4 Dicas de Sucesso Para Fazer Anúncios Pagos no Facebook, Google e Twitter

awesome

festa da divulgação orgânica em todas as plataformas de mídias sociais continua decepcionante.

Mesmo os profissionais de marketing com milhares de seguidores não conseguem atrair mais do que algumas centenas de cliques para seus sites com suas atualizações.

Existem muitas razões que explicam esse declínio. Mas a maior de todas é, provavelmente, o aumento da concorrência, já que milhares de empresas estão aderindo às mídias sociais para compartilhar conteúdo.

Se você tem interesse em expandir sua audiência e seu negócio nas mídias sociais, precisa investir em anúncios pagos. O quanto antes você começar a trabalhar com marketing pago, melhor – para que você possa obter um ótimo ROI com seu conteúdo.

utilizei anúncios pagos na maioria das plataformas de mídia social e obtive um bom ROI. Porém, não garanto que todo mundo consiga os mesmos resultados.

Mas, independentemente do seu tipo de negócio, vale a pena experimentar os anúncios pagos do Facebook, Google e Twitter, pois praticamente todo tipo de público pode ser encontrado nessas plataformas.

Neste post, quero mostrar os 4 princípios para ser bem-sucedido em sua estratégia de anúncios pagos nessas 3 plataformas. Como sempre, vou detalhar cada item com exemplos específicos e estratégias úteis.

Pronto para arrasar com seus anúncios pagos?

Então, vamos começar.

1. Respeite as políticas de publicidade de cada plataforma 

Parece óbvio, não?

Mesmo assim, muitos profissionais de marketing torram dinheiro sem sequer reservar um tempo para ler e entender a diretrizes da plataforma em questão.

Por exemplo, você pode se empolgar e tentar usar sexo como um recurso de marketing no criativo dos seus anúncios pagos. Mas o Facebook deixa bem claro em sua página de políticas de publicidade, que a plataforma é contra imagens sexualmente sugestivas ou agressivas.

image05

Do mesmo modo, todas as três plataformas são contra conteúdo de teor racista ou violento. Veja o exemplo deste trecho, extraído das políticas de publicidade do Google. Para ler mais sobre o tipo de conteúdo proibido pelo Facebook, acesse este link.

image18

Em geral, as três plataformas também não permitem que você use fotos ou qualquer tipo de material que faça referência a conteúdo com restrição de idade, como álcool. Se seus anúncios são destinados a países que têm leis severas em relação ao álcool,  é bom dobrar os cuidados. Clique no link e leia sobre o posicionamento do Twitter em relação a conteúdo relacionado a álcool.

image04

As plataformas também têm outras diretrizes específicas que você precisa ter em mente. Por exemplo, se você usar a palavra ‘Facebook’  em um anúncio pago no Facebook, é obrigatório usar um ‘F’ maiúsculo. Também não é permitido utilizar o logo do Facebook. Na verdade, a violação dessa regra é uma das duas causas mais comuns de reprovação de anúncios na análise do Facebook.

image01

Todas as três plataformas têm interesse em garantir a proteção dos dados dos usuários. Portanto, se você está recolhendo dados como nome, e-mail, telefone, data de nascimento e outros, precisa ser ainda mais cuidadoso. Evite coletar informações pessoais como número de cartão de crédito, orientação sexual do usuário, entre outras, caso esteja utilizando um servidor inseguro.

image17

Você pode acessar a política para recolhimento de dados do Google neste link, e ler as políticas do Twitter sobre o assunto aqui.

Mencionei aqui apenas algumas políticas de publicidade básicas. Recomendo que você leia os documentos de políticas de cada plataforma na íntegra, acessando os links abaixo:

image14

  1. Políticas de Publicidade do Facebook
  2. Políticas de Publicidade do Google AdWords
  3. Políticas de Publicidade do Twitter

Caso tenha alguma dúvida específica, use a barra de pesquisa para acessar diretamente a seção mais relevante.

2. Deixe claro para o usuário qual é a oferta por trás do anúncio

Como você se sente quando uma empresa exagera o valor do produto ofertado?

Se você fez alguma compra assim, com certeza se sentiu frustrado quando percebeu que o produto não atendia às suas expectativas.

O marketing se tornou uma atividade malvista por causa dessas empresas duvidosas, que exageram e enganam os consumidores. Meu conselho é que você seja ético, sempre. Como já disse antes, não é necessário exagerar, mesmo ao mencionar a dor dos seus consumidores.

Ao criar seus anúncios pagos, tome cuidado para não exagerar os efeitos e resultados dos seu produtos. As Políticas de Publicidade do Facebook mostram alguns exemplos e recomendam que você não use imagens de antes-e-depois.

image23

O Facebook também recomenda que você não utilize imagens que mostram funcionalidades inexistentes do seu produto, já que isso pode iludir possíveis clientes.

image11

O texto e o criativo dos seus anúncios pagos devem corresponder perfeitamente ao texto da sua landing page. Vamos analisar um anúncio que apareceu no meu feed de notícias.

A Branch busca capturar leads por meio de assinaturas em um webinar. A primeira palavra do texto do anúncio e o CTA são simples, diretos e claros. O texto em si é atrativo, e informa que, como empresário, posso estar deixando de ganhar $40k de receita.

Mas o título da landing page do webinar é ‘Melhores práticas para deep links em e-mails.’ A menos que eu saiba o que é deep linking em e-mails, posso ficar confuso ao clicar no anúncio. Uma proposta de valor mais clara poderia ser útil para aumentar a taxa de cliques do anúncio.

image15

Se eu acessar a landing page, veja o que aparece acima da dobra:

image00

O título não corresponde ao anúncio. Se você reler o anúncio com atenção, verá que ele prometia um webinar sobre estratégias de e-mail marketing para plataformas mobile. A menos que a Branch esteja buscando atingir profissionais com conhecimento avançado de marketing, que saibam o que é deep linking e como isso se relaciona com e-mail marketing para mobile, o anúncio não cumpre o que promete.

Agora, veja o anúncio da LinuxAcademy.com abaixo. Não é exatamente o mais convincente dos anúncios, mas mostra de forma clara o que o usuário pode esperar após o clique.  Você terá acesso a treinamentos profissionais de AWS CSA, SysOps, entre outros,  por $29 ao mês. E eles também te incentivam a acessar o site deles para ‘saber mais’.

image09

Por fim, veja abaixo o anúncio da WeBuyCars.com para a palavra-chave  ‘venda seu carro’.  Eles eliminam as dúvidas e objeções afirmando que levam apenas duas horas para comprar o carro do cliente. A descrição abaixo do título explica em detalhes que eles compram todos os tipos de carro (novos, danificados, quebrados). E eles ainda vão até a casa ou escritório do vendedor.

Dá para imaginar uma oferta mais clara?

image07

O Johnathan Dane realizou um teste com dois títulos de anúncio para uma empresa compradora de carros. Ele lançou a chamada “Precisando Vender Seu Carro ?” (controle) em oposição à “Compramos Seu Carro Hoje” (variação).

A primeira chamada só reforça o que o usuário quer fazer – “vender o carro.” Sem aprofundar a conversa.

Mas a segunda provavelmente vai ser mais interessante para possíveis clientes que procuram vender um carro. Como previsto, a variação trouxe 30% a mais de conversões.

Se você trabalha com a venda direta de um produto, precisa deixar claro para o consumidor o preço e as limitações desse produto (em avisos de isenção de responsabilidade).

image12

Por exemplo, o anúncio do The New York Times abaixo deixa claro que uma assinatura digital do jornal custa 49 rúpias por semana na Índia.

image16

O Twitter também considera que anúncios pagos para mobile que mostram preços específicos no texto são mais eficientes em relação ao custo.

image13

O texto e o criativo dos seus anúncios deve se destacar em relação à concorrência.  Recomendo que você leia as dicas do Facebook para desenvolver textos e criativos persuasivos. Eu também já escrevi sobre estratégias para escrever anúncios para as três plataformas.

3. Ganhe a atenção do leitor com uma chamada atraente

Bebês fofinhos, gatos, memes e vídeos curtinhos engraçados. Esses são seus concorrentes no feed de um usuário comum de mídias sociais. Se você não atrair imediatamente a atenção do usuário que está navegando por ali, é provável que seu anúncio pago passe despercebido.

No anúncio de Facebook abaixo, o David Siteman Garland acerta na mosca. Ele promete uma folha de respostas com sete passos comprovados para pessoas interessadas em criar um curso on-line lucrativo. Depois, ele estabelece credibilidade ao afirmar no texto que alguns de seus alunos criaram cursos em diversos nichos de mercado. Além disso, ele mesmo vendeu, em 24 meses, o equivalente a 1 milhão em cursos on-line.

image06

Se você tem interesse em vender um curso on-line, ficará interessado pelo anúncio. E, provavelmente, clicará no botão de CTA ‘Saiba Mais’.

Agora, vamos ver um anúncio persuasivo para Twitter. A Start a Fire chamou minha atenção perguntando se eu uso o Buffer para agendar meus posts. (Uso, sim).

Em seguida, você é fisgado pelo gráfico e pelo link que diz  ‘amplie o alcance do seu conteúdo.’ Qualquer produtor de conteúdo adoraria experimentar uma ferramenta que ajudasse a ampliar o alcance da marca dele, certo?

image19

Os usuários do Twitter preferem anúncios que sejam em tempo real, prometam um novo produto, sejam sucintos e ofereçam descontos especiais. Recomendo a leitura das 7  dicas para escrever anúncios para o Twitter no blog oficial do Twitter.

Em geral, você pode usar as seguintes estratégias para escrever uma chamada para mídias sociais:

  • mencione os benefícios da sua oferta
  • ofereça descontos exclusivos
  • explique por que seu produto é original
  • crie um senso de urgência

Se precisar de mais ajuda, leia meus posts sobre como escrever chamadas de peso e sobre como criar títulos persuasivos para anúncios de mídias sociais.

A seguir, vamos falar sobre como criar uma chamada atraente no AdWords. Mesmo quando navega pelas ferramentas de busca, o usuário faz uma varredura pelos resultados. De acordo com a pesquisa mais recente da ConversionXL, essa varredura não segue um padrão em forma de F.  Na verdade, os smartphones estabeleceram um padrão vertical.

image20

Um ótimo jeito de chamar a atenção dos usuários é otimizando sua página de resultados dos mecanismos de busca. Veja este mapa com impressões de calor que mostram o comportamento do usuário nas buscas orgânicas:

image03

Nos anúncios pagos, as ferramentas de busca já permitem utilizar extensões como ‘clique para telefonar’ e ‘cotação de estrelas.’ Por exemplo, veja os resultados abaixo, para a palavra-chave ‘comprar relógio’.

O primeiro anúncio, da authenticwatches.com, é o mais convincente. É o que tem mais chances de impressionar o consumidor interessado em comprar um relógio.

image24

Vamos examinar por que a authenticwatches.com se saiu muito bem na chamada e no restante do anúncio:

  • A chamada oferece um desconto de 70%
  • O anúncio contém a palavra-chave exata da minha busca, o que o torna imediatamente relevante
  • O anúncio mostra uma cotação de 4,6 estrelas para a authenticwatches.com
  • Oferece frete grátis para compras acima de $500
  • Oferece isenção de taxas de vendas para compradores que moram fora da Califórnia

O terceiro anúncio, da Made-in-china.com, é um exemplo perfeito de “como não criar um anúncio.” A chamada e a descrição são confusas e contêm erros gramaticais Eles provavelmente se equivocaram na escolha da palavra-chave, e ainda exibem os  prêmios e características da marca.

Como consumidor, não tenho interesse em saber que eles são  ‘fornecedores certificados pela SGS’ ou são ‘um dos principais portais B2B.’

Veja outro exemplo de anúncio atrativo, da Sendinblue. A chamada deles é centrada nos benefícios. Eles oferecem um bom negócio por $0. A palavra ‘Comece’ estimula a ação. No texto complementar, a Sendinblue enfatiza que os e-mails enviados pela ferramenta não serão enviados para a lixeira dos seus clientes. A cotação de  4,4 estrelas também é um destaque em comparação a outros anúncios que não utilizam extensões de anúncios.

image02

Recomendo assistir este vídeo do próprio Google, com cinco dicas para criar textos para anúncios:

4. Testes A/B são úteis para descobrir o que funciona melhor

Não tem jeito. Você tem que realizar muitos testes com criativos e textos diferentes nos seus anúncios pagos. É a única maneira de encontrar o pote de ouro. Os anúncios pagos não se resumem a um conjunto de regras que garantem sempre o melhor resultado. É um ciclo constante de teste, aprendizado, otimização, descarte e mais testes.

A MECLABS realizou um teste de anúncios ao vivo, no Web Optimization Summit. Durante o evento, mais de 300 profissionais de marketing votaram nos dois anúncios abaixo para a realização do teste.

image08

E o anúncio pago para rede de pesquisas da Amy venceu o controle por 88%.

image22

Nesse caso, a especificidade dos dados contidos no texto do anúncio foi o que provavelmente fez a diferença.

No Facebook  e no Twitter,  existem muitas variáveis que podem ser testadas, como a chamada, o criativo, o CTA, o texto e a segmentação.

O Larry Kim conseguiu triplicar o engajamento depois que passou a experimentar com segmentação por localização.

image21

O HubSpot também realizou uma série de testes A/B. Ao final da campanha, a empresa conseguiu aumentar as vendas em 71% e atrair 39% a mais de visitantes para o site, vindos do Facebook.

Em outro post, mostrei como criar anúncios semelhantes para realizar testes no Facebook. Portanto, não pare depois de criar o primeiro anúncio. Para realizar testes no Twitter, recomendo a leitura deste guia de testes A/B, do Adparlor.

image10

Conclusão

Facebook, Twitter e Google são ótimos canais para direcionar tráfego de visitantes segmentados para o seu site. Nenhum dos três é difícil de configurar. Seguindo algumas diretrizes básicas, você pode conseguir um ótimo ROI a partir dessas plataformas.

Nesse post, demonstrei quatro princípios necessários para criar anúncios pagos de sucesso.  Sugiro que você ponha o que aprendeu em prática quando for criar sua próxima campanha.

Se você tem alguma experiência de sucesso usando alguns desses princípios na sua campanha de anúncios pagos, deixe sua mensagem nos comentários.

Share