Aumento de 213,16% no CTR.

image00

A versão de controle em si é bastante poderosa.

Mas é um pouco genérica porque você pode obter uma adesão para muitas coisas.

Michael descobriu que a localização era um fator importante para a escolha de adesão. Adicionar o texto “Encontre sua academia” fez sentido.

image34

2. Brinque com a cor, tamanho e forma do seu CTA para garantir que ele se destaque do resto da página – Não há um tamanho único, cor e forma que se encaixe em todas as situações.

Mas é importante que o seu CTA realmente pareça clicável. Aqui estão dicas para formatar o seu botão.

image16

Testar elementos do seu botão é importante para fazer progressos. Aqui estão dados de alguns testes que eu fiz que você pode usar como pontos de partida.

O primeiro aspecto importante do seu CTA é a cor. Os visitantes a usam como uma dica para o próximo clique. Mas não confie sempre na cor vermelha porque ela cria um senso de urgência, ou verde, porque sinaliza paz.

A Performable descobriu um aumento de 21% em suas conversões alterando a cor do CTA de verde para vermelho.

image36

Se você não está pensando em testar a sua escolha de cor de fonte, provavelmente você está perdendo uma grande oportunidade.

Um portal dinamarques que vende telefones celulares usados, constatou queda de 18,01% nas conversões mudando a cor da fonte do seu botão CTA de preto para amarelo.

image42

Palpites inteligentes no design das cores contrastantes do seu website, aliados com rigorosos testes irão ajudá-lo a encontrar a cor do botão CTA que se sobressaia.

Você pode usar o ButtonOptimizer.com para gerar vários botões CTA coloridos. Olhe para todos eles e escolha o que mais se destacar. Lembre-se de considerar a interação entre o design do seu website e as cores do seu botão CTA com outras cores utilizadas na landing page.

Outro importante aspecto do seu CTA é o tamanho. Você pode aumentá-lo para saltar aos olhos do seu público, enquanto também o deixa bastante confortável para eles clicarem (especialmente nos telefones celulares).

Mas não exagere no tamanho do botão porque maior não é sempre igual a melhor.

Michael descobriu uma diminuição de 10,56% nas conversões ao aumentar o tamanho do CTA no website do WriteWork.com.

image51

Isso também significa que você não deve ter muito texto no seu CTA.

As pessoas não estão no modo de leitura quando chegam até o seu botão CTA. Elas estão no modo de clicar.

Veja o botão CTA abaixo. São 63 caracteres (incluindo espaços) – é muito difícil conseguir cliques em um botão tão grande e cheio de palavras.

image54

Você deve transmitir sua proposta de valor sucintamente.

3. Posicione o seu CTA de forma estratégica e tente múltiplos botões, se você tem uma landing page com formato alongado  – Sim, acima da dobra é um bom lugar para começar.

Mas isso não é um sucesso absoluto. Aqui na NeilPatel.com eu percebi 17% mais conversões, colocando meu CTA abaixo da dobra.

A razão (eu descobri após pesquisar) era que as pessoas queriam aprender um pouco mais sobre as minhas ofertas antes de ver o CTA.

 

image04

Rolar a tela agora é como se fosse a nossa segunda natureza. Não fique obcecado com a dobra.

Dependendo da complexidade do seu produto, você deve escolher cuidadosamente a posição do seu CTA e testar.

 

image57

Um produto simples não causa muitas objeções de seus clientes potenciais. Mas um produto complexo definitivamente exige pensamento crítico para a tomada de decisão.

Outro teste em que um CTA abaixo da dobra superou um CTA acima da dobra foi esta landing page PPC construída pela Content Verve.

Mover o formulário para abaixo da dobra (na direção do final) triplicou suas conversões. Provavelmente porque o produto era complexo.

image53

4. Aprovação Social

Qual é a primeira coisa que você verifica antes de fazer compras online?

Você deseja que o produto tenha valor e que o ajude na resolução de um problema que está enfrentando.

Assim, para verificar a legitimidade e o valor do produto, você busca a experiência de pessoas que compraram anteriormente.

Estou certo?

E você não está sozinho. 77% dos compradores online  olham os comentários para ajudar nas suas decisões de compra.

Os consumidores usam opiniões online até mesmo para avaliar as empresas locais.

image20

O fator chave é sempre exibir demonstrações de confiança em sua landing page. Sem credibilidade o seu produto não vai vender.

Na landing page da assinatura da sua newsletter, você pode mostrar  o número de assinantes ou seguidores de mídia social ou comentários de seus leitores.

Um exemplo é  James Clear.

Ele exibe feedbacks brilhantes que seus leitores twittam.

image55

E também exibe o seu grande número de assinantes.

image03

Você pode até mesmo mostrar suas vendas recentes (ou inscrições) no título.

Veja como o Basecamp usou as aprovações sociais como um título atraente.

Você não pode negar que o Basecamp é um ótimo produto, senão por que mais de 5.410 empresas se inscreveriam em uma semana, certo?

image01

Se você é uma companhia B2B, você pode mostrar logos de grandes marcas que tenham sido atendidas por você.

Como nós fazemos no CrazyEgg.

image46

Mas nem todos os tipos de aprovação social são igualmente convincentes.

Se você puder obter um perito da indústria (leia influenciador) ou uma celebridade para atestar o seu produto / website, isso poderá impulsionar tremendamente as suas vendas.

Beautymint foi capaz de atrair 500.000 visitantes no primeiro dia de lançamento do seu website, através do endosso de Jessica Simpson e da esteticista Nerida Joy.

Quanto mais relevante e autoritário for o influenciador, mais forte será a sua aprovação social. Noah Kagan conseguiu que os bem-sucedidos empresários Hiten Shah e Andrew Warner gravassem depoimentos para ele.

image31

Quando você os ler, ficará convencido a entrar na lista de e-mail de Noah.

Se você quiser mais detalhes, então considere escrever um estudo de caso apoiado em dados.

Eles pintam um quadro muito claro sobre o seu estilo de trabalho e a eficácia do seu produto / serviço.

Eu uso estudos de caso na minha página de consulta. Eles têm sido eficazes em ganhar confiança.

 

image40

Você pode testar diferentes tipos de aprovação social dos sugeridos por mim, na sua landing page, até que encontre o vencedor.

5. Tráfego da Landing Page

Você já foi a uma loja de música para comprar mantimentos?

Isso seria loucura.

Seria igualmente louco direcionar toneladas de tráfego de comunidades desportivas online para a sua landing page de marketing de produto na internet.

Não tente atalhos também. Gastar $14.000 em 5.000 exibições é uma ideia terrível. Isso só levará a rejeições e reclamações de spam.

 

image38

Você precisa conduzir o tráfego correto para alcançar bons resultados.

Uma grande estratégia para direcionar um tráfego relevante é manter o seu público em mente, sempre.

Digamos que as suas duas principais fontes de tráfego sejam – Anúncios do Facebook e Google AdWords.

Você precisa executar testes em ambas as plataformas individualmente. Só então você vai encontrar os títulos de anúncios, textos, imagens e CTA perfeitos, que serão mais atraentes para os diferentes segmentos de mercado.

Aqui está um exemplo de como segmentar e realizar uma análise mais inteligente do seu tráfego.

image35

Um sinal de advertência para propagandas que são irrelevantes e que não apelam ao público alvo é baixo CTR. Então fique atento.

Uma vez melhorada a qualidade da sua propaganda, em seguida vem a experiência pós clique – a sua landing page.

Um visitante que chega no seu site pelo Google Ads está provavelmente buscando uma solução direta para seu problema específico. E um cara através do Facebook Ads ainda está estacionado na fase de descobrimento do problema.

Você precisa criar um design único para a sua landing page que foque as necessidades específicas de seu segmento do mercado.

image48

No entanto essas versões diferentes não têm que ser completamente diferentes. Apenas se certifique de que o título, texto e o CTA da landing page combinem com o contexto assim como a aparência e impressão geral da origem do tráfico.

Se você está com dificuldades em focar anúncios, então você deveria considerar construir personas dos compradores que estabeleçam motivações e objetivos de compra do público.

image05

Tais informações demográficas detalhadas não irão apenas ajudá-lo no foco efetivo, mas a informação psicográfica irá ajudá-lo a escrever textos atrativas.

Se você já tem um tráfego considerável no seu site, então você pode ir em busca dos seus dados de relatórios de audiência e usar essa informação para definir seu alvo.

image22

Semelhante ao Facebook, você pode achar detalhes sobre seus fãs  usando a ferramenta Facebook Insights.

image09

A Elizabeth da Unbounce compartilha um estudo onde os seus clientes de refeições prontas estavam fazendo pedidos de palavras-chave sem considerar  a intenção do usuário. As suas propagandas estavam mirando em palavras-chave na fase errada do ciclo de compras e mirando em pessoas irrelevantes que não queriam gastar com suas refeições.

image45

Elizabeth fez um brainstorm junto com seu cliente e criou uma persona para o comprador na fase de conscientização do ciclo de compras.

Ela depois melhorou as palavras-chave escolhidas e modificou o texto da landing page para agradar a persona criada.

O resultado foi uma queda em tráfego (cor azul)

Mas também um aumento na qualidade do tráfego que eventualmente levou a um aumento em conversões (cor laranja).

 

image11

6. Design da Landing Page 

Você sabia que 35% dos usuários da internet na faixa etária de 18-34 não se sentem seguros online?

image17

Então se o seu design causa insegurança e dá a impressão de golpe, você não irá realizar vendas.

O seu público alvo deveria ficar interessado imediatamente pelo o que está vendo. O seu design é o meio de comunicar o seu valor clara e eficientemente.

Você talvez já saiba o básico do bom design. É livre de distrações sem botões de compartilhamento para mídia social e sem um fundo que tenha uma imagem extravagante.

Eu já falei sobre criar contraste com a cor do seu CTA e fontes.

image29

Aqui estão mais 2 dicas específicas de design.

1. Use dicas direcionais explícitas para enfatizar o CTA – Você pode usar setas, linhas, direcionados de olhar e apontadores para chamar a atenção dos seus visitantes para um elemento específico na sua landing page.

 A primeira escolha óbvia para chamar atenção para a sua landing page é o seu CTA. Mas você também focar na proposta única de valor do seu produto.

Veja os dois exemplos de rastreamento ocular abaixo. Visitantes olham primeiro para o rosto da mulher em ambas as imagens. Mas ao mudar a direção do olhar da mulher na imagem a direita, o visitante começou a olhar para o produto.

image12

Setas também são uma ótima forma de direcionar a atenção.

Veja o exemplo da DrayTek abaixo. Eles indicam aos visitantes que eles deveriam preencher o formulário para fazer o download do papel branco com uma seta

image41

2. Não use um design comum e fotos de banco de imagens genéricas – Como você se sentiria ao chegar a um site novo que usasse o mesmo design e foto de banco de imagens brega que você já viu em pelo menos 10 outros sites?

Eu não acho que você iria achar interessante. Eu também não acharia.

Se você quer criar uma identidade de marca única, você tem que ir além e evitar usar os modelos de design mais comuns.

Como eu disse anteriormente, uma landing page provavelmente é o primeiro ponto de contato entre o público alvo e sua marca. Sua meta é impressionar para que eles comprem de você e lembrem de você.

Como esta abaixo da Themeforest (já comprado por mais de 2.150 pessoas).

 

image18

Isso não quer dizer que você deva ficar longe de usar ferramentas de landing page e templates.

Mas você tem que personalizá-los para combinar com a aparência e qualidade do seu site, e adaptá-los de acordo com os objetivos da sua landing page.

Conclusão

Se você quer ser bem-sucedido com landing pages, você deve continuar testando e otimizando. Não existe uma fórmula única para todas, mas os 6 elementos acima são bons pontos de partida para começar.

A longo prazo, você pode criar uma lista de elementos de landing page e incorporar testes mensalmente programados.

Não perca as oportunidades. Depois de receber os visitantes em sua landing page, faça aquele esforço extra para alcançar seus objetivos.

Você concorda que os 6 elementos acima são críticos para fazer mais vendas? Qual  é o problema número um de conversão que você encontrou testando suas landing pages?

Share