Como Aumentar o Tráfego Orgânico do Site em 5 Passos Simples

traffic - trafego organico

Se você quiser gerar tráfego orgânico consistente, você vai ter que usar um sistema de trabalho – melhor ainda, um “canal.”

Uma abordagem mal feita para o SEO só vai render resultados ruins. Eu tenho certeza que ninguém deseja isso. Eu certamente não.

De vez em quando, você escuta que depender do tráfego orgânico é como jogar na loteria. As probabilidades não estão ao seu favor e é perder ou ganhar – na maioria das vezes perder.

Vamos lá! Nenhum negócio online poderia existir sem algumas ferramentas de busca, especialmente o Google. As pessoas que formam o seu público-alvo utilizam as ferramentas de busca para procurar informações. De acordo com o Search Engine Journal, 70% dos links que os usuários de busca clicam são orgânicos.

Não importa quanto tráfego você decida comprar, seja através de publicidade nativa ou outros canais de mídia, um dia você precisará do Google.

Ferramentas de busca existem porque as pessoas precisam de informações corretas e você quer que elas encontrem as suas informações facilmente. A otimização para usuários de busca é um dos aspectos do marketing de conteúdo que funciona de forma eficiente.

Por enquanto todos nós sabemos que o marketing de conteúdo é eficaz. Dados do MarketingSherpa sugerem que a distribuição de conteúdo pode produzir um aumento de 2.000% no tráfego de um blog e um aumento de 40% em seu rendimento.

Quando você adiciona um SEO ao seu marketing de conteúdo da forma correta, essa combinação vai produzir ótimos resultados. Por exemplo, o Lance Cummins utilizou uma ferramenta de inbound marketing para crescer seu site em 58,4% através do tráfego orgânico, de Julho a Setembro de 2014.

image12

Até mesmo novos blogueiros estão usando o marketing de conteúdo para aprimorarem seu tráfego orgânico e classificações.

Muitos especialistas – principalmente aqueles que tiveram experiências horríveis com o Google e suas atualizações de algoritmo – acreditam que o SEO não funciona mais.

Mas ele realmente funciona! Você só precisa da abordagem correta.

Você gostaria de construir um canal de tráfego orgânico de sucesso? Siga estes 5 passos abordados aqui.

E eu quero provar isso para você compartilhando os 5 passos que você precisa para construir um canal de tráfego orgânico de sucesso. Então vamos começar com o óbvio:

Passo #1: Rastreie as perguntas dos usuários para pesquisar palavras-chave.

“O que você faz da vida?”

“Onde você trabalha?”

Você já notou que a maioria das conversas entre estranhos começa com uma pergunta? Perguntas e respostas são a marca da convivência social.

A cada segundo, milhares de pessoas vão ao Quora para fazer perguntas. O Quora começou em 2009 pelo ex-CTO do Facebook e tornou-se bastante popular. De acordo com o site Alexa, o Quora possui um ranking global de 146.

image48

A popularidade do Quora faz com que ele seja um grande trunfo para profissionais de marketing e criadores de conteúdo. Você pode rastrear as perguntas dos usuários e alavancá-las em sua pesquisa de palavras-chave. 

Siga estes passos simples para encontrar as questões mais buscadas no Quora:

Vá até o Quora e digite a palavra-chave principal do seu negócio (por exemplo: escrever em blog) na caixa de busca. Pressione o botão “enter” no seu teclado e procure por perguntas que já receberam pelo menos 10 respostas.

image53

Pesquisas de palavras-chave tradicionais podem não te mostrar uma palavra-chave exata, como essa da questão acima. Mas uma grande quantidade de pessoas está interessada nessa pergunta – portanto respondê-la provavelmente ajudará seus leitores.

Você também pode encontrar variações das palavras-chave usando esta forma. Basta copiar a questão como ela aparece e colar na ferramenta de palavras-chave do Google:

image36

Veja só o que acabamos de fazer: nós usamos uma pergunta com 10 respostas no Quora para procurar algumas palavras-chave. Construir um canal de tráfego orgânico de sucesso se resume a isso: responder às perguntas dos usuários.

Então o que você deveria fazer com essas palavras-chave? Criar títulos atraentes e ricos nessas mesmas palavras-chave.

O ideal é que você combine a pergunta do Quora com as palavras-chave acima para conseguir o melhor dos dois mundos – ou seja, as pessoas fazendo perguntas em ferramentas de busca e em mídias sociais ficarão todas felizes ao ler seu conteúdo.

Alguns títulos sugeridos, formatados em nossos exemplos acima:

  • Aperfeiçoar a Sua Escrita: Como Eu Posso Avançar Nas Minhas Habilidades de Escrever em Blogs?
  • Habilidades para Escrever Melhor: Como Eu Posso Aperfeiçoar Minha Escrita Para Blogs?
  • Aperfeiçoar a Sua Habilidade de Escrita em Português: Como Eu Posso Aperfeiçoar Minhas Habilidades de Escrita Para Blogs?

É verdade que a maioria das pessoas que procuram por “aperfeiçoar sua escrita” não estão interessadas em trabalhar com blog. É por isso que você deve combinar tanto a pergunta quanto a palavra-chave. Claro, isso não é o fim de tudo. Você também deve produzir conteúdo de alta qualidade para essas palavras-chave. 

Acredite em mim, se você focar em criar conteúdo de acordo com as perguntas que os usuários fazem, você vai direcionar o tráfego orgânico consistentemente.

Além disso, as perguntas fornecem tópicos novos nos quais você poderia abordar. Questões como “qual é a melhor maneira de começar um blog?” nunca vão parar de serem perguntadas. Sempre existirão novos blogueiros que precisarão saber disso.

Brian Dean, fundador do Backlinko, usa o Quora para rastrear as perguntas dos usuários e transformá-las em títulos impressionantes para seus artigos. Alguns meses atrás, ele se deparou com uma questão popular semelhante a essa:

image32

Sendo um profissional de marketing inteligente, ele criou um artigo aprofundado sobre essa questão. Ele usou a Técnica do Skyscraper para promover o seu artigo. Só esse artigo gerou mais de 100.000 leads direcionados e clientes para o seu negócio.

image43

O Quora oferece uma vantagem única para o seu conteúdo, ajudando a encontrar novas ideias que podem ser utilizadas. Portanto, sempre que você encontrar uma palavra-chave usando qualquer ferramenta de pesquisa, é uma boa ideia usar o Quora para encontrar perguntas baseadas nas variações dessa palavra-chave. 

Por exemplo, as pessoas do marketing de conteúdo por trás do Canva descobriram que as palavras-chave relacionadas à “fontes” receberam aproximadamente 800 mil buscas por mês ao todo: 

image22

Eles não podiam competir com sites de autoridade nas listagens orgânicas. Então, em vez de criar um conteúdo genérico sobre fontes, eles foram mais a fundo e procuraram por questões relacionadas no Quora: 

image26

A equipe do Canva então criou um artigo aprofundado e de alta qualidade abordando as questões acerca de “fontes combinadas”. O artigo gerou mais de 5.000 compartilhamentos e direcionou milhares de visitantes interessados em design para o site do Canva.

image34

Na minha experiência, a vasta maioria daqueles que fazem perguntas no Quora não são especialistas. Eles são empresários e profissionais procurando por soluções. Portanto, o Quora possui um público-alvo definido.

O RivalFox usou o Quora para responder perguntas relacionadas à inteligência competitiva. Isso trouxe um certo tipo de tráfego para o seu site e resultou em uma taxa de conversão na qual mais de 15% dos visitantes se transformaram em usuários.

image18

Portanto, se você é um blogueiro ou profissional de marketing de conteúdo, você pode utilizar o Quora para encontrar questões que você possa responder. 

image39

Quora: Quais são os melhores exemplos de marketing de blog, sem excluir pessoas com experiência em tecnologia?

Um título atraente para o blog: “Melhores Exemplos de Marketing de Blog: 16 Especialistas em Tecnologia Revelam os Seus Segredos”

Quora: Estudos de caso de negócios relacionados ao marketing de blog e mídia social. Qual é a melhor fonte?

Um título útil para o blog: “10 Melhores Fontes de Estudos de Caso de Negócios Utilizando Marketing de Blog e Mídia Social”

Pergunta do usuário do Quora: Os feeds de RSS são bons para o marketing de blog?

Um título cooperativo para o blog: “Os Feeds de RSS São Bons Para o Marketing de Blog? 10 Maneiras Alternativas de Vender em Seu Blog”

Lembre-se de que o Quora não é só um site de “perguntas e respostas”. Ele é um dos sites de recursos mais valiosos para escritores, pesquisadores, SEOs e empresários digitais.

Enquanto alguns lutam para classificar suas palavras-chave principais entre uma intensa competição, você pode ficar a frente do jogo se aproveitando das perguntas dos usuários do Quora e escrevendo conteúdo de alta qualidade. 

Passo #2: Pesquisar palavras-chave de cauda longa (sem se esquecer da intenção do usuário).

Você está cansado das pessoas te falando que se você só escrever ótimos conteúdos, as pessoas vão visitar o seu site?

Realmente, é verdade até certo ponto, mas se você somente ficar esperando os visitantes orgânicos chegarem, você esperará para sempre. Receber milhares de visitantes orgânicos é muito mais fácil se você mirar em palavras-chave de cauda longa. 

Depois que o Google lançou sua atualização do Panda, SEOs e blogueiros abraçaram as palavras-chave de cauda longa porque elas direcionam o tipo de tráfego correto. De acordo com o HitTail, mais de 70% do tráfego de busca é derivado de palavras-chave de cauda longa.

image50

Palavras-chave de cauda longa ajudam você a se conectar com os seus clientes. Quando devidamente integradas às postagens do seu blog, elas podem te ajudar a direcionar 20.000 visitantes orgânicos para o seu site em menos de 6 meses.

Quando você considera as palavras-chave no top 100-500, incluindo aquelas que as grandes marcas têm como alvo, as palavras-chave de cauda longa vão se comportar melhor do que palavras-chave populares

image09

Você pode não alcançar uma grande quantidade de tráfego através das palavras-chave de cauda longa – elas possuem volumes de pesquisa menores em geral quando comparadas com as palavras-chave principais – mas você definitivamente irá gerar tráfego direcionado. Falando de SEO, eu acho que tráfego “direcionado” é melhor do que tráfego “genérico”.

Claro, o Google não revelou todos os seus fatores de ranking, mas o uso de palavras-chave e link building ainda são fatores importantes que afetam os rankings. Na verdade, o uso de palavras-chave na página ainda influencia 15,04% dos algoritmos de classificação do Google, de acordo com os especialistas.

image38

Na minha experiência, termos de busca de cauda longa simplificam o SEO e melhoram o tráfego orgânico. Eu desenvolvi 5 companhias de software de sucesso, de certa forma através da combinação de SEO e marketing de conteúdo para direcionar clientes qualificados. 

Em Dezembro de 2012, a KISSmetrics recebeu 142.149 visitantes a partir de termos de busca de cauda longa e eu continuei tendo bons resultados desde então.

Variações maiores das palavras-chave podem ter volumes de busca menores do que as palavras-chave principais, mas suas taxas de conversão geralmente são muito elevadas.

Não importa qual nicho você está, mire e use as palavras-chave de cauda longa mais do que as palavras-chave principais.

image42

As principais marcas de e-commerce estão direcionando suas vendas usando palavras-chave de cauda longa. Por exemplo, a Amazon gera 57% das suas vendas a partir de frases-chave de cauda longa

Consumidores usam o Google para procurar por um produto em particular, e uma vez que a Amazon geralmente possui uma classificação alta para nomes de produtos, ela atrai esses usuários e os converte em compradores.

image08

Quando você usa palavras-chave de cauda longa, especialmente aquelas com intenção comercial, você alcançará uma taxa de conversão maior. Sim, você pode direcionar uma grande quantidade de tráfego caso eventualmente se classifique para “imobiliárias”, mas a competição fará com que essa jornada seja longa e dolorosa.

Em vez de mirar a palavra-chave principal “imobiliária”, você deveria abordar suas variações de cauda longa, como “imobiliárias no rio de janeiro” ou até mesmo “novas casas para vender no rio de janeiro”.

image17

Frases-chave de cauda longa são importantes caso você esteja querendo desenvolver um canalizador de tráfego orgânico de sucesso.

Você pode usar várias ferramentas para pesquisar as variações mais longas das palavras-chave. Eu vou te mostrar alguns passos simples para usar duas ferramentas de sugestão de palavras-chave populares:

i).  Passo 1: Visite o Planejador de Palavras-Chave de AdWords do Google. Depois de conectado, digite sua palavra-chave principal (por exemplo: sites adaptados para mobiles). Então desça a página e clique no botão de “Obter ideias”:

image35

ii).  Passo 2: Clique na barra de “Ideias de palavras-chave” para revelar todas as palavras-chave em cada grupo:

image21

iii).  Passo 3: Escolha as palavras-chave na lista que possua 4 ou mais palavras. Esses são os termos de busca de cauda longa nos quais você pode facilmente se classificar.

image02

A segunda ferramenta grátis que pode te ajudar a gerar palavras-chave de cauda longa é o Ubersuggest. Só copie uma das palavras-chave (por exemplo: a partir da captura de tela acima, fazer um website adaptado para mobiles). Cole na caixa de pesquisa e então clique na barra de “sugestão”.

image47

Aqui estão as variações de palavras-chave de cauda longa derivadas do nosso exemplo:

image29

Armado com essas palavras-chave de cauda longa, você está pronto para criar títulos atraentes para o seu conteúdo.

Entretanto, lembre-se de que o Google não está preocupado com as palavras-chave, mas sim com a intenção do usuário. Não jogue palavras-chave no seu conteúdo. Em vez disso, foque em produzir conteúdo útil e que entretenha, para o seu usuário.

De acordo com o Tom Fanelli

Quando você pensa sobre intenções, boas palavras-chave fluem.

Seu conteúdo também se aperfeiçoa, porque seu foco primário é no usuário – não nos termos de busca que eles usam.

Os resultados chegam quando você foca no usuário. A Tresnic Media impulsionou o tráfego orgânico do seu site em cerca de 438% através de blogs e direcionamento de palavras-chave inteligentes. 

image27

Como eles conseguiram tanto tráfego orgânico?

Bem, a equipe publicou mais de 40 postagens aprofundadas e úteis, cada uma mirando em uma frase-chave de cauda longa. Eles aumentaram os compartilhamentos sociais e o Google os recompensou por um bom trabalho mandando tráfego orgânico direcionado para as suas páginas da internet.

Anos atrás, Marcus Sheridan, fundador da River Pools e Spas, escreveu uma postagem abrangente mirando as palavras-chave de cauda longa “Problemas com piscinas de fibra de vidro”. 

O artigo gerou mais de 5.000 visualizações quando foi publicado. Atualmente, ele está na primeira posição da lista orgânica do Google para aquela palavra-chave de cauda longa.

image28

Eu decidi aumentar o público-alvo do meu blog para 100.000 por mês dentro de 6 meses. Desde então, eu já gerei mais de 100.000 visitantes para esse blog. Mesmo quando eu não miro em uma palavra-chave de cauda longa específica, eu ainda me classifico para várias delas:

image45

Passo #3: Escrever títulos melhores.

A explosão de conteúdo está competindo pela atenção dos seus leitores. Cada dia há mais de 400 milhões de tweets. 294 bilhões de e-mails são enviados a cada dia. 2 milhões de postagens em blogs e mais de 860 horas de vídeos são criados diariamente. 

Você pode atrair leitores com o seu título ou perdê-los. Então você precisa aprender como escrever títulos nos quais as pessoas desejam clicar.

Uma das coisas que fazem a Upworthy uma das empresas de mídia que cresce mais rapidamente são os seus títulos atraentes. Títulos são importantes. Embora 80% das pessoas vão ler o título do seu artigo, somente 20% lerão o restante. Um título otimizado para o usuário pode aumentar as conversões em até 500%

image33

Quebra o meu coração quando eu vejo um título que foi aperfeiçoado com palavras-chave – mas não oferece nada de útil para o leitor. Você tem que lembrar que o Google é apenas um algoritmo de busca – embora seja importante. Mas suas expectativas e seus clientes são seres humanos.

Então é hora de começar a escrever para pessoas – elas são as únicas que irão se cadastrar na sua lista, clicar nos seus links e comprar os seus produtos. Programas de mecanismos de busca não podem fazer nenhuma dessas coisas.

Você pode não ser um expert, mas não deixe que isso te impeça de escrever títulos que atraiam atenção. Simplesmente encontre títulos vencedores – ou seja, aqueles que se tornaram virais no passado – e modele-os. 

Você pode criar um título melhor quando compreende o seu público-alvo melhor do que os seus competidores. 

Você pode encontrar títulos vencedores para o seu conteúdo em vários lugares. Eu pessoalmente uso o Buzzsumo para encontrar títulos que receberam o maior número de compartilhamentos sociais.

Veja como fazer:

Vá até o Buzzsumo. Na página inicial, digite sua frase-chave principal (por exemplo: dicas de SEO) na caixa de busca. Clique no botão de “Pesquisar!” na direita.

image41

Os títulos virais de blogs são: 

  • 5 Dicas Incomuns Para Melhorar o Seu SEO Com Mídia Social
  • Computadores e Sua Importância: Os Melhores SEOs e Truques Para Blogs Para Novos Aprendizes

Vamos modelar esses títulos virais e criar títulos melhores para as nossas postagens:

  • 13 Dicas Incomuns de SEO Para Aperfeiçoar Seu Tráfego Orgânico
  • Melhores Dicas de SEO Para Blogueiros: O Guia Definitivo

Perceba que quando você escreve um título, existem coisas simples que você pode fazer para melhorar o seu valor. Por exemplo, quando você inclui números estranhos, um estudo mostrou que você terá uma taxa de cliques 20% maior.

image11

Para maximizar a taxa de cliques orgânicos, seu título não deve ter mais do que 60 caracteres. E, na medida do possível, adicione a palavra-chave principal na frente do título (ou seja, comece com ela):

image51

Garanta que sua palavra-chave de cauda longa flua suavemente com o resto do título. Perceba como minha palavra-chave de cauda longa escolhida (“estudos de caso de marketing de conteúdo”) é lida naturalmente no título. Se eu não tivesse falado, você talvez nem percebesse que esse é um termo de busca.

image31

Você também pode usar publicações online (por exemplo: revistas, periódicos e jornais) para procurar por títulos nos quais você pode modelar.

Cada capa de revista possui títulos atraentes, escritos por profissionais em direitos autorais. Esses títulos foram testados e comprovados para atraírem pessoas para o conteúdo. 

Siga estes passos simples para encontrar ideias para títulos a partir de capas de revistas:

i).   Primeiro passo: Vá para o Magazines.com. Digite sua palavra-chave principal (por exemplo: fitness) na caixa de pesquisa localizada no lado direito.

image19

ii).  Segundo passo: Selecione sua revista favorita. A partir da lista de revistas fitness, escolha uma e clique. Estude a capa da revista e encontre ideias para seu título.

image40

iii).   Terceiro passo: Estude os títulos mais fortes da capa. As revistas geralmente contêm títulos fortes e atraentes. Sua tarefa é estudá-los, descobrir o que faz o título ser atraente e então criar um melhor.

Vamos identificar os títulos mais fortes nesta edição da Cooking Light

image07

Os títulos mais fortes acima são: 

  • Muito Rápido! Cada Receita Em 25 Minutos ou Menos
  • 78 Receitas Rápidas

Uma vez que esses títulos geraram milhares de assinaturas, nós podemos aperfeiçoar os resultados do nosso conteúdo usando-os como modelos, e então formando as frases-chave certas. Vamos fazer isso:

  • Muito Rápido! Como Escrever um Artigo de 1000 Palavras em 2 Horas
  • 78 Receitas Rápidas Para Encontrar Ideias Para Postagens Para Direcionar Tráfego Orgânico

Você percebeu alguma tendência na maneira que escrevemos os títulos? Nós adicionamos números. Se você está se perguntando o por quê, eu tenho uma resposta relacionada a dados para você.

De acordo com o Moz, títulos de postagens de blogs com números alcançam 36% mais de compartilhamentos sociais e engajamento em comparação à títulos sem números:

image01

Passo #4: Pesquise o assunto e aborde-o de uma maneira única.

Escrever consistentemente um conteúdo útil e prático não é fácil. E 57% dos profissionais de marketing possuem dificuldades para produzir um conteúdo que envolva as pessoas.

image00

Uma forma de fazer isso é pesquisar o seu assunto antes de escrever o conteúdo, e então coloque o seu próprio ponto de vista acerca desse assunto.

Eu sei que você enfrenta muita competição no seu nicho – eu também. Mas você ainda pode construir um negócio online de sucesso, se você aprender como escrever um conteúdo com a sua própria voz.

Em outras palavras, aborde o seu assunto de uma maneira única.

Como isso funciona?

Bem, vamos supor que você seja um profissional de marketing de e-mail. Eu posso lhe assegurar que milhares de artigos, vídeos, podcasts, postagens em blogs, e-books e cursos online já foram criados acerca do assunto de e-mail marketing.

Esse pensamento pode te assustar – no final das contas, o que restou para você escrever?

O que você tem que fazer é descobrir uma abordagem que ainda não seja ultrapassada.

Então, voltando para o exemplo: Se as pessoas estão escrevendo sobre “construir uma lista de e-mails”, mas você não consegue encontrar muitas postagens com influência de dados ou não existem muitos infográficos em todos esses conteúdos, há uma oportunidade que você pode explorar.

Ou se você descobriu que os seus competidores estão, em sua maioria, escrevendo posts em blogs, você pode explorar uma abordagem diferente – digamos, criar guias avançados, como eu fiz.

Eu observei que havia uma grande quantidade de blogs sobre marcas pessoais e percebi que não queria apenas me misturar na multidão.

Então, eu decidi abordar o assunto de uma forma diferente. Com a ajuda do Aaron Agius, nós desenvolvemos “O Guia Completo Para Marcas Pessoais“:

image24

Eu atualmente estou na primeira posição no Google para a palavra-chave “marca pessoal”. O guia foi compartilhado milhares de vezes e links de autoridade estão direcionando para ele. Uma das principais razões para o guia ser tão popular é pela quantidade de pesquisa ele recebeu.

image15

Se você realmente quer que os seus clientes levem o seu conteúdo a sério, vá além das opiniões pessoais – especialmente quando você está começando. Em vez isso, desafie cada hipótese por trás das suas opiniões, e então pesquise-as extensivamente. 

Em outras palavras, não faça apenas suposições – encontre os dados para sustentar essas opiniões. 

Claro, se você é uma autoridade ou um blogueiro influente, você pode se permitir ser um pouco mais criativo.

Por exemplo, o Brian Dean inventou vários conceitos de marketing que estão se popularizando – não porque ele os deu nomes elegantes, mas sim porque eles geraram grandes resultados:

  • “Atualizações de conteúdo” (inicialmente usados para coletar leads de e-mail)
  • “Técnica do skyscraper” (uma nova abordagem para escrever artigos de blogs para serem compartilhados)
  • “Faça a estratégia oposta” (em SEO, as pessoas geralmente falam para você atualizar o seu blog com novos conteúdos para direcionar tráfego orgânico. Brian aconselha “escrever menos mas com frequência, além de ter a certeza de que cada pedaço seja poderoso, e então trabalhar para promover o conteúdo)

Vamos ver outro exemplo. O que você escreveria sobre essa palavra-chave?

Estratégia de SEO local

A maioria das pessoas poderia simplesmente escrever uma postagem sobre como desenvolver uma estratégia de SEO local. Algumas outras poderiam compartilhar umas dicas sobre estratégias de SEO local que funcionam.

Se eu fosse escrever um artigo abrangente relacionado a essa palavra-chave, eu provavelmente usaria um desses títulos:

  • Estratégia de SEO Local: Um Caso de Estudo de 5 Companhias de B2B e Como Eles Desenvolveram Isso
  • Passos Simples Que Você Pode Usar Para Desenvolver Rapidamente Uma Estratégia de SEO Local
  • Estratégia de SEO Local: Como Direcionar Visitantes Locais Para o Seu Site de B2C

Quando você olha de uma forma única, você não precisa se preocupar com os seus competidores. Mesmo que eles escrevam extensivamente acerca de cada tópico ou palavra-chave do seu segmento, você ainda pode criar conteúdos únicos para os seus clientes. 

Primeiramente, você precisa pesquisar – estudos, estatísticas, tendências e dados – para referenciar, especialmente se o seu tópico está relacionado ao marketing de internet.

Um bom lugar para começar com os tópicos relacionados ao marketing de internet é essa lista de estatísticas de marketing da HubSpot, que possui sessões para SEO, marketing de e-mail, marketing de mídias sociais, blogs e estatísticas de geração de leads.

image30

Mas somente estatísticas não são suficientes. Se você quiser criar um conteúdo top de linha no qual as pessoas irão referenciar e linkar, então você precisa ir mais a fundo com alguns estudos de casos.

O Google é uma ferramenta poderosa quando você está pesquisando o seu assunto. Você pode encontrar casos de estudo úteis que vão ajuda-lo durante todo o conjunto específico de passos necessários para alcançar um resultado em particular.

Use estas pesquisas para encontrar estudos de caso úteis:

  • Estudo de caso: “sua palavra-chave”
  • História de sucesso: Companhias de B2C geraram “sua palavra-chave”

image10

Assistir vídeos no YouTube é uma ótima maneira de encontrar ideias para o seu tópico. Porque fazer um bom vídeo de marketing demanda um pouco mais de habilidade e investimento inicial, e a maioria dos blogueiros não o fazem.

Portanto, um vídeo de YouTube útil pode ser uma ótima fonte de ideias para ajuda-lo a criar títulos e conteúdos atraentes. 

image23

E por último, mas não menos importante, você pode usar TED talks quando estiver pesquisando sobre o seu tópico. O site do TED possui vídeos e transcripts de conversações poderosas realizadas por líderes de negócios renomados, cientistas, escritores e mais.

Por mais que você não encontre uma conversa explicitamente relevante para o seu tópico, você ainda pode ganhar boas sacadas acerca do seu público-alvo e como se engajar com ele.

i). Primeiro passo: Na página inicial do TED, digite sua palavra-chave principal (por exemplo: trabalho de internet). Então, clique no ícone de pesquisar:

image46

ii).  Segundo passo: Clique na aba de “Descobrir” na barra de menu. Então, selecione um tópico (por exemplo: propaganda):

image13

iii).   Terceiro passo: Escolha seu palestrante preferido e o tópico. Neste exemplo, já que eu sou fã do Seth Godin, eu selecionei “This is Broken”.

image06

O propósito de pesquisar extensivamente o seu assunto é adquirir ideias que o ajudarão a escrever conteúdos a partir de uma nova perspectiva. Você pode aprender com a Wikipedia, infográficos, apresentações de slides e livros do Kindle.

Você também deveria ler blogs da indústria que realizam uma série de testes de condução, como o ConversionXL, Qualaroo, Especialistas em Taxa de Conversão, HubSpot, Unbounce, Moz e etc.

Passo #5: Escrever conteúdo compartilhável de forma consistente e atraente.

Conteúdo atraente só faz isso – é atraente. Mas para você criá-lo, tem que olhar para o marketing de conteúdo estrategicamente. 

A palavra “atraente” significa atrair uma pessoa para a sua conversa e torná-la interessada e envolvida no que você está falando. É exatamente isso que o marketing de conteúdo faz.

Se você não está tendo sucesso com o marketing de conteúdo, você provavelmente está perdendo uma – ou ambas – destas duas coisas:

  • Você não está criando um conteúdo útil e atraente.
  • Você não está criando consistentemente um conteúdo útil e atraente.

A maioria das pessoas possui dificuldades em criar um conteúdo atraente. Mas é exatamente isso que você precisa. De acordo com o Add3, conteúdo atraente gera mais visitantes orgânicos, mais compartilhamentos sociais e melhores posições nos rankings de buscas.

image05

É verdade que, antigamente, você podia prosperar com um conteúdo medíocre. O Google fez tudo que podia para eliminar conteúdos de baixa qualidade, mas não obteve muito êxito. 

Mas quando o Panda foi lançado, seguido pela atualização do algoritmo do Pinguin, a questão foi definitivamente levantada, tudo em nome do benefício dos usuários de pesquisa.

Nos dias de hoje, você não encontra conteúdos meia-boca no topo do SERPs – pelo menos não por muito tempo.

image16

Mensurar o engajamento é fácil. Há algumas métricas que você pode usar, como o número de comentários que as suas postagens recebe, os compartilhamentos sociais, a qualidade dos links e as menções de marca.

Eu não posso dizer que 100% das minhas postagens são atraentes, mas eu faço o meu melhor. Um post recente do meu blog recebeu mais de 80 comentários e 460+ compartilhamentos:

image52

Mas isso não é nada se comparado com a postagem de Brian Dean “Ferramentas de SEO: A Lista Completa“, que gerou mais de 450 comentários e 2300+ compartilhamentos.

image03

Isso significa que Brian e eu dominamos completamente a arte da criação de conteúdo atraente?

Não, claro que não – nós também estamos aprendendo ainda. A cada postagem que criamos, nós ficamos mais próximos da nossa audiência. Nós aprendemos coisas novas sobre ela e seus interesses e necessidades. 

A mesma coisa irá acontecer com você. Continue aprendendo com o seu público-alvo. Quando um leitor deixar um comentário, não escreva somente uma resposta dizendo “obrigado”. Em vez disso, estude as palavras usadas. Olhe além do texto (o “o que”) para descobrir a intenção do usuário (o “por que”).

As regras para criar um conteúdo de qualidade que irá gerar compartilhamentos, ajudará a sua audiência e aumentará a sua credibilidade não estão gravadas em pedra. Entretanto, devido à minha experiência, eu posso compartilhar com você algumas coisas nas quais você deveria ter como objetivo caso queira criar um conteúdo verdadeiramente atraente.

i).   Torne isso abrangente: Conteúdos longos figuram melhor nas páginas de resultados das ferramentas de busca (SERPs). A SerpIQ realizou um estudo e descobriu que, em média, os conteúdos classificados no top-10 geralmente possuem mais de 2.000 palavras.

image20

Lição aprendida: Escreva artigos atraentes. Pesquise extensivamente e colete vários dados. Ferramentas de busca podem preferir artigos mais longos e isso é ótimo – mas os usuários também valorizam conteúdos longos.

ii).   Inclua dados e visuais: 90% da informação transmitida para o cérebro humano é visual. Se você estuda conteúdo viral, perceberá que a a maioria deles geralmente inclui ferramentas visuais apelativas (infográficos, imagens e etc).

image04

Da mesma forma, você deve se esforçar para incluir dados em seu conteúdo. Nada é mais persuasivo do que dados testados. Se você afirmar para os seus leitores que eles podem direcionar 10.000 visitantes para os seus blogs, você tem que sustentar esse argumento de alguma forma.

Caso contrário, você será percebido apenas como outro vigarista de “faça dinheiro online” que faz promessas vazias em troca de um dinheirinho rápido.

As postagens do meu blog possuem dados como base. Eu tento fornecer uma prova para cada afirmação, seja usando meus próprios estudos ou dados de terceiros.

image54

iii).  Anedotas interessantes: O entretenimento é uma indústria multibilionária por uma razão: todo mundo adora ser entretido, seja com música, comédia, jogos, esportes, filmes, livros – ou conteúdo online.

No seu conteúdo, você deseja construir um interesse e manter as pessoas animadas acerca do seu tópico. Por isso é importante incluir histórias ou anedotas. Torne-as informativas, bem como interessantes, e as pessoas ficarão felizes em compartilhar o seu conteúdo com outros.

image25

Anedotas são definidas como “pequenas histórias interessantes e divertidas acerca de incidentes ou pessoas reais”. Todo mundo tem histórias para contar. Mas mesmo que você não tenha uma história, ou não consiga pensar em uma, você pode criar qualquer coisa divertida que anime as pessoas.

Jeff Goins, autor do best-seller “A Arte do Trabalho“, frequentemente usa anedotas em sua escrita. Até mesmo suas postagens incluem histórias e anedotas, além de serem úteis para os seus leitores.

image37

Eu também uso anedotas no meu conteúdo para criar engajamento. Elas podem não ser extremamente engraçadas, mas elas fazem os leitores ficarem por perto, lerem até o final e compartilharem. 

Um exemplo típico é o meu artigo entitulado de “Como Gastar $162.301 em Roupas Me Fez Ganhar $692.500“. 

image44

iv).  Invoque emoção: Uma conexão emocional com os seus leitores é um dos elementos de otimização dos usuários. Seja simples, os seus usuários querem se conectar autenticamente com você.

Alguns podem querer só ler o seu conteúdo e sair, mas a maioria realmente quer conhecê-lo – trabalhar com você, em certo sentido, para resolver os problemas deles.

Jonah Berger realizou um estudo para determinar por que um conteúdo se torna viralEle e seu parceiro de pesquisa descobriram que invocar emoções de medo, riso, surpresa, dor e etc. com o seu conteúdo pode fazer com que você tenha mais compartilhamentos.

image14

Conteúdos que soam emocionalmente sempre possuem uma melhor performance. Por exemplo, a postagem de Jon Morrow sobre como ele “se demitiu do seu trabalho, se mudou para o paraíso e tornou-se pago para mudar o mundo” se transformou em viral.

image49

A história ressoou por muitas razões, não menos que isso é que Jon enfrentou obstáculos físicos severos. As pessoas prestam atenção, compartilham e linkam para o seu artigo nas mídias sociais e em seus próprios conteúdos.

Então, vários sites republicaram a história de Jon, o que consequentemente alcançou um tipo de “massa crítica” que tornou o post um viral.

Com aquele único artigo, Jon conseguiu milhares de assinaturas para sua lista de e-mails.

Conclusão

Eu sei que alguns dos passos para se construir um canal de tráfego orgânico de sucesso não são fáceis. Você terá que gastar muito tempo e energia caso queira que isso funcione.

A minha experiência pessoal me ensinou que criar conteúdos longos é uma maneira infalível de gerar tráfego orgânico no futuro. Você pode não ver muito sucesso amanhã ou semana que vem, especialmente se o seu blog é novo. Mas se você trabalhar de forma consistente, nunca sacrificando a qualidade pela quantidade, isso pode acontecer para você também. 

A menos que seu nome seja Seth Godin, você terá um longo caminho pela frente para se classificar com artigos curtos ou de 300-500 palavras, independente de quantos dados ou informações visuais você inclua. Em vez disso, use conteúdos abrangentes e com base em dados que eu descrevi acima – o tipo de conteúdo que eu publico regularmente.

Acredite em mim: Quando eu comecei, o tráfego do meu blog não havia nada para escrever. Mas, gradualmente, eu consegui leitores fieis, que voltavam ao meu blog e eventualmente falaram para os seus amigos e família.

Hoje, eu gero mais de 700.000 visitantes por mês. Meu blog tornou-se um canal de tráfego orgânico, mas isso levou tempo e um trabalho duro e consistente.

Então, o que está impedindo você de construir um canal de tráfego orgânico de sucesso para o seu negócio? Fale sobre os seus desafios nos comentários.

Share