Campanha na Rede de Pesquisa do Adwords: 4 Táticas Para Melhorar a Performance

strategy

Uma campanha bem feita na Rede de Pesquisa do Google Adwords pode elevar o seu negócio a outro patamar.

Porém, se você já realizou alguma campanha de Rede de Pesquisa no Google AdWords mas não viu melhora nos resultados, então este post é para você.

Neste artigo, vamos ver algumas táticas que você pode utilizar para melhorar a performance da sua campanha no Google Adwords.

Vamos examinar diversas estratégias para utilizar nas suas campanhas, incluindo algumas que você talvez ainda não conheça.

Ao final desse post, você se sentirá mais confiante e atualizado, graças às dicas que aprendeu para melhorar suas campanhas na Rede de Pesquisa do Google Adwords.

Vamos lá!

Escolha a palavra-chave adequada

Isso talvez seja o que de mais básico você pode fazer para melhorar sua campanha, o que não quer dizer que por causa disso você deva deixar de fazer.

Lembre-se, saber o básico é importante.

Em geral, é dominando o básico que você conseguirá obter um aumento de 226% nas conversões das suas campanhas. 

Se você não escolher a palavra-chave certa ou não souber como escolher a palavra-chave certa – é porque não está compreendendo o básico.

E isso pode ter um impacto amplo e negativo nas suas campanhas. 

Então, como escolher a palavra-chave ideal?

Antes de tudo, é preciso entender o que é intenção.

Escrevi sobre intenção antes.

Basicamente, a intenção diz respeito à mentalidade de quem utiliza determinada palavra-chave.

Se eu estiver vendendo ‘ração canina’ e quiser atingir pessoas interessadas em ‘comprar’ ração canina, uma boa palavra-chave seria ‘Comprar ração canina.’

Esse tipo de palavra-chave é conhecida como palavra-chave com ‘Intenção de compra.’

Isso é porque os usuários que utilizam esse tipo de palavra-chave já estão dispostos a comprar – eu só preciso fazer meu produto chegar até eles. 

Veja outros exemplos de palavras-chave que denotam ‘Intenção de compra’:

image26

A intenção de compra não é o único tipo de intenção.

Se eu quiser atingir pessoas que estão pesquisando qual é a melhor ração canina, posso utilizar a palavra-chave ‘melhor ração canina.’

Utilizando essa palavra-chave, posso atrair a atenção do usuário, educá-lo, passá-lo para a próxima etapa do ‘funil’ e eventualmente convencê-lo de que o meu produto é a ‘melhor ração canina.’

Vale a pena utilizar essas palavras-chave, pois são mais baratas –  mas é preciso adiantar a maior parte do trabalho para transformar visitantes em clientes.

De todo modo, estas são algumas das palavras-chave que os usuários utilizam quando fazem pesquisas:

image15

Além disso, confira abaixo um bom resumo dos tipos de intenção relacionados aos termos de pesquisa.

image00

Como você deve saber, a ferramenta de palavras-chave do Google pode ser utilizada para descobrir boas deias de palavras-chave.

Não vou entrar em detalhes sobre o funcionamento da ferramenta de palavras-chave, até porque você provavelmente já sabe como usá-la, já que está lendo um post com dicas de como melhorar a campanha. 

Em vez disso, vamos ver o que você pode fazer de diferente.

Você pode utilizar uma ‘palavra-chave’ combinada com uma frase/palavra-chave que denote intenção e em seguida editar as configurações do planejador de palavras-chave para exibir apenas ‘palavras-chave com correspondência aproximada.’

Por exemplo, se eu estivesse vendendo mesas, a palavra-chave seria ‘mesas’ e a frase/palavra-chave de intenção seria ‘comprar.’

image03

Ao fazer a pesquisa, a ferramenta oferece alguns Grupos de Anúncios com alto grau de relevância que podem gerar um bom ROI. Isso porque muitos deles incluem palavras-chave que têm relação com a ‘intenção de compra.’

image11

Lembre-se, existem outras palavras-chave de cunho ‘comercial’ que você pode combinar com a sua palavra-chave principal.

Não é obrigatório usar ‘comprar mesas’ – você pode usar também ‘mesas com desconto,’ por exemplo.  

Mude o tipo de correspondência

Outro jeito de melhorar a performance da sua campanha no Google AdWords é modificar o ‘Tipo de Correspondência’ das suas palavras-chave.

Basicamente, existem três Tipos de Correspondência que você pode escolher.

Correspondência Exata –

image23

Correspondência de Frase – 

image13

Correspondência Ampla –

image18

Se suas campanhas têm muitos cliques, mas pouco resultados, talvez seja porque você escolheu ‘Correspondência Ampla’ para suas palavras-chave, quando deveria ter selecionado ‘Correspondência Exata’ –  ou pelo menos, ‘Correspondência de Frase.’  

Se você não tem muita experiência com campanhas na Rede de Pesquisa do Google AdWords ou trabalha com orçamento limitado, escolher ‘Correspondência Exata’ pode ser uma boa ideia. Com esse tipo de correspondência você tem mais controle sobre as palavras-chave que ativam seus anúncios. 

Se você tem dinheiro para experimentar outros Tipos de Correspondência, mas ainda assim quer ir com calma, há outras ações a serem consideradas para garantir que sua campanha gere um bom ROI.

A primeira é utilizar os ‘Modificadores de correspondência ampla.’

Como visto na descrição acima, utilizar uma ‘Palavra-chave de correspondência ampla’ deixa sua campanha no Google AdWords mais aberta, para que seu anúncio seja ativado por um grande número de palavras-chave.

Mesmo que isso represente uma boa oportunidade de apresentar seu produto a uma grande audiência, além de ser uma boa maneira de descobrir palavras-chave que gerem bom ROI, isso pode sair caro.

Por outro lado, um ‘Modificador de correspondência ampla’ permite aproveitar as funcionalidades da opção de ‘Correspondência Ampla’ com um pouco mais de controle.

image20

Ao utilizar os modificadores de correspondência ampla, você informa ao Google que certas palavras ou frases devem aparecer entre os termos de busca, para que o anúncio seja ativado.

A imagem abaixo vai te ajudar a entender como o  ‘Modificador de correspondência ampla’ funciona. O símbolo de ‘+’ representa o ‘modificador’.

image09

Correspondência Negativa é outro jeito de obter mais controle sobre seus gastos, principalmente quando fizer campanhas de teste.   

Use a Correspondência Negativa para escolher as palavras-chave que você não quer que ativem seu anúncio. Geralmente, essas são as palavras-chave que você sabe que não vão trazer um bom ROI.

image19

Por exemplo, você pode escolher a palavra-chave ‘grátis.’

Fazendo isso, você garante que seus anúncios não serão exibidos se a palavra ‘grátis’ for incluída nos termos de pesquisa.

Ao escolher as palavras-chave para a Correspondência Negativa, lembre-se que os conceitos de ‘ correspondência Ampla/de Frase/Exata’ também se aplicam à sua palavra-chave de correspondência Negativa.

Veja esta ótima explicação, do WordStream – 

image10

Portanto, ao escolher suas palavras-chave ‘Negativas’, também é importante levar em conta o ‘Tipo de Correspondência’ delas.

A inclusão de palavras-chave Negativas ajudou essa empresa de advocacia a reduzir os gatos com publicidade em 58% a cada ano.

Verifique o seu ‘Relatório de Pesquisa’ para descobrir as palavras-chave que devem ser configuradas para ‘Correspondência Negativa’.

image08

Ao analisar o seu relatório, separe as palavras-chave que estão trazendo mais despesas do que retorno.

Quando já estiver mais experiente com o AdWords, você conseguirá definir as palavras-chave negativas sem dificuldade. 

Quando for o caso, você poderá incluir as palavras-chave Negativas no planejador de palavras-chave, para que elas não apareçam nas suas sugestões de palavras-chave.

image17

Estude os dados

O estudo dos dados produzidos pela sua campanha pode trazer insights para transformar uma campanha boa em uma campanha incrível.

Uma boa maneira de colher insights a partir do estudo de dados é instalar um pixel de conversão no seu site. 

Desse modo, você saberá quais palavras-chave estão gerando mais conversões, e muito mais. 

Se você quer instalar um ‘Acompanhamento de conversão’ no seu site, o AdWords oferece uma função interativa que explica o processo passo a passo.

Você pode acessá-la aqui.

image04

Sincronizar sua conta do Google Analytics com o Google AdWords também é uma boa ideia.

Desse modo, você conseguirá saber o que as pessoas fazem após clicar no seu anúncio, antes de realizar a ação que conta como uma conversão.

Para sincronizar as contas, faça login no Google Analytics e clique em ‘Administrador.’  

Em seguida, selecione a  ‘Conta’ e a ‘Propriedade’ que você quer sincronizar com sua conta do AdWords.

image24

Em seguida, clique em ‘Novo grupo de links’ e conecte as duas contas.

image07Sincronizando as duas contas fica mais fácil descobrir quais palavras-chave geram mais engajamento. Por exemplo, você pode ver quais palavras-chave provocam maior taxa de rejeição.

Você também poderá identificar as palavras-chave que não levam, necessariamente, à conversão, mas fazem com que as pessoas passem muito tempo navegando no seu site.

image01

De posse dessa informação, você poderá fazer modificações no seu site e nas suas campanhas para aumentar as conversões.

Você pode usar a ferramenta ‘Relatórios’, oferecida pelo Google, para obter insights sobre como ajustar suas campanhas no Google AdWords.

image05

Usando a ferramenta de Relatórios, é possível escolher os dados que você quer analisar.

Existem diversos dados que você pode estudar para te ajudar a melhorar sua campanha no Google AdWords.

Para começar, veja os ‘dados de localização’ das suas campanhas.

image27

Se você verificar que certos locais geram mais conversões do que outros, pode ser uma boa ideia aumentar seu lance para aquele lugar. Assim, você poderá aproveitar a oportunidade que descobriu.

Lembre-se que é preciso instalar o acompanhamento de conversões para poder monitorar as conversões.

Você também pode verificar em quais horários suas Campanhas ou Grupos de Anúncios convertem melhor.

image21

Se você descobrir que suas campanhas têm uma performance melhor em um determinado horário, pode ser proveitoso aumentar o lance apenas para aquele horário específico.

Para fazer isso, clique na aba ‘Configurações’.

image02

Em seguida, selecione ‘Agendamento de Anúncios.’

image14

O que você precisa fazer é criar um Agendamento de Anúncios.

Aqui, você tem duas opções. Você pode utilizar os dados do seu relatório ou estudar os dados gerados automaticamente pelo Google.

Se quiser estudar os dados gerados automaticamente pelo Google, clique em ‘Detalhes do agendamento’ e em seguida em ‘Hora e dia da semana.’

image06

Agora você poderá estudar os dados e descobrir em quais horários seus anúncios têm gerado mais conversões.

image12

Quando tiver descoberto o horário certo, crie um ‘Agendamento de anúncios.’

Faça isso clicando em ‘+Agendamento de Anúncios.’

Selecione uma campanha e insira os horários nos quais descobriu que essa campanha específica converte melhor.

image16

‘Salve’ o Agendamento de Anúncio.

Em seguida, selecione a campanha e clique na seção adjacente dentro da coluna ‘Ajustes de Lance’.

image25

Desse modo, você determinará que a campanha aumente os lances em dias e horários específicos, para que você possa aproveitar os insights que descobriu.

Esta empresa de móveis conseguiu aumentar a taxa de conversões em 5%, apenas aumentando os lances nas segundas-feiras.

Antes,  os anúncios da empresa não tinham bom posicionamento, apesar de gerarem boas conversões. Aumentando o lance só naquele dia específico, eles conseguiram tirar proveito da alta taxa de conversão, mantendo um controle rigoroso sobre o investimento em publicidade.

Use a aba Oportunidades

Confira também a ‘aba Oportunidades.’

image22

Essa aba dá acesso a uma seção onde o Google oferece sugestões para melhorar sua campanha no Google AdWords.

Em geral, as sugestões incluem novas palavras-chave, além de melhorias que você pode experimentar ao ajustar os lances nos seus anúncios.

Vale a pena dizer que, apesar dessa ferramenta oferecer bons insights – é preciso que você avalie com cuidado as informações fornecidas.

Isso porque as sugestões geralmente exigem que você gaste mais. Ao analisar os dados por conta própria você pode encontrar maneiras mais efetivas de otimizar sua campanha no Google AdWords. 

Conclusão

É relativamente fácil configurar uma campanha de Rede de Pesquisa do Google AdWords.

Por outro lado, descobrir como melhorar a performance da campanha pode ser um desafio.

Após ler esse post, você deverá se sentir mais confortável para avaliar sua campanha atual e realizar melhorias. 

Pode ser que isso inclua ajustar os ‘Tipos de Correspondência’ das suas palavras-chave.

Pode ser também que isso inclua a criação de ‘Relatórios’ personalizados, para descobrir dados valiosos que podem ser utilizados para tornar sua campanha mais eficiente. 

Você pode até conferir a aba ‘Oportunidades’, para ver se o Google oferece alguns insights automáticos.

Independentemente do que você decidir fazer, certifique-se de que seja algo que melhore a performance da sua campanha.

Assim, sua campanha no Google AdWords se tornará mais eficiente.

Você tem alguma dica de como melhorar a performance de uma campanha na Rede de Pesquisa do Google AdWords? Deixe sua mensagem na seção de comentários.

Share